Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

 

Entretanto, Francisco J. Marques, director de comunicação do clube do Norte, acrescenta os seus "vinte vinténs":

 

"Isto tudo tem uma cabeça e essa cabeça é Luís Filipe Vieira e o Pedro Guerra não é um simples comentador de TV”.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:10

Cartoon do dia

Rui Gomes, em 13.12.17

 

image.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:01

 

image.jpg

 

Um painel de diversas personalidades ligadas ao futebol português manifestou, em debate público realizado na noite desta terça-feira em Lisboa, apoio unânime aos videoárbitros. Na sede do Sporting Clube da Penha - freguesia lisboeta da Penha de França - o treinador Daúto Faquirá deixou entender não ter dúvidas que o VAR veio para ficar: "É um caminho sem retorno".

 

O ex-árbitro Pedro Henriques, por sua vez, catalogou as recentes polémicas como puras "dores de crescimento". Outros participantes foram o treinador Tiago António, o ex-jogador e treinador António Simões, o ex-futebolista Chaínho ou o presidente da AF Lisboa, Nuno Lobo. Este último deixou uma crítica ao facto de o VAR ser financiado pela FPF, considerando que a inovação deveria ser totalmente paga pelo futebol profissional".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:54

Rumores do mercado: Odjidja-Ofoe

Rui Gomes, em 13.12.17

 

 

Vadis Odjidja-Ofoe, médio belga de 28 anos que alinha pelo Olympiacos, onde chegou em Julho 2017, proveniente do Legia Varsóvia, por 2,5 milhões de euros. Tem contrato com o emblema grego até Junho 2020.

 

Nesta época, realizou até ao momento 20 jogos, 18 dos quais como titular, acumulando 1561 minutos de jogo (média de 78 minutos por jogo), com 3 golos marcados, em todas as competições.

 

O portal Transfermarkt avalia o seu passe em 5 milhões de euros.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:54

Raphinha... apenas um rumor ?

Rui Gomes, em 13.12.17

 

vitoria_benfica_raphinha.jpg

 

Com a aproximação da abertura da janela de transferências de Janeiro, os rumores do mercado aumentam. Um dos mais recentes relacionado com o Sporting fala de Raphael Dias Belloli, conhecido por Raphinha, extremo esquerdo brasileiro de 21 anos que alinha pelo Vitória de Guimarães, indicando até que é um dos pedidos natalícios de Jorge Jesus.

 

Raphinha chegou ao clube minhoto em Janeiro 2016, proveniente do emblema brasileiro Avaí, por cerca de 600 mil euros. Renovou contrato em 2017, agora válido até Junho de 2021.

 

Na época em curso, realizou até ao momento 24 jogos, todos como titular, acumulando 2123 minutos de jogo (média de 88,4 minutos por jogo), com 11 golos marcados, em todas as competições.

 

 

Em 2016/17 participou em 41 jogos, 24 dos quais como titular, com 2264 minutos de jogo (média de 55,2 minutos por jogo), com 4 golos marcados, em todas as competições.

 

O portal Transfermark avalia o seu passe em 4 milhões de euros. A mesma fonte anónima responsável pelo rumor, indica que o Sporting está disposto a emprestar João Palhinha e Mattheus Oliveira, para baixar esse valor.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:56

O lote "dourado" de equipas europeias

Rui Gomes, em 13.12.17

 

istock_000088868729_medium.jpg

 

Sporting, FC Porto, Barcelona, Atlético de Madrid, Manchester City e Inter. É este lote "dourado" de equipas das principais ligas europeias que chega a este ponto de Dezembro sem derrotas nos respectivos campeonatos.

 

Em Portugal, Sporting e FC Porto partilham a liderança da Liga com 36 pontos, fruto de 11 vitórias e três empates. Uma invencibilidade que se mantém na Taça de Portugal e na Taça da Liga. Só conheceram a derrota na Champions. Já o Benfica, terceiro classificado, a três pontos dos líderes, tem uma derrota. O FC Porto é o detentor do melhor ataque e da melhor defesa (36 golos marcados e 5 sofridos).

Em Espanha, nota-se desde logo a falta do Real Madrid nesta galeria. Os protagonistas são o Barcelona e o Atl. Madrid. Curioso é que os colchoneros até estão em terceiro lugar, atrás do Valência. O líder Barcelona soma 12 vitórias e três empates. Já o Atlético de Madrid tem nove vitórias e seis empates.

 
Em Inglaterra, após cumprirem a 16ª jornada, apenas o Manchester City continua invicto, com 15 vitórias e um empate.

Em Itália, o Inter de Milão é a única equipa sem derrotas na liga daquele país. Estatuto alcançado após o desaire do Nápoles na última jornada.

Com uma derrota apenas nos respectivos campeonatos nacionais há seis equipas, entre elas o Benfica.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:55

Bas Dost na Taça de Portugal 2016/17

Rui Gomes, em 13.12.17

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:54

 

hqdefault.jpg

 

Gil Vicente e Belenenses assinaram esta terça-feira um princípio de acordo sobre o caso Mateus, que permite aos gilistas a subida administrativa à I Liga em 2019/20, disse fonte da Liga de clubes à agência Lusa:

 

"O acordo foi subscrito pelos presidentes das duas sociedades desportivas, Francisco Dias da Silva e Rui Pedro Soares, respectivamente, assim como pelo presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença.

 

Trata-se de um acordo histórico, que põe fim a um diferendo que durava há 12 anos. A boa vontade de ambas as sociedades desportivas é notória e a Liga monitorizará todos os passos, de ora em diante, no sentido da resolução definitiva nas várias instâncias. Fechará uma página do passado do nosso futebol e é a prova das capacidades agregadoras da Liga de hoje".

 

O caso Mateus remonta a Agosto de 2006, quando o Gil Vicente, depois de ter assegurado a permanência, foi despromovido administrativamente à Liga de Honra, actual II Liga, devido à utilização do internacional angolano Mateus, quando o futebolista estava impedido por ter actuado com estatuto de amador, na época imediatamente anterior, ao serviço do Lixa.

 

Na altura, a Comissão Disciplinar da LPFP sancionou o clube minhoto com a descida de divisão, após uma queixa do Belenenses, que o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) ratificou, impedindo ainda os gilistas de participarem na Taça de Portugal, assim como nos campeonatos de juniores e iniciados.

 

Na sequência da despromoção administrativa, o Gil Vicente recorreu das decisões para os tribunais administrativos, alegando a nulidade das sanções aplicadas, algo que foi confirmado pela sentença do Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa, proferida em 25 de Maio de 2016. No entanto, em Julho de 2016, a SAD do Belenenses formalizou recurso desta decisão judicial, que, na altura, tinha levado LPFP e FPF a considerarem inevitável a subida dos minhotos à I Liga. Com este entendimento, e ao abrigo dos regulamentos, sabe-se que na próxima temporada descem três equipas da I à II Liga e em sentido inverso sobem duas mais o Gil Vicente.

 

O clube de Barcelos disputa actualmente a II Liga, pela terceira época consecutiva, depois de ter sido despromovido do principal escalão em 2014/15, ao qual tinha voltado em 2011/12, após a descida na 'secretaria'. O Belenenses milita na I Liga ininterruptamente desde 2013/14, tendo disputado o segundo escalão durante três épocas, entre 2010/11 e 2012/13.

 

O avançado angolano Mateus, agora com 33 anos, joga no Boavista, da I Liga, depois de ter alinhado em clubes como Nacional, 1º de Agosto e Arouca.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:53

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 12.12.17

 

2006-spyker-c8-double-12-s.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

2006 Spyker C8 Double 12S - 700 mil dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00

Rumores do mercado: Lucas Olaza

Rui Gomes, em 12.12.17

 

 

Lucas Olaza, lateral esquerdo uruguaio de 23 anos que alinha pelo Club Atlético Talleres da Argentina, clube com o qual tem contrato até Junho 2020.

 

Segundo o portal Transfermarkt, o seu passe está avaliado em 600 mil euros.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:17

Jesus e a raça superior da bola

Rui Gomes, em 12.12.17

 

A função dos "atrasados mensais" não é ter razão: é criar razão. Até os pobres futexcluídos conseguem.

 

19668301_GZJst.jpg

Jorge Jesus chamou "atrasados mensais" a quem o censurou por não ter discutido a Liga dos Campeões até ao último metro. A minha interpretação do trocadilho é esta: mais ou menos uma vez por mês, algum treinador faz questão de nos lembrar de como é inferior a raça dos que, não tendo a pureza genética necessária para jogar, insistem em meter nos mistérios da bola os seus gémeos atrofiados e os seus narizes intocados pelo fedor do balneário.

 

Podíamos misturar muitos assuntos num só; falar do que cada profissão sabe das outras; da complexidade que o futebol tem ou não; do conhecimento que se traz de outras modalidades; do trabalho específico de um comentador; ou do muito que se aprende (é verdade) nos livros e com a simples observação. Mas a lição de hoje, dedicada a Jorge Jesus e aos outros autoproclamados representantes da raça superior, não entra por aí. A função dos críticos, numa sociedade saudável, não é ter razão; é criar razão. Levantar discussões. Debater. Não ganha sempre quem está certo, infelizmente, e neste tempo do Facebook e do Twitter cada vez a razão importa menos.

 

O crítico está a ser trocado pelo militante e as discussões trocadas pela demagogia reles. Em todos os colóquios e conferências sobre comunicação, a conversa é sempre a mesma: "Já ninguém ouve o outro lado". E ouvir ou ler os nossos "atrasados mensais", em vez dos nossos fanáticos pessoais, é a única forma de irmos sabendo se ainda temos razão ou se, como costumo dizer, não a teremos perdido pelo caminho. Nunca precisámos tanto dos críticos. Jesus acima de todos, parece-me.

 

José Manuel Ribeiro, jornal O Jogo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:24

Cartoon do dia

Rui Gomes, em 12.12.17

 

SPGPMHIR.jpg

 A voz dos "encarnados" com "refeição" digital

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 14:20

 

7955adcd7-1.jpg

 

Bruno de Carvalho recorreu novamente às redes sociais com um texto intitulado "Afinal, existem ou não sportingados?", cujo objectivo, por incrível que pareça, é "denunciar" um sócio do Sporting que terá trocado e-mails com o notório benfiquista Pedro Guerra. Sócio este que, pelos vistos, o presidente já tentou sem sucesso processar em tribunal:


"Ainda ao dia de hoje se fala muito dos processos que coloquei a sócios do Sporting CP. Foram 5, esses processos, e não 300 como quiseram passar. Um deles foi contra o associado André Carreira Figueiredo que, pelos vistos, foi apanhado a enviar emails a pessoas do Benfica. Dizem-me que até à data já se viram 52 desta personagem para eles. Junto aqui um que me mandaram. São estes os sportingados que têm que ser afastados de vez do Clube e que tantos andaram tão `ofendidos` por eu os ter processado.... Irei denunciando, um a um. Já foram, entre outros: José Pedro Rodrigues, Pedro Paiva dos Santos, André Carreira Figueiredo".

 

É por de mais evidente, há muito, aliás, que o figurante que preside ao Sporting Clube de Portugal pretende afastar do Clube quem o critica ou, de qualquer modo, lhe desagrada.

 

Sendo verdade, poderemos discordar das alegadas acções deste sócio, mas desde quando é que um cidadão numa sociedade democrática deve satisfações a um qualquer Bruno, pelas actividades da sua vida particular ?

 

É crime enviar e-mails para Pedro Guerra, ou outro, uma vez que o referido sócio não exerce qualquer função no Sporting e, em princípio, não tem acesso a informação e/ou documentação confidencial ?

 

Até que extremos este ditador de "meia-tigela" pretende ir para massajar o seu ego e evitar voltar para o desemprego ?... Ou melhor, até que ponto é que os sócios do Sporting estão dispostos a tolerar este vergonhoso estado de coisas ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:16

 

839383f3896faff9c012c0b9490744b5.jpg

 

O Sporting tinha no final de Setembro um encargo de 6,72 milhões de euros por liquidar em comissões para intermediários em negócios de compra e venda de passes de jogadores. É um montante 35% superior ao saldo que se verificava a 30 de junho (4,98 milhões).

 

Os números constam do relatório e contas que a Sporting Clube de Portugal Futebol SAD publicou esta segunda-feira na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), onde reporta um lucro de 24,7 milhões de euros no período de julho a Setembro. Os ganhos do primeiro trimestre da época 2017/2018 caíram face aos 62,9 milhões de lucro no ano passado, devido, fundamentalmente, à queda no encaixe com a venda de jogadores.

 

No Relatório e Contas agora publicado, o Sporting apresenta um saldo por liquidar com fornecedores externos no valor total de 16,5 milhões de euros, 21% acima do verificado em junho. Daquele montante há uma parcela de 9,8 milhões de euros não discriminados. Os restantes 6,7 milhões estão identificados e respeitam a empresários e empresas que participaram na aquisição de passes de futebolistas.

 

Recorde-se que o presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, foi uma das vozes mais críticas aos gastos dos clubes de futebol com intermediários. Em 2013, numa entrevista ao "Jornal de Negócios", o presidente dos leões foi contundente: "O Sporting pagava comissões de tudo! Se fazia compras ainda pagava adicionalmente uma comissão, se fazia vendas – e aí faz todo o sentido – pagava uma comissão, muitas vezes também poderia pagar uma comissão sobre os próprios ordenados. E é fácil perceber que essa é uma das causas que faz com que vários clubes estejam na situação financeira em que estão".

 

Há quase três meses o Sporting enviou à CMVM uma lista detalhada dos seus gastos com comissões nos negócios feitos durante o Verão, para recomposição do seu plantel para a presente temporada. Globalmente, essas transações implicaram comissões da ordem dos 8,5 milhões de euros.

 

Muitos dos negócios e comissões que surgem agora na lista de pagamentos a fazer (à data de 30 de Setembro) já estavam referenciados na lista de transações reportada ao mercado a 21 de Setembro.

 

img_818x455$2017_05_27_00_21_35_632198.jpg

Mathieu põe Team Spirit no topo da lista

 

O fornecedor que no final de setembro tinha o maior valor a receber do Sporting era a Team Spirit Football Consulting, empresa que intermediou a entrada de Jérémy Mathieu para os leões. O passe foi adquirido a custo zero, mas com uma comissão para a Team Spirit de 2 milhões de euros. Em setembro o Sporting tinha por pagar a esta empresa 1,22 milhões.

 

Há outros intermediários de relevo na lista de pagamentos a fornecedores do Sporting, como a Buttonpath, que em Setembro tinha por receber 852 mil euros do Sporting, e que esteve envolvida nas saídas dos jogadores Rúben Semedo, Paulo Oliveira e Marvin Zeegelaar.

 

O terceiro intermediário na lista de pagamentos era Marcelo Simonian, com 800 mil euros por receber. Simonian participou na aquisição do passe de Marcos Acuña, a mais cara contratação do Sporting esta época (quase 10 milhões de euros). Estes 800 mil euros de comissão já haviam sido reportados à CMVM a 21 de Setembro.

 

A lista de empresas fornecedoras de serviços, nas contas do primeiro trimestre, incluem ainda a Pasqualin D'Amico Partners, LMP Bomore, Hency Trading Limited, For Gool, Gondry Financial Services, Laco Investments, Positionumber, Universal Management, Football Capital, Proeleven e Soccer Club Properties.

 

Entre os intermediários que deixaram de estar na lista de fornecedores dos leões está a Energy Soccer, empresa fundada por Alexandre Pinto da Costa, mas da qual o filho do presidente do Futebol Clube do Porto se desvinculou ainda em 2016, alienando a sua participação à empresa Pesarp.

 

Saldo com outros clubes recuou

 

Se os montantes a pagar a intermediários cresceram no primeiro trimestre da temporada 2017/2018, os encargos por saldar com clubes baixaram: caíram de 27,5 milhões de euros em junho para 20,8 milhões em Setembro.

 

Neste capítulo, o maior credor do Sporting era a Sampdoria, que tinha 4,25 milhões de euros por receber, seguida do Racing Club, com 3,3 milhões a seu favor, e do Wolfsburg, com 2,5 milhões por receber.

 

Braga, Real Madrid, Estoril-Praia e Corinthians constam também da lista de outros clubes aos quais o Sporting ainda tinha pagamentos a realizar no final de Setembro.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:15

 

orig_287956.jpg

 

O Sporting vai defrontar o campeão em título da Liga Jovem da UEFA, os austríacos do Salzburgo, no play-off de acesso aos oitavos de final, ditou o sorteio da prova europeia de sub-19.

 

Depois de terem sido segundos no grupo D, atrás do Barcelona, os leões vão defrontar, em jogos a disputar em 6 e 7 de Fevereiro de 2018, o campeão do ano passado, que na final bateu o Benfica.

 
O Salzburgo apurou-se para esta fase no caminho dos campeões, o que lhe permite jogar a eliminatória em casa, à semelhança de Ajax, Brodarac, Inter Milão, Krasnodar, Molde, Nitra e Zeljeznicar.

Já nos oitavos de final, cujo sorteio decorre em 8 de Fevereiro do próximo ano, está o FC Porto, que venceu o grupo G.
 
Programa de jogos do play-off da UEFA Youth League:

Salzburgo - Sporting
 
Molde - Mónaco

Inter Milão - Spartak Moscovo

Ajax - Paris Saint-Germain

Brodarac - Manchester United

Nitra - Feyenoord

Zeljeznicar - Atlético de Madrid

Krasnodar - Real Madrid
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:14

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 11.12.17

 

5228094993_328a53c8df_b.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

2017 Pagani Zonda F Roadster - 1,4 milhões de dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00

 

Champions-League-draw-LIVE-Man-Utd-Man-City-Liverp

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:23

 

ligaeuropaleague.jpg

 

Realizou-se esta segunda-feira o sorteio para os 16-avos-de-final da Liga Europa, com o Sporting a defrontar o Astana - do distante Cazaquistão, cerca de seis mil quilómetros - delocando-se a esse país no jogo da primeira mão agendado para 15 de Fevereiro. Nesse mesmo dia, o SC Braga - o único outro clube português na prova - joga em Marselha diante do Olympique. Os jogos da segunda mão, em casa das equipas portuguesas, têm lugar a 22 de Fevereiro.

 Eis a reacção ao sorteio de André Geraldes, director-desportivo do Sporting:
 
"Olhamos para este sorteio com o máximo respeito pelo Astana. Entendemos que a maior dificuldade, além da desportiva, será a diferença horária, que é de seis horas, e o tempo de viagem, nunca inferior a sete horas de avião. No entanto, é o que é e encararmos o sorteio com naturalidade. A outra face de virmos para uma competição diferente da Liga dos Campeões é esta: a Liga Europa, pelas características geográficas dos clubes envolvidos, cria a possibilidade de apanhar adversários desta distância.

Entramos em todos os jogos para ganhar e o objectivo é ir o mais longe possível. O respeito é o mesmo e a motivação também. Para nós é igual jogar com o FC Barcelona ou com o Astana".
 
O enquadramento completo do sorteio:
Marselha-SC Braga
Steaua-Lazio
Partizan-Viktoria Plzen
Real Sociedad-Salzburgo
Lyon-Villarreal
Estrela Vermelha-CSKA Moscovo
Nápoles-RB Leipzig
Celtic-Zenit
AEK Atenas-Dínamo Kiev
Spartak Moscovo-Athletic Bilbao
Copenhaga-Atlético Madrid
Nice-Lokomotiv Moscovo
Borussia Dortmund-Atalanta
 

photo_164864.jpg

 

ADENDA: Este adversário poderá não ser a "pêra doce" que inicialmente parece. Na fase de grupos da Liga Europa, classificou-se em segundo lugar no Grupo A, apenas com um ponto a menos dos espanhóis do Villarreal.
 
O treinador é o búlgaro Stanimir Stoilov, que enquanto jogador alinhou duas épocas pelo Campomaiorense. Conhece, portanto, o futebol português.
 
Em termos de fuso horário, há seis horas de diferença entre Lisboa e Astana. A distância entre cidades é mais de 6 mil quilómetros e a viagem durará cerca de 11 horas.
 
Espera a equipa leonina um clima severo nesta altura do ano, com neve e temperaturas negativas. No entanto, o recinto do Astana é coberto, muito embora com piso sintético.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:55

 

naom_59eed6b45d0ba.jpg

 

A acreditar no que está a ser noticiado esta segunda-feira, o futuro de Iuri Medeiros estará a ser negociado entre o Sporting e o Génova. O extremo de 23 anos perdeu espaço nas escolhas de Jorge Jesus e pode deixar Alvalade pela abertura da janela de transferências de Janeiro.

 

Sobre a mesa negocial estará um empréstimo válido por uma época e meia, com opção de compra que pode ser exercida no final do período da cedência. 

 

Na temporada em curso e depois de ter realizado uma boa campanha no Boavista na época transata, Iuri Medeiros soma 9 jogos em todas as competições, 4 dos quais como titular, acumulando 331 minutos de jogo (média de 36,7 minutos por jogo). Este domingo, o extremo alinhou pela equipa B no «derby» da II Liga.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:34

Futebol com humor à mistura (14)

Rui Gomes, em 11.12.17

 

0de1a52a5cf29fe3520fef6d2016c84d.jpg

 

Rogério Casanova, jornal Expresso, e a sua usual análise humorística à performance dos jogadores do Sporting, esta do jogo da 14.ª jornada diante do Boavista, no Bessa. Como sempre, com humor e a brincar diz-se muitas verdades:

 

Rui Patrício

Mais um jogo a líbero, mais um jogo em que as pequenas criaturas olhavam dos centrais para o guarda-redes e do guarda-redes para os centrais, mas já era impossível distinguir quem era central e quem era guarda-redes. Embora, na sua forma actual, talvez fosse preferível ser ele e não Coates a tentar fintar avançados à entrada da área.
 

Piccini

O seu valor é de uma estabilidade tão grande nestes tempos de incerteza que começa a ser ridículo encarar a sua cotação como flutuante. Aliás, é uma questão de tempo até aparecerem maluquinhos na Internet a defender a organização das economias mundiais num regime cambial de padrão-Piccini, em que uma autoridade monetária é obrigada a possuir Piccinis suficientes para converter todo o dinheiro representativo que emite em Piccinis, de acordo com taxas de câmbio fixas. Neste sistema, seria a quantidade de reservas de Piccinis de cada país a determinar a sua oferta monetária. Depois, se um país for superavitário na sua balança de pagamentos, deve importar Piccinis de países deficitários, elevando a sua oferta interna de moeda, e levando a uma expansão da base monetária. Caso tenha uma balança comercial deficitária, exportaria então Piccinis, sofrendo a respectiva contracção monetária e aumentando a competitividade de seus produtos no exterior. Não sei, quer dizer, já ouvi ideias piores.

 

Coates

São legíveis no seu rosto os vestígios do ancestral combate entre o instinto animal e o protocolo social. O instinto diz-lhe para pegar numa submetralhadora MP5 da Heckler & Koch e despejar uma rajada ininterrupta de metal fundido na direcção de um jogador do Boavista, sacundindo-lhe o cadáver numa tarantela blasfema sob a torrente de balas até nada restar a não ser um charco de espuma carmesim no relvado, com alguns farrapos dispersos de Rochinha lá no meio. Mas as pressões da sociedade dizem-lhe para fazer antes um corte em carrinho e ver o consequente cartão amarelo, ou então para o tentar fintar à entrada da área e perder a bola. Mesmo que nem sempre se tome a decisão mais correcta, é nestes impulsos contraditórios - e nas respectivas lições - que se forma o carácter humano.
 

Mathieu

Um jogo - mais um - à altura de uma parábola Zen: «O Sporting foi ter com um monge sábio que se retirara para meditar e perguntou-lhe: 'Mestre, qual o caminho que devo seguir?' E o monge sábio respondeu-lhe "a luz do amor é como um relâmpago, mas a luz da sabedoria é como um cometa. E metal do arado que lavra a terra é o mesmo da espada que deixa a água incólume". E enquanto o discípulo fez uma vénia e ficou a reflectir sobre o assunto, o jogo já estava ganho, e a equipa provisoriamente em primeiro lugar.
 

Fábio Coentrão

Travou o que se costuma chamar "um duelo interessante" com Kuca, um daqueles extremos chatos que nunca param quietos e que, por algum motivo, têm quase sempre tranças. Fez o primeiro remate da equipa, que saiu por cima, levando-me de imediato a fazer o único comentário que a situação exigia: "Mas este gajo remata à baliza porquê? Ele alguma vez marcou um golo sequer?".
 

William Carvalho

Porque é que as coisas acontecem como acontecem dentro de campo? Ninguém sabe, nem nunca ninguém soube. Um dos efeitos colaterais curiosos do actual momento de forma de William é que acaba por reforçar a ideia de causalidade, denunciando um jogo repleto de ecos, relações, processos, movimentos - mas fá-lo denunciando ao mesmo tempo essa causalidade como refém perpétua de forças que lhe escapam, deixando-a assim suspensa no território indeterminado entre a Razão e o Desconhecido, e entretanto pelo menos até Domingo à noite estamos isolados no primeiro lugar, portanto não pensem mais nisto.
 

mw-860.jpg

Gelson Martins

Talvez por ser o jogador mais capacitado para o fazer, foi também o primeiro a perceber que alguém tinha urgentemente de começar a deixar jogadores do Boavista para trás, de forma a evitar que nos aparecessem tantos jogadores do Boavista à frente. O facto de esse esquema revolucionário o ter deixado muitas vezes sozinho (já que os colegas ficavam também eles para trás) não foi especialmente problemático, pois Gelson é uma pessoa paciente, além de que pode aproveitar esses momentos de solidão para descansar. Um grande slalom individual (o quarto na partida) já nos descontos, foi uma lição de como defender desesperadamente um resultado perigoso nos últimos minutos: fintar depois da linha do meio-campo, e não antes; e a finta ser feita por Gelson e não por Coates.

Bruno Fernandes

Fez a exibição possível para alguém que dá todas as indicações físicas de ter saído de uma unidade de cuidados intensivos cinco minutos antes de o jogo começar. O talento não é propriamente afectado, apenas a velocidade a que opera. Bruno Fernandes demora mais três quartos de segundo a pensar no que vai fazer a seguir, e entretanto já um ou outro chato do Boavista lhe cancelou os planos. A fadiga - física e mental - acumulada foi óbvia para todos, excepto talvez para Alan Ruiz, que assistiu do banco boquiaberto a esta demonstração de energia, agilidade e rapidez de execução. Útil nas bolas paradas, residualmente melhor na segunda parte do que na primeira, foi substituído só a cinco minutos do fim. "Até que enfim", pensaram os adeptos. "Este gajo precisa é de descanso". "Incrível", pensou Alan Ruiz, "como ele se mexe!"
 

Bruno César

Um médio-ala pós-moderno, na medida em que apenas finta, cruza ou remata ironicamente. Criou a melhor oportunidade da equipa nos primeiros 25 minutos de jogo, e fê-lo sem sequer tocar na bola (desviou-se para deixar a bola chegar a Coentrão). Ainda voltou a não tocar na bola várias vezes, mas sem o mesmo sucesso. Aliás, as vezes em que tocou na bola e as vezes em que não tocou na bola tiveram, daí em diante, resultados equivalentes.
 

Daniel Podence

Estreou nos relvados o seu novo visual - um cruzamento estilístico entre o Dunga dos Sete Anões e um teledisco do Billy Idol - e passou quarenta e quatro minutos essencialmente a dancing with himself. Quando finalmente concluíu que nada lhe estava a sair bem à primeira, deu-lhe um assomo de perfeccionismo e decidiu repetir a mesma acção várias vezes (no caso, uma finta no corredor direito) até a mesma atingir o ponto, altura em que fez o único cruzamento decente do jogo inteiro para Coentrão inaugurar o marcador. Na segunda parte, antes de sair, ainda voltou a desenhar uma jogada de golo que Dost preferiu não aproveitar. Com altos e baixos, o certo é que vai sendo decisivo.
 

Bas Dost

Eis o milagre da conversão brusca da matéria: de um lado o material em bruto, informe (uma esfera, perdida no ar), do outro, o objecto perfeito, humano, acabado (a bola dentro da porra da baliza); e entre os dois extremos nada, a não ser um trajecto quase invisível de sublimação, vigiado e fiscalizado apenas por Bas Dost, uma mistura de autómato, demiurgo e melhor pessoa do mundo de todos os tempos.
 

Marcus Acuña

Nos seus pés, o cruzamento continua a ser um signo que, semiologicamente falando, opera excessivamente, desacreditando-se ao expor de forma tão óbvia a sua finalidade. Mas o canto que deu origem ao 0-2 foi ganho por ele, e não seria, numa reprodução exacta das mesmas circunstâncias, ganho por muitos outros jogadores.
 

Rodrigo Battaglia

Entrou para recuperar bolas e foi exactamente o que fez, que os tempos não estão para desobedecer a ordens.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:57

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds