Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

phpThumb.jpg

 

Apesar dos resultados favoráveis na I Liga, já há algum tempo que o Sporting não está a jogar futebol de "encher o olho" e hoje, em Guimarães, assistimos a uma exibição em que, entre outras considerações, a ineficácia de finalização esteve em destaque, sendo a principal causa do desperdício de dois pontos.

 

ng6078827.jpg

Creio que nem sequer será necessário os cinco dedos de uma só mão para contar os adeptos que esperavam ver Schelotto e Zeegelaar no onze inicial. Foi esta a maior surpresa de Jorge Jesus, num claro sentido de poupanças com o «derby» em mente. O italo-argentino foi melhorando com o passar dos minutos, nomeadamente na zona ofensiva, mas foi o principal protagonista de uma situação de indisciplina, aos 25', que deu ensejo a um forte "puxão de orelhas" por Jorge Jesus. Já Zeegelaar, embora não tenha comprometido a defender, foi extremamente discreto na sua contribuição ofensiva.

 

Com a equipa vimaranense a jogar em linhas baixas, teria sido necessário um Sporting mais veloz, mais criativo e, sobretudo, com maior eficácia no último passe e na finalização. Nos apontamentos que escrevo durante os jogos, perdi a conta às oportunidades desperdiçadas, tanto na primeira como na segunda parte do desafio.

 

Gostaria de adiantar que Adrien Silva fez muita falta à dinâmica do meio-campo, mas acaba por ser redudante. Não jogou - Jorge Jesus que nos venha dizer que não recuperou a tempo - e essa é que é a realidade.

 

ng6078834.jpg

Parece-me evidente que a situação dos "amarelos" pesou em Slimani, que não exibiu a sua usual intensidade e agressividade sobre a bola. Mesmo assim, ainda teve várias oportunidades, mas foi escandalosamente perdulário em pelo menos três ocasiões que exigiam golo.

 

Bem... muito mais pode ser dito sobre a equipa e a exibição, mas o que fica claro é que este resultado precipita ainda maior pressão no "derby" do dia 5 de Março, e mesmo não sendo um embate absolutamente decisivo, o resultado irá influenciar de forma significativa o desfecho do campeonato.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:12

 

943964_10153303875536555_2480164665365097491_n.png

 

A convocatória, desta vez, foi revelada quase à última da hora. De qualquer modo, verifica-se que Jorge Jesus chamou vinte jogadores e que Adrien Silva - tal como eu esperava - não consta da lista.

 

O jovem Matheus Pereira ficou fora das opções, novamente, e com oito defesas convocados, é plausível que um ou dois assistam ao jogo da bancada.

 

Quero acreditar que Slimani - embora condicionado com os oito cartões amarelos - vai mesmo a jogo, sendo a única dúvida se será ou não acompanhado pelo incontornável Gutiérrez.

 

Com o regresso de Coates, também ficam algumas dúvidas quanto à dupla de centrais, entre os três disponíveis. Naldo e Tobias Figueiredo ficaram fora da convocatória, sendo a escolha, portanto, entre o referido Coates, Ewerton e Rúben Semedo. Os laterais serão indubitavelmente João Pereira e Jefferson.

 

No meio-campo teremos William Carvalho, João Mário e, muito provavelmente Aquilani, embora haja uma hipótese, muito remota, creio, de utilizar Rúben Semedo neste sector. Bruno César será a outra opção.

 

Além de Bryan Ruiz, Jorge Jesus terá de escolher entre Carlos Mané e Gelson Martins, com a preferência a recair sobre o primeiro, tudo indica, pela óptica do treinador.

 

Será que vamos finalmente ver Barcos em campo e em melhor condição física de quando chegou ? Não antecipo a sua inclusão no onze inicial, mas é possível que venha a participar no jogo, mediante as circunstâncias.

 

Boa sorte Sporting !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:49

 

 

marco_silva014057cc6b.jpg

 

À distância e depois de conquistar o título na Grécia, pelo Olympiacos, de forma inédita, Marco Silva não esquece a sua passagem pelo Sporting e o apoio dos adeptos leoninos, à excepção, claro, de uma mão cheia de soldadinhos da falange cujo prazer é vir aqui ao blogue com comentários dos mais disparatados sobre o homem que recusou prestar vassalagem ao Bruno e que liderou a equipa à conquista da Taça de Portugal. Conquista esta que até não conta muito, pelos vistos, porque só as realizações de Jorge Jesus - o melhor treinador do Planeta e arredores - é que são merecedoras de relevo. De qualquer modo, eis o que o antigo treinador do Sporting teve para dizer:

 

«Os adeptos do Sporting dão tudo por aquele clube e apoiam os treinadores e jogadores que por lá passam. O apoio é sempre constante.Vão ficar muito satisfeitos se conseguirem o título e eu ficarei muito satisfeito por eles.

 

A liga portuguesa tem sido muito competitiva e é o meu desejo que continuem a realizar-se bons jogos e a praticar-se futebol de qualidade.»

 

Sempre com classe, em contraste gritante com o "ídolo" de momento, já para não referir o líder omnipotente que nem escrever a palavra sabe.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:43

Cartoon do Dia

Rui Gomes, em 29.02.16

 

5S0WBGLO.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 12:29

Esta doeu, não foi Bruno ?

Ricardo Leão, em 29.02.16

 

19310358_j2ULo.gif

 

Como se já não bastasse a forte dor na cara com que Bruno ontem acordou e de que só percebeu a origem quando leu as notícias que, da Grécia, chegavam relativamente a Marco Silva, naquela que foi uma verdadeira bofetada com luva de pelica dada pelo ex-treinador escorraçado de Alvalade, hoje a comunicação social dá-nos a conhecer mais uma da quixotesca personagem que está à frente do Sporting. Bruno insurge-se agora contra... pasme-se, o facto de ex-dirigentes do Clube, agora rebaptizados de "ovelhas tresmalhadas em almoços" terem estado sentados à mesma mesa com Luís Filipe Vieira, de quem são amigos pessoais e com o qual almoçam há anos. E avisou: "Faz parte de uma campanha, à qual estamos atentos"!

 

À falta de melhor assunto para resolver no Sporting (por ex., as contas com prejuízo da SAD...), Bruno entretem-se agora a comentar as refeições dos outros... Haja paciência !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:23

Foto do Dia

Rui Gomes, em 29.02.16

 

Plantel-basquetebol-Sporting-2015-16.jpg

Equipa feminina de basquetebol do Sporting venceu este fim de semana

o CD Torres Novas, por 70-63, após prolongamento

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:43

Consideração do Dia

Rui Gomes, em 29.02.16

 

vieira5.jpg



«A justiça deve ser célere, deve castigar ou ilibar, mas tem de ser muito célere nas suas decisões. Portanto, para evitar demagogias ou polémicas absurdas, digo hoje que espero que nenhum jogador da equipa que vamos defrontar na próxima jornada, o Sporting, seja impedido de jogar contra nós.

A justiça deve actuar, aliás já o devia ter feito, mas, para que não haja nenhum tipo de suspeição, castiguem se tiverem de o fazer mas depois do nosso jogo.»

 

Declarações do líder "encarnado" à margem da Gala Cosme Damião. Ainda me levou alguns minutos a ponderar este "magnificente" sentido de desportivismo por parte de Luís Filipe Vieira. Creio que nem o pior cínico diria que tão enorme demonstração de hombridade está de algum modo relacionada com o regresso à cena dos casos de Eliseu e Jardel, ou que ele, porventura, já tem conhecimento do desfecho do processo instaurado a Slimani.

 

wdiag.jpgimg_467x599$2016_02_29_02_17_15_1070408.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:43

 

03_27193849_9e54d8_2712960a.jpg

 

Em entrevista ao jornal The Scottish Sun, Ryan Gauld, entre outras considerações, teve isto para dizer sobre o seu percurso no Sporting, nomeadamente a sua experiência na equipa B leonina:

 

«Sei onde e como quero chegar aos meus objectivos, isto tudo faz parte. Era difícil entrar de imediato numa equipa forte como o Sporting, onde me vêem como jogador de primeira equipa. O plano era tornar-me num dos principais jogadores da equipa. Resta-me continuar a trabalhar forte na equipa B e se surgirem oportunidades conseguir agarrá-las.»

 

Confesso que não tenho acompanhado a equipa B o suficiente para poder adiantar uma apreciação concisa sobre este jovem escocês que o Sporting contratou assente na grande promessa que representava e, porventura, ainda representa.

 

Creio que com todo o sensacionalismo associado à sua chega a Alvalade e as múltiplas referências elogiosas, a vasta maioria de adeptos já esperava ver um surgimento de Ryan Gauld na equipa principal. Ainda não aconteceu e não há indicação alguma - pelo menos na praça pública - que se verificará num futuro próximo.

 

Entre outras considerações, creio que corre um pensamento geral que o jovem já devia ter sido cedido a uma equipa de um escalão superior, em Portugal ou no estrangeiro, para lhe permitir elevar o seu jogo e ser subjugado às respectivas exigências competitivas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:42

Futsal leonino continua vitorioso

Rui Gomes, em 29.02.16

 

img_770x433$2016_02_28_18_53_32_1070176.jpg

 

A equipa principal de futsal do Sporting goleou os Leões de Porto Salvo, por 8-1, em jogo da 18.ª jornada do Campeonato Nacional, permitindo, com este resultado, igualar pontualmente o Benfica, que também venceu a sua partida, ambos com 49 pontos.

 

Os golos leoninos foram marcados por Diogo (1' e 4'), Cavinazo (3' e 29'), Fortino (25'), Paulinho (35') e Pedro Cary (39'). Houve ainda um autogolo.

 

O Sporting regista a melhor marca da Liga com 103 golos marcados - Diego Cavinazo marcou o 100.º - comparado com os 82 do rival da Luz, assim como 16 golos sofridos, comparado com os 27 do Benfica.

 

Parabéns a Nuno Dias e seus comandos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:42

 

FORQJ606.jpg

 

Sempre senti enorme dificuldade em aceitar e respeitar a postura e o discurso de Jorge Jesus, enquanto treinador de futebol, e como já tive ocasião de afirmar em vários escritos aqui no Camarote Leonino, não é por ele se encontrar neste momento no Sporting que vou alterar esta minha consideração. Aliás, é cada vez mais acentuada, pela negativa, ao assistir a declarações suas, como as que fez este domingo, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Vitória de Guimarães.

 

Além do sentido vanglorioso que invariável e inevitavelmente marca todos os seus discursos, ainda vai mais longe quando, pelas suas palavras, deixa claro que o que ontem era verdade, hoje é "mentira".

 

Muita embora haja alguma dose de verdade em algumas considerações que adiantou, há uma que me provocou prontamente. Eis o que ele teve para dizer, no contexto deste escrito:

 

«Qual é a única equipa em Portugal que já ganhou um título ? Ou a Supertaça não valeu ? Não sei que contas são essas. Quem é que está melhor em Portugal neste momento, sem ser o Benfica que está a lutar por três competições ? O Sporting ganhou um título e está em primeiro. Se vai ganhar outro ? Não sei, mas estamos a disputá-lo. Quando chegámos a esta casa dissemos que queríamos ser uma equipa que entrasse na discussão do título e é isso que estamos a fazer. Aliás, os outros é que estão a entrar nessa discussão, porque nós estamos em primeiro. Cada pessoa tem a sua opinião. Mas os factos são esses. O Sporting já ganhou um título e pode ganhar outro. Foi para isso que entrámos nesta casa, para que o Sporting voltasse à sua história. Nos últimos seis anos, quando eu estava no outro lado, o Sporting nem contava. O facto é este e quanto a isto podem querer mandar com serradura para os olhos que não vale a pena.»

Dos três rivais só um é que está em vantagem em relação a isso (competições a disputar), todos os outros têm as mesmas possibilidades e nós já vencemos um título, somos a única equipa em Portugal que já venceu um este ano. Só há uma equipa que pode ganhar três competições; a Taça da Liga, o Campeonato e a Champions, todos os outros estão em igualdade. Neste momento estão todos no mesmo patamar», acrescentou o treinador.»

 

Temos à mão muitos exemplos de contradições suas no que diz respeito ao valor que atribuía ao Sporting enquanto treinador do Benfica, este é apenas um desses exemplos, onde Jorge Jesus afirma - palavras para o efeito - no dia 8 de Fevereiro de 2014, que "o Sporting não se assume como candidato ao título mas pelo seu historial em Portugal, tudo o que disser fora dessa realidade não é factual, pelas suas exigências".

 

Além do mais, ninguém refuta o mérito de vencer o Benfica no início da época para assim conquistar a Supertaça Cândido de Oliveira, mas não deve ignorar que há outros méritos a serem reconhecidos a quem colocou o Sporting na posição de poder disputar esse Troféu.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:02

 

Para%20ser%20Foto%20da%20Capa%20ANTÓNIO%20LIVRAME

 

António Livramento, melhor hoquista de sempre e

  Sócio de Mérito do Sporting Clube de Portugal, faria hoje 73 anos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00

Adrien incentiva as "tropas"

Rui Gomes, em 28.02.16

 

naom_56d300a78944c.jpg

 

Por mera coincidência - dado o post que lhe dedicámos este domingo - Adrien Silva deu sinal de vida através desta sua publicação nas redes sociais. Não leio nisto, qualquer indicação de que o «capitão» vai a jogo amanhã em Guimarães. Creio que é apenas com o intuito de incentivar as "tropas" e, como líder da equipa, acho que faz muito bem.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:45

Foto do Dia

Rui Gomes, em 28.02.16

 

ng6064294.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:54

O que dizem eles

Rui Gomes, em 28.02.16

 

rogerio-brito57322d47_400x225.jpg

 

Rogério de Brito, antigo vice-presidente do Sporting, em entrevista concedida à Rádio Renascença, comentou, entre outros assuntos, a já conhecida decisão de Vítor Pereira de não concorrer ao Conselho de Arbitragem pela lista de Fernando Gomes, no próximo acto eleitoral da Federação Portuguesa de Futebol:

 

«Má notícia de todo em todo, não é. A boa notícia depende do que vem a seguir, como diz a tradição popular, para melhor está bem, para pior já basta assim. Em todo o caso, era muito difícil ao Vítor Pereira manter-se, quando o próprio presidente da Liga já veio avançar nomes que poderiam ser alternativas ao Vítor Pereira. Portanto, era uma pessoa que já não era querida da generalidade.»

 

O caso Slimani

 

«Se o Slimani vier a ser castigado em vésperas do jogo é verdadeiramente um escândalo e uma atitude que não tem classificação e do ponto de vista da justiça é um completo absurdo. Isto é uma autêntica barbaridade e quem deveria responder perante a justiça era o Conselho de Disciplina.»

 

O regresso à cena dos casos de Eliseu e Jardel

 

«Estes casos não se justificam pelas faltas em si, justificam-se fundamentalmente como resposta à atitude anterior e relativa ao Slimani. Ou há justiça e comem todos, ou não há justiça e não come nenhum. Neste caso, é evidente que isto não pode ser um termo de compensação. Estas coisas não se resolvem com base nas compensações.»

 

Já tive ocasião de comentar em outros escritos neste espaço que, na minha opinião, Vítor Pereira não representa a essência do problema, no que à arbitragem portuguesa diz respeito, mas sim uma das suas consequências, sendo a questão fulcral a estrutura federativa que supervisiona a modalidade nacional e, muito em especial, o leque de influências obscuras - com os respectivos interesses - que navega os corredores do poder, o tal popularmente denominado "sistema".

 

Por conseguinte, de certo modo em linha com a consideração de Rogério de Brito, a expectativa de tudo melhorar de um dia para o outro com a saída de Vítor Pereira, não me parece realista.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:16

Facto ou ficção ?

Rui Gomes, em 28.02.16

 

12790905_10153298391306555_7764847384949969889_n.j

 

Continuo intrigado com a anunciada lesão de Adrien Silva que eu, no dia do embate com o Bayer Leverkusen, denominei de "fantasma" e que obedecia a uma qualquer "jogada", ou seja estratégia, por parte do treinador leonino, uma vez que já era sua intenção não o utilizar no desafio da Liga Europa.

 

Nada do que constou desde esse dia me fez mudar de ideias, pelo contrário, cada vez mais creio que é mesmo uma "jogada", especialmente depois de Jorge Jesus afirmar que Adrien sentiu um "desconforto muscular" durante o treino em terras germânicas.

 

Neste momento, é segredo do foro interno se o «capitão» vai estar disponível para o importante encontro de segunda-feira com o Vitória de Guimarães. Assente na premissa que é mesmo uma "jogada", tudo me leva a crer que irá ser anunciado que não houve recuperação clínica e, por conseguinte, não irá jogar.

 

Esta circunstância permitirá proteger Adrien para o "derby" do dia 5 de Março, dado que regista 8 cartões amarelos na I Liga e salva Jorge Jesus de ter de explicar, novamente, a razão que o levou a não tomar medidas para "limpar" este registo. Por outras palavras, poupa o treinador de ser acusado de não ter feito o que de facto devia ter feito.

 

Se Adrien jogar na segunda-feira, esta minha tese não tem valor algum e tudo não foi mais do que uma "jogada" fruto da minha imaginação. Veremos...

 

O outro caso do género é Slimani. No entanto, não vejo cenário algum em que o argelino não vá defrontar a equipa vimaranense. Irá jogar algo condicionado, evidentemente, porque uma falta desmedida pode-lhe custar o "derby", se porventura o tão ansiosamente esperado castigo do Conselho de Disciplina não surgir "oportunamente".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:49

A "novela" dos Conselhos federativos

Rui Gomes, em 28.02.16

 

ng6051295.jpg

 

O Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) decidiu anular parcialmente o acórdão do Conselho de Disciplina (CD) e obrigar aquele órgão à reapreciação da queixa apresentada pelo Sporting contra jogadores do Benfica por comportamento antidesportivo.

 

O acórdão divulgado hoje no sítio oficial da FPF na internet acolhe em parte o recurso do Sporting e considera nula a decisão do órgão disciplinar da FPF de arquivar a queixa do Sporting, com base em "insuficiência para a decisão da matéria de facto provada".

 

O órgão máximo na esfera da justiça federativa pretende que o CD reaprecie quatro situações -- das nove apresentadas pelo Sporting - ocorridas no jogo disputado a 21 de Novembro, da quarta eliminatória da Taça de Portugal, que os 'leões' venceram por 2-1, após prolongamento.

 

Em causa estão um pontapé na bola de Eliseu contra João Pereira e outro lance entre o defesa lateral benfiquista e João Mário, uma alegada tentativa de Jardel a Adrien e um empurrão do central 'encarnado' a Raul José, adjunto do treinador do Sporting, Jorge Jesus.

 

O CD, que decidiu arquivar a queixa do clube de Alvalade depois de ouvir o árbitro do jogo, Jorge Sousa, poderá agora utilizar as imagens televisivas como meio de prova, antes de se decidir por novo arquivamento ou pela abertura de um processo disciplinar.

 

Para o CJ, o órgão disciplinar entendeu "erroneamente" que Jorge Sousa foi inequívoco ao pronunciar-se pela "inexistência de infracções imputadas aos jogadores do Benfica" e que "incorreu no vício de não averiguar, como devia, da sua eventual verificação".

 

As acusações do Sporting surgiram em resposta à queixa do Benfica contra o Slimani, por alegada agressão a Samaris, no mesmo jogo, que levou o CD a instaurar um inquérito ao avançado leonino.

 

Enquanto o processo sobre Slimani está em fase avançada de resolução, a conclusão de um eventual processo disciplinar a Eliseu e Jardel dificilmente acontecerá antes do «derby» lisboeta entre os dois clubes, da 25.ª jornada da I Liga, marcado para 05 de Março.

 

Resta agora esperar pelo próximo capítulo desta "novela" que, invitavelmente, promete muito mais drama. O que seria o futebol português se não fosse assim ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:49

Cartoon do Dia

Rui Gomes, em 28.02.16

 

KSPGPP34.jpg

(A comitiva do União viu-se retida no Aeroporto Internacional da Madeira, depois de o avião que levaria a equipa para Lisboa não ter conseguido aterrar, devido aos ventos fortes que se faziam sentir).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 04:48

 

12794566_10153300119256555_3925621463823661539_n.jng6059636.jpg

 

 

O Sporting CP B perdeu hoje na deslocação ao terreno do Olhanense por 1-0, no encontro a contar para a 32.ª jornada do Campeonato Nacional da II Liga. Betinho, já no decorrer da segunda parte, acabou por fazer o auto-golo que colocou os algarvios na frente do marcador e lhes garantiu a vitória.

 

Com este resultado, o Sporting permanece em 12.º lugar, com 40 pontos, 19 atrás do líder FC Porto, e o Olhanense sobe provisoriamente ao 10.º lugar, com 45 pontos.

 

Reconhece-se que a classificação dos "Bês" não é a consideração mais importante, mas não deixa de ser preocupante esta crise de resultados que, salvo erro, regista apenas uma vitória e um empate na última dúzia de jogos.

 

À distância e sem conhecimento do que se passa no foro interno, é difícil apurar a causa desta pouco conseguida fase da época, mas é por de mais evidente que algo não vai bem no reino do "leão" B comandado por João de Deus, que, na foto, está visivelmente chateado com o estado das coisas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:04

“Ousar lutar, ousar vencer !”

Leão Zargo, em 27.02.16

 

19305200_a7oIN.jpg

 

A sucessão cronológica dos acontecimentos no Sporting é de tal forma vertiginosa que permite, com relativa facilidade, que se perca a noção exacta daquilo que em cada momento mobilizou a crença, a emoção e a energia dos sportinguistas. É que, para iludir a realidade, usa-se (e abusa-se!) uma agenda de comunicação minuciosamente planeada e executada que, de forma progressiva, se tornou num elemento estruturante da gestão do Clube. Uma estratégia favorecida pela poeira que se vai instalando com o tempo, diluindo a cronologia dos factos e protegendo-os com uma máscara favorável. Como escreveu Sun-Tzu "toda a guerra é baseada no engano".

 

Estas considerações decorrem da memória (que já parece longínqua) da confiança e da euforia que se instalou entre os sportinguistas na sequência da contratação de Jorge Jesus, ampliada com a ajuda generosa de alguma comunicação social. Em 2 de Julho de 2015, o jornal Record destacou o primeiro dia de Jorge Jesus em Alvalade: “Treinador com discurso ambicioso na apresentação”. A crença era de tal ordem que o sócio 3.289 dos leões enviou um e-mail aos associados com uma promessa de vitórias, garantindo que "está na hora de percebermos que somos candidatos a todos os títulos que o Sporting disputar em Portugal. Temos de acordar este Leão adormecido.”

 

Não demorou muito tempo para que esta mensagem mobilizadora começasse a ser substituída pelo princípio dos “objectivos prioritários” justificado com base em hipotéticas insuficiências do plantel. Isto três anos depois da eleição de Bruno de Carvalho, da contratação de mais de 30 jogadores para a equipa A, de um plantel principal com 28 atletas e de uma elevadíssima folha salarial mensal. O dogma dos jogadores “jovens, baratos e de elevado potencial” foi substituído pelo dos “jogadores com mais experiência que acrescentassem mais-valia ao plantel” que rapidamente foi pela borda fora com a teoria a propósito das prioridades estratégicas. Por acaso, ou nem por isso, esta teoria ficou bem calçada com prémios financeiros à altura das circunstâncias. A ousadia foi substituída pelo pragmatismo.

 

Acontece que o Sporting não pode desprestigiar algumas das competições em que participa, incluindo a europeia. É que desvaloriza-se ao desprestigiar. Essa atitude de desprestígio foi evidente na eliminatória com o Bayer Leverkusen, onde as poupanças foram feitas a meio gás e quase que parecendo planeadas em cima do joelho. Mas, pior ainda, foi o discurso de desresponsabilização que implicou uma atitude insuficientemente competitiva dos jogadores que, por isso, foram pouco consequentes e ainda menos assertivos.

 

Agora, o Sporting está confrontado com a imponderabilidade dos acontecimentos, como tem sido frequente na sua história. Aos sportinguistas resta uma atitude de crença quase absoluta na capacidade dos seus atletas e da equipa técnica convictos de que a união faz a força. Não adianta aos vascos do costume virem pavlovianamente a salivar com uma lupa os que estão ‘por nós’ e os que estão ‘contra nós’ por essa ser uma atitude reveladora de desespero irracional. E, principalmente, porque todos sabemos que o nosso Clube ficará demasiado fragilizado se a aventura financeira desta época for mal sucedida e se o título de campeão nacional se revelar apenas uma miragem.

 

 

Nota: “Ousar lutar, ousar vencer !” é um slogan partidário de uma determinada época da história política de Portugal. Enquanto escrevia este texto, recordei-me dele com muita intensidade pela sua invulgar capacidade de síntese estratégica.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:41

 

catiaazevedo.jpg

 Cátia Azevedo

 

A atleta do Sporting foi a portuguesa em destaque no meeting internacional de atletismo em pista coberta que decorreu em Madrid, Espanha, ao bater o recorde nacional de sub-23 nos 400 metros.

Cátia Azevedo venceu a corrida com o tempo 53,30 segundos e retirou meio segundo ao recorde que fixara a 14 de Fevereiro, em Pombal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:14

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.

Pág. 1/14





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds