Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ainda sobre a «Bola de Ouro»

Rui Gomes, em 05.12.12

No final do último jogo da fase de grupos da Liga dos Campeões, frente ao Ajax, José Mourinho pronunciou-se sobre a distinção da FIFA que reconhece anualmente o suposto melhor jogador do Mundo: «A Bola de Ouro já está entregue. Já foram as votações e, quando as cabeças importantes do futebol falam e fazem a campanha que fizeram, já se sabe quem vai ganhar». Uma clara insinuação de que o troféu está destinado a Lionel Messi que, a bem dizer, não me surpreende, já que enfatizei esse exacto cenário no meu escrito do dia 30 de Novembro. Não deixo de reconhecer o fabuloso talento do jogador argentino, contudo, a diferença entre ele e o português, havendo verdade e o mínimo de justiça, não é de modo algum quatro distinções do género para um e apenas uma para o outro. Duvido imenso que Cristiano Ronaldo tome essa atitude, mas apetece-me dizer-lhe para não comparecer na cerimónia em janeiro. Essa sua acção falaria mais alto do que quaisquer palavras de indignação do seu treinador, dos seus colegas ou dos seus adeptos.

Também é de esperar que semelhante injustiça seja cometida com José Mourinho relativamente ao prémio do melhor treinador do ano, como, aliás, já ocorreu na Liga espanhola, que distinguiu Pep Guardiola, apesar deste apenas ter conquistado a Taça do Rei em 2011/12. Vicente del Bosque nem deveria ser considerado, sob os mesmos critérios, considerando a vasta diferença entre ser treinador de clube e seleccionador. Em última análise, a FIFA, tal como a UEFA, optará pelo mais conveniente e não necessariamente pelo mais correcto. Estes organismos sempre actuaram deste modo e nada indica que algo alterou esse seu estado de ser.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:09


2 comentários

Sem imagem de perfil

De A. Santos a 05.12.2012 às 22:35

Caro Rui Gomes.

Comparando os dois jogadores, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, não existe entre eles, uma diferença tão grande em relação às suas competências futebolísticas, que justifique um ganhar 4 "Bolas de Ouro", e o outro apenas uma. A ser assim, como tudo índica, será uma grande injustiça para Cristiano Ronaldo. Penso que o estão a penalizar, pelo seu carácter frontal, pela forma descomplexada como se manifesta publicamente. Isto é muito mau... Não tenho dúvidas, que ele lhes dará a resposta dentro do campo, e que essa "vitória" ninguém lha poderá tirar.

Cumprimentos
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.12.2012 às 23:12

Caro A. Santos,

Isto obedece a interesses de ordem diversa. Por isso Mourinho referiu a cabeças do futebol e a campanha. Aliás, como citei no post, escrevi precisamente sobre isto quanto às partidárias declarações de Michel Platini. Entre outras questões, eles procuram o impacto mediático do recorde quarto troféu de Messi e, como bem sabemos, nunca há grande simpatia por portugueses.

Cumprimentos

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo