Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Carta aberta a Nuno Saraiva

Rui Gomes, em 29.07.17

 

Nicolau Santos, director-adjunto do jornal Expresso, responde à missiva de Facebook de Nuno Saraiva, director de comunicação do Sporting:

 

Meu caro Nuno Saraiva,

 

nicolau-santos-opiniao-73be.jpg

Conhecemo-nos há alguns anos e chegámos mesmo a trabalhar juntos no Expresso. Sempre mostraste ser um grande profissional e uma excelente pessoa. Hoje vi o que escreveste na tua página oficial do Facebook sobre a crónica que ontem publiquei na Tribuna Expresso. E compreendo-te. Trabalhas para o Sporting, tens de defender o clube. É normal: ninguém que trabalha para uma empresa ou instituição critica publicamente o patrão ou o presidente. E se é paga para as defender, tem de vir a terreiro fazê-lo.

 

O Sporting, contudo, é uma instituição de utilidade pública. Tem milhares de sócios, já teve muitos presidentes e muitos mais treinadores, terá mais presidentes e treinadores. Vivemos num país livre, logo num universo tão alargado de associados haverá sempre quem não concorde com o presidente de plantão ou com as opções do treinador que está de momento aos comandos.

 

Vamos então por partes. Bruno de Carvalho devolveu aos sócios do Sporting o orgulho de pertencerem ao clube e a fé de voltarem a acreditar em novas conquistas em todas as modalidades. Construiu o pavilhão, uma falha inadmissível num clube com a dimensão do Sporting. Renegociou com os bancos, ganhou folga financeira para não asfixiar a possibilidade de serem comprados novos jogadores que, a nível do futebol, nos dêem a possibilidade de ganhar a I Liga. Fez propostas para tornar muito mais transparente o futebol nacional. Relançou modalidades que estavam abandonadas e onde o clube tinha pergaminhos. Deixando de lado as suas afirmações truculentas e atitudes completamente desnecessárias, Bruno de Carvalho tem sido um grande presidente, que resgatou o Sporting daquele declínio irreversível em que parecia ter entrado.

 

Contratou dois grandes treinadores, Leonardo Jardim e Marco Silva, que infelizmente entendeu dispensar. Mal, claro, como se tem visto. Mas quando conseguiu trazer Jorge Jesus para o Sporting, fez algo de extraordinário: encontrou a peça que fez o click para galvanizar os sócios e os jogadores, ao mesmo tempo que traumatizava profundamente os nossos rivais da segunda circular. Foi um dois em um, que só não resultou logo na conquista do campeonato porque nessa altura não havia videoárbitro.

 

Tudo isso, contudo, não me faz esquecer outras coisas. Jesus está há duas épocas no Sporting e a começar a terceira. O que ganhou com os jogadores que herdou (e que tinham ganho uma Taça de Portugal) e com os muitos outros entretanto adquiridos? Uma Supertaça. É pouco, lamentavelmente pouco para a sua apregoada genialidade. E o pior é que os resultados tem vindo a descer.

 

mw-680.jpg

 

Na sua primeira época à frente do Sporting, a equipa principal ficou em segundo lugar, marcou 79 golos e sofreu 21. Na época passada, o clube ficou em terceiro, marcou 68 golos (menos 11) e sofreu 36 (mais 15). Ora o guarda-redes foi sempre o mesmo (Rui Patrício), o meio-campo também (William e Adrien). Logo, o problema só pode ter estado na defesa.

 

E Jesus tem um manifesta esquizofrenia com as defesas dos clubes que treina. Já tinha no Benfica, onde os defesas esquerdos se sucederam com tanta regularidade que nem o mais acérrimo dos prosélitos do clube da Luz se consegue lembrar dos respetivos nomes. Inventou num célebre jogo no Dragão, onde colocou David Luiz, um defesa central, a jogar à esquerda. O Benfica perdeu por 5-0.

 

No Sporting, depois de termos feito uma monumental exibição em Madrid, fomos jogar com o Rio Ave. Perdemos 3-1, com Bruno César a defesa esquerdo. Os avançados passavam por ele como se fossem de mota e ele estivesse de bicicleta. Jesus só corrigiu o erro depois de termos o jogo perdido. Durante muitos jogos no ano passado resolveu apostar em Zeegelaar, embirrando claramente com Jefferson, que defende menos mal que Zeegellar mas é muito melhor a marcar livres, a centrar e a apoiar o ataque.

 

Também não deu quase oportunidades a Paulo Oliveira e não desistiu enquanto não o correu do clube. A dupla central de defesas mudou tanto que os sócios eram surpreendidos a cada jogo. Depois ficou-se por Ruben Semedo e Coates. Agora indicou a porta de saída a Semedo para contratar um tal Mathieu, que não tem, pela sua morfologia, nenhumas características de ser um defesa rápido e de ter rins flexíveis. E Coates precisa de um parceiro rápido ao seu lado, como eram Semedo ou Paulo Oliveira. Sem eles, a vida também lhe vai correr pior. E que dizer da dispensa de Schelotto para ser substituído por Piccini, que por sua vez ficou (descobriu-se agora em Alvalade!) sem nenhum concorrente para a sua posição?

 

Aliás, leio hoje no Record: “Urgente – Jesus quer lateral e central – Técnico procura alternativa válida a Piccini e Coates”. Pergunto: agora é que descobriram isso? A 15 dias de começar o campeonato? É que o problema não foi termos perdido com o Guimarães por 3-0. O problema é que não se vê como vamos solucionar o problema para o campeonato. E as grandes equipas constroem-se a partir da defesa, porque são aquelas que sofrem poucos golos.

 

Sim, eu sei que o André Pinto está lesionado. Mas o Tobias alguma vez é melhor que o Paulo Oliveira? E porque é que dispensámos o Schelotto? É pior que o Piccini? E agora o Coates também já não serve? Mais: o Mattheus Oliveira é melhor que o Francisco Geraldes? Não, não e não.

 

mw-680.jpg

 

E vamos jogar com três centrais, em 3-4-3? Temos jogadores para isso? Até quando vamos experimentar o sistema? Vejam-se os resultados em sete jogos de preparação: 1 golo sofrido com o Belenenses, dois com o Marselha, 1 com o Fenerbahce, 3 com o Basileia, 3 com o Valência, 1 com o Mónaco, 3 com o Guimarães. 14 golos sofridos, média de dois por jogo. É assim que nos vamos candidatar a campeões? Isto não faz acender inúmeras campainhas de alarme nos comandos técnicos do Sporting e na direcção? E não será que, mais que por causa dos jogadores, é o sistema que está errado?

 

Por outro lado, Jesus está a reproduzir no Sporting o que fez no Benfica: a contratação de uma avalanche de jogadores sul-americanos em detrimento de oportunidades para os jovens da formação ou para jogadores portugueses que não foi ele que contratou. Não é o modelo do Sporting Clube de Portugal e é um enorme erro, que nos vai custar caro quando ele deixar o clube.

 

Meu caro Nuno, recebi o ano passado o meu emblema de sócio do Sporting Clube de Portugal há 25 anos. Mas na verdade deveria ter recebido outro emblema, porque desde os seis anos fui sócio do Sporting Clube de Luanda, um tempo que infelizmente não conta para a contabilidade do SCP.

 

Há 13 anos que pago a Gamebox. Tenho as quotas em dia. As maiores alegrias que tive foram a conquista dos dois últimos campeonatos pelo Sporting. No primeiro não estava em Portugal, mas no segundo andei a buzinar pelas ruas de Lisboa, bebi champanhe, pintei a cara de verde e branco e festejei exuberantemente com os meus filhos desde o Marquês, passando pela Avenida da Liberdade, até ao Largo do Pelourinho. Para sportinguista híbrido não está mal de todo.

 

Sabes, meu caro Nuno, quando fui do Conselho Leonino e tinha assento na parte da bancada principal destinada aos corpos sociais (coisa que pouco fiz porque prefiro de longe o meu lugar cativo), havia um senhor que se sentava ao meu lado e que passava o tempo a dizer que o Sporting não ganhava porque toda a comunicação social estava contra o clube.

 

E eu a olhar para o campo e a ver os nossos avançados a falhar golos de baliza aberta ou a nossa defesa a abrir alas para os adversários marcarem. O que é que a comunicação social tem a ver com a inépcia de jogadores e treinadores? O que é que a comunicação social tem a ver com contratações falhadas, programações de temporada erradas, escolhas de sistemas desadequados? Nada. Zero.

 

Mas eu acredito. Acredito sempre que o Sporting vai ultrapassar todos os obstáculos, todas as dificuldades, todas as barreiras. Acredito que os jogadores suarão e honrarão aquela camisola. Acredito que os sócios encherão de novo Alvalade esta época, com uma média de espectadores acima dos 40 mil (muito por causa do Presidente e do bom futebol que a equipa, apesar da falta de resultados, tem jogado) e que empurrarão o Sporting para muitas vitórias. E sei, como tu também sabes, meu caro Nuno, que se esta época for tão paupérrima de títulos como foi até agora, o reinado de Jesus termina em Alvalade. Ah, também sei que não há sócios de primeira e outros de segunda. Todos tem direito a dizer o que pensam, mesmo se não pensam o mesmo que o Presidente ou o treinador. E não será seguramente por causa de um artigo na Tribuna Expresso que o Sporting não ganhará a Liga 2017/2018. Estamos de acordo, meu caro Nuno?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:00

Rumores do mercado: Stefan Ristovski

Rui Gomes, em 29.07.17

 

 

Stefan Ristovski, lateral direito de 25 anos natural da Macedonia. Os seus direitos económicos são da pertença do clube italiano Spezia, Serie B, mas nas últimas duas épocas tem actuado no HNK Rijeka, da Croácia, por empréstimo.

 

Na temporada passada participou em 41 jogos, 39 dos quais como titular, acumulando 3530 minutos de jogo (média de 86 minutos por jogo), com um golo marcado.

 

O seu passe está avaliado em 2,5 milhões de euros. Inicialmente, o suposto interesse do Sporting neste jogador foi reportado em Março de 2017.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:59

Foto do Dia

Rui Gomes, em 29.07.17

 

img_FanaticaBig$2017_07_28_20_10_37_1295443.jpg

Chegada a Portugal da Selecção feminina, depois do histórico Europeu

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:58

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 28.07.17

 

http___media_autoblog_it_f_fer_ferrari-400-superam

Um dos carros mais caros do Mundo

1961 Ferrari 400 Superamerica Passo Corto Cabriolet - 6,3 milhões de dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

Parabéns leitores... o meu aplauso !

Rui Gomes, em 28.07.17

 

the_applauding_lion__by_hexnoctic-d384vzz.jpg

 

Estive afastado do blogue durante algumas horas, esta sexta-feira, circunstância muito invulgar, para mim. Após o meu regresso, há poucos minutos, fiquei extremamente agradado com o muito elevado debate que se verifica no post "Um rival perdeu 5-1 com um colosso suíço e não veio ninguém vaticinar a desgraça".

 

Indiferente da razão de cada um, é esta a real essência da existência deste modesto espaço verde-e-branco, mesmo acolhendo visitantes que são adeptos de outros clubes.

 

Deixo bem vincado o meu mais singelo aplauso, portanto, que manifesto sem o mínimo de intuito paternalista e/ou de condescendência.

 

Bem hajam !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:46

Rumores do mercado: Romain Salin

Rui Gomes, em 28.07.17

 

329455_galeria_sporting_x_maritimo_liga_nos_2015_1

 

Romain Salin, guarda-redes francês de 32 anos que na época passada alinhou pelo Guincamp, da Ligue 1, após transferência do Marítimo, pelo qual realizou 4 jogos como titular. Terminou o seu contrato com o clube francês em Junho deste ano. 

 

Segundo fontes noticiosas, o jogador, que também representou o Rio Ave e a Naval 1.º de Maio, já se encontra em Lisboa para cumprir os indispensáveis exames médicos e assinar contrato com o Sporting por uma época.

 

Confirmando-se, dará credibilidade aos rumores desta semana que reportaram a saída de Beto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:30

 

ng8695668.jpg

 

Nuno Saraiva reagiu esta sexta-feira ao artigo intitulado Sporting. Assim não vamos lá ! de Nicolau Santos, no jornal Expresso, fazendo uma analogia com recém-resultados do rival da Segunda Circular:

 

«Ao ler ontem a Tribuna do Expresso, percebi, mais uma vez, porque é que o Presidente do Sporting está sempre a dizer que o nosso clube é autofágico. Nicolau Santos, sportinguista e já outrora membro do Conselho Leonino, ainda antes de a época começar e após um jogo sem qualquer interesse a não ser o de rodar jogadores e dar-lhes minutos, vaticinou já o fim do campeonato, a desgraça, o horror e até se arrogou na pretensão de aconselhar o presidente e o treinador a irem preparando o discurso da desculpa para a derrota. Isto não é sportinguismo.

 

Um rival perdeu 5-1 com um colosso suíço e 1-0 com uma equipa da segunda divisão inglesa, e não veio ninguém desse clube vaticinar a desgraça ou a catástrofe. Antes pelo contrário, puxam, galvanizam, criam fé, dão força! É pena que estes leões híbridos, que acabam por ser os maiores adversários do Sporting, uma vez que a cada passo apenas tentam descredibilizar, desestabilizar ou criar ondas de negatividade, ainda persistam».

 

Até poderemos admitir que o artigo do director-adjunto do Expresso é excessivamente negativo e pessimista, mas Nuno Saraiva - e por tabela, Bruno de Carvalho - terão de compreender que o que é ou não escrito sobre o clube da Luz nada tem a ver com o presente estado e respectivas performances do Sporting. São duas questões absolutamente distintas.

 

A realidade de momento, independente do que ocorre com outros clubes, é que a pré-época do Sporting não oferece muitas razões para optimismo, salvo porventura 45 minutos do jogo com o Mónaco. Isso, e algumas tomadas de decisão muito discutíveis, para não dizer sem nexo, tanto quanto a contratações como a vendas e/ou empréstimos, a exemplo de Paulo Oliveira, quando agora consta que Jorge Jesus quer outro central.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:31

Rumores do mercado: Arnauld Souquet

Rui Gomes, em 28.07.17

 

 

Arnauld Souquet, lateral direito francês de 25 anos que milita no Nice desde Julho de 2016, transferido do Dijon a um custo de 1,25 milhões de euros. Tem contrato até Junho de 2020.

 

Na época passada participou em 31 jogos, todos como titular, acumulando 2768 minutos de jogo (média de 89,2 minutos por jogo), com um golo marcado.

 

Segundo o jornal L'Équipe, esta sexta-feira, o Sporting terá apresentado uma proposta de cerca de 2 milhões de euros, rejeitada pelo Nice. O Transfermarkt avalia o seu passe em 3,5 milhões de euros.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:54

 

 

Francisco Geraldes confessou que aceitou o empréstimo ao Rio Ave por forma a registar minutos de jogo, expectativa muito remota no Sporting esta temporada:

 

«Precisava de consistência de jogo, fazer muitos minutos para evoluir na minha carreira. Sabia que isso não ia acontecer no Sporting e tive de procurar outra solução. Houve um interesse muito grande do Rio Ave e acabei por aceitar esta opção, que vai ser muito boa para mim. É um clube que consegue projectar a qualidade individual que tem no plantel. O Rio Ave passou a estar num lote de equipas na qual os jogadores são muito apreciados».

 

Esperamos que esta experiência seja positiva e que regresse a Alvalade - porventura no final da época - melhor preparado para integrar a equipa leonina, quiçá, já com Jorge Jesus bem longe do verde-e-branco.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:44

As hipóteses continuam muito remotas

Rui Gomes, em 28.07.17

 

Futbol-zagolovok.jpg

 

São quatro adversários em que o Sporting não poderá fazer nada para derrotar. As hipóteses de ser cabeça de série no sorteio do play-off da Liga dos Campeões estão reduzidas a uma possibilidade remota.

 

O Sporting precisava que fossem eliminadas quatro das cinco equipas que têm melhor coeficiente que os 'verdes e brancos' no caminho dos não campeões. E a verdade é que a primeira-mão da terceira pré-eliminatória não ajudou à intenção do clube de Alvalade.

 

Ajax, Dínamo Kiev, Viktoria Plzen, CSKA Moscovo e Club Brugge são os clubes que podem estar no caminho do Sporting para ser cabeça de série e, passada a primeira mão, nenhuma destas equipas perdeu e apenas o Club Brugge empatou em casa.

 

Assim, o Ajax empatou a um golo com o Nice, o Dínamo Kiev venceu o Young Boys em casa por 3-1, o Viktoria Plzen empatou a dois golos em casa do Steaua e o CSKA Moscovo venceu em Atenas o AEK por 2-0, tendo praticamente assegurado um lugar no play-off.

 

Se todas estas equipas conseguirem a qualificação, será o Ajax e o Dínamo de Kiev a garantir o lugar na lista de cabeças de série, onde estão Sevilha, Nápoles e Liverpool.

 

Caso o Ajax ou o Dínamo seja eliminado, o Viktoria Plzen poderá subir para este lugar.

 

Recorde-se que o sorteio do play-off da Liga dos Campeões está marcado para o dia 4 de Agosto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:44

Foto do Dia

Rui Gomes, em 28.07.17

 

img_FanaticaBig$2017_07_27_15_48_47_1294922.jpg

 Dois craques que "nasceram" na Academia Sporting

Consegue identificá-los ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:43

Rumores do mercado: Douglas

Rui Gomes, em 28.07.17

 

481528326-international-champions-cup-2015-fc-barc

 

Douglas Pereira dos Santos, lateral direito brasileiro de 26 anos que chegou ao Barcelona no Verão de 2014, a troco de 4 milhões de euros, e com o qual tem contrato até Junho de 2019. O seu passe está avaliado em 1,5 mihões de euros.

 

Na época passada esteve emprestado ao Sporting Gijon, onde realizou 23 jogos, 21 dos quais como titular, acumulando 1859 minutos de jogo (média de 80,8 minutos por jogo, com 3 golos marcados.

 

Segundo escreve o portal Globoesporto, o Sporting está interessado na contratação por empréstimo do lateral direito do Barcelona. O jogador já tinha sido apontado como possível alvo do Benfica devido à saída de Nélson Semedo para o emblema catalão, mas a entrada em cena do Sporting pode alterar esse cenário.

 

O jogador brasileiro não faz parte dos planos do novo treinador do Barcelona para a próxima época e procura agora encontrar uma solução para o seu futuro, que poderá passar por Alvalade, tendo em conta a procura por mais um lateral direito.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 06:42

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 27.07.17

 

alfaromeo-tipo33-stradale_1968_01-e1436878902690.j

Um dos carros mais caros do Mundo

1967 Alfa Romeo Tipo 33 Stadale - 10 milhões de dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00

Sporting. Assim não vamos lá !

Rui Gomes, em 27.07.17

 

Sporting. Assim não vamos lá. Esqueçam, vamos ter mais um ano perdido.

 

nicolau-santos-opiniao-73be.jpg

O Sporting perdeu ontem com o Vitória de Guimarães por 3-0 num jogo de preparação para a nova época que, para os leões, arranca no dia 6 de agosto, na Vila de Aves, o jogo que abre a Liga 2017/18. E o mínimo que se pode dizer é que os sinais foram preocupantes, não pelas experiências que Jorge Jesus fez ou pelas adaptações que foi obrigado a fazer, mas pelas manifestas fragilidades que se estão a tornar evidentes como resultado de uma má política de dispensas e de um sistema táctico que agrava essas fragilidades.

 

Guarda-redes: o Sporting não pode vender Beto e vender também Rui Patrício. Patrício é o melhor guarda-redes português, um dos melhores a nível mundial e garante vários pontos por época, além de dar uma enorme tranquilidade a quem está à sua frente. Beto colmata bem os jogos em que ele não puder estar presente. Vender os dois será uma desgraça, a não ser que se consiga uma alternativa magnífica.

 

Defesa: como é possível o Sporting iniciar um jogo com Bruno César a defesa-direito? É possível porque Schelotto foi dispensado, João Pereira foi vendido a meio da época passada e só há um tal Piccini, que já esta lesionado – e que, quando não estiver, não terá concorrência para o lugar. Erro crasso na política de dispensas e contratações. E o responsável chama-se Jorge Jesus. Coates não parece, para já, o jogador da época passada. O erro que ontem cometeu e que lhe valeu a expulsão aos 20 minutos de jogo é inadmissível no jogador de uma equipa que tem pretensões a ganhar títulos. Mas a intranquilidade de Coates resulta também da venda de Ruben Semedo, que colmatava em rapidez o que lhe faltava em serenidade e experiência, bem como a venda de Paulo Oliveira, com quem Jesus nunca foi à bola, mas que era de longe o mais rápido dos defesas sportinguistas e um jogador de grande entrega e muita qualidade. Em contrapartida, veio Mathieu que é pesadão, lento, com rins duros e que, a cereja em cima do bolo, já está lesionado. Se sofremos muitos golos o ano passado, cheira-me que este ano vamos sofrer muitos mais. Basta ver o que tem acontecido na pré-época.

 

Para a esquerda temos um jogador com problemas emocionais e que estava quase arrumado (Coentrão) e um jovem que precisa de jogar para ganhar confiança, mas que está longe de ser melhor que Jefferson (outro com quem Jesus nunca foi à bola e que, enquanto não despachou, não descansou). Conclusão: temos um enorme problema na defesa por culpa exclusiva de Jesus e das más opções que tem tomado, quer ao nível das dispensas, quer no plano das contratações. Esperemos que André Pinto recupere da lesão para sentar Mathieu.

 

mw-680.jpg

 

No meio-campo, temos duas incógnitas fundamentais: Adrien e William Carvalho ficam ou vão? Ficam os dois ou só um? Não fica nenhum? E se ficar um, qual será? Dos contratados, Matheus Oliveira pode ser filho de Bebeto, mas não é jogador para uma equipa que luta pelo título. Vai ser despachado rapidamente ou jogará muito pouco. Palhinha está uns furos acima dele – e é da casa. Petrovic e Battaglia também são melhores e dão mais garantias. Acima da média, contudo, só mesmo Bruno Fernandes, que tem excelentes pés e magnífica capacidade de passe. Mas lá está: sem Adrien e William, este meio-campo é pior do que o que existia com eles.

 

Finalmente, no ataque, Podence devia ter lugar obrigatório, assim como Bas Dost. Mas o que fazer com Doumbia, que é um avançado possante que pode ser muito importante contra equipas fortes? Iuri Medeiros também merece jogar. Mas o lado direito, onde ontem jogou, não é o seu terreno natural. Acuña voltou a mostrar empenho e combatividade e Gelson Dala tem a alegria dos miúdos que jogam à bola na rua. Devia ser emprestado para rodar e marcar.

 

Conclusão: o nosso calcanhar de Aquiles está, para já, na defesa – e, já agora, no sistema táctico que, pelos vistos, Jesus, quer implementar, um 3-4-3 que pode ser útil para jogos com equipas fraquinhas, mas que é um perigo contra equipas boas ou excelentes – como se viu ontem, em que a defesa foi manteiga a ser cortada por faca aquecida.

 

Com quem está neste momento no plantel, o melhor seria mesmo voltar ao 4-3-3, assim escalonado: Patrício; Piccini (que remédio), Coates, Mathieu (ai, ai… - mete o André Pinto, Jesus!) e Coentrão (ai, ai, ai!); William, Adrien e Bruno Fernandes; Podence (Iuri Medeiros), Doumbia (Acunã) e Bas Dost. E precisamos de ir rapidamente ao mercado comprar um defesa direito.

 

Mas, de qualquer modo, deixem-me ser tremendista: com estes desequilíbrios na equipa, como resultado de más opções nas compras e vendas, sobretudo para a defesa (Jesus tem um problema com os defesas esquerdos desde o tempo em que esteve no Benfica…), vamos ter mais um ano perdido. É melhor Bruno Carvalho e Jorge Jesus começarem a preparar desde já os discursos que vão fazer aos sócios no final da época.

 

 

Niculau Santos, director-adjunto jornal Expresso

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:11

 

Pavilhão João Rocha.jpg

 

A Sporting SAD ainda não procedeu ao pagamento voluntário da dívida à Doyen Sports relativa à transferência de Marcos Rojo para o Manchester United e da rescisão do contrato com Zakaria Labyad. Inicialmente tratava-se de 14,2 milhões de euros (Rojo) e de 1,5 milhões de euros (Labyad), acrescidos de uma determinada quantia referente a juros (0,5% por cada mês de atraso). A decisão do Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), depois confirmada pelo Supremo Tribunal da Suíça, foi tomada em Dezembro de 2016 e considerada irrevogável.

 

O acórdão do TAS foi particularmente duro ao declarar que “o painel determina que o Sporting não pode, em boa-fé, alegar que tinha justa-causa para terminar unilateralmente a relação contratual com a Doyen”. Os juízes consideraram que Carlos Vieira, administrador financeiro da Sporting SAD, “não foi capaz de responder à questão lançada pelo painel sobre quais os danos materiais causados pela Doyen ao Sporting”. Foi rejeitado, assim, o pedido de indemnização apresentado pelos leões.

 

Em Maio de 2017, o TAS executou 2,5 milhões de euros que entregou à Doyen. A verba para essa execução foi retirada de um montante de 18 milhões de euros referentes aos prémios de participação do Sporting na Liga dos Campeões em 2016-17 e que se encontram retidos no ‘Office des Poursuites’, na Suíça. Nessa data a dívida era de cerca de 17 milhões de euros, embora a empresa de fundos reivindique um valor superior a 20 milhões de euros.

 

Por enquanto, a Doyen optou por não acionar a penhora das verbas retidas na UEFA, através de um tribunal de Nyon, pois, oficialmente, aguarda pelo pagamento voluntário da dívida. Entretanto, os juros vão aumentando a cada mês que passa, agravando a factura. Carlos Vieira defende-se afirmando que o Sporting aguarda uma decisão de uma instância portuguesa (Tribunal da Relação de Lisboa) e que o valor devido está provisionado no último Relatório e Contas semestral.

 

Na inauguração do Pavilhão João Rocha, no passado mês de Junho, Bruno de Carvalho recordou que tinha garantido “que iríamos ter pavilhão 'Doyen a quem doer' e aqui está”. Sublinhou dessa maneira que a construção da obra, em grande parte, verificou-se com dinheiro da dívida à empresa de fundos. Mas, oxalá que ele saiba o que está a fazer e que o pavilhão desportivo não se torne num dos mais caros do mundo!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:27

 

img_FanaticaBig$2017_07_26_08_29_34_1294486.jpg

 

Declarações de Jorge Jesus à Sporting TV, no final da derrota frente ao Vitória de Guimarães, em mais um jogo da pré-época 2017/18:


«Nestes treinos o resultado é o menos importante, mas tem sempre alguma influência, principalmente nos adeptos. Tirámos do treino coisas interessantes, o que não foi bom foi o resultado. Quem me conhece sabe como trabalho na pré-época. O importante é dar conteúdo à equipa, condição física e intensidade. Treinar não é a mesma coisa que jogar. Dia 6 vamos estar à altura daquilo que é a responsabilidade da abertura de campeonato.

O objectivo deste treino era colocar os jogadores que fizeram menos jogos. Houve falhas de que tivemos que improvisar, por exemplo na posição de defesa-direito, o Piccini não estava em condições. Depois com a expulsão do Coates tivemos de improvisar o Palhinha como central. As referencias não são as mesmas. Tivemos uma última linha inventada, com o lateral e o central. O William e o Adrien têm um andamento completamente diferente dos outros, têm apenas quatro treinos... Mas o mais importante é que na Vila das Aves estejamos em condições».

 

Bem... a conclusão óbvia é que poucos de nós conhecemos verdadeiramente Jorge Jesus, e muito menos o compreendemos, ou seja, compreendemos o homem mas nem por isso o seu trabalho com a equipa, apesar de já se encontrar na sua terceira época ao leme do Sporting.

 

Pedimos desculpa por isso...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:35

Cartoon do dia

Rui Gomes, em 27.07.17

 

TKG648QT.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 03:34

Insólito do dia

Rui Gomes, em 27.07.17

 

vitor_pereira.jpg

  

Vítor Pereira vai ser o presidente do Conselho de Arbitragem da Federação de Futebol da Grécia a partir de 1 de Agosto.

O antigo líder do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol manterá o cargo de Instrutor de Árbitros da FIFA e acumulará ainda funções de observador da UEFA.

 

Quanso se pensa que já se viu tudo...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:33

Rumores do mercado: Cédric Carrasso

Rui Gomes, em 27.07.17

 

arret-penalty-cedric-carrasso-03-12-2014-metz---bo

 

Cédric Carrasso, guarda-redes francês de 35 anos que está sem clube neste momento, depois de 8 anos ao serviço do Bordéus, ao qual chegou em 2009, proveniente do Toulouse, a um custo de 8 milhões de euros.

 

Pela eventual saída de Beto, Cédric Carrasso aparenta configurar o perfil traçado pelos responsáveis da SAD: é experiente, dá garantias (foi sempre titular nas suas equipas) e está livre de contrato.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:32

 

sporting_lisbon_logo_88270.jpg

 

Enquanto o futuro de alguns jogadores já foi definido, no que à próxima temporada diz respeito, existem vários à espera de uma resolução. Depois, ainda temos aqueles que integraram o plantel principal na época passada e que não fazem agora parte dos planos do treinador.

 

Jogadores já emprestados:

 

- Jefferson (SC Braga)

- Lukas Spalvis (Kaiserslautern)

- Domingos Duarte (Chaves)

- Mama Baldé (Desportivo das Aves)

- Carlos Mané (Estugarda)

- Ryan Gauld (Desportivo das Aves)

- Leonardo Ruiz (Boavista)

- Matheus Pereira (Chaves)

- Francisco Geraldes (Rio Ave)

- Simeon Slavchev (Birmingham, à experiência)

- Paulo Lima (Sparta de Roterdão, à experiência)

 

Jogadores cujo empréstimo está a ser equacionado/negociado:

 

- Pedro Silva (Tondela ?)

- Gelson Dala (por definir)

- Cristian Ponde (por definir)

- André Geraldes (por definir)

- Azbe Jug (por definir)

- Federico Ruiz (por definir)

 

Jogadores considerados "excedentários" que procuram colocação:

 

- Bryan Ruiz

- Ezequiel Schelotto

- Luc Castaignos

- Douglas

- Marvin Zeegelaar

- Oriol Rosell

- Ary Papel

- Heldon

- Fabrice Fokobo

- Sambinha

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:31

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds