Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Últimas

Rui Gomes, em 12.04.13

Houve um princípio de acordo entre o Sporting e a banca para a libertação, esta sexta-feira, da verba (cerca de 4 milhões) que já existia e estava bloqueada, a fim de permitir a actualização dos salários dos jogadores e, muito provavelmente, também dos funcionários, claramente evidenciando que, contrário às garantias que avançou durante a campanha eleitoral, Bruno de Carvalho não tem e nunca teve à sua disposição os meios para enfrentar as necessidades imediatas de tesouraria. Precisamente por isto, a ansiedade aparente e a pressão que tentou exercer sobre a banca, nestes últimos dias. Igualmente improvável, é a existência dos muito badalados investidores, neste momento.

 

Confirmando-se o que o Correio da Manhã noticia sobre as condições do acordo que está em cima da mesa, o Sporting vai ser obrigado a funcionar em moldes significativamente diferentes no futuro, com orçamentos rigidamente estruturados e com cortes no futebol profissional que exigirão a venda dos atletas com os salários mais elevados, entre outros. Esperar para ver e analisar...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:37

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


39 comentários

Sem imagem de perfil

De Desert Lion a 12.04.2013 às 03:43

Sim, confirma-se que o bom senso imperou e vamos mesmo ficar com um orcamento igual ao do Braga - 15 Mio Euros por epoca. O acordo parece ser quase totalmente na linha do que ja tinha comentado aqui, em post anterior. Orcamentos limitados e autorizados pelos credores, venda imediata de todos os jogadores mais caros, penhor de todas as receitas adicionais para liquidacao das dividas. No fundo e o mesmo que ja tinha ficado desenhado por GL... Tinha de ser assim e ainda bem que todos se entenderam.
http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/sport/sporting/leao-e-banca-ja-tem-acordo
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 03:55

Mas é igualmente evidente que as garantias de campanha eleitoral foram uma total falsidade. Os meios para enfrentar as necessidades imediatas nunca existiram, pelos recursos de Bruno de Carvalho.

Quanto ao resto do cenário, confirmando-se, não promete muito para o futebol do Sporting nos próximos anos. Situação triste e lamentável.

SL
Sem imagem de perfil

De Desert Lion a 12.04.2013 às 04:11

Tem toda a razao, caro Rui. Mas uma vez que a reesruturacao ja esta feita, devem estar a chegar os milhoes dos tais investidores que estao "prontos para entrar assim que a reestruturacao estiver concluida" - palavras do nosso Presidente. So assim poderemos reforcar um pouco mais a equipa de futebol, pelo menos evitando saidas em massa de jovens como Bruma, Dier ou outros de valor incontestado. Temos pois de cobrar o que nos foi prometido.
Temos tambem de cobrar o 3^ gestor do futebol, o Luis Freitas Lobo, o Tomaz Morais... So nao sei onde arrumar esta gente toda numa equipa com um orcamento que e 15% inferior ao do Braga, mas estou certo que o nosso Presidente conhecia a situacao antes de prometer o que prometeu aos Sportinguistas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 04:19

Muito sinceramente - e sou tudo menos alarmista, por natureza - temo o pior, face ao que se conhece e às promessas típicas de vendedor da banha da cobra, condição que eu tenho vindo a sublinhar já há largas semanas.

Ele garantiu que conhecia a situação e, mesmo assim, não hesitou em adiantar ilusões sem fim. Ainda ontem clamou que o Sporting apresentará lucro na próxima época.
Sem imagem de perfil

De Manuel Guimarães a 12.04.2013 às 12:27

Se mantivermos o Jesualdo no comando técnico, acredito que ele e o Inácio saberão, dentro das limitações, construir um plantel competitivo.
Estou certo que o risco de se comprar Bojinovs e Prajnics descerá substancialmente. Em contrapartida, jovens valores poderão integrar a equipa. Quem descobriu Wolfswinkels e RInaudos, onde outros não estavam a olhar, certamente que conseguirá encontrar outros desse naipe.
SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 13:03

Caro Manuel Guimarães,

A continuidade de Jesualdo Ferreira está muito em dúvida, parte por ele hesitar ficar com estes dirigentes, parte porque eles quererão um treinador mais subserviente.

Quem vai descobrir talentos e com que dinheiro?... Virgilio Lopes e Inácio ? Veremos...

Não podemos ser competitivos só com os jovens.

SL
Sem imagem de perfil

De Manuel Guimarães a 12.04.2013 às 13:12

Caro Rui Gomes,

Concordo que só com jovens não vamos lá. E precisamente porque são precisos jogadores mais maduros, como o próprio Inácio antes de voltar ao Sporting tinha dito repetidas vezes, é que acho que, num cenário em que o treinador continua treinador, o crivo que Jesualdo e Inácio colocarão na selecção dos jogadores será apertado. Logo, o risco de contratarmos Pranjics, Kokes ou Nalitzis será menor.

Relativamente à continuidade do treinador, embora denote que o caro Rui Gomes tem as suas reservas para com Inácio, eu julgo que a amizade genuína dos dois, a par do interesse comum pelo Sporting (Inácio porque sempre foi sportinguista e tem natureza competitiva e ganhadora; Jesualdo porque adora trabalhar com os jovens, e no Sporting tem matéria prima que não tem em lado algum) poderá levar a que o desfecho seja favorável.

Assim espero muito sinceramente.

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 13:25

Caro Manuel Guimarães,

O problema fundamental, pela minha óptica, é que não se vê minimamente a estrutura da SAD e não reconheço competência a Inácio como director.

Perante a situação financeira, salvo pela intervenção de investidores, terá de se vender diversos jogadores e não comprar.

Teremos de esperar mais algum tempo para compreender melhor o cenário.
Sem imagem de perfil

De Joao a 12.04.2013 às 13:09

Caro Manuel,

dois pontos:

1. Porque e' que a possibilidade de contratar Bojinovs diminuiu?
2. Quem descobriu Wolfswinkel e Rinaudo ja nao se encontra no clube.
Sem imagem de perfil

De Sem milhões a 13.04.2013 às 05:24

O que lá esteve antes também dizia que tinha cem milhões para investir e em dois anos, cavou um buraco de cem milhões ou coisa que lho valha no já de si astronómico passivo do Sporting... Mas este que chegou agora é que é um grande aldrabão...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.04.2013 às 09:22

Desde quando é que dois negativos fazem um positivo ?

Todo o paleio barato não altera aquilo que ele é e mais tarde ou mais cedo se verificará. É só uma questão de tempo.
Sem imagem de perfil

De Módulo a 14.04.2013 às 08:06

Quando se subtrai um número negativo por outro número negativo, desde que este seja maior que aquele?


O garoto é uma fraude, clama os alarmistas, mas Godinho Lopes era muito credível. Tão credível que ele era, que rodeou-se de tanta gente competente, estourou tanto dinheiro e acabou por dar à sola, antes que o demitissem...


Mas o garoto é que tem de dar um jeito nisto. E já!
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 12.04.2013 às 10:26

Se for verdade o que vem no CM, a banca não cedeu em nada e o Sporting terá um orçamento paupérrimo para o futebol nos próximos anos, se nada for feito. Confirma-se assim que o actual presidente trouxe uma mão cheia de nada para o clube.

Agora há uma escolha que os sportinguistas têm de fazer. Se querem que a SAD seja maioritariamente do clube, o Sporting tem de ter bem mais do que 100 mil sócios a pagar SEMPRE as quotas para poder ser competitivo. Ou então tem de deixar entrar investidores para ficar com a maioria do capital (se eles aparecerem...).

Já que este presidente consegue mobilizar as massas, por uma vez seja sério e ponha as coisas nestes termos para se acabar com a conversa fiada de uma vez por todas. Não é pela auditoria de gestão (por muitas tropelias que ela encontre) ou com a banca que o Sporting se vai levantar.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 13:06

Tudo indica que a banca só irá até ao ponto que teria já acordado com Godinho Lopes. A quotização não vai muito longe, é preciso muito mais do que isso.

A auditoria de gestão é só para ameaças, penso eu.
Sem imagem de perfil

De Joao a 12.04.2013 às 13:13

A auditoria de gestao nunca vai ser feita. Vai se acenada sempre que BdC se vir apertado, mas por motivos nunca explicados, nunca ira em frente.

Igualmente por motivos magicos, os seus apoiantes irao encontrar uma justificacao adequada para isso, mas que "desta vez e' que vai em frente, e vamos apanhar todos os que se encheram. Ja tremem todos!!!"
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 13:29

Caro João,

A auditoria de gestão serve para ameaçar, mas sendo feita, destruiria o Sporting, pela essência do que implica. Exactamente o que iria revelar não sabemos. É tudo conjecturas. Houve gestão danosa ou não?

SL

Sem imagem de perfil

De Lionheart a 12.04.2013 às 13:35

Porque é que nunca ninguém fez uma denúncia à PJ? Basta uma denúncia anónima para despoletar uma investigação, não é preciso a auditoria de gestão. Com tanta conversa virtual, nunca ouvi que tenha chegado algo de concreto às autoridades, apesar dos rumores que se ouvem há anos. Há pessoas que parecem saber muito, mas nunca se mexeram, para poderem vir sempre repisar nisto.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 13:48

Caro Lionheart,

A verdade é que sabemos pouco ou nada. Mas isto é como tudo, basta lenantar a poeira para haver suspeitas e depois na boca do povo ganha alargadas dimensões.
Sem imagem de perfil

De Joao a 12.04.2013 às 13:41

Se calhar pode-me ajudar explicando o que e' exactamente a auditoria de gestao, e como determinaria a existencia de gestao danosa.

Com franqueza, "auditoria de gestao" tem sido usado como uma palavra magica, mas acho que toda a gente age como se soubesse do que se trata, mas ninguem se da ao trabalho de explicar.

Estou convencido que houve gestao incompetente, mas danosa, no sentido de intencional, acho que nao, e acho extremamente dificil de determinar. Como se distingue um mau negocio de um negocio intencionalmente mau?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 13:45

Caro João,

A ideia de uma auditoria de gestão é de ir além das contas, investigar processos, negócios, decisões, movimentos diversos.

Visa, principalmente, determinar os autores das inúmeras decisões que foram feitas e em que sentido. Por norma, se se suspeita «aldrabice» a auditoria de gestão é o veículo melhor para apurar as coisas.
Sem imagem de perfil

De Joao a 12.04.2013 às 14:05

Pelo que percebo, trata-se de nomear os intervenientes nas decisoes. Em relacao a isso de "investigar processos, negócios, decisões, movimentos diversos", em que medida se faz isso de forma concludente?

Por exemplo, considere uma venda de um activo, seja ele qual for. Como se determina que se tratou de uma ma venda? Na minha opiniao, nao basta dizer que determinado activo foi vendido abaixo do seu valor de mercado. E' necessario demonstrar que havia outra proposta mais vantajosa (em valor, condicoes e garantias de pagamento, etc) apresentada aos decisores e que esta nao foi aceite em favor de outra. Mais, e caso nao exista essa proposta alternativa, seria sempre necessario determinar qual o custo de obter os fundos realizados pela transaccao por outra via.

Eu acho isso coisas a mais para poder ser feito de forma convincente. E mais, como diz o Lionheart, se ha tanta gente que sabe de gestao danosa e criminosa (que ate da para fazer series de videos no youtube), entao porque e' que nunca ninguem se chegou a frente e entrou numa esquadra da PJ para denunciar a pouco vergonha?

Ate por isso eu acho que sempre tudo se tratou de demagogia e todos sabem que nada se vai encontrar, mas que interessa fazer barulho para manter as pessoas agitadas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 14:19

Caro João,

Vou simplificar a minha forma de ser sportinguista: nunca levantaria o cenário de gestão danosa e afins relativamente a um dirigente do Sporting sem provas concretas. Até estas existirem, esclarecidamente, não acredito que algum dirigente do Sporting tenha cometido «aldrabices» em prol de si próprio e em detrimento do Clube. É irresponsável da parte de quaquer um adiantar conjecturas nesse sentido, sem provas.

Mas existe um elemento quase de «terrorismo« em torno do Sporting que não hesita em fazer acusações de todo o tipo sem o mínimo de sentido responsável.
Sem imagem de perfil

De MM a 12.04.2013 às 07:53

Óptimas notícias caro Rui Gomes. Fiquei muito feliz quando li também. Os parvinhos que imaginavam uma "guerra" com a Banca ou andaram nos últimos dias a reboque de lugares-comuns como "é melhor morrer de pé do que de joelhos", só o fazem porque não têm a mínima ideia das consequências - para o Sporting - num cenário de falta de financiamento junto dos Bancos.

Seria o fim do clube tal qual o conhecemos e como não estamos na Alemanha, garantido é que ultrapassando essa fronteira não existiria retorno. O exemplo do Dortmund jamais se aplicariam ao Sporting, como exemplo.

Boas notícias e um forte abraço.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 08:03

Caro Manuel Humberto,

Só que o futuro não aparenta ser muito risonho, salvo aparecerem os investidores prometidos, algo que, neste momento, será muito improvável. A redução orçamental e da folha salarial obrigará a venda de activos e até os jovens não estarão protegidos. Veremos o que vai dar.

Um forte abraço
Sem imagem de perfil

De Desert Lion a 12.04.2013 às 14:39

Caros amigos, a confirmar-se o acordo, e fazendo umas breves contas, que e a area que domino melhor, num orcamento de 15 Mio para o futebol profissional, poderemos ter algo como isto:

1,5 Mio para equipas tecnicas, a que pode corresponder:
Equipa A)
Treinador Principal: 50.000 euros/mes
3 adjuntos: 15.000 euros/mes cada um
Equipa B)
Treinador Principal: 15.000 euros/mes
3 adjuntos: 5.000 euros/mes cada um

9 Mio para jogadores da Equipa A), o que permite ter 20 jogadores com um salario medio de 30.000 euros/mes cada um.

3 Mio para jogadores da Equipa 3), o que permite ter 20 jogadores com um salario medio de 10.000 euros/mes cada um.

Sobra 1,5 Mio para premios e outras despesas com o plantel.

Como e evidente, a partir daqui poderemos fazer multiplas combinacoes de valores, desde que a soma total seja esta.

O que gostava de questionar junto do carissimo Rui Gomes, que tanto quanto sei tem vasta experiencia de acompanhamento de equipas de futebol, e qual a competitividade que poderemos atingir, partindo de uma realidade que nao andara longe desta - medias salariais de, respectivamente, 30.000 euros/mes para a equipa A) e de 10.000 euros/mes para a equipa B) ?

SL

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 15:14

Caro Desert Lion,

Considerando que estamos a falar do Sporting, não do Braga, Paços de Ferreira ou outros, onde a realidade e inerentes expectativas e pressões são muitíssimo inferiores, com esse orçamento é impossível ser competitivo ao nível histórico do nosso Clube. Nem sequer vale a pena adiantar apreciações técnicas assente nessa premissa orçamental. Além da realidade Sporting, não corresponde minimamente às realidades do futebol, desporto e indústria, do momento, salvo, evidentemente, o entendimento de que o Sporting vai abdicar de ser competitivo durante muitos anos. E, além disso, esse cenário precipita repercussões de ordem diversa quanto à imagem e valores no mercado. Por fim, se já se sente preservar direitos sobre os jovem talentos que agora formamos, como vai ser possível manter essa cobertura no futuro. O proveito da formação - técnico e financeiro - depende exclusivamente da competitividade da equipa principal. Abandonando esta esse nível, deliberadamente, quase que não existe fundamento para manter a formação. Com tudo isto, poderá ser dito, com uma certa lógica, que o Sporting deve abandonar essa sua histórica realidade e enfrentar o presente com uma outra visão. Neste último cenário, a recuperação requererá muitos anos com estruturas sólidas a sustentá-la. Será que o ADN do Sporting permitirá sobreviver esse longo período?... Duvido muito.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 15:24

Desculpe, queria dizer «se já se sente enormes dificuldades em preservar os direitos sobre os jovem talentos...»

P.S. O caso do Bruma, só por ser o mais recente, é um bom exemplo. Os casos dos dois jovens que foram para o Barcelona no verão também servem para sustentar o argumento. Não sairam a custo zero porque o Barça teve a «bondade» de nos dar cerca de 2 milhões só para afastar o Inter da corrida. Teriam ido para Itália a custo zero. À parte da má fé do jogador, o Pedro Mendes - que vai para o Parma no final da época a custo zero - é outro exemplo.

A recuperação do SCP, como clube, passa forçosamente pela recuperação desportiva. Sem esta tudo o resto é um baralho de cartas. Mesmo que se seja obrigado a trabalhar com mais prudência e responsabilidade de gestão/orçamento, é imperativo trabalhar no sentido de competitividade desportiva.
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 12.04.2013 às 17:29

Brutal... Então, a não ser que o Benfica e o Porto desçam muito de nível, se o Sporting mantiver esse nivel de orçamento, nunca mais será campeão. E assim todas as outras premissas não serão verdadeiras, logo a conclusão (recuperação financeira) não se irá verificar.

O nosso problema estrutural de falta de competitividade e sustentabilidade financeira vai manter-se se nada for feito, porque a banca apenas mantém o Sporting a "oxigénio", nada mais. Ainda não vi nenhuma solução que nos faça sair deste ciclo vicioso. Só vimos promessas de investidores, mais nada.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 18:44

Veremos agora a resposta/acção perante o acordo com a banca nos mesmos moldes já negociados com GL.

O que está em causa nem é o título, em si, mas o nível de competitividade imediato e a médio/longo prazo.
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 12.04.2013 às 19:03

Exacto, são os mesmos moldes, que antes tanto criticavam. Agora é recebido com euforia. Aliás, tudo o que o Carvalho faça que não implique o Sporting fechar as portas, é como se fosse do outro mundo. Mas para este tipo de enquandramento financeiro qualquer presidente serve, porque não manda quase nada.

Por isso é que nas últimas eleições muitos sócios disseram não se rever em nenhuma das candidaturas, devido a estas aparenteram não terem meios. José Couceiro assegurava uma gestão com poucos ou nenhuns recursos, por estar habituado a isso e ser um homem do futebol. Mesmo assim, acho que seria sempre uma solução de curto-prazo antes de se instalar a insatisfação pela falta de títulos, caso este não conseguisse investidores que lhe permitissem aumentar a competitividade do futebol.

Já o Carvalho que não é autónomo neste aspecto, ainda por cima não trazendo financiamento, pode ser o pior dos dois mundos. Que se faça à vida, vá aos núcleos e a todo o lado para cativar mais sportinguistas a fazerem-se sócios, porque é o que faz melhor. Isto enquanto ainda está em estado de graça...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 19:20

O José Couceiro (eu sei) tinha apoios que BdC não tem, e não só da banca. Ele não seria a solução total, mas não estaria agora a passar o que confronta BdC.

A banca, sob estritas condições, só aceitou o que já tinha acordado com Godinho Lopes, Só não vê quem não quer.
Sem imagem de perfil

De Desert Lion a 12.04.2013 às 19:55

O proprio comunicado ja nos vai preparando para o que vai acontecer. Apesar de ser bastante inocuo em termos de informacao sobre o conteudo do acordo, e la inserida a seguinte frase, certamente de forma nao inocente:
"Estamos agora em condições de poder colocar em prática o nosso programa que, no plano desportivo, como sempre o afirmámos, terá as equipas seniores baseadas na formação, aliadas a regras de exigência máxima".
Ai esta ao que vamos ter de nos habituar: - equipas seniores baseadas na formacao e exigencia maxima, ou seja, tentar fazer omeletes sem ovos.

Faco ainda notar que, em lugar desta frase poderia estar outra, no seguinte sentido: "Estamos agora em condicoes de colocar em pratica o nosso programa que, no plano financeiro, passa pela entrada de novos investidores com consequente reforco de capital da SAD e da capacidade de investimento n futebol".
Mas isso nao consta. O que nao e de admirar, porque mentir a CMVM da direito a penalizacao. Ja mentir a 3 milhoes de Sportinguistas ainda da direito a ser o tao aguardado "Messias"!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 20:38

Já li o comunicado e, na realidade, não diz nada de substância real, salvo o que se pode ler, como indica, nas entrelinhas.

Esta postura muito indigna de um presidente do Sporting merece ser desmascarada, para fazer ver que nem todos somos incautos perdidos na falsidade e demagogia.

Entretanto, talvez seja possível uma mais profunda análise da presente situação.

Não comentou o meu apreço da situação orçamental/ desportiva, embora eu tenha sido breve na análise.

SL
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 12.04.2013 às 21:00

Mas é mesmo "Messias"! Com este acordo anunciado pelo GL caía o Carmo e a Trindade. Assim, estamos pobres, mas "felizes". É o efeito de quererem a todo o custo que o Carvalho tenha sucesso. É como os comunistas, mesmo quando perde, "ganha". Por um lado isso dará paz ao Sporting durante algum tempo, porque o sector mais contestatário está com ele e assim não vão pressionar o futebol. Mas isto não é futuro nenhum para o Sporting.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 22:36

Caro Lion Heart,

O que se está a passar é uma autêntica vergonha, em todos os aspectos. Ele está a chamar a si o que nada fez para resolver salvo ajoelhar-se perante a banca por falta de alternativas.

E os incautos festejam como se tivesse realizado uma grande proeza. Cá se fazem, cá se pagam, diz o velho ditado.
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 12.04.2013 às 23:00

Caro Rui, isso é tudo verdade. Mas repare que houve muita gente que votou nele e essas pessoas, antes de reconhecerem que se enganaram, vão-lhe dar todo o beneficio da dúvida, por causa do estado em que está o Sporting. Dado que ele não está conotado com o passado, tem muito maior compreensão. As pessoas querem acreditar que há investidores, que vai correr tudo bem, etc.

Mais vale levar isto na "desportiva". Estive a ler o comunicado e aquele estilo (em duas semanas "fez-se" mais do que em 17 anos!) é uma barrigada de riso. :))) Os próximos tempos vão ser assim, até que os sócios se fartem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.04.2013 às 23:04

Meu caro, estava mesmo agora a começar a preparar um post para abordar a monumental falsidade dessa frase. Incrível !!!

Este homem não tem o mínimo de honorabilidade e espero que essas pessoas que refere tenham o minímo de bom senso para reconhecer a verdade.
Sem imagem de perfil

De Credibilidade a 13.04.2013 às 05:33

Já o que esteve antes dele foi o supra-sumo da credibilidade. Tão bom que ele era, que demitiu-se, para não ser demitido pelos sócios.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.04.2013 às 11:52

Esse tipo de argumento só serve para alguns.

P.S. Se gosta de se apresentar com «nicknames» e armado em esperto, o problema é seu, mas fique a saber que cada vez que comenta o seu IP fica registado.

Apresente-se com homem digno e deixe-se de sarcasmos que nada servem para convencer seja quem for. Tem factos, apresente-os. O discurso ideológico só satisfaz os incautos.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo