Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O dia começou mal

Rui Gomes, em 30.09.14

 

 

Depois de ter vencido o Maribor, na Eslovénia, a equipa de sub-19 do Sporting foi goleada pela sua congénere do Chelsea, por 5-0, em jogo da 2.ª jornada da UEFA Youth League, realizado na Academia de Alcochete.

 

Não assisti ao jogo, não posso, portanto, comentar o que terá sido um dia muito negativo para os comandos de José Lima, que ao intervalo já perdiam por 4-0. No entanto, não espanta um amigo meu me ter telefonado a comunicar o óbvio: não jogaram nada !

 

Há causa para reflectir como é que a equipa de juniores do Clube que é dos melhores formadores do Mundo, é goleada por um clube inglês cuja equipa principal compete quase exclusivamente com jogadores comprados no mercado ao preço do ouro.

 

Esperamos que o jogo que terá o seu início às 19h45, tenha um desfecho mais feliz.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:03

Gala Europeia em Alvalade

Rui Gomes, em 30.09.14

 

 

«Sabemos que só poderemos discutir os pontos com

superação, com atitude e com qualidade»

 

-    Marco Silva    -

 

«O Sporting só promete uma coisa: dar o seu máximo, o seu

melhor, para conseguir o melhor resultado possível»

 

-    Adrien Silva    -

 

«O que posso dizer é que para nós um bom resultado é ganhar.

Mas uma coisa é querer e outra é conseguir. Acho que o Benfica

e o FC Porto quiseram vencer e não conseguiram»

 

-    José Mourinho    -

 

«O Sporting tem jogadores de qualidade, é um grande clube. Lembro-me

de jogar aqui e sei como é difícil. Mas estamos preparados»

 

-    Willian    -

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:34

 

Lia uns jornais enquanto tomava o pequeno almoço, como é meu hábito - e encontrei casualmente um artigo de opinião já publicado há uns dias, que achei interessante e merecedor de partilhar com os leitores, pela temática directamente associada ao Sporting. O autor chama-se André Pipa, quem eu presumo que seja um cronista ao serviço do diário "A Bola".

 

O artigo é excessivamente extenso para eu o transcrever aqui, na totalidade, nem tenho os meios para efectuar qualquer link. Perante isto, passo a transcrever um parágrafo que me parece mais relevante ao momento do nosso Clube:

 

«Se Fernando Santos foi ver alguns dos três grandes no domingo passado (seria, portanto, a 5.ª jornada da Liga)... só se safou com o Sporting. O Benfica apresentou um português no onze titular (Eliseu) e dois no banco (André Almeida, que jogou 5 minutos, e Bebé). O FC Porto, a mesma coisa: um titular no onze (o espectacular miúdo Rúben Neves) e Quaresma no banco (jogou 27 minutos). Já o Sporting alinhou com com seis portugueses (Rui Patrício, Cédric, William, Adrien, João Mário e Nani) e tinha mais três no banco (Esgaio, Paulo Oliveira e Carlos Mané).

Não é nenhuma novidade a estrangeirização quase absoluta das equipas do Benfica e do FC Porto - é assim há muitos anos - como não espanta o significativo contingente nacional no Sporting: estamos a falar do clube que produziu a maioria dos melhores e mais decisivos jogadores da Selecção Nacional nos últimos vinte anos. Mas não deixa de ser chocante que o seleccionador nacional possa ver apenas dois portugueses de início - DOIS ! - no Benfica e no FC Porto, que têm sido nos últimos largos anos as equipas mais fortes e competitivas do País. Alguma coisa está fundamentalmente errada nisto.»

 

André Pipa passou depois a fazer uma comparação com diversos outros campeonatos, entre os quais eu seleccionei o inglês, que também não deixa de ser chocante e irá longe em explicar o bem conhecido insucesso da selecção inglesa de há uns anos a esta parte. Escreve o autor:

 

«Vejamos a propósito, o que se passou com as melhores equipas - da "English Premier League : o Chelsea alinhou com dois ingleses de início (nenhum no banco), o Manchester City com dois também (mais um no banco), o Liverpool com três (dois no banco) e o Arsenal com quatro (um no banco).»

 

Pouco de novo é apontado pelo cronista, mas é sempre bom saber que alguém está a prestar atenção e a divulgar a situação. Se este artigo e outros do género contribuirão para uma modificação nas estruturas do futebol nacional é muito duvidoso, pelo menos a curto prazo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:34

 

 

«Claro que conheço bem o Nani. Ainda é dos nossos, do Manchester United. Conheço o Rui Patrício. Quero ver como está o Nani. Ele teve uma época fantástica, há dois anos. Parece que se perdeu no caminho. É interessante ver se ele se vai levantar outra vez. Voltou para onde estava antes, mais em casa do que em Manchester. A ver se isso o volta a colocar no nível em que estava. Se jogar o melhor que sabe, é um jogador inacreditável.

 

Sou sportinguista. Não quero saber do FC Porto. O Sporting é um clube que sempre produziu muitos talentos que desempenham um papel importante no mundo do futebol. Cristiano Ronaldo é um deles, claro. Vai ser interessante para mim ver a equipa. FC Porto, Sporting e Benfica, mesmo que não estejam a jogar bem, quando se defrontam é sempre difícil, é diferente. Podem não estar a jogar a um nível elevado, em crise, mas quando jogam contra um grande, jogam sempre algo extra.»

 

O inesquecível Peter Schmeichel em recém-entrevista à Sport TV. Chegou ao Sporting com 36 anos e sagrou-se Campeão Nacional. Não deve ter sido uma contratação barata para o Sporting - especialmente em termos salariais - mas creio que ninguém duvidará que foi dinheiro bem gasto. Teríamos sido campeões sem ele ?... É possível, claro, mas acredito que ele fez uma enorme diferença, entre os postes e no balneário. Tenho grandes memórias dele em campo, das suas defesas - também de alguns "frangos" - de o ver colocar a bola em jogo de forma espectacular e, especialmente, de o ver comandar a nossa defesa. Recordo como se fosse hoje, a exemplo, o Rui Jorge ou o Beto a esconderem-se dele após um erro defensivo. Ele não lhes perdoava !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:33

Convocatória para o Chelsea

Rui Gomes, em 29.09.14

 

 

Marco Silva convocou 18 jogadores para o jogo desta terça-feira com o Chelsea, em Alvalade, a contar para a 2.ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões:

 

Guarda-redes: Rui Patrício e Marcelo Boeck

 

Defesas: Cédric Soares, Maurício, Nany Sarr, Paulo Oliveira, Jonathan Silva e Jefferson

 

Médios: William Carvalho, Adrien Silva, André Martins, Oriol Rosel e João Mário

 

Avançados: Nani, André Carrillo e Diego Capel

 

Pontas de lança: Slimani e Fredy Montero

 

Salvo Marco Silva vir a adoptar qualquer estratégia especial, tendo em conta a superioridade do adversário, a única dúvida sobre o seu onze inicial recai entre a utilização de Jefferson ou Jonathan Silva no lado esquerdo da defesa. Por conseguinte, a equipa provável do Sporting deverá ser esta:

 

Rui Patrício; Cédric Soares, Maurício, Naby Sarr e um dos referidos laterais esquerdos; William Carvalho, Adrien Silva e João Mário; Nani, André Carrilo e Slimani na frente ofensiva.

 

Fora da convocatória ficaram Carlos Mané, Ricardo Esgaio e, como é usual, Junya Tanaka. Já nem vale a pena evocar Slavchev e Ryan Gauld, e muito menos ainda o "desaparecido" Shikabala.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:26

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:35

Os usuais ruídos....

Rui Gomes, em 29.09.14

 

 

Acho sempre uma certa piada quando determinadas figuras do universo sportinguista aparecem na praça pública em ocasiões de maior relevo mediático. Em entrevista à Rádio renascença, o antigo presidente, José Sousa Cintra, pronunciou-se sobre o "grande empenho e vontade de vencer por parte dos jogadores do Sporting, perante uma equipa fortíssima, uma das melhores do mundo, senão a melhor", a sua ligação de amizade com outros clubes e presidentes, nomeadamente Jorge Nuno Pinto da Costa e, ainda, sobre a proposta a ser apresentada na Assembleia Geral da SAD, com o objectivo de levar a tribunal os já divulgados antigos dirigentes do Sporting, declarando que "os sócios e accionistas estão do lado de Bruno de Carvalho, que está a realizar um excelente trabalho na liderança do Sporting."

 

Um conhecido aliado do actual presidente, Sousa Cintra, por vezes, quase dá indicações que teme que o seu mandato também venha a ser alvo de alguma investigação, e até há ampla razão para o efeito, designadamente no que diz respeito às suas constantes interferências no balneário leonino, no foro de decisões do treinador e, sobretudo, por ter despedido o lendário Sir Bobby Robson, sem cerimónias, à entrada da Porta 10-A, com a equipa em primeiro lugar no campeonato. Isto, a propósito de decisões que prejudicaram o Sporting.

 

E... sobre tudo isto, sinto-me perfeitamente à vontade para comentar, por ter conhecimento de causa pessoal e directo, tendo assistido a algumas das suas peripécias enquanto presidente do Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:14

Golo de Nani o melhor da Champions

Rui Gomes, em 29.09.14

 

 

O golo que Nani marcou ao NK Maribor (79') no primeiro jogo da fase de grupos da Liga dos Campeões, foi eleito no portal da UEFA como o melhor da semana, com 56% da votação.

 

Este golo estava entre os cinco finalistas, que incluiram: o golo de Brahimi (FC Porto) ao Bate Borisov - Hulk (Zenit) ao Benfica - Benzema (Real Madrid) ao Basileia e Carlos Tevez (Juventus) ao Malmo.

 

Pode rever o golo de Nani aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:39

Um muito generoso José Mourinho

Rui Gomes, em 29.09.14

 

 

Nem outra coisa era de esperar, por parte do treinador português do Chelsea, na véspera do embate em Alvalade a contar para a fase de grupos da Liga dos Campeões:

 

«Vi um bom Sporting (contra o FC Porto), que esteve melhor na primeira parte do que na segunda, mas foi sempre um bom Sporting. Apesar de serem equipas e treinadores diferentes, acho que existe uma ligeira continuidade do ano passado para esta época, não só porque se mantiveram muitos jogadores mas também porque o próprio pragmatismo e estrutura são similares. É uma equipa que tem bons jogadores e que considero que tem boas condições neste grupo para lutar pela classificação. Não ganhar em Alvalade e seguir na Champions ?... Assino já !"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:06

Casa cheia para o Chelsea ?

Rui Gomes, em 29.09.14

 

 

Até ao fecho das bilheteiras no domingo, já estavam vendidos cerca de 35,000 ingressos para o muito esperado encontro com o Chelsea, a contar para a 2.ª jornada do Grupo G da Liga dos Campeões.

 

O mais díficil teste da época espera o Sporting em Alvalade, na terça-feira, perante o actual líder da "English Premier League", com 16 pontos, provenientes de 5 vitórias e 1 empate, em 6 jogos, com 19 golos marcados e 7 sofridos.

 

O melhor marcador da equipa liderada por José Mourinho e da própria Liga, é Diego Costa, com 8 golos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:18

 

 

Este é o meu terceiro artigo sobre a actividade dos fundos de investimento no futebol, o último dos quais intitulado "A problemática dos fundos".

 

A FIFA anunciou recentemente que vai avançar com a proibição de partilha de passes de jogadores entre clubes e fundos de investimento, medida esta, que se for concretizada, poderá colocar em sério risco a existência desses grupos e que, na óptica de alguns observadores, afectará o futebol português mais do que muitos outros.

 

Há já algum tempo que Michel Platini - presidente da UEFA - anda a exortar Joseph Blatter - presidente da FIFA - para ter a coragem política para lidar com o problema. Apesar do impacte mediático destas considerações, não podemos deixar de questionar a sinceridade de intenções e a praticabilidade da respectiva implementação. Ao fim e ao cabo, Blatter fez esta mesma promessa em Outubro de 2007 sem efeito algum, e o próprio também já admitiu que a anunciada proibição não será imediata, porque requer um período de transição ainda por definir. 

 

A modalidade é proibida em Inglaterra, França e Polónia, mas está significativamente em voga na América do Sul, nomeadamente na Argentina e no Brasil, e na Europa é particularmente comum em Portugal e Espanha, muito pela influência do empresário português Jorge Mendes.

 

No centro da contenda está a autonomia dos clubes que, sem recursos financeiros próprios, recorrem aos fundos de investimento para a contratação de atletas que lhes permita atingir alguma paridade competitiva com os galácticos do universo futebolista. Podemos evocar as bem conhecidas circunstâncias dos três grandes portugueses, mas, em Espanha, a situação é idêntica, a exemplo do Atlético de Madrid, que, sem os fundos, nunca poderia competir com o Real Madrid e o Barcelona.

 

A modalidade, no seu actual formato, ameaça igualmente a integridade do desporto, mancha a sua imagem e representa uma sombra muito negra quanto à sobrevivência financeira dos clubes. Cada vez com mais frequência, os passes de jogadores são propriedade de empresas opacas, geridas em paraísos fiscais e controladas por figuras anónimas, que garantem enormes margens de lucro a quem nelas investe.

 

Mas será mesmo que a proibição dos fundos de investimentos afastará os clubes de endividamento ?... Se um clube pretender comprar um determinado jogador e não tiver dinheiro, o que é que impede esse clube de se dirigir a uma instituição bancária ou a um investidor particular para financiar a operação, em parte ou na totalidade, comprometendo-se a pagar mediante determinados prazos e condições ?... Não é evidente, neste momento, que medidas a FIFA poderá tomar neste sentido, até porque poderemos argumentar que sem acesso a crédito, a vasta maioria de clubes de futebol desaparecerá do mapa.

 

Há quem entenda, com razão de ser, que a solução ideal recai sobre a implementação de um sistema regulador rigoroso que impedirá terceiras partes de exercer controlo sobre os atletas e influenciar as operações dos clubes, ou seja, que permita a estes preservar a sua total autonomia e, por consequência, a integridade do desporto, mas sem eliminar totalmente o mecanismo através do qual os clubes menos ricos têm acesso a meios para atingir um elevado nível de competitividade.

 

A realidade nua e crua é que a actual situação extrema por um exagero perigoso devido, exclusivamente, à inaptidão tanto da FIFA como da UEFA, que, ao longo dos anos, se mantiveram nas linhas laterais a observar o desenvolvimento do "monstro", e não obstante a actual exposição mediática, o futuro ainda tem muito, quase tudo, por esclarecer. Isto, sem desculpabilizar os próprios clubes, que foram imprudentes e irresponsáveis nas suas gestões, de certo modo a exemplo do consumidor comum que, com um cartão de crédito na mão, despende além das suas possibilidades e sem medir as inevitáveis potencialmente desastrosas consequências.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:50

 

 

O ténis de mesa português conquistou este domingo o maior feito da sua história. Portugal sagrou-se CAMPEÃO EUROPEU por equipas, ao derrotar a poderosa hexacampeã Alemanha na final disputada na Meo Arena, em Lisboa. A equipa portuguesa é liderada por Pedro Rufino e constituída por:

 

Marco Freitas - João Monteiro - Tiago Apolónia - João Geraldo e o "leão" Diogo Chen.

 

PARABÉNS PORTUGAL !!!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:54

As prioridades

Rui Gomes, em 28.09.14

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:30

Godinho Lopes "ataca" Bruno

Rui Gomes, em 28.09.14

 

 

O antigo presidente do Sporting reagiu em comunicado às recém-declarações de Bruno de Carvalho, sobre a investigação da UEFA ao Sporting, relativamente às regras do "fair-play" financeiro, acusando o actual presidente de desejar que o Sporting seja punido, "apenas porque isso serviria o seu patológico narcisismo e cumpriria o pressuposto que aparentemente mais o guia de denegrir até à insanidade os seus antecessores."

 

O comunicado completo de Luiz Godinho Lopes pode ser lido aqui.

 

Nota: O meu colega de blogue, Desert Lion, está a elaborar um texto sobre a questão do "fair-play" financeiro da UEFA, que deverá ser publicado em breve.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:41

Sporting vence Burinhosa

Rui Gomes, em 28.09.14

 

 

Em jogo da 3.ª jornada do Campeonato Nacional de futsal, realizado no sábado, no Pavilhão Multiusos de Odivelas, o Sporting venceu o Burinhosa por 7-3, com um resultado ao intervalo de 3-3, e depois de estar a perder por 1-3.

 

Os golos leoninos foram apontados por Pedro Cary (2), Cássio (2), Alex, Diogo e Fábio Lima.

 

Com este resultado, o Sporting situa-se em primeiro lugar na tabela de classificação, com 9 pontos, provenientes de 3 vitórias, 16 golos marcados e 5 sofridos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:00

Concorda com estas opiniões ?

Rui Gomes, em 27.09.14

 

 

1 - "Lopetgul tinha um banco para melhorar a equipa. Marco tinha um banco para a piorar".

 

2 -"Carrillo foi um verdadeiro terror e deixou os defesas do FC Porto de cabeça à roda. Saiu os 65 minutos - tinha de estar muito cansado, não, Marco ? - e a equipa não foi mais a mesma."

 

3 -"Marco Silva tem um problema difícil de resolver. Este Sporting é generoso, tem uma alma de grandeza enorme, mas a equipa é manifestamente desequilibrada. A equipa sente que não se pode fiar muito na sua defesa e isso condiciona o conjunto, tornando-o menos convicto."

 

4 - "O Sporting começou com 6 craques da formação, meteu Mané na 2.ª parte e ainda havia Quaresma. Um sinal de que o futuro deve passar por aqui. Sem dinheiro mais vale recorrer à prata trabalhada em casa. Com um central de qualidade há legitimidade para sonhar".

 

5 - "Toda a gente reconhece que é necessário mexer na estrutura defensiva do Sporting, designadamente nos centrais. Toda a gente... menos a estrutura leonina."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:16

Quem foi a figura do jogo ?

Rui Gomes, em 27.09.14

 

Indique quem na sua opinião foi a figura do jogo e explique as razões que o levaram a essa escolha. Rui Patrício, Nani e André Carrillo são, na minha opinião, os três principais candidatos, mas a escolha não é necessariamente limitada a eles.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:51

Para o álbum de Jonathan Silva

Rui Gomes, em 27.09.14

 

 

Um momento que Jonathan Silva não vai esquecer: o seu primeiro golo ao serviço da equipa principal do Sporting. Já se tinha estreado a marcar de "leão o peito", mas em representação da equipa B, na vitória sobre o Aves, no dia 27 de Agosto.

 

Minuto 2 do "Clássico": Jogada iniciada por Nani que confronta a defesa portista, executa um passe para o flanco direito à procura de André Carrillo, este cruza e Jonathan Silva aparece no centro da área a cabecear para o fundo da baliza de Fabiano.

 

Ao marcar aos 2 minutos num confronto com o FC Porto, Jonathan Silva bateu a marca de Falcão, que facturou aos 3 minutos, em Setembro de 2009, no Dragão, mas ainda ficou atrás de Jordão que, no dia 4 de Abril de 1984, nas Antas, inaugurou o marcador no minuto 1.

 

Nota especial do jogo, e motivo de grande orgulho leonino, o Sporting começou o jogo com 6 jogadores da formação: Rui Patrício - Cédric Soares - William Carvalho - Adrien Silva - João Mário e Nani, e utilizou um sétimo, quando Carlos Mané entrou aos 78 minutos.

 

Rui Patrício não sofria um golo do FC Porto em Alvalade, para a Liga, desde 27 de Novembro de 2010, ocasião em que foi batido por Falcão.

 

O Sporting sofreu o último autogolo no dia 1 de Março de 2014, em Alvalade, diante o SC Braga, num lance infeliz de Rui Patrício.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:50

Os melhores 45 minutos da época

Rui Gomes, em 27.09.14

 

 

Antes de mais - e escrevi esta nota antes do início do jogo - os meus parabéns a Marco Silva pela coragem de incluir Jonathan Silva no onze inicial. Sugeri esta ideia na crónica do último jogo mas, para ser sincero, nunca imaginei que o treinador o fizesse. O jovem argentino teve alguns lapsos defensivos, mas no todo dos 90' +3, teve um desempenho muito positivo e até marcou um excelente golo, logo aos 2', na bela jogada iniciada por Nani e complementada por André Carrillo.

 

Na minha opinião, nos primeiros 45' da partida viu-se um Sporting em grande nível, de longe o melhor desta época, e o resultado ao intervalo peca por escasso. A equipa leonina foi sempre a mais perigosa e objectiva, controlou totalmente o meio campo, exerceu de forma quase perfeita a pressão alta e executou o jogo de transição com muita eficácia. Esteve sempre mais perto do dois ou três zero, do que o FC Porto igualar o marcador, superou-se em jogadas de ataque e remates, com João Mário, em duas ocasiões, com grandes oportunidades para golo, além de uma jogada espectacular de Carrillo, aos 39 minutos.

 

A segunda parte apresentou um cenário diferente. O treinador portista mexeu na equipa e esta entrou melhor no jogo. Recuperou o meio campo e começou a dar mais profundidade ao seu jogo ofensivo. O golo (autogolo) da igualdade, aos 56', surgiu em directo resultado desta profundidade, e já sete minutos antes, Rui Patrício tinha feito uma grande defesa diante um Jackson Martinez isolado. O lance do golo foi de infelicidade e fruto de alguma inexperiência de Naby Sarr, mas nada mais há para apontar, faz parte do futebol.

 

O maior problema para uma equipa que entra no jogo a exercer pressão alta, é o desgaste físico, e acho que o Sporting acusou por acusar esse desgaste no segundo tempo. Com a senhora da sorte a sorrir, Diego Capel mandou uma autêntica "bomba" à trave da baliza de Fabiano, aos 79', que poderia ter assegurado a vitória.

 

No resumo dos 90 minutos, o resultado não é injusto, mas acho que o Sporting perdeu a grande oportunidade de arrumar o jogo na primeira parte. Como nota final, penso que André Carrillo foi a grande figura do jogo e muito embora no ecrã televisivo não seja possível avaliar o desgaste físico dos jogadores, não vi de bons olhos a sua substituição, aos 65 minutos. Neste sentido, Marco Silva está a tornar-se excessivamente previsível. A entrada de Montero, em substituição de Slimani, aos 78', não acrescentou nada ao jogo, aliás, mesmo cansado que o argelino tivesse, sempre teria uma muito maior presença na área portista. Não vi a linha de jogo, mas não será surpresa alguma vir a verificar que Tanaka foi mais uma vez para a bancada. Já nem comento este tipo de decisões por parte de Marco Silva. Fredy Montero vai continuar a equipar-se até ao derradeiro suspiro. Veremos o que acontecerá em Janeiro, quando Slimani se juntar à selecção argelina na disputa da Taça das Nações Africanas.

 

O Sporting tem agora o Chelsea de José Mourinho pela frente - na terça-feira - e só então é que poderemos avaliar o impacte do clássico no rendimento dos jogadores do Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:45

 

Saint-Étienne e Bordéus empataram (1-1) esta quinta-feira, em jogo a contar para a 7.ª jornada da "Ligue 1", com golos de Ricky van Wolfswinkel, aos 31 minutos, e Tiago Ilori, aos 39 minutos. Ambos estrearam-se no campeonato francês.
Este resultado deixa o Bordéus e Saint-Étienne no 2.º e 3.º lugares, respectivamente, a dois pontos do líder, o Marselha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:24

Pág. 1/8





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds