Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Cristiano Ronaldo - pela sua dimensão futebolística, e não só - está sempre sob a irreverente lupa mediática e o seu comportamento é examinado minuciosamente, dentro e fora do relvado. O ainda jovem atleta do Real Madrid tem vindo, progressivamente, a atingir um nível de maturidade notável. No recém-embate com o Celta de Vigo para a Taça do Rei - onde Ronaldo «apenas» registou mais um «hat-trick» -  Hugo Mallo sofreu uma lesão algo grave no joelho num lance em que o jogador português conduzia a bola a toda a velocidade. No final do jogo Ronaldo foi ao balneário do adversário para saber sobre a condição física do defesa do Celta. 

«Ele teve um gesto bonito. Para mim, foi um momento que jamais esquecerei. Foi algo que agradeço e que quero tornar público, porque foi bastante importante. Ronaldo ainda me ofereceu a camisola. Eu estava deitado na marquesa e quando o vi disse: «Puxa!». Ele perguntou como é que eu estava, sentou-se ao meu lado, falou comigo, acarinhou-me. Foi como se fosse meu amigo de sempre. Ele foi espectacular comigo. Até aquele momento, só tínhamos disputado alguns lances nos dois jogos anteriores. No entanto, depois de me ter lesionado, ele agiu como se me conhecesse toda a vida.»

Um momento digno de registo daquele que, para mim, continua a ser o jogador mais completo do Mundo e a um nível de excelência que não é justamente reconhecido pela distinções atribuídas pela FIFA. Lionel Messi, por muito bom que seja, indiscutivelmente, para demonstrar ser um jogador tão completo como Cristiano Ronaldo teria de ir para um outro clube e campeonato onde não exista um sistema de jogo especialmente desenhado para ele e onde não seria tão protegido como é na Espanha. De certo modo, caso semelhante ao de Neymar, com outros contornos. O craque brasileiro se desejar ser reconhecido a nível mundial, terá de vir jogar para o velho continente, caso contrário, nunca passará de ser um grande jogador somente no...Brasil.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:02

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De A. Santos a 11.01.2013 às 21:03

Caro Rui Gomes

Bonito gesto, sem dúvida! Dignifica não só o jogador, como também a instituição que o formou. Só temos que estar orgulhosos deste rapaz!

Cumprimentos
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2013 às 21:28

Toda a Nação tem orgulho neste jogador excepto os arruaceiros portugueses do género que o meu amigo ainda recente criticou e que estão envolvidos na já «famosa» revolução do Sporting.

Cumprimentos

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo