Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Limpinho ou... sujinho ?

Rui Gomes, em 04.05.13

O título do post é o do artigo de Rui Santos no Record, a propósito das recém- declarações de Jorge Jesus e de Vítor Pereira. Para o efeito, transcrevo somente dois parágrafos desse escrito, o primeiro e o último:

 

«Não custava muito reconhecer que Capela errou (muito) no Benfica-Sporting. Mas custa mais entender a facilidade com que o FC Porto (de Vítor Pereira) tentar expiar os seus pecados... capitais. Em que ficamos: este campeonato é "limpinho, limpinho" (expressão de Jorge Jesus que vai ficar na memória tribal cá do burgo) ou é... "sujinho, sujinho", como - em resposta ao seu homólogo do Benfica - Vítor Pereira veio sublinhar ?»

 

«Algo mudou, este ano, para contrariar os "miasmos do sistema", mas é preciso muito mais. Neste seu combate à hegemonia do FC Porto, Luís Filipe Vieira tem a espinhosa tarefa de provsar que há um outro caminho no futebol português que passa por reformas a fundo no sector da arbitragem, diferente daquele que resulta de uma mera troca, no jogo (sinuoso) das influências. É que nem todos pertencem ao "país dos tolinhos".

 

Na realidade, o Sporting não entra na discussão salvo pelo já notório jogo do "Capela" em que tudo foi feito para garantir que o Benfica não abdicasse de dois ou até três pontos e, por esse curso, arriscar o título. Vítor Pereira simplesmente surgiu a tentar tirar proveito da ocorrência no sentido de exercer pressão na arbitragem para os restantes jogos. Mas a parte mais relevante do escrito de Rui Santos, centra-se na hipótese de que o que mudou foi apenas e tão só uma mera troca das influências, já que é insensato esperar que Luís Filipe Vieira esteja minimamente preocupado com "reformas a fundo no sector de arbitragem". O líder benfiquista já provou, vezes sem conta, que o seu único objectivo é "puxar a brasa à sua sardinha" e, enquanto esta estratégia lhe for benéfica deixará de evocar a arbitragem e o seu treinador continuará a entrar em campo para defender árbitros que o "abençoam" escandalosamente. Em resumo, é "limpinho" na mente das pessoas que o cenário é "sujinho" e, em boa consciência, o clube de Vítor Pereira é o último com moral para reclamar, não obstante a cumplicidade do clube da Luz.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:23

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De haja luz a 04.05.2013 às 19:00

Este campeonato só veio demonstrar que os donos do sistema estão cá em baixo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.05.2013 às 19:33

Parece ser o estado das coisas agora, é verdade.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo