Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O retrocesso patente

Rui Gomes, em 11.04.13

A liberdade de expressão - liberdade para transmitir informações e ideias por quaisquer meios independentemente de fronteiras - é o suporte vital de qualquer democracia. Os governos e poderes democráticos não controlam o conteúdo da maior parte dos discursos escritos ou verbais. Assim, geralmente as democracias têm muitas vozes exprimindo ideias e opiniões diferentes e até contrárias, resultando num debate livre e aberto, como a melhor opção e a que tem mais probabilidades de cometer erros graves. A liberdade de expressão é um direito fundamental consagrado em democracia que depende de uma sociedade civil educada e bem informada cujo acesso à informação lhe permite participar tão plenamente quanto possível na vida pública da sua sociedade.

A censura é tão antiga quanto a sociedade humana, sendo a Grécia antiga a primeira sociedade a elaborar uma justificativa para a censura, com base no princípio de que o governo da Pólis (cidade - estado) constituía a expressão dos desejos dos cidadãos, e que portanto podia reprimir todo aquele que tentassem contestá-lo. Censura é usada pelo estado ou grupo de poder ou até fracções individuais da sociedade, no sentido de controlar e impedir a liberdade de expressão ou até a tentativa de exercer comunicação. No sentido moderno, a censura consiste em qualquer tentativa de suprimir informação, opiniões e até formas de expressão. Pode também ser entendida como a supressão de certos pontos de vista e opiniões divergentes, através do comentário ameaçador à opinião contrária, de forma punitiva ou repressiva.

A maior causa da vincada divisão do momento entre sportinguistas não se deve meramente a opiniões divergentes sobre o actual estado do Sporting ou ao leque de simpatias sobre os órgãos sociais eleitos, os cessantes ou os candidatos derrotados. Deve-se, sobretudo, porque existe uma quase selvagem onda de terrorismo e censura para com todos aqueles que recorrem ao seu pleno direito a opinião livre sobre. Surge por autoria dos pelintras intelectuais e a sua incessante campanha de diabolização sobre tudo e todos que não satisfazem a sua singular visão do estado das coisas, deturpando factos correntes e até históricos e, de igual modo, pelos energúmeros e intratáveis que, desprovidos das mais elementares noções sociais, surgem nas redes sociais e nas caixas de comentários da blogosfera a enxovalhar, intimidar e até ameaçar quem se atreve a um exercício racional independente. Se a visão sobre a recuperação do Sporting é esta, o desastroso fracasso é inevitável. O simples passar do tempo tudo esclarecerá e remediará.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:26

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


11 comentários

Sem imagem de perfil

De Lionheart a 11.04.2013 às 14:14

Já vi o jornal desta semana e o seu comentário ainda saiu. Já lá está o do DF, a falar sobre a sua saída do "Dia Seguinte" (muito "importante" para o Sporting). Pôs-se de bem com o novo poder, mas há-de dar uma (nova) cambalhota quando for altura disso. O Fernando Correia já lá não está, parece-me. O José Manuel Barroso também não (já era de esperar). Em contrapartida, o "fedorento" que é do Sporting (e desde sempre apoiante do Carvalho) já tem lugar garantido, e o João Quadros também.

Há de facto um retrocesso comunicacional, porque o jornal tinha maior pluralismo do que vai ter agora. O novo presidente da MAG esta semana tem direito a quatro páginas de entrevista. Os apoios têm de se pagar...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.04.2013 às 16:00

Caro Lionheart,

A parte censurada foi o último terço do escrito criticando a entrevista de Daniel Sampaio.

O Dias Ferreira apareceu por ser mais uma via para o seu «egoportunismo» e para defender o que não tem defesa, ou seja, a sua conduta no programa televisivo.

Nesta edição, pelo menos, estão ausentes 5 ou 6 dos usuais cronistas, inclusive os que cita. Não sei a quem se refere como o «fedorento», já esse João Quadros não o conheço.

Para ser sincero, estava - e estou - à espera de ver lá dois três notórios apoiantes de BdC que militam na blogosfera.

Saiu também o Francisco Mota Ferreira que andou na campanha de José Couceiro, a Isabel Trigo Mira que colocou o lugar à disposição, e tenho dúvidas sobre o José Serrano (esse já lá está há mais de 25 anos) e o Miguel Roquete.

A partir de agora, os «políticos vão assumir o protagonismo que os levou ao envolvimento. Inevitável.

SL
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 11.04.2013 às 16:37

O "fedorento" é o José Diogo Quintela dos "Gato Fedorento", o João Quadros é um cómico como o José de Pina. Este último mais dia menos dia também entra para lá.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.04.2013 às 16:43

Com tanto na mente, nem associei nomes. Então o José Quintela que é agora o director do jornal é o José Diogo Quintela? Na foto parece muito diferente.

Esse João Quadros não conheço, já o José de Pina é meu ex-colega de blogue. Não me surpreenderá a sua entrada.

SL
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 11.04.2013 às 16:46

Não é a mesma pessoa. Se calhar são parentes, não sei.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Z%C3%A9_Diogo_Quintela

http://www.jornaldenegocios.pt/opiniao/colunistas/joao_quadros.html

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.04.2013 às 16:59

Daí a minha confusão. Obrigado pela informação. Vou averiguar casos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.04.2013 às 17:19

Agora já compreendo meu caro. Não tinha reparado na pequena caixa a anunciar a futura participação dos dois. Tudo bem, não tenho problemas com isso.

Estive agora a ler alguns dos outros artigos. Subservientes ao máximo, sem opinião própria. Imagino que para um leitor não será de grande interesse.
Sem imagem de perfil

De MM a 11.04.2013 às 15:47

Rui Gomes, o que lhe fizeram não tem justificação. Até poderiam não desejar tê-lo como contribuidor do jornal, estariam no seu direito, mas então que o dissessem. Conversando, como gente adulta. Mas é o que há. E é por isso que qualquer garoto de 15, 25, 35, 45, 55, 65 ou 75 anos olha para isto e gosta do que vê.

Tal como escrevi no meu «blog» há semanas, as sopeiras gostam de ditadores ... não passa de ilusão.
Um abraço.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.04.2013 às 16:02

Caro MM,

Lamento sobretudo isso. Com anos e muitas centenas de horas de trabalho voluntário, merecia a consideração de uma palavra.

Mas, mas como diz o velho ditado:cá se fazem, cá se pagam».

Um abraço
Sem imagem de perfil

De Joao a 11.04.2013 às 19:26

Lamento imenso. Mas no fundo, voce ja sabia o que ia acontecer. Alias, sabiamos todos que apartir das eleicoes iria ser assim a vida do clube.

Silenciamento dos "outros" e conferencias de imprensa estilo PREC. Mas o "povo" gosta.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.04.2013 às 20:11

Caro João,

Não sabia mas admitia a hipótese de uma qualquer reacção. O que não esperava, era ainda nem sequer uma palavra sobre a situação.

Aparentemente, o Sporting é de todos «eles», porque «nós» perdemos o direito a opinião.

SL

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo