Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 31.10.16

 

AMG-plans-the-Mercedes-AMG-R50-1-696x464.jpg

 Um dos carros mais caros do Mundo

Mercedes - AMG R50 - 3 milhões de dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:49

Pedro Marques renova até 2023

Rui Gomes, em 31.10.16

 

353725_med_sporting_x_vizela_ledman_ligapro_2016_2

 

Já houve ocasião de comentar este jovem (18 anos) avançado, que chegou a Alvalade do Restelo, na época passada, apenas pelos golos que tem marcado desde que veste verde-e-branco. 12 em todas as competições, até este ponto da temporada, inclusive de 3 na UEFA Youth League. Numa troca de impressões com um leitor, cheguei a afirmar, meio a sério, meio a brincar, que Jorge Jesus devia considerar uma chamada à equipa principal.

 

É, sem margem para dúvidas, um jogador que nesta fase da sua carreira demonstra enorne apetência para a baliza adversária. Alinha neste momento principalmente pela equipa de juniores do Sporting, muito embora já tenha realizado 2/3 jogos pela eqiuipa B.

 

O Sporting anunciou esta segunda-feira o que já era esperado há algum tempo, nomeadamente a sua renovação contratual - até 2023 - e uma cláusula de rescisão no valor de 60 milhões de euros. Uma tomada de decisão lógica, mesmo com o risco inerente a contratos de longa duração com jovem promessas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:00

 

20015480_sacoN.jpg

Não vou falar de mais uma exibição e resultado deprimente, nem das reacções públicas de Jesus e de William Carvalho, um a arranjar desculpas esfarrapadas (é preciso lata para falar em anti-jogo quando nós passamos o tempo a fazer "jogo passivo") e até a bajular-se de não termos perdido nenhum dos últimos 3 jogos do campeonato e o outro orgulhoso por os jogadores terem "honrado a camisola" e a dizer banalidades como as contas fazem-se no fim (o mesmo jogador que insistia a época passada que ainda estávamos em 1º depois do empate em Guimarães): este é o resultado de vários anos de criação da tal cultura de exigência à Bruno Carvalho.

 

Prefiro antes destacar mais uma reacção vergonhosa do presidente do Sporting que, tal como faz quase sempre que o resultado é mau, mal acabou o jogo e depois de uma rápida passagem perdido e só no meio do campo, refugiou-se nos balneários enquanto a equipa técnica e os jogadores eram “enviados aos lobos”, neste caso para aguentar a natural reacção de insatisfação dos adeptos. Aquela cara a olhar para o vazio e parado quando as coisas estão difíceis dentro do campo é o que um líder nunca deve mostrar.

 

Depois de ouvir Jorge Jesus dizer na conferência de imprensa, numa clara indirecta do mesmo género que o Nani fez no mesmo sítio há duas épocas: “os jogadores no fim do jogo não fugiram e quisemos todos mostrar uma atitude de compromisso e responsabilidade e não virámos as costas“, Carvalho ainda tentou emendar a mão e à saída do estádio lá conversou com alguns adeptos e no dia seguinte num núcleo (em plena campanha eleitoral) e em reacção a protestos na sala até ofereceu-se para “ir conversar à mesa” com quem protestava. Jeito para "paleio" ele tem.

 

Mas o mal estava feito e  já não dá para esconder que todos, especialmente os jogadores, sabem com o que contar: em caso de mau resultado o Bruno Carvalho esconde-se (deve ser para entrar em introspecção como ele diz) e abandona-os à sua sorte e, em caso de vitória, faz aquelas figuras como na final da Taça de Portugal ou nas tantas vezes que se pôs à frente dos jogadores para receber no fim de jogos os aplausos dos adeptos.

 

Por falar na ida aos núcleos parece que agora pagamos (com retroactivos) para ter um presidente tipo Zandinga. O ano passado disse a certa altura que os rivais “podem continuar a olhar para cima que nós não saímos do 1º lugar”. Agora este ano até já diz que vamos ser campeões em todas as modalidades. Gostava muito que fosse verdade mas acho muito difícil, a começar no futebol e olhando para o historial de previsões do nosso presidente Zandinga ainda tenho mais razões para desconfiar. A não concretizar-se aquela previsão uma coisa é certa: serão de longe os segundos e terceiros lugares mais caros de sempre da nossa história seja em que modalidade for.

 

PS Peço a todos os que querem vir aqui fazer campanha a favor da reeleição do Bruno Carvalho que se limitem sff ao tema do post para não cansar os leitores com propaganda barata e já gasta.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:00

 

Logo-blanc-sur-fond-bleu_eng_20131122111850.jpg

 

Alguém (benfiquista), não há muito tempo, adiantou a ridícula noção que a melhor formação portuguesa é a do clube da Luz. Até acho que classificar a ideia de ridícula, é ser simpático, mas, de qualquer modo, eis que surge mais um estudo do Observatório do Futebol (CIES) com conclusões óbvias que anulam por completo a tese "encarnadada", se é que era necessário um estudo para o efeito.

 

O Sporting Clube de Portugal é, segundo o CIES, a 4.ª melhor formação do Mundo, atrás apenas do Ajax, Partizan da Sérvia e Dínamo Zagreb. Até o FC Porto (16.º lugar) situa-se à frente dos "encarnados" (18.º lugar). No total, há 54 futebolistas formados em Alcochete espalhados pelos clubes dos campeonatos analisados. Desses, oito deles ainda estão em Alvalade.

 

FC Porto surge com 41 futebolistas (quatro dos quais no plantel), mais um do que o Benfica, que tem os mesmos quatro no plantel.

 

A lista incluiu jogadores que tenham participado em pelo menos um jogo do respectivo campeonato em 2016/17 até 1 de Outubro ou nas duas temporadas anteriores. Para ser considerado formado num clube, teve de passar três épocas nesse emblema entre os 15 e os 21 anos, precisamente a definição da UEFA para futebolistas formados localmente.

 

Eis a lista dos melhores clubes formadores:

 

Clube
1.º Ajax (Holanda)
2.º Partizan (Sérvia)
3.º D. Zagreb (Croácia)
4.º Sporting (Portugal)
5.º Barcelona (Espanha)
6.º Real Madrid (Espanha)
7.º D. Kiev (Ucrânia)
8.º Sparta Praga (Rep. Checa)
9.º D. Minsk (Bielorrússia)
10.º Hadjuk Split (Croácia)
...
16.º FC Porto (Portugal)
18.º Benfica (Portugal)
No clube
9
5
13
8
7
7
13
8
9
10
...
4
4
Noutros clubes
63
56
42
46
46
46
39
40
38
36
...
37
36
Total
72
61
55
54
53
53
52
48
47
46
...
41
40

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:10

É preciso repetir a melhor visita

Rui Gomes, em 31.10.16

 

Sporting-na-Champions.jpg

 

As contas ficaram comprometidas logo na terceira ronda do Grupo F da Liga dos Campeões, quando o Sporting foi batido em Alvalade (1-2) pelo Borússia Dortmund, que volta a defrontar depois de amanhã, mas os leões procuram manter vivas as expectativas de ainda conseguir o apuramento para os oitavos de final da prova, objectivo assumido por técnico e presidente no início da época. Para não ficar desde já arredada dessa meta, a equipa de Jorge Jesus tem de conseguir o que o Sporting apenas uma vez conseguiu em 12 deslocações à Alemanha e o técnico leonino nunca viu as suas equipas fazer para a Champions em terreno teutónico: pontuar.

 

Com efeito, nos embates na Alemanha com Carl Zeiss Jena, Magdeburgo, Kaiserslautern, Colónia, Bayer Leverkusen, Hertha Berlim, Schalke e Wolfsburgo, o Sporting regressou sempre a Lisboa derrotado, sendo a excepção o jogo com o Bayern, em Munique, onde em 2005/06 os leões empataram sem golos (três épocas depois seriam vergados ao resultado mais pesado do historial da equipa na prova: 7-1). Atendendo aos sete pontos do Dortmund - e do Real Madrid, que partilha com o Borússia o primeiro lugar do grupo e visita o Légia Varsóvia, tendo de ser encarado como favorito -, impõe-se ao Sporting não só pontuar como impedir que a equipa germânica atinja os dez pontos que a colocam de imediato na próxima fase; afinal, com apenas mais dois jogos por disputar, o Sporting só poderia somar mais seis pontos aos três com que conta e totalizar insuficientes nove pontos até final.

 

É certo que um inédito triunfo na Alemanha poderia relançar em definitivo a discussão pelo apuramento para os oitavos de final, já que o Sporting passaria a contar com seis pontos, a um do Borússia, mas o regresso de Dortmund ainda no terceiro posto não seria um registo evitado.

 

 

Mário Duarte - jornal O Jogo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:13

Cartoon do Dia

Rui Gomes, em 31.10.16

 

Y2P0DTPM.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:04

Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 31.10.16

 

18547267_Zq5hz.jpg

 

«O problema não está no facto do campeonato ir no início (ou da pontuação estar próxima do miserável face ao objectivo do campeonato). Ainda temos hipóteses, sem qualquer dúvida, não acredito que Benfica e Porto não percam pontos.

 

O problema está em termos um modelo de gestão absurdo, com um aumento de despesas enorme, falta de aposta em jogadores da formação, etc. Isso, para mim, é de longe o problema maior desde logo, porque é um modelo insustentável, que depende de resultados imediatos os quais como se vê parecem até bastante difíceis de acontecer (pelo segundo ano consecutivo em que aumentámos espectacularmente os custos).

 

É a gestão expectável de alguém que já mandou várias empresas para o buraco. Isto sim, é o motivo mais importante para correr rapidamente com o Bruno e travar quanto antes esta loucura. O Sporting tem que ser gerido com realismo e rigor, crescer aos poucos e não entrar em fantasias despesistas nas mãos de amadores megalómanos egocêntricos (Bruno, JJ, etc), ou simplesmente oportunistas (Octávio, Inácio, Zé Eduardo, Saraiva, etc).

 

Onde está o presidente que tinha prometido apostar sempre na formação e apenas fazer contratações cirúrgicas? Mais uma mentira aos sócios?!!!! Fora o resto (figuras tristes do Bruno, manipulação dos adeptos, a Sporting TV como promoção do presidente e ódio aos rivais, comunicações exteriores para falar de tudo menos do próprio clube e dos seus atletas, auto-elogios vergonhosos, no fundo a perda da imagem de culto desportivo que sempre tivemos e que vem na linha, por exemplo, do professor Mário Moniz Pereira)».

 

 

Leitor: GREEN JONES

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:39

Foto do Dia

Rui Gomes, em 31.10.16

 

img_770x433$2016_10_30_15_13_49_1177040.jpg

Adrien Silva voltou a treinar sem limitações, este domingo, embora

ainda esteja longe de regressar a competição.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:38

 

fustal34.jpg

 

Em jogo da 3.ª jornada do Campeonato Nacional de futsal, o Sporting goleou o Quinta de Lobos, por 9-3. O Homem do Jogo foi Diego Cavinato, ao apontar cinco dos nove golos leoninos.

 

A formação de Nuno Dias teve de ´suar` para vencer, já que esteve a perder por 2-1. Fortino abriu o marcador para o Sporting nos primeiros segundos mas Chinobi e Rafael Bocum colocaram o Quinta dos Lombos na frente. Resposta de Cavinato, com dois golos, e um de Varela, antes do intervalo.

 

No segundo tempo a superioridade do Sporting fez o resto. Cavinato marcou mais três e chegou aos cinco na conta pessoal, Varela marcou e fez o bis, Leo fez o outro golo leonino. Gonçalo Sobral reduziu para o Quinta dos Lombos.

 

A equipa de Nuno Dias soma três vitórias em três jogos, sofrendo neste os primeiros golos do campeonato.

 

Classificação dos primeiros: Benfica, 12 pontos/4 jogos; Sporting e SC Braga, 9/3; Belenenses e Unidos Pinheirense, 9/4; Fundão, 7/4; Leões Porto Salvo e Modicus, 4/4.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:37

Iniciados continuam a liderar

Rui Gomes, em 31.10.16

 

img_770x433$2016_10_30_18_28_58_1177205.jpg

 Rodrigo Rego - autor do primeiro golo

 

 

A equipa de iniciados do Sporting venceu o Loures por 3-1, em jogo da 10.ª jornada do Campeonato Nacional, Série E, realizado na Academia, em Alcochete.

 

Os golos leoninos foram marcados por Rodrigo Rego, Bruno Tavares e Rodrigo Costa.

 

O Sporting mantém assim a liderança da Série E, com 28 pontos, 46 golos marcados e 2 sofridos, seguido pelo Benfica com 27, 58 golos marcados e 3 sofridos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:36

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 30.10.16

 

Tramontana-XTR-5.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

Tramontana XTR - 700 mil dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:45

 

479283491.jpg

 

Um comentário que eu considero algo atípico da nossa muito estimada colaboradora, CARLINHA, conhecendo-se o seu muito vincado desprazimento relativamente a Bruno de Carvalho e Jorge Jesus. Será no entanto verdade que a simpatia das suas palavras para com eles, nesta ocasião, tem como fundo prioritário o bem estar do Sporting. Disso não duvidamos !

 

«Embora muito pesarosa com este Sporting, já sem grande paciência para tentar compreender o indesculpável, esta intervenção do presidente é como disse o Rui e bem, a que lhe cabia no papel que representa, ainda que em momentos complicados.

Honestamente, foi a primeira vez que o vi de cara fechada, sem esboçar um sorriso por muito ténue que fosse, estaria com certeza cansado física e moralmente, aborrecido até naturalmente, mas tudo isso não lhe impediu de fazer uma certa demagogia como é seu apanágio. Vá lá que não falou no 'Almanaque do Campeão'.

Fosse alguém com outro comportamento, não me custaria ser condescendente e até lhe dar um voto de confiança, apesar de tudo! Como eu, pensarão muitos. Não cultivo ódios e apesar de não simpatizar com esse senhor, seguindo a lógica da vida humana, não tenho como negar que Bruno de Carvalho terá certamente algumas qualidades também. Só que as suas constantes atitudes prepotentes, de confronto e ameaça até aos próprios sportinguistas, ofuscam essas qualidades!

Ele está com a fezada toda que vamos ser campeões, pois bem...que Jesus...o Jorge, o acompanhe nessa convicção (deixemos em paz... o Jesus Salvador, o verdadeiro, que tem muito com que se preocupar neste Mundo), que faça muito melhor do quem tem feito e que principalmente incentive os jogadores a dar tudo de si. Temos gente de muito valor, não duvido por um segundo, mas que mostrem em campo, com eficiência, muita garra de autênticos leões e GOLOS!!!

É normal que os adeptos estejam desalentados, revoltados, porque têm sido fantásticos a apoiar. Se ocorrer uma mudança com a seta para cima, num instante os adeptos serão reconquistados. A paixão é paixão, pode estar no alto, pode estar no chão. Havendo empenho e resultados favoráveis, a simbiose entre as partes, será ainda mais forte do que tem sido!

Gostaria imenso que tudo isto fosse motivo de profunda reflexão, de molde a que haja uma mudança de atitude por parte de todos (jogadores, treinador, staff técnico e direcção). Falem menos, façam mais! Concentrem-se no Sporting e só! Deixem de apontar baterias ao Benfica da forma doentia como têm feito. Ponham as prioridades na ordem correcta e dentro do maior respeito pelo Clube...! O anti-benfiquismo jamais poderá estar acima do SPORTINGUISMO. Desculpem-me as maiúsculas, mas é mesmo um grito de protesto.

Remetam os assuntos respeitantes aos rivais, a quem de direito, com autoridade legal!

Finalmente, quero deixar um apelo a todos os sportinguistas:


Ainda que estejamos desgostosos, com toda a razão para nos sentirmos indignados, enganados e tudo mais....estamos em finais de Outubro, há ainda muitas jornadas até ao fim. Vamos dar força aos nossos jogadores, por favor...são eles o elenco principal, os que defendem, os que atacam, os que nos encantam com golos e jogadas maravilhosas! Neste momento, já não quero falar do se passou de negativo, está tudo dito e a sete ventos.


Não tenho vontade nem prazer algum em apelar que se compreenda o Jorge Jesus, porque este é igual a si mesmo, teimoso e faz apenas o que lhe dá na real gana !


Com Bruno de Carvalho é igualmente serrar pedra, porque são duas personagens muito similares. Só que mesmo assim, acredito que os seus interesses pessoais possam reflectir-se de forma positiva na equipa, ou seja, o treinador não vai querer ser visto como um tremendo falhado e o presidente não vai querer perder a cadeira que ocupa...! Nesta base, acredito que se unam todos em busca de uma reviravolta que dignifique todas as partes!

Desculpem-me o longo texto, obrigada pela atenção, e abraços de força a todo o universo leonino».

*** Recuso-me a escrever ao abrigo do novo acordo ortográfico, que discordo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00

 

img_770x433$2016_10_30_01_16_49_1176937.jpg

 

No passado dia 26 de Outubro foi apresentado o “Almanaque do Leão”, da autoria do jornalista Rui Miguel Tovar, onde consta que o Sporting foi 18 vezes Campeão Nacional. Esta afirmação desagradou a Bruno de Carvalho que defende a conquista de 22 títulos nacionais. Mas, em lugar de demonstrar institucionalmente que o Sporting conquistou esses 22 campeonatos nacionais e não 18, o presidente do Clube anunciou a reedição da obra depois de ser corrigida a seu gosto. Rui Miguel Tovar informou que, assim, o seu nome não estará na capa da reedição. Isto é, como a mensagem não agradou, atira-se o mensageiro pela borda fora.

 

Rui Miguel Tovar é um estudioso e investigador da história e estatística do futebol português e, como é sabido, sempre considerou que o antigo Campeonato de Portugal, sendo uma prova disputada por eliminatórias, teve continuidade competitiva na Taça de Portugal. É esta a posição da Federação Portuguesa de Futebol e, consequentemente, de organismos internacionais como a UEFA ou a FIFA.

 

Na realidade, em 1938 houve uma decisão federativa de reforma do futebol português onde, formalmente, tudo parece estar correcto, e que foi exarada em acta e sancionada pelo Ministério da Educação Nacional que tinha a tutela do desporto. Para se alterar uma decisão destas têm de se apresentar argumentos comprovativos de vício formal ou conceptual. A Direcção do Sporting possui fácil acesso aos documentos originais e oficiais da Federação e do Clube da época da reforma do futebol. Se há alguma falha é por aí que se deve avançar.

 

Todos nós temos a obrigação de recordar quem era o presidente do Sporting em 1938. Trata-se de Joaquim Oliveira Duarte que esteve na origem do período áureo do Clube e um dos maiores presidentes leoninos. É uma ingratidão intolerável e uma ignorância vergonhosa desmerecer de alguém como ele. Não se conhece qualquer divergência deste presidente relativamente à reforma do futebol português dessa época. Dele, ou de outros sportinguistas com grandes responsabilidades na altura, como Retamoza Dias, Salazar Carreira, Barreira de Campos e Ribeiro Ferreira, entre outros.

 

Bruno de Carvalho parece estar convencido, que antes dele, o Sporting era um deserto e que está destinado a resgatar o Clube das humilhações passados e abrir o caminho celestial do futuro. Ora, ele ainda tem de comer muito pão para chegar aos calcanhares de alguém como o presidente Joaquim Oliveira Duarte. É bom que os sportinguistas lhe digam isso !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:32

Fotografia com história dentro (20)

Leão Zargo, em 30.10.16

 

Peyroteo Gaspar Pinto.jpg 

Peyroteo e Gaspar Pinto, com Valadas a assistir

 

 

A verticalidade de Peyroteo

 

O benfiquista Alfredo Valadas aproveitou a sua festa de homenagem para promover as pazes entre o seu companheiro de equipa Gaspar Pinto e Fernando Peyroteo. O jogador leonino aceitou o pedido de Valadas, apesar da violência física e verbal que o seu adversário utilizava nos jogos. A festa de despedida da carreira do futebolista encarnado realizou-se no dia 1 de Dezembro de 1944, com uma partida amigável entre o Benfica e um misto de jogadores de Lisboa.

 

Os embates entre os dois atletas ficaram célebres pela agressividade do jogador encarnado. O leão queixou-se, mais do que uma vez, do comportamento antidesportivo do rival. Aliás, a única expulsão do avançado sportinguista verificou-se em consequência de uma provocação ordinária do benfiquista num derby disputado em 1945, pouco tempo depois da homenagem a Valadas. Então, Peyroteo decidiu que nunca mais dirigiria a palavra a Gaspar Pinto. E assim foi.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:01

 

image.jpg

 

«E que não reste qualquer dúvida sobre isto. Não digo isto porque esteja louco ou fora da realidade, apenas porque acredito no nosso talento, nas nossas capacidades, na nossa capacidade de superação e sobretudo porque os sportinguistas merecem, mais do ue ninguém, serem felizes. Tenho uma enorme esperança e confiança que em maio vamos estar todos juntos a festejar a conquista do título nacional. Continuo convicto que vamos ser bem sucedidos.

 

E que fique claro que por isso não há plano B, C ou D. O único plano que existe é o plano A, de sermos campeões nacionais de futebol! Para que isto aconteça não basta naturalmente a minha crença, é fundamental que todos acreditemos neste desígnio, o de sermos campeões».

 

Considerações de Bruno de Carvalho pela sua visita, este sábado, ao Núcleo de Beja. Não devemos duvidar de modo algum da sua crença, embora, como presidente, outras palavras não eram de esperar. No entanto, atendendo ao momento da equipa e à diferença pontual do líder do campeonato, será missão um pouco mais complicada convencer os adeptos sportinguistas mais cépticos, mesmo sendo verdade que a "procissão ainda vai no adro".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:30

Olhanense 2 - Sporting B 2

Leão Zargo, em 30.10.16

 

14522834_1154271454662670_3758687938168966734_n.jp

 

Sporting B e Olhanense empataram (2-2) na 13ª jornada do Campeonato da 2ª Liga. Os leões estiveram a vencer por duas vezes, mas permitiram sempre a resposta dos algarvios que fizeram o resultado final já nos descontos.  

 

O Sporting entrou muito forte no jogo e aos seis minutos Leonardo Ruíz fez o primeiro golo. O avançado aproveitou um excelente cruzamento de Mama Baldé para, apenas com Evtimov pela frente, picar a bola sobre o guarda-redes. Nesta fase da partida, a equipa leonina podia ter aumentado a vantagem, mas o mesmo Ruíz desperdiçou duas boas oportunidades de golo.

 

Quem não marca sofre. Aos 59 minutos, Salim Cissé apareceu bem na área e cabeceou com sucesso após um cruzamento feito da direita por Aldair. Com o empate as duas equipas vigiaram-se bastante e, praticamente, não houve jogadas de perigo. No entanto, aos 84 minutos, Matheus Pereira assistiu Nasyrov Budag para o segundo golo sportinguista. A vitória dos leões chegou a parecer assegurada, mas Tiago Barros, aos 90+1 minutos, fez o resultado num livre com um remate ao primeiro poste.

 

O sentimento de frustração era comum a toda a comitiva leonina. O técnico João de Deus exprimiu esse sentimento ao afirmar que “este empate deixa-nos muito frustrados porque perdemos dois pontos que devíamos ter ganho. Não conseguimos, mas vamos trabalhar para melhorar e para, no sábado, vencer o Santa Clara, que é a nossa obrigação.”

 

Com este empate, o Sporting perdeu uma boa oportunidade para melhorar a sua posição na tabela classificativa e está em 10.º lugar, à condição, com 18 pontos. O próximo jogo é em Alcochete com a equipa açoriana, no dia 5 de Novembro.

  

Ficha de jogo:

 

Campeonato de 2ª Liga (13ª jornada)

Olhanense 2 - Sporting B 2

Estádio José Arcanjo (Olhão), 29 de Outubro de 2016

Árbitro: Bruno Paixão (Setúbal)

 

Olhanense: Evtimov, Coubronne, Gerevini, Tiago Duque, Kiki, Soriano Mané, Galassi (João Oliveira, 73, Edgar Abreu, 78), Tiago Barros, Aldair, Jorman Aguilar (Doudou Mangni, 65) e Salim Cissé

 

Treinador: Bruno Baltazar

 

Sporting B: Pedro Silva, Mama Baldé, Kiki, Ivanildo Fernandes, Pedro Empis, Guima, Matheus Pereira, Pedro Delgado (Edu Pinheiro, 78), Budag, Bilel (Jovane Cabral, 70) e Leonardo Ruiz (Ronaldo Tavares, 70)

 

Treinador: João de Deus

 

Marcadores: 0-1, Leonardo Ruiz (6m), 1-1, Salim Cissé (59m), 1-2, Budag, (84m), 2-2, Tiago Barros (90+1m)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:29

Um jovem goleador a caminho

Rui Gomes, em 30.10.16

 

gelson_santos-pedro_jaimagens.jpg

 

O 1.º de Agosto sagrou-se, este sábado, campeão angolano, ao bater o ASA por 3-0. Gelson Dala, reforço leonino, foi utilizado, e, no final do encontro, não escondeu a alegria, sem esquecer a iminente partida para Alvalade:

 

«Sempre desejei conquistar um título pelo 1.º de Agosto. Vou mais tranquilo, confiante, para Lisboa».

 

O Sporting, recorde-se, chegou a acordo com o agora campeão angolano há quase um ano para a transferência do jovem de 20 anos, que terminou o Girabola com 23 golos em 24 jogos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:28

Hóquei leonino vence novamente

Rui Gomes, em 30.10.16

 

14590347_1386892391328507_6436933028661673985_n.jp

 

Em jogo a contar para a 4.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins, a equipa do Sporting visitou e venceu o Riba d'Ave, por 4-2.

 

No pavilhão Parque das Tílias, os golos leoninos foram marcados por Pedro Gil, Caio, Poka e Ferran Font.

 

O FC Porto lidera a tabela classificativa com 15 pontos, em 5 jogos, 30 golos marcados e 9 sofridos, seguido pelo Sporting (27-9), Benfica (34-16) e Oliveirense (21-12), com 12 pontos cada, em 4 jogos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:27

 

ng7787443.jpg

 

A selecção de sub-20 de Portugal de hóquei em patins conquistou este sábado o seu quinto título consecutivo na categoria, ao bater na final a Itália por 3-1, em Pully, na Suíça.

 

Gonçalo Nunes, do Sporting, foi a grande figura da partida ao apontar dois golos, concretamente os da reviravolta, aos 18' e 19', já depois de Compagno, 15', ter colocado os transalpinos na frente do marcador. Na etapa complementar o benfiquista Pedro Batista, aos 4' do segundo tempo, haveria de fixar o resultado final.

 

Portugal soma agora 19 títulos nesta categoria, sendo ainda a Espanha a líder com 23 vitórias.

 

Parabéns a todos !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:26

 

 

Gosto de dizer aos meus amigos que Sebastian Giovinco é o tipo de avançado que o Sporting precisa e não tem, e nem sequer é ponta de lança. Com 29 anos, chegou ao Toronto FC da Major Soccer League (MLS), proveniente da Juventus, em Janeiro de 2015. Não se sabe ao certo o custo da transferência, mas foi por mais de 10 milhões de dólares. Assinou contrato com o clube canadiano por 5 anos, com um salário anual de 7 milhões de dólares.

 

Internacional pela Itália em 23 ocasiões, regista 42 golos pelo Toronto FC em 67 jogos, e nesta época de 2016 esteve fora de competição durante oito semanas, devido a lesão. Em 2015 foi eleito o melhor jogador da MLS.

 

No triunfo (3-1) de quarta-feira, diante do Philadelphia Union, histórico por ser o primeiro do clube em "playoff", marcou o primeiro golo e teve uma assistência no terceiro.

 

Veremos o que acontecerá este domingo, diante do New York City de Andrea Pirlo, Frank Lampard e David Villa, na disputa das meias-finais da Conferência do Leste.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:35

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.

Pág. 1/14





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds