Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Liedson: o homem e o futebolista

Rui Gomes, em 24.01.13

 

Apesar do excelente futebolista que foi (será ainda ?) e pelas muitas alegrias que proporcionou no relvado, enquanto representou o Sporting, nunca tive ilusões sobre o carácter do homem e nem sequer me vou dar ao trabalho de refrescar memórias acerca dos diversos incidentes que sustentam este meu desde sempre parecer. Já tive ocasião de citar que a sua transferência - temporária que seja - para o FC Porto, não mexe com a minha consciência sportinguista. Liedson, pelo seu registo competitivo durantes os anos que esteve em Alvalade, ocupará sempre um lugar na história do Sporting, mas não merece - nunca mereceu - o elevado patamar de estima que se atribui a figuras verdadeiramente lendárias que jogaram de leão ao peito.

 

As suas palavras pela apresentação oficial no clube do Norte, vão longe para confirmar, na minha opinião, a referência sobre o seu carácter:

 

«Foi a oportunidade que surgiu agora. Na verdade, era um desejo de há alguns anos mas apenas se concretizou agora. Estou feliz por o FC Porto ter acreditado novamente em mim e dar-me esta oportunidade. Espero retribuir da melhor maneira esta confiança.» Disse mais, mas esta é a parte mais pertinente à essência deste escrito. Reflectindo sobre a sua declaração e considerando que saiu do Sporting há precisamente dois anos, é caso para questionar de há quantos - «alguns» - anos vem este seu desejo de representar a equipa portista. Esta parte só é ambígua pela indefinição do tempo, enquanto uma outra frase é susceptível a interpretações diversas: Estou feliz pelo FC Porto ter acreditado novamente em mim.» Podendo ser indicativo de que o clube portista já «acreditou» nele em outras ocasiões. Reconheço que isto é uma interpretação muito literal, mas fica no ar o seu verdadeiro significado. Em resumo, faz parte do passado do Sporting e não do presente,o resto fica para a história.

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:02

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo