Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Não é para esquecer nem branquear

Rui Gomes, em 25.04.13

 

Apesar da irrefutável evidência, a comunicação social desportiva e afins tem vindo a lidar com a actuação de João Capela no "derby" da Luz de luvas brancas, com o evidente intuito de minimizar danos e fazer esquecer o que não deve ser esquecido. Muito do que se tem lido e ouvido faz referência a erros cometidos pelo árbitro mas, logo de seguida, vem um "mas", sempre um "mas". Os exemplos são muitos, mas para o efeito transcrevo parte de um comentário da autoria do antigo árbitro e actual comentador televisivo Pedro Henriques:

 

«João Capela teve uma noite difícil com tomadas de decisão ao nível das áreas, onde nem sempre decidiu bem. É justo e admissível que o critiquem ao nível da competência e do desempenho, "MAS" merece o respeito e a consideração, pelo ser humano digno, honesto, íntegro e com carácter que eu sei que é. Casos de jogo no dérbi, foram cinco e todos ao nível das áreas. Ficaram duas grandes penalidades por assinalar, nomeadamente ao minuto 8, numa falta cometida por Maxi Pereira sobre Capel e ao minuto 88, quando Maxi Pereira com o braço impediu a progressão de Viola no interior da área.»

 

Para completar o branqueamento, Pedro Henriques ainda sublinhou o mérito de João Capela por «deixar jogar» e «dar fluidez ao jogo». Além das outras faltas para grande penalidade que o comentador menosprezou, ainda ficaram diversos outros lances por salientar, além da vertente disciplinar. A parte que Pedro Henriques evade, é o facto de Capela só ter deixado jogar para um lado e de os lances de maior impacto no jogo terem sido todos ajuizados em detrimento do Sporting. Igualmente pouco convincente é o argumento de defesa sobre honestidade e integridade. Seria aceitável se os erros tivessem sido equilibrados, mas não foram, portanto essa tese cai num vazio obscuro.

 

Mas este é o estado das coisas no futebol português. João Capela estará uma ou duas jornadas sem apitar e depois regressará como se nada fosse. Quem foi prejudicado terá de continuar a lidar com os prejuízos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:58

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo