Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Torneio Internacional de Lisboa - 30 de Maio de 1981 - Fernando Mamede bate recorde da Europa 10.000 metros -27m27s07c.

 

 

Eram 15 mil pessoas de pé, batiam as palmas de forma sincopada, ao mesmo tempo que gritavam «M-A-M-E-D-E.» Fernando, passava a mão direita pelo rosto, enxugando as lágrimas que lhe rolavam no rosto. Fernando Mamede acabava de bater o recorde da Europa dos 10.000 metros, era o primeiro europeu a baixar a barreira dos 27m30s e ainda era o segundo mais rápido do mundo de todos os tempos.

O feito resultou, em grande medida, de uma cavalgada impressionante na última volta. A recta da meta, essa palmilhou-a num tiro! Moniz Pereira comoveu-se até ao limite da sensibilidade humana. Era ele quem estava destinado pelo jornal A Bola para escrever o texto daquele dia mas, ao ser abraçado pelo jornalista Luís Lopes, o «velho» professor passou a pasta: «Faz tu a crónica disto. Eu fico com as meninas. Não consigo fazer os homens...»

 

* Do livro "Estórias d'Alvalade" por Luís Miguel Pereira

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:15

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


6 comentários

Sem imagem de perfil

De sloct a 10.05.2013 às 12:28

Inesquecível!!!
Tive o privilégio de assistir a esta prova!

Como o Professor sempre disse, o Mamede foi o melhor atleta que ele treinou, mas infelizmente a parte psicológica nunca funcionou da melhor maneira.

15 dias após os JO 84 de má memória para ele, fez no Estádio Nacional um contra-relógio de 10.000 metros abaixo de 27'30".
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.05.2013 às 12:35

Vi-o correr, claro, mas nunca convivi com ele. O Carlos (Lopes) chegou a contar-me algumas das suas peripécias e eventualmente cheguei à conclusão que a partir de um certo ponto eles não ficaram com relações muito boas.

A pressão, para o Fernando Mamede, acabou por ser um factor desastroso e que obviamente condicionou a sua superior condição atlética.

Sem imagem de perfil

De sloct a 10.05.2013 às 13:02

Pelo que sei, as relações entre eles não são boas nem são más, pura e simplesmente não existem.

Um antigo atleta do clube desses tempos, disse-me que muitos dos problemas entre os dois foram muito potenciados pelas respectivas esposas. Talvez sim, talvez não, não sei, o que sei é que esse antigo atleta é meu amigo de longa data....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.05.2013 às 13:14

Desconheço o estado das relações entre eles hoje. Eu referia-me a tempos de outrora e há de facto muita verdade no que cita sobre a influência das esposas. Ouvi coisas pessoalmente nesse sentido. Nunca privei com a do Fernando, mas a do Carlos era muito crítica.
Sem imagem de perfil

De haja luz a 10.05.2013 às 21:17

Ele era um fora de série, mas mentalmente nem sempre estava bem
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.05.2013 às 21:30

Pscicologicamente tinha dificuldades em lidar com a pressão.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo