Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Platini e o "Ballon d'Or" da FIFA

Rui Gomes, em 30.11.12

 

O presidente da UEFA, Michel Platini, nunca poderá ser acusado de exercer o cargo ou usar a influência do mesmo com rectidão e imparcialidade, vários são os incidentes ao longo dos anos que registam e sublinham essa sua menos ponderada dmensão. Mais recente, não hesitou vir a público dar um voto de confiança a Lionel Messi para vencer a edição 2012 do prémio «Bola de Ouro» da FIFA, atribuído anualmente ao melhor jogador do Mundo. Até nem sou adverso à proposição que o jogador argentino do Barcelona merece estar no topo das considerações, mas Platini deveria ser mais prudente e moderado nas suas observações. Considero ser muito injusto ter que escolher entre Messi e Cristiano Ronaldo, os dois indiscutíveis melhores jogadores do planeta, cada um com as suas características, mas acredito que o prémio irá mesmo para o argentino porque quem maior domínio tem sobre questões desta natureza, quererá elevar Messi ao recorde de quatro conquistas do troféu.

Este processo anual é muito discutível por ser tão subjectivo e nem sempre sustentado por lógica e merecimento. Breve revisão ao passado, revela que em 1999, quando Zinedine Zidane assegurou a sua terceira consecutiva distinção, o jogador indiscutivelmente mais merecedor era Luís Figo. No ano seguinte, para compensar a prévia injustiça, o jogador português foi então reconhecido. Algo semelhante já ocorreu com Lionel Messi: quando venceu o seu segundo, em 2010, o mais justo vencedor teria sido o seu colega do Barcelona, Xavi. Este, agora, muito pela sua idade, nunca mais terá uma segunda oportunidade. O cenário é muito mais debatível quanto à época de 2012, existindo fortes argumentos para os dois lados. A minha objectiva conclusão é que Messi e Cristiano Ronaldo sendo os indiscutíveis dois melhores jogadores do Mundo e mesmo admitindo alguma diferença entre eles - mediante a análise - esta não é, seguramente, quatro «Bolas de Ouro» para um e apenas uma para o outro. Essa disposição, caso se venha a concretizar, não será justa e não reflecterá a verdade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:14

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De A. Santos a 30.11.2012 às 20:41

Não se admite que o presidente de um organismo como a UEFA, tome partido nestas situações. É lamentável... Lá voltamos à velha história da mulher de César...

Saudações Leoninas
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.11.2012 às 21:51

Caro A. Santos,

O Platini nunca se preocupou com questões de ética e moralidade. É um homem ambicioso que vive no milieu à sua conveniência e eventualmente chegará à iderança da FIFA. Ele reconhece bem os caminhos a seguir e a quem aprazer.

Cumprimentos

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo