Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Solução para Bryan Ruiz

Rui Gomes, em 25.07.17

 

img_770x433$2017_04_08_01_37_03_1248473.jpg

 

Com o afastamento da Costa Rica do Gold Cup, às mãos dos Estados Unidos, Bryan Ruiz fez saber que vai gozar uma semana de férias e que depois é sua intenção apresentar-se ao Sporting. Perfeitamente natural, considerando que é ainda o seu empregador.

 

A questão que se apresenta é que o Sporting não aparenta contar com ele. Tanto assim é, que o seu número 10 já foi entregue a Alan Ruiz. Dito isto, recorde-se que tem contrato até Junho de 2018 e que até ao momento nada constou sobre uma possível transferência.

 

Aos 31 anos e com o Sporting a exigir 5 milhões de euros pelo seu passe, é justo questionar se haverão muitos clubes interessados nos seus serviços. Além do mais, comanda um salário muito substancial.

 

Na época passada participou em 42 jogos, 30 dos quais como titular, acumulando 2700 minutos de jogo (média de 64,2 minutos por jogo), com 3 golos marcados.

 

Deverá o Sporting ficar com Bryan Ruiz como alternativa, mesmo tendo em conta os novos reforços, ou transferência é a opção mais lógica e sensata ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:58

 

 

Vídeo da apresentação do plantel do Sporting 2017/18 (14'), caso hajam leitores que não tiveram oportunidade de assistir no sábado. Para quem, como eu, fica irritado com a intrusão de Bruno de Carvalho no relvado - ainda por cima de mãos dadas com Jorge Jesus -, é uma questão de fechar os olhos e fingir que não aconteceu. Como já referiu um leitor, devemos ser o único clube do Mundo em que o presidente é apresentado com os jogadores.

 

Aproveito o ensejo para reiterar a pergunta que já apresentei num outro post, mas sem esclarecimento. Como o vídeo mostra, Matheus Pereira foi apresentado, mas não compareceu no jogo com o Mónaco, nem sequer como suplente, contrário a todas as expectativas. No entanto, Francisco Geraldes, que já se sabia que estava em linha para ser emprestado, esteve como suplente e até jogou os minutos finais.

 

Alguém tem conhecimento do que se passa com Matheus Pereira ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:57

 

image.jpg

 

A acreditar nos últimos rumores noticiosos, o processo de Dimitri Foulquier - já aqui referenciado no Camarote Leonino - não está fácil de fechar. Em causa, pelos vistos, estão as exigências salariais do lateral-direito francês de 24 anos, que terão ido além do que era inicialmente esperado pelos responsáveis leoninos.

 

O Sporting e o Granada - recém-despromovido à II Divisão espanhola - terão um acordo para o empréstimo de Foulquier por uma temporada, com opção de compra de 2,5 milhões de euros.

 

A equipa leonina procura reforçar o lado direito da defesa onde, neste momento, conta apenas com Cristiano Piccini, dado que André Geraldes não satisfez e deve estar em linha para ser novamente emprestado.

 

Foulquier realizou 21 jogos como titular pelo Granada, na La Liga, na época passada.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:56

Rumores do mercado: Andreas Linde

Rui Gomes, em 25.07.17

 

linde-molde.jpg

 

Andreas Linde, guarda-redes sueco de 24 anos, com 1,96m, que milita no Molde FK, actual 3.º classificado da I Liga da Noruega. Tem contrato até Dezembro de 2019 e o seu passe está avaliado em 200 mil euros.

 

Na época em curso participou em 17 jogos, todos como titular, acumulando 1530 minutos de jogo, com 19 golos sofridos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:55

Solução para Bryan Ruiz

Rui Gomes, em 25.07.17

 

img_770x433$2017_04_08_01_37_03_1248473.jpg

 

Com o afastamento da Costa Rica do Gold Cup, às mãos dos Estados Unidos, Bryan Ruiz fez saber que vai gozar uma semana de férias e que depois é sua intenção apresentar-se ao Sporting. Perfeitamente natural, considerando que é ainda o seu empregador.

 

A questão que se apresenta é que o Sporting não aparenta contar com ele. Tanto assim é, que o seu número 10 já foi entregue a Alan Ruiz. Dito isto, recorde-se que tem contrato até Junho de 2018 e que até ao momento nada constou sobre uma possível transferência.

 

Aos 31 anos e com o Sporting a exigir 5 milhões de euros pelo seu passe, é justo questionar se haverão muitos clubes interessados nos seus serviços. Além do mais, comanda um salário muito substancial.

 

Na época passada participou em 42 jogos, 30 dos quais como titular, acumulando 2700 minutos de jogo (média de 64,2 minutos por jogo), com 3 golos marcados.

 

Deverá o Sporting ficar com Bryan Ruiz como alternativa, mesmo tendo em conta os novos reforços, ou transferência é a opção mais lógica e sensata ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:06

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 24.07.17

 

ferrari-330p4-55cc94723062d.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

1967 Ferrari 330 P4 - 9 milhões de dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00

 

sporting_lisbon_logo_88270.jpg

 

Enquanto o futuro de alguns jogadores já foi definido, no que à próxima temporada diz respeito, existem vários à espera de uma resolução. Depois, ainda temos aqueles que integraram o plantel principal na época passada e que não fazem agora parte dos planos do treinador.

 

Jogadores já emprestados:

 

- Jefferson (SC Braga)

- Lukas Spalvis (Kaiserslautern)

- Domingos Duarte (Chaves)

- Mama Baldé (Desportivo das Aves)

- Carlos Mané (Estugarda)

- Ryan Gauld (Desportivo das Aves)

- Leonardo Ruiz (Boavista)

- Simeon Slavchev (Birmingham, à experiência)

- Paulo Lima (Sparta de Roterdão, à experiência)

 

Jogadores cujo empréstimo está a ser equacionado/negociado:

 

- Pedro Silva (Tondela ?)

- Francisco Geraldes (Rio Ave/V. Guimarães/Chaves/SC Braga)

- Matheus Pereira (por definir)

- Gelson Dala (por definir)

- Cristian Ponde (por definir)

- André Geraldes (por definir)

- Azbe Jug (por definir)

- Federico Ruiz (por definir)

 

Jogadores considerados "excedentários" que procuram colocação:

 

- Bryan Ruiz

- Ezequiel Schelotto

- Luc Castaignos

- Douglas

- Marvin Zeegelaar

- Oriol Rosell

- Ary Papel

- Heldon

- Fabrice Fokobo

- Sambinha

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:11

Beto poderá estar de saída

Rui Gomes, em 24.07.17

 

maxresdefault.jpg

 

Segundo os mais recentes rumores noticiosos, o guarda-redes Beto pode estar de saída do Sporting. Terá propostas vantajosas, ao nível financeiro, do Goztepe, da Turquia e do PAOK, da Grécia e já terá pedido a Jorge Jesus para sair.

 

Para Joaquim Melo, antigo guarda-redes leonino, a saída de Beto implica o Sporting ir ao mercado contratar outro, porque os que constam neste momento em Alvalade são ainda muito jovens para substituir Rui Patrício, caso haja essa necessidade:

 

«Se acontecer, o Sporting terá de contratar outro guarda-redes, porque os restantes jogadores daquela posição têm qualidade mas ainda são jovens e não dão garantia de serem boas alternativas a Rui Patrício.

 

A saída de Beto é negativa para o Sporting, mas entendo a vontade do jogador de jogar com regularidade. Em ano de Mundial, ele sabe que se jogar mais num clube, pode ser opção para Fernando Santos, e poderá lutar por um lugar na selecção.

 

A equipa está a melhorar gradualmente, há algumas alterações em todas as zonas do terreno, o que obriga Jorge Jesus a trabalhar mais. O acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões é um momento decisivo para o clube e para o seu plantel, e será importante para o desenrolar da restante temporada».

 

O próximo jogo de preparação do Sporting está marcado para quarta-feira à noite, em Rio Maior, com o Vitória de Guimarães.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:35

Futebol com humor à mistura

Rui Gomes, em 24.07.17

 

0de1a52a5cf29fe3520fef6d2016c84d.jpg

 

Rogério Casanova, jornal Expresso, com o seu bem conhecido humor, analisa as performances dos jogadores do Sporting no jogo de apresentação da equipa frente ao campeão francês Mónaco, com destaque para Matheus Oliveira:

 

"Há algo de bidimensional na sua presença - em campo, no estágio, no plantel - como se não fosse resultado de carne, osso e cartilagem, mas de um efeito tromp l'oeil. Uma coisa no entanto ninguém pode negar: Mattheus Oliveira é extremamente parecido com as imagens de Cristo que costumam aparecer nas revistas Sentinela e Despertai! a ilustrar artigos como "O Que Vai Deixar de Existir Quando o Reino de Deus Chegar?", "A Minha Luta Como Soldado de Cristo", e "Compre Este Médio Talentoso Mas Desnecessário Por Apenas 1 Milhão de Euros Mais Portes de Envio".

 

Rui Patrício

Lidou horrivelmente com um atraso numa das suas primeiras intervenções, num lance que ia dando golo, mas foi só para testar os nervos dos adeptos que, como se sabe, nesta altura do ano, ainda andam à procura da melhor forma. Acabou por se redimir com uma defesa do outro mundo a um cabeceamento de alguém chamado Carrillo, mostrando uma comovente preocupação em evitar que alguém chamado Carrillo marcasse um golo em Alvalade, preocupação de resto não partilhada por todos os colegas.

 

Piccini

Teve direito a praxe mais violenta da pré-temporada. Depois de Valbuena, hoje apanhou com Mbappé, que descaiu várias vezes para o seu corredor, mostrando que não deve haver relatório de olheiros feito sobre o Sporting de há dois anos para cá que não aponte, em letras maiúsculas, a fragilidade da equipa a defender lançamentos em profundidade para a faixa direita. Piccini voltou a mostrar que é melhor a fechar por dentro do que a solucionar esse problema de longa data; que é menos rápido do que Schelotto, mas que usa a velocidade com muito mais inteligência; que sabe usar o físico e tem bom tempo de corte; que sobe pouco, cruza menos, e sempre visivelmente contrariado; que é um upgrade, mas não o desejado; que não é um grande lateral-direito (o que daria jeito ao Sporting), nem um desastre (o que daria jeito aos adversários, e possivelmente a esta plataforma digital).

 

Coates

Um "defesa de corpo inteiro" era algo que eu julgava ser um cliché, até ter visto o seu jogo de hoje. Ultrapassado por Mbappé aos 6', foi ao chão, mas virou-se com agilidade suficiente para interceptar a bola (com a nádega). Substituiu Patrício na linha de golo e fez uma grande defesa aos oito minutos (com o abdómen). Aos 16' foi cabecear a centímetros do poste (com a testa). Cortou uma bola de perigo já na pequena área ainda antes do intervalo (com a barriga da perna). Aos 68', grande intervenção no 1x1 com um avançado do Mónaco que vinha embalado direito a si, desarmando-o (com o pé, para variar). É um descanso tê-lo por cá (no campo e no coração).

 

Mathieu

Jogo certinho e sem as aflições que marcaram os jogos na Suíça. Com a bola no pé, enfim... andou três anos a trocar a bola com o Iniesta sem destoar, vamos dar-lhe tempo.

 

Fábio Coentrão

É um grande jogador ainda a recuperar a melhor forma, portanto vão sendo as pequenas coisas: o transformar de um alívio numa desmarcação, o proteger a bola com o corpo sem qualquer vestígio de nervosismo, a lucidez a encontrar a melhor opção, a capacidade para receber bolas bombeadas a meia-altura e junto a linha, deixando-as jogáveis ao primeiro toque, as acelerações súbitas (e, por enquanto, de poucos metros) para se livrar da pressão dos extremos contrários, e acima de tudo a forma corajosa como conseguiu até agora disfarçar os vários sintomas que apresenta - de hipotermia, escorbuto, cólera, febre do Nilo, etc, - e fingir que não é uma pessoa lesionadíssima.

 

Battaglia

Vê-lo jogar é uma experiência estranhamente fatigante, em que uma bola perdida no meio-campo é apenas o primeiro capítulo de uma espécie de epopeia. Carrinhos, desarmes, faltas, arranques, carros a capotar, alguém a fazer rapel pela Torre Eiffel abaixo, outra pessoa a escapar por um triz a uma avalanche, um edifício a explodir, uma bomba em contagem decrescente, etc. É como assistir ao trailer de um filme de acção, onde cortaram todas as partes chatas é tudo condensado a dois minutos de efeitos especiais impressionantes e diálogo não muito bem escrito. Nunca vai (nem ele nem ninguém, em boa verdade) dar à equipa o que William dá em posse. Mas tem uma disponibilidade física fora do vulgar, e o tipo de agressividade que obriga constantemente o adversário a mudar de ideias. Pode ser que vá mudando as nossas também.

 

Gelson Martins

Scouting report by H. P. Lovecraft:

Vastly overrated attacking midfielder, whose eldritch proclivities when in possession of the hallowed sphere should make any sensitive scouting soul this side of Massachussets shudder in unnamable horror. Occasional ghoulish glimpses of a freakish abominable talent can be seen as they bubble up putrescently under the gibbous stadium floodlights, but his vile, batrachian movements offer no beauty and no freedom to the discerning eye of someone not bewitched by the horrid reputation of Alcochete's infested swamps.

 

Beware, o Greats of Manchester and Spain, perusing the dark horizons for the next shining star: all you will ever find here is gibbering hideousness and squamous perversity twitching and slithering in the endless night!

 

#Gelson #scouting #flops

 

Bruno Fernandes

Ao minuto 10, com todas as linhas de passe cortadas, teve calma e confiança suficientes para resguardar a posse de bola em zonas tradicionalmente proibidas até sofrer falta. Dois minutos depois, Battaglia efectuou um remate à queima contra os seus tornozelos, a meio metro de distância; Bruno Fernandes conseguiu, não me perguntem como, transformar o lance numa tabelinha. Marcou o golo do 1-0, aparecendo de repente em zona de finalização. Perto do intervalo, é ele quem vai ganhar o espaço a Sidibé na faixa esquerda, depois de este ter ultrapassado Acuña e Coentrão. Ao minuto 50, fez exactamente o mesmo na faixa direita, dobrando Gelson e Piccini. E foi ele, inclusive, quem veio escrever metade deste parágrafo, porque eu estou muito cansado.

 

Marcos Acuña

Deve ter decorado com afinco meia dúzia de instruções tácticas específicas, pois procurou insistentemente desmarcações interiores nos primeiros minutos, e mostrou sempre um cuidado patológico em ajudar o lateral do seu lado - mostrando ainda algum desacerto posicional, que compensou com tenacidade e uma surpreendente capacidade de desarme. Quanto à qualidade (já conhecida e anunciada) a bater livres e cantos, deu exemplos suficientes para comover um público que não via um novo reforço tão competente nas bolas paradas desde Didier Lang - comparação pela qual peço desde já imensa desculpa a todos os envolvidos.

 

Podence

Se Podence fosse um animal não seria propriamente daqueles que inspiram medo, como os predadores de grande porte, mas sim um daqueles que provocam irritação, como a melga. Estamos descansadinhos no sofá, ouvimos o zumbido de uma coisa diminuta a passar e quando damos por isso temos uma probóscide enfiada na pele, e um insecto a gargarejar o nosso sangue. Embora, enfim, neste caso não literalmente.

 

Melhor momento do jogo: o livre directo que ganhou ao minuto 56 depois de fazer um túnel a si próprio.

 

Bas Dost

Quem é que remata de cabeça ao ângulo, com aquela força, e àquela distância, quando a bola vem a fazer a curva ao contrário e não particularmente tensa? Mas quem é que este gajo julga que é?

 

Jonathan

Exibe, na minha maneira de ver as coisas, duas sobrancelhas excessivamente depiladas para o seu estilo de jogo.

 

William

O Sol brilhou, as nuvens escangalharam-se em hemorragias de luz, dos céus ouviu-se o som de trombetas, montanhas afastaram-se amavelmente da frente, vales abriram-se de livre e espontânea vontade, o horizonte recheou-se de portentos. Foi, por outras palavras, mais uma tarde de Sábado na vida de William Carvalho.

 

Adrien

Mas isto agora dos livres directos veio de onde e porquê?

 

Alan Ruiz

Qualquer ordem constitucional só é verdadeiramente democrática quando tolera e promove o acesso das oposições ao poder como resposta espontânea ao desgaste e descrédito dos titulares governativos, como diz o povo.

 

Doumbia

"A girar e a girar, em círculos cada vez mais amplos, o falcão já não ouve o falcoeiro", como explicou Yeats em "The Second Coming", o seu célebre poema sobre a armadilha do fora-de-jogo.

 

Iuri Medeiros

Pouco depois de entrar e pouco antes de sair, conseguiu fazer um movimento interior, uma boa recepção, um passe de primeira, uma perda de bola e uma falta sofrida em zona perigosa, tudo na mesma jogada. Não é bem o mesmo tipo de "polivalência" de Bruno César, mas não deixou de ser impressionante.

 

Tobias Figueiredo

Tem de melhorar a sua estratégia de comunicação.

 

Francisco de Oliveira Geraldes

Fez uma pausa no preenchimento da papelada necessária para pedir asilo político no Império Austro-Húngaro e veio ao campo fazer três passes bons e um mau.

 

Beto

Fez uma única defesa e sofreu um golo em que nada podia fazer: a média de Rui Patrício numa boa mão-cheia de jogos da época transacta.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:24

Octávio passageiro

Rui Gomes, em 24.07.17

 

Não era difícil prever que a relação entre Octávio Machado e Bruno de Carvalho chegasse ao fim com estrondo.

 

20199859_bZzDY.jpg

Há mais ou menos dois anos, quando foi anunciada a contratação de Octávio Machado pelo Sporting, antecipei neste espaço que a relação entre o novo director-geral e Bruno de Carvalho tinha tudo para funcionar mais ou menos como os submarinos que, como todos sabemos, até podem flutuar, mas foram feitos para afundar.

 

De resto, considerando a rigidez, beligerância e inflexibilidade das personalidades em causa, era tão previsível a rotura que agora se confirma, como fatal o estrondo provocado pelo inevitável choque que se lhe seguiu. Expressões como "cobarde", "passarinho", "terceira escolha" ou "isto não é a Santa Casa" e "um especialista em áreas mentais que trate dele" são tão duras como pouco surpreendentes, considerando os protagonistas.

 

Quanto a consequências, também é possível antecipar algumas. Para Octávio Machado, que já tinha batido a porta do FC Porto com a mesma violência e que passou os últimos dois anos nas trincheiras de Alvalade a disparar sobre o Benfica, o tumultuoso processo de saída do Sporting significa muito provavelmente o fim do envolvimento directo no futebol português ao mais alto nível. Para Bruno de Carvalho, mais uma separação litigiosa pode encerrar pelo menos uma lição importante: é muito complicado apontar ao futuro apostando em soluções do passado.

 

Mais difíceis de prever são as consequências que tudo isto poderá ter no relacionamento entre o presidente leonino e Jorge Jesus, principal responsável pela chegada de Octávio a Alvalade. Talvez depois de ouvirmos o que o treinador terá a dizer sobre o assunto tudo fique mais claro.

 

 

Jorge Maia, jornal O Jogo

 

_________________________________________________

 

nova-gente-50234-noticia-octavio-machado-internado

 

Entretanto, Octávio Machado, em declarações ao jornal O Jogo, deu o caso da guerra aberta entre ele e Bruno de Carvalho por encerrado:

 

«O Sporting e os sportinguistas não merecem que isto se estenda no tempo. Dado todo o respeito que tenho pela instituição e a sua massa associativa e adepta, é 'finito'.

 

Nada disto deveria ter acontecido. O Sporting precisa de estabilidade, mas lamento profundamente. Não podia permitir as ofensas que me foram feitas. Fico-me por aqui».

 

Ainda bem que o bom senso prevaleceu, tardio mas ainda assim bem vindo, e esperamos que isto seja mesmo o fim de um episódio indecoroso em que só o Sporting saiu a perder.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:25

 

portugalescocia.jpg

 

A selecção portuguesa de futebol feminino conseguiu este domingo a primeira vitória numa fase final de uma grande competição internacional. Portugal bateu a Escócia, por 2-1, em partida da segunda jornada da fase de grupos do Europeu, disputada na cidade holandesa de Roterdão.

 

A equipa das "quinas" abriu o marcador aos 28 minutos da primeira parte, por intermédio de Carolina Mendes. A avançada natural de Estremoz foi a primeira jogadora portuguesa a assinar um golo numa fase final. As escocesas reagiram e chegaram ao empate na segunda parte, aos 68 minutos, por intermédio de Cuthbert. A selecção portuguesa não atirou a toalha ao chão e chegou à vitória quatro minutos depois, com um golo de Ana Leite, que saltou do banco para garantir uma vitória histórica.

 

A equipa orientada por Francisco Neto, que na primeira jornada perdeu com a Espanha por 2-0, ocupa agora o terceiro lugar do grupo D do Euro 2017. O grupo é liderado por Espanha e Inglaterra, também com três pontos, mas que têm um jogo a menos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:24

 

20294551_1584802191554521_2717675165835184471_n.jp20292791_1584763894891684_7597189717065552379_n.jp

 

O Sporting revalidou este domingo em Leiria o título de campeão nacional de atletismo em femininos, com vantagem avassaladora sobre o rival Benfica, que por seu lado conservou o cetro de masculinos, com alguma dificuldade.

As leoas ganharam 16 das 25 provas do programa, a que somam cinco segundos lugares, pelo que nunca esteve em causa o heptacampeonato, 22.º título dos últimos 23 anos.

Este domingo, o Sporting só não conseguiu o pleno porque Marta Pen Freitas, do Benfica, confirmou a excelente forma nos 800 metros, que ganhou em 2.06,56 minutos, contra 2.10,08 da sub-23 Salomé Afonso.

No dardo, Sílvia Cruz foi apertada por Cristina Ferreira (Jardim da Serra) mas recompôs-se, para ganhar com 45,12 contra 43,15.

Lorene Bazolo (23,39 nos 200 metros), Sara Moreira (9.10,39 nos 3.000 metros), Olímpia Barbosa (13,71 nos 100 metros barreiras), Vera Barbosa (56,95 nos 400 metros barreiras), Eleonor Tavares (4,30 na vara), Patrícia Mamona (14,12 no triplo), Jessica Inchude (14,95 no peso) e a estafeta 4x400 metros (3.43,33) foram as outras vencedoras da tarde.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:23

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 23.07.17

 

d08cd7160cebc9970fff8963ae914ba0--design-cars-vint

Um dos carros mais caros do Mundo

1969 Alfa Romeo 33-2 Pininfarina - 3 milhões de dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

 

image.jpg

Francisco Geraldes deixou este domingo uma mensagem no Instagram - com destinatário - consciente de que a sua cedência ao Rio Ave está prestes a ser acordada entre os clubes.

 

"Um pássaro enquanto repousa em uma árvore nunca teme

que o galho se quebre pois a sua confiança não está no 

galho mas em suas asas. Confie em si mesmo."

 

O médio de 22 anos, que chegou ao Sporting em 2003, com 8 anos de idade, subiu ontem ao relvado em Alvalade e até entrou no jogo com o Mónaco mesmo ao cair do pano, mas há muito que está descartado dos planos de Jorge Jesus. Inclusive, a exemplo de alguns outros, integrou o estágio na Suíça, fundamentalmente para "inglês ver".

Teoricamente, a Sporting SAD considera que o empréstimo é a melhor solução para o seu desenvolvimento. Do mesmo modo como semelhante decisão foi tomada na época passada, com empréstimo ao Moreirense, só para o resgatar em Janeiro, para andar praticamente o resto da temporada a "limpar o pó" no banco de suplentes e na bancada, por opção de Jorge Jesus.
 
Uma das razões que me levam a não gostar deste treinador e a considerar que ele é a pessoa errada para o cargo no Sporting. Tanto no caso do Francisco Geraldes, como em alguns outros, até não é tanto que seja considerado que não têm lugar na equipa principal, mas sim que as decisões são tomadas ainda antes do primeiro chuto na bola.
 
Algo idêntico estará a acontecer com Matheus Pereira e eu gostaria de perguntar ao treinador o que é que um jogador como Matheus Oliveira oferece ao Sporting que qualquer um destes dois formados leoninos não oferecem mais e melhor.
 
Para agravar o estado de coisas, o presidente, que chama a si a esfera total do futebol, sem perceber patavina da modalidade, faz todas as vontades a este treinador e limita-se a despender como se os cofres não tivessem fundo.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:00

Fotografia com história dentro (56)

Leão Zargo, em 23.07.17

 

Taça das Taças desfile em Lisboa 16.5.1964.jpg

  

Sinal de esperança!

 

A comitiva sportinguista regressou a Lisboa no dia seguinte à vitória na finalíssima em Antuérpia da Taça das Taças disputada em 15 de Maio de 1964. A viagem foi um tanto rocambolesca com um percurso de comboio até Paris para se conseguir uma ligação aérea directa para Portugal. As bagagens desapareceram no aeroporto, mas reapareceram em Alvalade.

 

A direcção leonina preparou um desfile em caravana automóvel desde o aeroporto de Lisboa até ao Estádio de Alvalade. Depois da recepção no Estádio, os jogadores foram à casa do infortunado Hilário, para que ele também beijasse a taça, e dali para o Portugal – Inglaterra no Jamor, para a apresentação nacional dos vencedores. O avançado Figueiredo diria mais tarde que nunca tinha visto uma coisa assim e que houve alturas em que os automóveis não conseguiam avançar tão grande era o entusiasmo de quem se acumulava nos passeios e invadia as ruas.

 

Ao contrário do que pode parecer, esta fotografia não é sobre o passado, pois na realidade refere-se ao presente. O presente é a esperança da conquista do título nacional em 2017-18, o desejo de que os jogadores leoninos saibam minimizar as suas fraquezas e potenciar as suas forças. E que os dirigentes e os técnicos sejam capazes de estar sempre à altura das circunstâncias e das responsabilidades.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00

O melhor jogo da pré-época

Rui Gomes, em 23.07.17

 

sporting-cp-monaco-game-preview-17-07-22.jpg

 

O Sporting terá realizado o seu melhor jogo da pré-época, e não apenas pela vitória sobre o campeão francês, com uma primeira parte de grande nível e Bas Dost em destaque, a fazer aquilo que ele faz melhor, marcar golos. Ainda fez uma excelente assistência no golo de Bruno Fernandes, o primeiro da partida. Mas todos os jogadores estiveram a um nível muito superior ao que assistimos nos jogos na Suíça.

 

Jorge Jesus fez alinhar de início Rui Patrício; Cristiano Piccini, Sebastián Coates, Jérémy Mathieu e Fábio Coentrão; Rodrigo Battaglia, Bruno Fernandes, Gelson Martins e Marcos Acuña; Bas Dost e Daniel Podence.

 

Os primeiros jogadores a sairem do banco, aos 54', foram Jonathan Silva, Adrien, William Carvalho e Doumbia, em substituição de Fábio Coentrão, Bruno Fernandes, Battaglia e Bas Dost.

 

Estreia de "leão ao peito" de Marcus Acuña, que esteve algo discreto, o que já era de esperar neste seu primeiro jogo e ainda há poucos dias com a equipa.

 

Regresso notável de Gelson Martins. A sua inclusão na equipa fez a diferença, sublinhando quão importante ele é para a concretização dos objectivos da época.

 

William melhor do que Adrien, mas ambos a acusar a recém-chegada e os escassos dias de treino.

 

A defesa esteve muito certinha, até Piccini esteve bem. Coates e Mathieu muito seguros, Fábio Coentrão a um nível alguns degraus acima do que se tem visto até este ponto. O golo sofrido já nos descontos, resultou de um erro de Tobias Figueiredo que tinha entrado no jogo há poucos minutos.

 

Jorge Jesus não resiste fazer uma das dele. Não gostei de ver Iuri Medeiros entrar aos 64' e ser substituido aos 84'. Reparei que houve colegas, especialmente Coentrão, que tiveram o cuidado de ter uma palavra com ele no regresso ao banco.

 

Excelente decisão do VAR ao anular o golo inicial do Mónaco. Foi um magnífico remate de Rony Lopes, mas um dos seus colegas, em posição irregular, interferiu com a visão do lance de Rui Patrício.

 

O próximo jogo do Sporting é na quarta-feira, às 20h00, contra o Vitória de Guimarães.

 

P.S.: Estranhei a ausência de Matheus Pereira, que nem no banco se encontrava, e a inclusão de Francisco Geraldes. Não sei se foi dada alguma explicação relativamente ao Matheus que me passou despercebida.

 

Nota: Para que não hajam interpretações precipitadas, devo esclarecer que continuo a não ser a favor da introdução do vídeo-árbitro e não é uma boa decisão num só jogo que me vai fazer mudar de ideias. Gostei, sobretudo, de o processo não ter afectado a fluidez do jogo, a minha maior preocupação.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:22

Cartoon do dia

Rui Gomes, em 23.07.17

 

8OBSKP4G.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 04:21

"Até quando, Sporting? Até quando?"

Rui Gomes, em 23.07.17

 

190x190antoniosousaduarte.jpg

É extraordinário como Bruno de Carvalho acaba de se enredar numa incrível e inextricável guerra de palavras com Octávio Machado. É péssimo para o Clube mas é bom para que nunca nos esqueçamos que eleito, e legitimado, pela esmagadora maioria dos sócios que acorreu ao último acto eleitoral em Alvalade, este Bruno só está e só se sente bem na lama que ele próprio gera.

 

Nem estão em causa as razões que possam assistir a este presidente do Clube. O que está em questão é o seu tenebroso e inesgotável dom para o ultraje público. Perdido no seu labirinto, agonizante na sua incapacidade, deprimente no seu triste e desnorteado comando, pequenino na sua lamentável e reduzida dimensão, Carvalho volta a fazer o que faz melhor - que é o pior. E volta a arrastar o nome do Clube, que trata como coutada sua, para uma praça pública em que até poderia primar pela diferença face aos desmandos financeiros do FC Porto e às suspeitas desportivas que recaem sobre o SL Benfica.


Mas não: com Bruno de Carvalho o Sporting nunca se aproxima da excelência e chega sempre primeiro à indecência. E pensar que os sportinguistas se revêem nisto? E saber que o ajudaram a crucificar e a humilhar Dias da Cunha, José Eduardo Bettencourt e Luiz Godinho Lopes por erros que reconhecidamente cometeram mas que nada tiveram a ver com a intenção de prejudicar o Clube, como homens de bem e gestores excepcionais que são nas respectivas actividades profissionais? Obviamente ao contrário de Bruno, que fala muito mas de quem, como se sabe, não se conhece uma linha de currículo...


Infelizmente, o estado a que o Sporting chegou já não é só fumaça - é um fogo que arde e que se vê. De certeza que mesmo para os quase noventa por cento de votantes que elegeram este presidente.


Até quando, Sporting? Até quando?

 

António de Sousa Duarte

 

Texto da autoria do antigo director de comunicação do futebol profissional e de formação do Sporting, na sua página de Facebook, que mereceu uma observação do ex-presidente do Sporting, José Eduardo Bettecourt, na mesma página:

 

«Nunca comentei nada sobre o SCP e como o António bem sabe sempre odiei papagaios e alguns bem cobardes, mas este texto pôs-me a pensar. Ontem no funeral do Zé Filipe, o seu filho disse-me o que pai gostava muito de mim. Morreu com um profundo desgosto de ter um processo de gestão danosa à boa maneira estalinista com custos enormes para a sua descendência. Talvez o filho tenha sabido que eu reduzi o meu ordenado para remunerar justamente o Zé Filipe, na mesma proporção. Este facto, na magnífica auditoria, foi relatado da seguinte forma:


"O Dr. José Bettencourt alterou o seu vencimento sem autorização da comissão de vencimentos."

 

Muito bom. António, acredito com uma petição assinada por pessoas de bem que amam este grande clube, talvez fosse possível acabar com esta vergonha, que corroeu até à morte um bom homem.


Alguns terão casamentos cheio de notáveis, mas não acredito que tenham funerais com tantos amigos.


Só me verão voltar a comentar algo daqui a 3 anos e se o nosso Camões voltar a ter o condão de me inquietar.

 

Desculpem qualquer coisinha».

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:20

Foto do Dia

Rui Gomes, em 23.07.17

 

image.jpg

Bas Dost já não é surpresa. Veremos se Marcos Acuña virá

a contribuir para mais dos seus preciosos golos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:19

Rumores do mercado: Gastón Ramírez

Rui Gomes, em 23.07.17

 

 

Gastón Ramíres, médio-ofensivo uruguaio de 26 anos que actua no Middlesbrough, clube com o qual tem contrato até Junho de 2019. Chegou a Inglaterra da Itália em 2012, adquirido então pelo Southampton por 15,2 milhões de euros. O seu passe está actualmente avaliado em 6 milhões de euros.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:18

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.

Pág. 1/11





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds