Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 01.03.17

 

bisfzlilsw5pcx29y6ftt07f4.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

Audi R8 GT Spyder - 250 mil dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

 

11159991_420477324798953_8782978905106115339_n.jpg

 

... Ou porque há informações relevantes que não são reveladas, ou porque são apenas parcialmente reveladas, ou ainda, porque são reveladas com acentuada ambiguidade, já para não dizer pior.

 

Veio-se agora a "saber", segundo o que a Sporting SAD comunicou à CMVM através do Relatório e Contas semestral, que o montante que se encontra congelado pela UEFA é na ordem dos 18 milhões de euros, referente aos prémios desta época e da anterior.

Em concreto, são 18,2 milhões de euros retidos pelo organismo máximo do futebol europeu, contra os 14,2 milhões entretanto provisionados para fazer face a um eventual pagamento. Eventual porque, neste momento, o Sporting aguarda ainda uma decisão das instâncias nacionais, "situação esta que é considerada como relevante do ponto de vista jurídico."

Ainda que a Sporting SAD "tem reunidas todas as condições para, quando necessário, liquidar essa responsabilidade que por sua vez está devidamente provisionada nas Demonstrações Financeiras, pelo que não afectará a sua rentabilidade operacional futura".

 

A grande novidade - pelo menos para mim, que tenho acompanhado este processo com muita atenção desde o primeiro dia - é que contrário ao que sempre constou, não são só os prémios desta época que estão retidos pela UEFA, são também os da época passada.

 

Para verificar a veracidade desta disposição - algo que ainda não fizemos, mas temos toda a intenção de fazer - teremos de averiguar o valor total dos prémios de 2015/16 e, ainda, a data em que a UEFA emitiu a ordem de retenção da verba, por solicitação da Doyen Sports.

 

Ainda que o total da dívida é de 14,2 milhões de euros, quando se pensava que era 15,6 milhões. De qualquer modo, há ainda o acréscimo de custas e juros de mora de 0,5% mensalmente.

 

O terceiro ponto não verdadeiramente explicado, é que decisão é esperada das instâncias jurídicas nacionais, depois do juízo do Supremo Tribunal Federal da Suíça. Isto, no que é relevante ao pagamento da dívida, disposição que não pode ser revisitada por nenhuma instância jurídica.

 

O último parágrafo refere a mais da usual conversa demagógica, em que há condições para pagar mas que ainda não se pagou. Decerto porque o Sporting tem muito prazer em pagar juros de mora, além do impacte negativo na sua imagem.

 

É absolutamente exasperante lidar com um presidente deste baixo calibre, que, depois, ousa passar uma boa parte dos seus dias a disparar em todas as direcções do seu escritório no Facebook.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:18

Bruno no confessionário

Rui Gomes, em 01.03.17

 

18161528_eMb5a.jpg

 Como, pelos vistos, melindrei a sensibilidade da falange de devotos com

o primeiro cartoon do dia, talvez que este seja mais pacificador.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:30

Eleições no Sporting. Que democracia ?

Naçao Valente, em 01.03.17

 

imagen-votar-mexico.jpg

 

O sistema eleitoral existente nalgumas grandes colectividades é passível de uma séria reflexão. Dir-me-ão que este não é o momento mais oportuno, por haver eleições no Sporting Clube de Portugal. Com todo o respeito por essas eventuais opiniões, parece-me, pelo contrário, e pela mesma razão, que é um momento adequado.


Numa breve explicação genérica, recordo que o sistema liberal, teve o seu arranque na Europa com a Revolução Francesa. E o que despoletou, para além de outras causas, os acontecimentos que deram inicio à revolução, foi a questão do voto nos Estados Gerais. O voto neste órgão da monarquia era por grupo social. Deste modo, o Terceiro Estado (povo) representando mais de noventa por cento da população, tinha um voto, e os outros grupos minoritários , Clero e Nobreza dois votos. Esta situação, levou o Terceiro Estado a separar-se, e a constituir a sua própria Assembleia. Passou mais de um século até chegarmos ao voto universal, independentemente  de sexo, religião, instrução, estatuto social e apenas limitado pela “menoridade”.


O Sporting vai no dia 4 a votos para a sua Direcção. De acordo com os Estatutos, há uma desigualdade na distribuição do voto pelos eleitores. Há quem tenha direito a colocar na urna vários votos e quem só possa colocar um. Podem dizer-me que a situação é legal. Não digo que não. Mas o facto de ser legal, não significa que seja democrática. A forma de eleger dirigentes no Sporting e noutros grandes clubes, não corresponde à assunção de uma democracia plena. É um sistema de voto privilegiado, e salvaguardadas todas as diferenças, como acontecia, na sociedade, antes das revoluções liberais.


A democracia nos clubes não acompanhou a evolução da democracia nas sociedades. Embora o sistema, um homem um voto, se aplique na grande maioria das colectividades, sobretudo nas mais pequenas, nalgumas, nas quais se inclui o Sporting, esse desiderato democrático continua ausente. Entram presidentes, saem presidentes, o sistema subsiste. Perdoem-me a classificação mas este sistema é uma aberração. Não há qualquer explicação que o justifique. Por que razão um sócio mais velho tem mais direitos que um mais novo?


No caso concreto das eleições a decorrer, não sei quem poderá ou não beneficiar deste sistema. Seja quem for, é sempre uma distorção de uma eleição verdadeiramente democrática. Possivelmente, esta reflexão não será acompanhada por muitos sócios e nem chegará ao conhecimento das altas instâncias decisórias. No entanto, algumas vezes, basta uma pequena fagulha para incendiar a pradaria. Oxalá esta abordagem sirva para lançar o debate de um problema de elementar justiça na igualdade entre cidadãos.


Outra questão que merece ser revista é a da localização das Assembleia(s) de voto. Se num clube de âmbito local se justifica que exista apenas um Assembleia, na sede, nos clubes de dimensão nacional, esse facto prejudica os eleitores afastados da sede nacional. Sem abordar razões de ordem técnica, interrogo-me porque razão não se colocam mesas de voto, pelo menos nas capitais de distrito, onde os grandes clubes têm núcleos organizados? Querer é poder. Isso daria aos associados residentes em locais distantes, a possibilidade de votar, acabando com a diferença, entre sócios de primeira e de segunda, tal como no voto privilegiado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00

O dia de ir às urnas aproxima-se...

Rui Gomes, em 01.03.17

 

wolf-or-lion.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 11:11

"Mentira intencional e deliberada"

Rui Gomes, em 01.03.17

 

img_770x433$2017_02_27_02_23_00_1230304.jpg

 

Deveras intrigante como José Maria Ricciardi está a tornar-se cada vez mais numa figura central na campanha eleitoral em curso, em apoio a Bruno de Carvalho. A sua resposta à muito reveladora carta aberta de Godinho Lopes, foi lançar a acusação que o antigo presidente "está por trás de Pedro Madeira Rodrigues". Muito além da ausência de fundamento factual e palpável, é por de mais óbvio que a imputação visa desviar atenções do que realmente merece reflexão.

 

Antes de referir a reacção do candidato da lista "A", não podemos deixar de adiantar uma consideração que nos confrontou desde que tivemos ocasião de ponderar o conteúdo da referida carta: se alguma parte desta não corresponde inteiramente à verdade - e isto também é aplicável à tão badalada reestruturação financeira - era de esperar que Sikander Sattar (KPMG) viesse a público desmentir Godinho Lopes, especialmente considerando o seu apoio a Bruno de Carvalho, verificável pela sua inclusão na notória comissão do ainda presidente do Sporting. Como tal não aconteceu até ao momento, só nos parece lógico assumir que é tudo verdadeiro. Nenhum outro argumento faz sentido, por muito que se pretenda adornar o caso.

 

Tudo isto não obstante, a candidatura de Pedro Madeira Rodrigues reagiu em comunicado à acusação de José Maria Ricciardi, classificando esta como uma "mentira intencional e deliberada".

Leia o comunicado na íntegra:

«Tomámos conhecimento das declarações feitas por José Maria Ricciardi (JMR) em que este afirma que é Godinho Lopes quem está por trás da candidatura de Pedro Madeira Rodrigues. Esta mentira intencional e deliberada de JMR só vem demonstrar o desespero que reina na candidatura do candidato por si controlado. Só é possível perceber estas afirmações se levarmos em linha de conta que esta é a forma como JMR vê o mundo, um mundo em que aquilo que parece afinal não é. Triste o mundo cínico em que vive JMR, em que não é concebível haver pessoas como Pedro Madeira Rodrigues que têm vontade própria, a força e a coragem para se lançarem numa candidatura ao Sporting sem dependerem de ninguém a não ser da vontade dos sócios no dia das eleições.

Estas afirmações são sintomáticas da forma como JMR tem pautado toda a sua actuação na vida do Sporting CP como, de resto, ficou bem patente na gravação a que todos tivemos acesso. Reiteramos mais uma vez a independência da candidatura da lista de Pedro Madeira Rodrigues, demonstrada de resto pela forma frontal como temos abordado todos os temas e criticado quem tem de ser criticado. Não deixa, no entanto, de ser verdade que a candidatura de Pedro Madeira Rodrigues tem gente por trás a apoiar. São, inclusivamente, cada vez mais. São os sócios do Sporting Clube de Portugal. Pessoas sérias e honestas que com o seu voto, no dia 4 de Março, vão dizer o que querem para o nosso Clube. Basta de pseudosalvadores do Sporting, com tiques ditatoriais que não têm a coragem de assumir os seus objectivos».
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:25

Um sinal evidente de preocupação...

Rui Gomes, em 01.03.17

 

20199859_bZzDY.jpg

Pelos vistos, Bruno de Carvalho acha que perdeu o debate de quinta-feira com Pedro Madeira Rodrigues. Pelo menos essa é a explicação mais plausível para o facto de ter passado os últimos dias completamente vocacionado a tentar ganhá-lo para lá do tempo regulamentar, multiplicando as críticas ao adversário no Facebook, onde não corre o risco de ser contrariado. Um sinal evidente de preocupação que se imaginaria impensável há algumas semanas e que diz qualquer coisa sobre a forma como, depois de um arranque soluçante, a campanha de Madeira Rodrigues tem ganho balanço nos últimos dias.

 

Aliás, com mais tempo para, por exemplo, explorar o conteúdo de algumas escutas, talvez o candidato da oposição pudesse ser mais do que incómodo. Com as eleições marcadas para o próximo fim de semana, contudo, o mais provável é a reeleição de Bruno de Carvalho para um segundo mandato, mas com uma certeza: agora todos os sportinguistas sabem que há uma alternativa.

 

 

Jorge Maia - O Jogo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:24

Mensagem de Juande Ramos

Rui Gomes, em 01.03.17

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:23

 

Algarve-Cup.jpg

 

O treinador da selecção canadiana feminina de futebol, John Herdman, disse esta terça-feira que o objectivo é ganhar novamente e levar a taça para o Canadá, no torneio que arranca na quarta-feira e no qual participam doze equipas.

 

A par do Canadá, também as selecções do Japão, finalista vencida na edição de 2015 da Algarve Cup, e da Suécia, que obteve medalha de prata nos últimos Jogos Olímpicos, são candidatas à vitória.

 

Das 12 seleções que vão participar na prova - destaque para a estreia da equipa espanhola - apenas duas estão abaixo do 20.º lugar do ranking da FIFA: Portugal (38.º), que se vai estrear em 2017 numa fase final do Europeu, e Rússia (22.º).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:22

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.

Pág. 14/14





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds