Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

O Conselho Leonino - com cerca de 40 conselheiros presentes - esteve reunido durante mais de cinco horas e apesar da decisão não ter sido unânime, deliberou, face à estratégia económico-financeira apresentada, que é importante que o presidente Godinho Lopes e a Direcção levem o seu mandato até ao fim.

Como era de esperar, ninguém expressou satisfação pelo actual momento do Clube, nomeadamente os resultados desportivos, e até surgiram momentos tensos entre Godinho Lopes e Eduardo Barroso, mas tudo decorreu com grande liberdade de opinião e cordialidade. De algum modo surpreendente, o presidente da Mesa da Assembleia Geral afirmou que nunca foi sua intenção abandonar o cargo, apesar da sua afirmação de que «gostaria de voltar a ser adepto de bancada» e que esse assunto nem sequer foi debatido na reunião. Foi igualmente possível apurar que o Conselho Directivo equaciona alterar a estrutura do futebol profissional e contratar um «manager».

Em última análise, uma decisão louvável por parte dos conselheiros, com o bom senso a prevalecer, já que eleições antecipadas apenas serviriam para agravar uma situação já tão conturbada. Por razões que iludem a mente mais sensata, há quem não aceite o apelo à união, mesmo quando tanto indica que ela é crucial para assegurar a sustentabilidade do Clube, quer estrutural, quer desportiva. A deliberação dos conselheiros  não implica aprovação a tudo que tem sido feito pelos actuais dirigentes, em contrário, mas serve para sublinhar que só por um curso construtivo será possível salvaguardar os interesses do Sporting. Deseja-se, muito sinceramente, que este sentido de paz interna e esforço comum não seja novamente abalado por um futuro resultado de menor agrado de um jogo de futebol. Sem pretender inferir um exacto paralelo entre situações, vem-me à ideia de que o hoje histórico Sir Alex Ferguson classificou o Manchester United na 11.ª posição, na «English Premier League», no primeiro e terceiro anos do seu consulado. Qual teria sido o seu destino e o do seu clube, caso não tivesse surgido um pensamento colectivo mais ponderado e visionário ? 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:56


2 comentários

Sem imagem de perfil

De A. Santos a 29.11.2012 às 11:53

Caro Rui Gomes,

Imperou o bom senso, e foi tomada por parte do C. L. a posição correcta para o momento de emergência actual que o clube enfrenta. Uma coisa é o que nos apetece dizer, e nos vai na alma, outra é a responsabilidade individual de cada membro deste órgão consultivo. Penso que foram colocados na mesa os superiores interesses do clube, e avaliados em função desse pressuposto.

Cumprimentos
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.11.2012 às 12:52

Caro A. Santos,

Estou satisfeito pela sensatez da decisão e espero que permita alguma tranquilidade. A ideia do manager é excelente, embora não seja novidade. Nãp faço ideia onde vão encontrar um em Portugal, salvo Godinho Lopes tornar a aproximar-se de José Couceiro.

Cumprimentos

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo