Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

fernandomendes1.jpg

 

Fernando Mendes, antigo «capitão» e treinador do Sporting, morreu, esta quinta-feira, aos 78 anos, vítima de doença prolongada.

Jogou no Sporting, como sénior, entre 1956/57 e 67/68, registando 225 jogos de "leão ao peito". Ganhou a Taça das Taças (capitão da equipa), três campeonatos e uma Taça de Portugal. Somou 21 internacionalizações. 

Como treinador, ganhou um campeonato nacional em 1979/80 também no Sporting, depois de substituir Rodrigues Dias. Além do Sporting, treinou o Lusitânia de Lourosa, Vianense, Marítimo, Belenenses, Farense, Trofense.

 

14854243_SbAip.jpg

Dedicou-se durante muitos anos às camadas jovens do Sporting. A última vez que esteve nos bancos leoninos foi em 2000/01, época em que substituiu Inácio, tendo orientado a equipa sete jogos, para dar o lugar a Manuel Fernandes. 

 

Foi meu privilégio ver Fernando Mendes jogar e treinar, assim como a honra de privar com ele em várias ocasiões ao longo dos anos.


À família enlutada a equipa do Camarote Leonino envia sentidas condolências.
 
 
Adenda: O corpo de Fernando Mendes estará esta sexta-feira, a partir das 18 horas, em câmara ardente nas Capelas Exequiais São João de Deus, sita Praça de Londres, Lisboa.
 
Este sábado, terão início as exéquias fúnebres, seguindo o funeral para o Crematório do Cemitério dos Olivais em Lisboa.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:26

CR7 abandona Real Madrid

Ricardo Leão, em 31.03.16

 

19404453_NOCBn.jpg

  

Para já são só indícios, mas são relevantes. As casas de Cristiano Ronaldo e a de sua Mãe em Madrid estão à venda. 

 

A informação é avançada peo site espanhol Ok Diário. De acordo com a mesma publicação, as imobiliárias Real Estado de La Finca, Gilmar e Procisa estão a negociar a venda das residências.

A casa onde CR7 vive está avaliada em cinco milhões e tem sete quartos, nove casas de banho, um elevador interior, duas piscinas, uma sala de cinema, garagem e um ginásio. A cada da mãe de CR7 está avaliada entre os 2 e os 2,5 milhões de euros.

Detalha a mesma fonte que este é o primeiro indício de que Ronaldo irá abandonar o Real Madrid no final desta temporada. Especula-se agora que Cristiano tem Paris como destino certo, em concreto o Paris Saint Germain.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:20

SCP Boletim nº1 1922.jpg

 

Hoje é um dia histórico para o Sporting Clube de Portugal e para a imprensa desportiva portuguesa. Em 31 de Março de 1922 saiu um jornal ainda quente das rotativas para as mãos dos sportinguistas e dos apaixonados pelo desporto em Portugal. Foi o primeiro “Boletim do Sporting Club de Portugal”, com a periodicidade quinzenal. Acontece que este não foi apenas mais um jornal entre tantos outros, pois trata-se do mais antigo periódico europeu de um clube desportivo.

 

A convicção da absoluta necessidade de um órgão informativo do Clube nasceu numa tertúlia no Café Martinho, em Lisboa, onde se destacavam Júlio de Araújo, Mendes Leal e José Serrano. O aprofundamento do espírito sportinguista, a defesa dos interesses do Clube e a circulação da informação seriam alguns dos objectivos iniciais e “Razão de ser” foi o sintomático título do primeiro editorial. Inúmeras gerações de sportinguistas consolidaram a sua paixão e o seu querer através da leitura das narrativas escritas por grandes leões nas páginas do Boletim (Jornal a partir de 1952). No seu período inicial teve como competidor o “Sport de Lisboa”, pertença dos vizinhos e rivais de sempre.

 

Hoje os tempos são bem diferentes e a produção do quase centenário “Jornal Sporting” foi entregue pela actual direcção do Clube a uma empresa de Comunicação em regime de outsourcing. Escreve e publica o jornal Sporting, como promove e publicita sabonetes ou lâminas de barbear. Todos temos conhecimento dos condicionalismos destes dias que vivemos e o problema não está na mudança, pois verificaram-se mudanças em todos os tempos e lugares. Até mudanças drásticas e muito dolorosas. Na realidade, o verdadeiro problema é quando se muda para algo que não corresponde à identidade e à memória do Clube e dos seus adeptos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:43

Menino bonito de Bruno "cai em desgraça"

Ricardo Leão, em 31.03.16

 

19404338_zWfhK.jpg

 

GAULD, RYAN, de seu nome. Custou "uma pipa de massa" e nunca justificou os 2,5 milhões que o Sporting deu por ele. Foi uma escolha pessoalíssima do "grande treinador" Bruno de Carvalho. Mais um flop, como é bom de ver. Junta-se a Barcos quando este "der um ar da sua graça" lá para a última jornada, supostamente já em forma na altura (talvez seja para poder então jogar uma partida de futebol de praia) e uma catrefada de monos que, todos juntos, custaram milhões e que vieram para o Sporting "porque sim".

 

Gauld, desiludido, queixa-se agora de que está descrente depois de tudo o que lhe foi prometido. Bruno, como sempre, põe-se de lado. Agora, quando as queixas surgem, já não é nada com ele. Onde é que já ouvimos isto ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:43

 

AL90SYLI.png

 

O Sporting lançou esta quarta-feira, através da rede social Facebook, um passatempo que promete dar que falar. Depois dos notórios vouchers "encarnados", temos agora os vouchers "verdes".

 

Com o nome #VoucherCortesia o concurso dá direito a um jantar para quatro pessoas no valor de 301 euros.

 

Ora este passatempo parece ter por base as críticas que o Sporting fez ao Benfica na sequência dos vouchers que oferecia às equipas de arbitragem. As próprias regras remetem para esse caso, pois o vencedor será encontrado através da melhor frase que tenha as palavras “penalti”, “cartão vermelho” e “eterno rival”.

 

O concurso durará até 31 de julho de 2016.

 

Não sei bem o que dizer a isto, salvo mais um acto sensacionalista de campanha eleitoral.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:10

A Cidade do Futebol

Rui Gomes, em 31.03.16

 

 

É hoje inaugurado a Cidade do Futebol, uma obra da Federação Portuguesa de Futebol pensava há mais de dez anos e que servirá de pólo agregador das selecções nacionais e da própria FPF.

O espaço, situado nos terrenos entre o Estádio Nacional e a prisão de Caxias, vai receber todas as equipas nacionais de futebol, que, nos últimos anos, dividiram o trabalho de preparação por vários complexos desportivos do país, como são os exemplos de Rio Maior e Óbidos, ou, mais recentemente, no Estádio do Restelo, em Lisboa.

A obra tem um custo estimado de 15 milhões de euros, sendo que tanto a UEFA como a FIFA contribuíram para a sua edificação. O Estado não teve qualquer contribuição na nova casa das Selecções.

Eis alguns números da Cidade do Futebol.

Área de construção de 12.400 metros quadrados. Localizado no Alto da Boa Viagem, a infra-estrutura faz parte do Complexo Desportivo do Jamor, apesar de estar numa área autónoma. Integra o edifício seda da FPF, o Centro Logístico, o Centro Técnico e o Núcleo Central.

O Centro Técnico é constituído por três campos de futebol e um campo de treino de guarda-redes. Tem ainda dois ginásios, piscina, sauna, crio terapia, balneários e áreas de trabalho para a Unidade de Saúde e Performance da FPF.

Terreno onde nasceu a obra, pertencia ao Governo e custou dois milhões de euros. O custo estimado da obra é de 13 milhões de euros. A FIFA e a UEFA comparticipam, a fundo perdido, nos valores de um e seis milhões de euros, respectivamente.

Três milhões de blocos de basalto que existiam no terreno foram reutilizados nos muros e na Cidade do Futebol.

Foram plantadas 11 mil árvores.

O edifício tem 90 painéis de aquecimento solar

A iluminação é feita com lâmpadas LED. Todo o completo tem a classificação mais alta em termos de eficiência energética.

A Cidade do Futebol vai estrear-se com um Torneio de Futebol de Selecções Nacionais de sub-15, entre 1 e 3 de Abril, e terá a participação de mais de 84 jogadores distribuídos entre quatro selecções.

A primeira selecção a estagiar no novo centro será a Selecção Feminina de Futebol. A Selecção A de Portugal fará a sua preparação no Euro 2016, em França, na Cidade do Futebol.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:56

Cartoon do Dia

Rui Gomes, em 31.03.16

 

BYPZ69OI.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 12:39

 

Capturar.png

 

Numa altura decisiva do campeonato nacional, Bruno Carvalho que anda em pré-campanha eleitoral há 3 anos, abriu agora prematuramente a campanha eleitoral no Sporting. Quando o foco de todos nós devia ser os nossos provimos e decisivos jogos, eis que o Presidente do Sporting não esconde aquilo que mais o move: a sua reeleição e, se possível, perpetuação em Alvalade.

 

Se até agora houve muita mentira, populismo e demagogia da sua parte (não tenho duvidas por exemplo que vai dizer que fez isto agora para tirar pressão à equipa), o que se vai passar daqui para a frente imagina-se ainda pior. Pobre Sporting que continua a ser usado e abusado pelas agendas pessoais de alguns que vivem à sua / nossa conta. 

 

Quem agradece mais é o ... Benfica. Ao contrário do que refere o benfiquista Pedro Guerreiro hoje no Record não é verdade que no Sporting haja apenas apoiantes de Bruno Carvalho e os do "antigo regime". Aliás a grande maioria dos sportinguistas que eu conheço, começando aqui no Camarote Leonino não se revêem nem nuns nem noutros. Acredito que depois deste  25 de Abril que tivemos e que aceito como necessário, teremos o nosso 25 de Novembro - a minha duvida é quem será o nosso Jaime Neves, mas vejo vários que se poderiam perfilhar e eu lá estarei para apoiar o mais capaz de derrotar Bruno Carvalho nas urnas (que serão provavelmente abertas antecipadamente).

 

Os jornais que ajudaram à eleição de Bruno Carvalho (Bola e Record nomeadamente) vão agora tentar levá-lo ao colo para a reeleição porque sabem que o seu estilo ordinário vende e, nunca como agora fomos tão promíscuos com os jornalistas. Para além disso, a comunicação está "minada" por benfiquistas que são, de longe, os que mais beneficiaram com a chegada de Bruno Carvalho pois passaram a dominar não apenas no futebol mas em quase todas as modalidades. Isto já para não falar nas ajudas mais directas como na "oferta" de Carrillo; na saída de Jesus sem deixar o clube dividido (o capital de gratidão que ele tinha ganho na Luz depressa se esfumou); na aceitação da data do decisivo Benfica- Sporting no tempo de Leonardo Jardim, com claro prejuízo para o Sporting; no silêncio na arbitragem do "limpinho, limpinho"; no apoio à entrada de Pedro Proença para a Liga; no desperdício da forma como foi tratada a questão dos "vouchers" etc, etc. Agora, para cumulo, eu que até gosto do encarnado/vermelho, que identifico por exemplo com a Ferrari ou o sangue que nos faz viver, vejo o Bruno Carvalho reconhecer que o Benfica tem o monopólio dessa cor, dando-lhes uma importância que eles não merecem (que raio de complexo de inferioridade mas que até se percebe em quem farta-se de denegrir o passado do Sporting) e ainda tem o desplante de dar Luís Filipe Vieira (e Pinto da Costa) como modelos de Presidentes que ele quer imitar / seguir.

 

O pior de tudo é assistir à "lampionização" do Sporting com todos os traços de mal-criação, arrogância e anti-desportivismo que esses sim eu identificava com o Benfica e que, pelos vistos, começa em mas já extravasa Bruno Carvalho. Por exemplo, aquela recepção apoteótica da equipa antes do jogo com o Benfica que pensei ver só mesmo nos nossos rivais tinha que dar no que deu.

 

Pobre Sporting... se tiver que aturar mais quatro anos disto, depois dos quais ficará completamente irreconhecível !

 

Eu queria muito ganhar este campeonato mas da mesma maneira como vejo a minha ida aos jogos nos últimos anos ser usada como mérito de uma pessoa e usada como matéria para a reeleição dele, não tenho duvidas que essa eventual vitória será usada e decisiva na reeleição do Bruno Carvalho. Por outro lado, Dias da Cunha e José Roquette não sobreviveram na presidência muito tempo depois de ganhar campeonatos mas a diferença é que esses tinham vida para além do Sporting e não precisavam do clube para sobreviver e este vai-se agarrar ao Sporting até não poder mais e o pior é que, conhecendo bem o personagem, vai deixar o terreno minado para quem o suceder, mais uma vez revelando-se amigo do Benfica.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

 

 

 

 

A revista FouFourTwo surge a indicar que João Mário é alvo das atenções dos maiores emblemas ingleses, muito em especial depois das suas exibições em representação da "equipa das quinas" frente a Bulgária e Bélgica. Elogios não escasseiam:

 

«Por onde começar?... O magnífico controlo de João Mário, distribuição precisa e tomada de decisão sem falhas torna quase impossível aos adversários roubarem-lhe a bola. Abençoado com uma fantástica técnica, extraordinária inteligência futebolística e índice de trabalho generoso, tem sido uma das forças motrizes por detrás da forte candidatura do Sporting ao título.

 

Ainda assim, talvez o mais impressionante de tudo seja a sua inteligência futebolística aliada a um temperamento imperturbável, que lhe permite mostrar todo o seu talento nos mais frenéticos cenários, quando tempo e espaço são um luxo.

 

Já foi associado ao interesse de Atlético de Madrid, Inter de Milão e Manchester United, e nem o “novo e melhorado contrato até 2020, com uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros” deve impedir a sua saída de Alvalade.

 

Se transpuser a sua fantástica forma no clube para a arena internacional no Euro 2016, não é descabido que alguém pague esse valor».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:53

Frase do Dia

Rui Gomes, em 31.03.16

 

escritor-antigo-atrás-do-computador-13283616.jpg

 

"É que, correndo o risco de estar enganado, eu diria que nem

o Eduardo Barroso liga ao que ele próprio diz."

 

 

                                                Jorge

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 03:52

BBC Mundo coloca Coates no onze ideal

Rui Gomes, em 31.03.16

 

ng6360522.jpg

 

Sebastián Coates faz parte do onze ideal da mais recente jornada de apuramento sul-americano para o Mundial 2018. Para a BBC Mundo, o central internacional uruguaio do Sporting foi um dos melhores da última ronda, na qual a selecção "celeste" bateu o Peru (1-0) e empatou com o Brasil (2-2).

 

Com os habituais titulares Diego Godín e José Giménez lesionados, "el patrón" aproveitou a oportunidade, sendo um dos mais regulares da equipa de Oscar Tabárez.

 

Mundial 2018

Fase de qualificação sul-americana

 

"Dream team" da última jornada

 

Muslera (Uruguai), Beausejour (Chile), Murillo (Colômbia), Coates (Uruguai), Mercado (Argentina), James Rodríguez (Colômbia), Messi (Argentina), Lezcano (Paraguai), Cavani (Uruguai) e Luis Suárez (Uruguai).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:52

Foto do Dia

Rui Gomes, em 31.03.16

 

img_770x433$2016_03_30_17_57_00_1082841.jpg

img_770x433$2016_03_30_17_57_11_1082842.jpg

 À distância de dois "Mundos" (seis décadas)

As botas de Alfredo di Stefano e de Cristiano Ronaldo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:51

Pelo seu 50.º aniversário

Rui Gomes, em 30.03.16

 

Num tempo, em que mesmo sem ser campeão

dava gosto ver o Sporting jogar

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:11

 

 

Depois de se ter conhecimento de Alan Ruiz, atleta que veste as cores do Colón, outro jogador do mesmo clube está a ser associado ao Sporting.

 

Germán Conti, central de 21 anos e com uma impressionante estampa física, 1,92 metros, sendo este atleta apelidado de "patrão" da defesa do clube argentino.

 

Horacio Darras, vice do emblema alviceleste, repete exactamente essa fórmula: “Vê-mo-lo como um jogador-chave, é o patrão da defesa e muito importante para nós. Mas, como em qualquer outro caso, se a oferta servir o interesse do clube e do jogador, vamos sentar-nos e negociar com o Sporting ou qualquer outro clube”.

 

Segundo reportagens, o Colón não aceitará negociar o jogador por menos de 2,6 milhões de euros, valor que, como confirmou o dirigente, seria também compensado com a manutenção de uma percentagem do passe.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:32

Slimani continua a marcar

Rui Gomes, em 30.03.16

 

517528922.jpg

 

A Argélia empatou esta terça-feira (3-3) em casa da Etiópia, em jogo da quarta jornada do Grupo J de apuramento para a Taça das Nações Africanas, com Slimani a marcar o primeiro golo argelino, aos 41 minutos.

 

Com este resultado, a Argélia soma agora 10 pontos em quatro jogos, seguida da Etiópia com cinco, Seicheles com quatro e Lesoto com três, depois de ter vencido as ilhas por 2-1.

 

Slimani aproxima-se a passos largos do topo da lista de melhores marcadores de sempre da selecção da Argélia. É verdade que o avançado do Sporting ainda se encontra a 13 golos do homem que lidera esta lista, Tasfaout Abdelhafid, avançado que na década de 90 do século passado brilhou com as cores do Auxerre e do Guingamp, mas, com os três tentos obtidos diante da Etiópia, aproximou-se do terceiro lugar deste pódio, ocupado por Lakhdar Belloumi (27 golos) e do segundo, ocupado por Rabat Madjer (29), que os portugueses bem conhecem, da sua passagem pelo FC Porto.

 

Dos quatro, SuperSlim é o único que ainda se encontra a competir e, aos 28 anos, o único que poderá aumentar o seu pecúlio com as cores da selecção magrebina. A Taça das Nações Africanas do próximo ano será mais um oportunidade de ouro para o avançado magrebino diminuir estas distâncias e, quem sabe, subir mais algumas posições neste ranking.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:31

A recandidatura: um segredo mal guardado

Leão Zargo, em 30.03.16

 

BdC 2015.jpg

 

A recandidatura de Bruno de Carvalho à presidência do Sporting é um pouco como aquela história da pescadinha de rabo na boca: antes de o ser, já o era. Na verdade, nunca chegou a ser grande segredo. Muitos sportinguistas sempre pensaram que, no dia seguinte à vitória eleitoral de 2013, Bruno de Carvalho começou a planear a recandidatura. Para os mais cépticos há a entrevista ao jornal Record, em 27 de Março de 2015, onde o presidente do Sporting anunciou que estava na corrida para um novo mandato. “Vou recandidatar-me”, garantiu.

 

Bruno de Carvalho possui uma faceta de jogador que o leva sempre a procurar antecipar a jogada do seu antagonista. Há um ano atrás, Bruno de Carvalho passou pelo seu maior aperto como presidente do Sporting. Estava bem presente na memória de todos a tentativa frustrada de demissão de Marco Silva. A conquista da Taça de Portugal e a contratação de Jorge Jesus permitiram-lhe serenar as águas e lançar a época de 2015-16. Serviu-lhe de lição e, por certo, não quer outro aperto assim.

 

Talvez por isso, Bruno de Carvalho agora pretende apressar a contenda, pois tem visíveis dificuldades na gestão do seu tempo de intervenção pública. Ouvir-pensar-falar-calar-ouvir-pensar-falar não é com ele. Como se isso não bastasse, há ainda os imponderáveis do futebol e de uma situação financeira periclitante. Por isso, aposta nos meios de que dispõe para espalhar a versão dos acontecimentos que lhe interessa, mesmo confundindo a veracidade dos factos à vista. Nisto revela-se um discípulo fervoroso de Sun-Tzu: "As oportunidades multiplicam-se à medida que são agarradas."

 

Tirando a ironia do recurso à malfadada comunicação social (“Rascord” e “A Burla” na curiosa linguagem dos apaniguados), fica a certeza de que o Clube já está em campanha eleitoral, apesar de se viver um momento crucial pela luta do título de campeão nacional. Precisamente o mesmo Bruno de Carvalho que considerava indispensável que todos os sportinguistas se focassem nas finais que ainda vão decorrer até Maio. Há quem se recorde de Sousa Cintra quando se demitiu em Junho de 1991 para provocar eleições antecipadas.

 

Agora, não há volta a dar e o Clube entrou em modo campanha eleitoral. Bruno de Carvalho pica os sectores da oposição na tentativa de que saltem os candidatos, pois precisa de citar nomes na praça pública como do pão para a boca. Mas, em quem não se revê na actual direcção, há o receio de que fica pelo caminho quem avançar demasiado cedo. O tempo é de nervos de aço e de cabeça fria. Haverá guerrilha de parte a parte, isso é certo, e Bruno de Carvalho é especialista nessa área. Pelo sim e pelo não, como joga em antecipação, já começou a marcar o território e a elaborar a lista de apoiantes.

 

Acredito que haverá um candidato na oposição que faça sonhar os sportinguistas, que os entusiasme e os mobilize. Agora já é tarde para recuar. Pode demorar a surgir porque não se trata de lugares e de prebendas no Sporting, mas de um projecto para o Clube. Lugares e prebendas distribuem-se rapidamente, as bases de um projecto demoram mais a construir. Quem chegou aqui já não recua. É tempo dos sportinguistas superarem o seu labirinto de ideias e de memórias. Os dados estão lançados e vamos para um “tempo” que não se repetirá na vida de muitos. Nestas ocasiões, convém recordar quem sabe. Por exemplo, o padre António Vieira: "Quem quer mais do que lhe convém, perde o que quer e o que tem. Quem pode nadar e quer voar, tempo virá em que não voe nem nade." Sinal de confiança !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:45

 

 

Termino a minha lista de frases marcantes do Bruno Carvalho, desde que assumiu a presidência do Sporting. Foi um exercício no qual me lembrei de muita coisa que aconteceu nestes 3 anos e no fim fico ainda mais triste com a possibilidade (que é bem real) de termos ainda mais anos disto:

 

images.jpg

Janeiro

 

“Ai esses ingratos disseram isso? Vou-lhes meter um processo para eles verem o que é bom”

 

Sobre os sócios que ousaram criticar (alguns excessivamente é verdade) o auto-proclamado “Salvador do Sporting” publicamente, tendo-lhes sido lançado um processo por difamação, obviamente com recurso a meios do clube.

 

Fevereiro

 

“Eu não te prometi nada”

 

Em resposta a uma série de impropérios que lhe foram dirigidos por Jefferson depois de lhe ter mentido (uma tendência clara ao longo dos 3 anos) sobre a possibilidade de transferência para a Ucrânia. Ao Sporting esta situação valeu a ausência dele em jogos decisivos da Liga Europa e do campeonato. Quem não respeita não se dá ao respeito.

 

Março

 

“Vou provar que a contratação de Shikabala não foi um erro”

 

Já com este vergonhoso processo a arrastar-se sem se saber do paradeiro do jogador há meses. No fim perdemos pouco dinheiro mas termos tido no nosso clube um jogador que simplesmente desapareceu é inaceitável e fomos “bombos da festa” durante muito tempo e com razão.

 

Abril

 

“Ó meu filho da ….”

 

Palavras em resposta a ofensas de um idoso adepto do Valongo a que se seguiu uma corrida "à valente" para junto deste, tendo-se gerado um ambiente de pânico no pavilhão emprestado ao Sporting. Atitude irresponsável e que pôs em causa a integridade física de mulheres e crianças que faziam parte das poucas dezenas de adeptos do Valongo.

 

Maio

 

“Que Belfodil me foram arranjar”

 

A tendência para a ordinarice na continuação da lista extensa de contratações fracassadas que elencou em Dezembro, lembrando publicamente a Marco Silva que eram essas com que podia contar. Mais tarde soubemos todos porquê.

 

Junho

 

“Um ataque ao Presidente é um ataque ao Sporting”

 

A confusão que faz entre ele e o Sporting é o que de pior o Bruno Carvalho trouxe para o nosso clube e quanto mais tempo cá estiver mais tendência isto terá para acontecer até termos um clube completamente novo, à má imagem dos nossos rivais de hoje. Eu não quero apoiar o Sporting Clube de Carvalho.

 

Julho

 

“De borla não sairá” e “Ainda tem um ano de contrato e não vai querer ter um ano complicado”.

 

Ao referir-se a Carrillo um ano antes do fim do contrato deste. Até por estas frases publicas se vê que esta situação foi tão mal negociada / antecipada. Carrillo não só saiu de borla, como até foi para o Benfica e nem nos ajudou nesta época. Temo só de pensar na euforia da apresentação publica de Carrillo na Luz (então se forem campeões nem quero cá estar) e se a isto se juntar a provável ida de Marco Silva para o Porto acho que no próximo ano vou-me irritar sempre que ler noticias desportivas.

 

Agosto

 

“A prostituição é igual no continente e nas ilhas”

 

Em referência ao Presidente do Marítimo e a mais uma das várias negociações falhadas, neste caso a de Danilo (óptimo jogador português com quem muito provavelmente teríamos passado à fase de grupos da Champions pois substituiria com sucesso William que estava lesionado). É verdade que teremos alguma razão neste caso mas depois acabamos por a perder com este tipo de linguagem.

 

Setembro

 

“Não me deixem cair, porque eu caio de facto. Sou pai, tenho duas filhas, tenho de sustentar a minha família … se quiserem melhorar o Sporting, não peçam às pessoas para virem trabalhar de borla.”

 

A explicar a razão porque está tão obcecado com a sua reeleição e, se possível, perpetuação em Alvalade. Esta frase foi dita no contexto da duplicação do seu ordenado aquando da apresentação duns resultados positivos que se veio depressa a provar resultaram de "engenharia financeira".

 

Outubro

 

“És gordo e não tens família”.

 

Não foi exactamente isto que ele disse ao Pedro Guerra mas apenas a ideia – meteu referência a bancos de suplentes e filhas e não consegui encontrar a citação exacta. Nesse programa vi que o nível do Bruno Carvalho ainda conseguia descer mais baixo do que imaginava.

 

Novembro

 

“Desde que cheguei ao Sporting fiquei com fama de vigarista”

 

Coitado do nosso clube - a culpa dessa fama é mesmo do Sporting?

 

Dezembro

 

"O poder faz-nos oscilar, faz-nos enevoar os olhos e a mente"

 

Podia ser em relação a ele, mas é em relação a Pedro Proença cuja eleição para a Liga ajudou a promover, mas parece que depois depressa se arrependeu. Mais uma prova do amadorismo que reina em Alvalade e como não temos qualquer peso nos órgãos que decidem. Hoje a esse nível vivemos apenas do que conhecem Jesus e Octávio que no passado tanto beneficiaram do sistema.

 

Janeiro 2016

 

“Só não dei um chuto no cu do árbitro porque ele podia gostar”

 

Numa Assembleia-Geral onde revelou toda a sua falta de nível e ainda teve mais tarde o desplante de desmentir na televisão ter dito esta frase (e provavelmente até passaria num detector de mentiras). 

 

Fevereiro 2016

 

“O que seria do Sporting sem mim?”, “Eu salvei o Sporting” e “Já mostrei aos sportinguistas que há poucos impossíveis”

 

Mais frases bem reveladoras de quem ele se julga e do que ele julga dos sportinguistas. É pena que os resultados não acompanhem o que diz e, não basta estarmos melhores no que no tempo de Godinho ou um só um bocado piores no que no tempo de Dias da Cunha / Soares Franco.

 

Março 2016

 

 “ …”

Silêncio completo no fim do jogo que perdemos com o Benfica junto com um olhar perdido de desespero e de desistência, que é tudo menos o que um líder podia revelar nesse momento.

 

PS Depois de ver ontem orgulhoso a nossa formação (toda pré-Cravalho) a dominar a nossa selecção e com muita pena que isto não se repita já nas selecções dos escalões inferiores (porque será?) agradeço em particular ao nosso trio do meio campo ser superior a jogadores que vieram para lhes tirar o lugar como Aquilani, Bruno Paulista, Dramé, Heldon, King, Magrão, Mamadu Candé, Rossell, Ryan Gauld, Sacko, Shikabala, Slavchev, etc. Que grande lata o Bruno Carvalho chamar a si o mérito da nosso formação que já esteve muito bem nas últimas décadas mas que começou a baixar de nível com Godinho Lopes, situação que se agravou com Bruno Carvalho / Virgílio.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:20

  

19398642_O04VK.jpg

Manuel José dá o seu parecer sobre as recém-manchetes que revelam o interesse de Jardel (Benfica) em ser chamado à Selecção Nacional, assim como o enquadramento geral dos actuais centrais da "equipa das quinas".

 

«Não faz qualquer sentido" pensar em Jardel para a Seleção Nacional. Terá um tempo muito curto para dar à Selecção. Apesar da míngua de centrais que temos, e os que temos são todos já ‘balzaquianos’, com uma certa idade, outros estão a aparecer. Temos Bruno Alves, Pepe e Ricardo Carvalho, principalmente o Ricardo, que tem 37 anos, que estão perto no final das suas carreiras, mas continuam a ser excelentes jogadores. Não vejo qual o interesse de pôr na seleção um jogador naturalizado com 30 anos.

 

José Fonte, também de 32 anos, joga num campeonato muito mais competitivo, mesmo não jogando numa grande equipa como o Jardel, mas é português genuíno e faz muito bem aquilo que o Jardel poderia fazer. Aliás, tecnicamente é melhor do que o Jardel.

 

Depois do Europeu, o único que vai sair da Seleção é o Ricardo Carvalho. O Bruno Alves e o Pepe vão continuar a ser chamados quase de certeza porque estão em muito boas condições. Depois temos o Tiago Ilori, Rúben Semedo, Paulo Oliveira, Tobias Figueiredo e até este miúdo do Braga [Ricardo Ferreira], que já se anuncia como alvo do interesse do Benfica. E outros jovens haverá que serão uma aposta muito mais interessante do que estar a dar nacionalidade a jogadores trintões.»

 

Creio que é uma análise certeira deste experiente treinador, embora me deixe a pensar sobre o futuro de Paulo Oliveira e Tobias Figueiredo, face às recém-opções de Jorge Jesus e o excesso de centrais no Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:04

Foto do Dia

Rui Gomes, em 30.03.16

 

ng6349900.jpg

João Mário - 45 minutos de grande nível

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:03

Já lá vão 13 anos a marcar

Rui Gomes, em 30.03.16

 

911QXFJ9.jpg

 

Com o golo desta terça-feira diante da Bélgica, no particular disputado no Estádio Municipal de Leiria, Cristiano Ronaldo deixou uma vez mais a sua marca num ano civil da Selecção Nacional. Ao todo, já lá vão 13 anos seguidos sempre a marcar com a camisola da "equipa das quinas" por parte do fora-de-série formado no Sporting, numa série que teve o seu início no dia 12 de Junho de 2004.

 

Dessa data para cá, CR7 apontou mais 55 tentos, que fazem dele já o destacado melhor marcador da história da Selecção Nacional, com mais 9 do que o segundo colocado Pauleta. O seu melhor ano foi em 2013, quando apontou uns impressionantes 10 golos em 9 partidas.

 

Aproxima-se a recta final da sua brilhante e histórica carreira, mas ainda sabe fazer o que poucos fazem tão bem como ele.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:03

Pág. 1/13





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds