Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A sorte não depende do acaso

Rui Gomes, em 07.04.13
 

 

Sim, é verdade que este leão merece ter sorte, considerando quanto tem lhe tem acontecido há tanto tempo, mas nada surge ao acaso, nem a sorte. A recuperação começou pela iniciativa do cessante presidente, Luís Godinho Lopes, que após erros em fio ,fez, finalmente, uma aposta certeira, que está e vai continuar a dar frutos por ainda algum tempo: a contratação de Jesualdo Ferreira.

A segunda capa - do jornal «O Jogo» - também é perfeitamente adequada ao momento, sublinhando o soberbo empenho do avançado que muitos só agora começaram a apreciar, característico de um incipiente ADN sportinguista que me é totalmente alheio. Não deixo de questionar qual teria sido o à vontade de Godinho Lopes em o vender da forma como o vendeu, se ele fosse valorizado por todos como era vulgarizado por alguns.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:47

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Petinga a 07.04.2013 às 08:15

Caro Rui

"Não deixo de questionar qual teria sido o à vontade de Godinho Lopes em o vender da forma como o vendeu, se ele fosse valorizado por todos como era vulgarizado por alguns"

Talvez Godinho Lopes tivesse feito melhor em ter uma estratégia e algumas conviccoes ao invés de tomar as decisoes que as pessoas (quem?) lhe pediam para tomar... isso chama-se lideranca.
Fazer um planeamento orcamental que implicasse nao chegar a Janeiro tendo que vender jogadores para pagar salários seria ainda melhor! :-)

Cumprimentos
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.04.2013 às 09:10

Caro Petinga,

Esse, num plano teórico, seria o ideal, mas nem sempre o ideal corresponde à realidade.

Além do mais, ele nunca o teria vendido se não tivessem surgido as eleições e tudo o que estas implicaram.

SL



Sem imagem de perfil

De Petinga a 07.04.2013 às 09:20

Caro Rui

"(...) ele nunca o teria vendido se não tivessem surgido as eleições e tudo o que estas implicaram."

Como assim? Nao existiam salários em atraso? Nao havia já o perigo de alguns jogadores poderem rescindir com justa causa em algumas semanas? Nao foi o dinheiro da venda de Wolfswinkel utilizado para suprir necessidades de tesouraria corrente?

Volto a repetir: quem comeca uma temporada de futebol deveria ser capaz de planear um orcamento que permita ao clube chegar até ao final da dita temporada com as suas obrigacoes em dia. Sinceramente, nao vejo como isso pode ter algo a ver com eleicoes. Mas aguardo pela sua explicacao :-)

Saudacoes Leoninas
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.04.2013 às 09:47

Caro Petinga,

Eu digo isso porque tenho conhecimento directo de causa. Entre outras receitas que surgiram, o que a Banca disponibiliza agora a BdC ou teria disponibilizado a JC, estava à disposição de Godinho Lopes. Os ordenados em atraso eram só um mês. Não foi BdC que pagou o mês de Março. GL Deixou o dinheiro para esse efeito sem ser obrigado a fazê-lo, assim como também foi ele e não BdC que actualizou as contas que afectariam as regras da UEFA. BdC terá de se preocupar daqui em diante.

Os orçamentos que refere são sempre permeáveis quando se tem dificuldades financeiras. Por exemplo: as receitas das provas europeias.

Além do mais, as eleições congelaram o processamento da reestruturação da dívida que agora terá de ser negociado por BdC. As vendas Janeiro visando baixar a folha salarial faziam parte desse processo.

Depois de tudo isso aparecem imprevistos. O GL, por exemplo, acabou por ser obrigado a «engolir» o peso do Sinama-Pongolle. Quando assumiu a liderança de Bettencourt haviam dois meses de alários em atraso.

Eu sei onde pretende também chegar e digo-lhe o que já escrevi e é bem sabido: influenciou, e muito, não ter havido bom senso e um sentido de trabalho em comum pró Sporting, em vez de acusações e ameaças de diversa ordem. Foi quase um gesto de vingança de GL, apesar da necessidade.

Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Petinga a 07.04.2013 às 10:04

Caro Rui

Lamento, mas nao me convence. GL foi eleito em Marco de 2011. Que pudesse encontrar imprevistos como o de Sinama-Pongolle nessa altura, parece-me perfeitamente natural. Que isso seja aventado como desculpa para algo que sucede em Janeiro de 2013 é um bocadito ridículo.

Que o Sporting tenha dificuldades de equilíbrio orcamental por nao ter passado da fase de grupos da Liga Europa eu até aceito. Mas dificilmente o Sporting terá perdido mais de 1 milhao de euros de receita por isso (os números de 2011/12 sao públicos, aqui: http://www.uefa.com/MultimediaFiles/Download/uefaorg/Finance/01/84/05/88/1840588_DOWNLOAD.pdf; a matemática é muito simples) a menos que a SAD fosse estúpida ao ponto de voltar a orcamentar uma chegada às 1/2 finais da prova.

Que GL tenha feito o investimento massivo (e, verifica-se agora, totalmente irresponsável) que fez para 2011/12 para depois pretender desculpar-se com "reducao de folha salarial" demonstra o que já escrevi acima: falta de estratégia. Foi GL quem, nao tendo nem lideranca nem um rumo claro para aquilo que pretendia, despoletou tudo o que sucedeu. Que alguém que entrou em Marco de 2011 possa dizer em Marco de 2013 que nao teve tempo para restruturar a dívida parece-me a cereja no topo do bolo.

Nao sei se BdC nao poderá, nesse caso, também dizer que herda o caso-Vercauteren, que também tem salários em atraso (e nao serao poucos)? "Imprevistos" desses haverá aos montes.

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.04.2013 às 10:29

Caro Petinga,

Não pretendo convencê-lo de coisa alguma. Há factos e opiniões. Só as segundas são discutíveis.

Não vamos agora debater o tanto que afectou o consulado de Godinho Lopes.

Tudo parece tão fácil da bancada, onde nada se tem de se assumir salvo opinões. Eu não defendo GL, mas o meu amigo também deve de deixar analisar tudo assente em ideologias em defesa de Bruno de Carvalho. Este não tem defesa alguma para o que fez e agora deve limitar as suas acções a resolver o presente e futuro.

Invocar Vercauteren sublinha o que digo acima. Este caso envolve apenas cerca de 250 mil euros, pouco mais. A contenda surgiu não pelos salários mas por supostos prémios que o técnico entende merecer e que até poderá ter razão, não sei.

Para o confortar, devemos esperar para analisar os orçamentos do futuro.

SL
Sem imagem de perfil

De Petinga a 07.04.2013 às 10:57

Caro Rui

De acordo.

Que uma coisa fique clara: nao analiso as coisas em defesa de ninguém. Mas dou ao novo Presidente e aos seus Orgaos Sociais o mesmo benefício da dúvida que dei a GL. E esperaria um pouco mais (tomou posse há pouco mais de uma semana!...) antes de comecar a aventar cenários catastróficos, por muito conhecimento de causa que pudesse ter.

SL

PS: Vercauteren reclama ordenados em atraso, até Junho, e nao prémios. Pelo menos é o que dizem praticamente todas as fontes. Nao me parece que a responsabilidade de se ter contratado alguém para 2 meses depois o despedir (e ficar com mais um encargo orcamental) tenha sido do Bruno de Carvalho...
http://www.noticiasaominuto.com/desporto/53022/vercauteren-reclama-sal%C3%A1rios-em-atraso#.UWFCFMocM3g
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.04.2013 às 11:26

Caro Petinga,

Não «avento» cenários catastróficos. Quando e onde é que adiantei teses desse género. Posso expressar preocupações pelo futuro, até provas em contrário.

Andamos a falar em rodeios. Os salários de Verc. não estão em atraso, mas sim são pagáveis pela rescisão. E, sim, ele tinha incorporado no seu contrato prémios por vitórias na Liga e na Liga Europa.

BdC não é responsável pela contratação de Verc., herdou um caso que terá de resolver, como todos os presidentes são forçados a resolver questões não por efectuadas.

E, sim, tenho algum conhdecimento de causa, com quem de direito, mesmo agora que BdC está no poder.

Sl

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo