Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Elias confirmado no Flamengo

Rui Gomes, em 10.01.13

 

Muito embora o Sporting ainda não tenha emitido comunicado oficial, o Flamengo já o fez no seu site. Elias vai para o emblema brasileiro por empréstimo por um ano, com opção de compra. O Flamengo assume a totalidade do seu salário - cerca de 160 mil euros mensais - e espera-se confirmação se também pagou o milhão de euros que o Sporting estava a exigir pela transferência.

 

A lembrar, o jogador brasileiro chegou ao Sporting no ínicio da época de 2011/12, ao custo de 8,850 milhões de euros, a contratação mais cara na história do Clube. Pouco tempo de pois - salvo erro em setembro - vendeu 50 por cento dos seus direitos eoconómicos ao fundo «Quality Football Ireland» por 3,850 milhões de euros, ficando, por este meio, com um investimento de 5 milhões de euros no jogador.

 

Enquanto em representação do verde-e-branco, Elias participou, como titular, no total de 48 jogos, e como suplente utilizado em 3 jogos, jogando o total de 3659 minutos. Em todas as competições marcou 6 golos e, enquanto em campo, a equipa marcou 76 golos e sofreu 49.

 

Eu próprio admito que o jogador que veio do Atlético de Madrid para Alvalade, depois de já ter representado emblemas como o Palmeiras, Corinthians e a Juventus, não satisfez a elevada expectativa, no entanto, não houve uma única pessoa no «milieu» futebolístico português que não tivesse louvado o jogador e a aquisição, à partida. Agora, pós facto, vão surgir os inevitáveis sábios - que na realidade não percebem patavina - a criticar a decisão do Conselho Directivo do Sporting pela contratação deste activo.

 

O mundo do desporto profissional oferece sempre este tipo de alçapão para quem compra e vende atletas, por muito notáveis que eles sejam. A exemplo, será que os mesmos «sábios» terão antecipado o flop que se tornou Fernando Torres no Chelsea, chegando ao clube como um goleador exímio de registo a troco de 40 e não sei quantos milhões?...A realidade é que a contratação de Elias fez sentido - antecipando que ele seria o «patrão» do meio campo leonino - e até é de louvar a coragem do Conselho Directivo pelo inevitável risco assumido com este tipo de aquisição. Não resultou, e as razõres para este desfecho das coisas não são muito claras neste momento. Se por deficiência técnica do jogador, em si, ou por consequência do desclabro do colectivo. O presente negócio com o Flamengo deverá ser interpretado como o melhor possível, nas circunstâncias, já que a improdutividade da equipa não serviu para valorizar este ou qualquer outro activo, salvo, possivelmente, e por razões óbvias, Rui Patrício. Não se previa que surgisse um clube, nomeadamente do Brasil ou de Espanha, interessado em adquirir este jogador, no imediato, sem primeiro verificar a sua capacidade para contribuir.

 

Está para ver se o Sporting irá colmatar esta saída com outra aquisição de fora ou se utilizará um dos dois ou três mais atraentes jovens da equipa B. Sinto-me mais inclinado para esta última opção, apesar da ausência de Schaars, por lesão.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:33

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo