Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 
Danil Schegolikhin é o seu nome, faz 15 anos este mês, é natural da Rússia e tem estado nas equipas jovens do Atlético de Madrid. João Carlos Pinheiro - seu empresário - vai apresentá-lo aos treinadores das camadas jovens do Sporting na próxima semana e admite a possibilidade de vir a assinar contrato de formação. Segundo os periódicos desportivos, outros emblemas estão atentos ao jovem - Chelsea, Anzhi, Zenit e Juventus - mas a preferência, em princípio, passa pela Academia que formou Cristiano Ronaldo, Nani e muitos outros.
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:59

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Joao a 04.06.2013 às 20:12

Caro Rui,

uma pergunta/provocacao.

O que me diz deste empresario? Esta a explorar o miudo, levando-o para um ambiente estranho, a milhares de quilometros da familia, ou esta a olhar para os melhores interesses da carreira do miudo?

Nos, Sportinguistas, provavelmente achamos muito bem, mas de certeza que ha gente na Russia a dizer que o parasita do empresario, um estrangeiro ainda por cima, anda a levar os nossos miudos sabe-se la para onde e com que objectivos. E que alguem devia fazer alguma coisa em relacao a esta vergonha.

Como ve, depende sempre do lado onde se esta.

abraco
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.06.2013 às 20:37

Caro João,

A ser sincero, com todos os argumentos que apresentou ainda não compreendi onde pretende chegar.

Nestes casos concretos, mais importante do que os empresários são as famílias dos jovens, a quem pertence fazer a decisão sobre o seu futuro. Nomeadamente no desporto, esse compromisso surge em idades muito mais ternas. Até porque são os pais, não os empresários, que terão de assinar um contrato de formação.

É a primeira vez na vida que vejo alguém a querer defender empresários que, em muitos casos, são como agentes imobiliários: querem fazer a venda, indiferente das condições da casa e do negócio.Ou já se esqueveu dos Veigas, Barbosas deste mundo ?... Inclusive, foi o Zahavi que negociou a ida de JM para o Porto.

Aconselho o João a visitar a Academia Sporting, a ver as excelentes condições para os jovens residentes, os autocarros que os levam e vão buscar à escola todos os dias, os educadores na própria Academia e o staff de apoio. Desejariam muitos ter essas condições de vida. Aqueles que preferem, o pai ou a mãe, ou ambos, podem vir para Portugal e os jovens podem viver com eles. Há um vasto leque de opções e condições. São os empresários que providenciam estas condições ?... Não, são os clubes de formação, neste caso o Sporting. Os jovens são tratados que nem príncipes e se desejarem terão as famílias ao seu lado. A mãe de CR7 sempre o acompanhou, a exemplo. Foi a mãe de Miguel Veloso que o tirou do Benfica e colocou-o na Academia e o acompanhou. Isto tudo envolve um grande investimento financeiro e de recursos humanos e só vai quem quiser. O Sporting, ao contrário dos emprsários, não vende sonhos. Para os mais talentosos faculta-lhes os meios: estudos, treinamento e formação para se realizarem.
Sem imagem de perfil

De Joao a 04.06.2013 às 21:06

Acho que o Rui nao percebeu o meu ponto de vista.

O que eu tento fazer e' nao ter uma visao dualista, preto/branco de que nos, Sporting (ou em termos mais gerais, os clubes) sao anjos que apenas teem em mente os melhores interesses dos jogadores/miudos, e que quem tiver interesses diferentes sao demonios (se jogadores sao mercenarios e ingratos, se empresarios sao parasitas).

A verdade esta algures no meio. Todos (clubes, jogadores, empresarios) olham para os seus interesses e se, os interesses dos outros coincidem. Se nao, poem os seus interesses em primeiro lugar.

O Rui pinta um cenario idilico do que e' a vida dos miudos na Academia. Em relacao a isso devo dizer 3 coisas:Primeiro, tem razao, as condicoes que os miudos teem, a possibilidade de acompanhamento familiar, o acompanhamento escolar e psicologico, as condicoes de treino, de nutricao, etc sao excelentes e, sortudo e' o miudo que se apanhe neste universo. Agora, o Sporting faz isso porque isso LHE interessa a si.

Segundo, todos os anos miudos que la andam sao dispensados se o seu rendimento nao se adequa as exigencias da Academia. Ainda este ano o Sacavenense fez um campeonato juvenis excelente, jogando taco a taco com Spoting e Benfica, com um plantel formado por dispensados do Sporting. Se o Sporting estivesse a olhar, de forma altruista pelos interesses dos miudos, a familia, a escola, etc, etc, nao deveria ter de ficar com eles, em vez de priva-los das condicoes que acabou de descrever?

E' evidente que nao! Porque esses miudos nao se adequavam aos interesses do clube, e o clube defende os SEUS interesses. E' errado? Nao, mesmo que entre esses miudos dispensados haja alguns que tenham sido dispensados por terem sido incorrectamente avaliados.

Terceiro, o que e' valido para o clube, que protege os seus interesses, e' valido para os jogadores, que protegem os seus. Se em determinado momento eles percebem, ou pensam que percebem, que o clube nao se adequa ao seu projecto (real ou "imaginario", nao importa) eles protegerao os seus interesses. Mesmo bem ou mal aconselhados.

O que vinha dizendo nos comentarios ao post abaixo era que a prova que o empresario se esta a aproveitar do jogador, do clube ou da familia NAO E' se as suas accoes vao de acordo ou nao aos interesses do clube. Isso apenas se vera depois.

Da mesma forma que o Zahavi se pode estar a "encher" com o Bruma, ou nao, nao depende da facilidade ou dificuldade de renovacao de contrato, o mesmo se aplica a este caso que descreve. O empresario pode estar a "encher=se" a custa deste miudo, da sua familia e do clube de origem. Ou nao. Mas so' pelo facto de, circunstancialmente os interesses de Sporting e do empresario coincidirem nao faz dele um empresarios "dos bons". Nem o facto de se daqui a uns anos ele agir como o Zahavi age agora, fara dele um "dos maus".

Num espaco abaixo me perguntou se me lembrava do Adrien e dos outros dois quando foram para o Chelsea. Nao invocando as questoes legais levantadas pelo Sporting na altura, nao ha grande diferenca entre os dois casos: jogadores a sair de contratos de formacao, a ser "free agents" pela primeira vez na sua carreira. Agora, se isso nos beneficia a nos, em relacao a clube menores, nos prejudica em relacao a clubes maiores.

A vida e' em tons de cinzento. E tudo o que estou a dizer. Pintar em preto e branco e "missing the point" na quase totalidade.

Se conseguiu chegar ate aqui, peco desculpa pelo testamento!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.06.2013 às 21:33

Caro João,

Não tenho problemas com o "testamento". Peço que acredite que eu sei muito bem que o mundo do futebol é tudo menos um mar de rosas, aliás, é mais parecido com um mundo cão. Andei muitos anos envolvido, primeiro como jogador (modesto), muito mais como dirigente, Só não segui uma carreira profissional por uma questão de timing em relação a outros objectivos meus. Já lidei com jogadores de todas as idades, já os liderei, já os acompanhei por diversas partes do mundo, já fui amigo deles e já fui seu disciplinador. Além de dirigente desportivo, fui vice-presidente da então única Liga profissional no continente norte-americano, a velha NSL (National Soccer League).Já lidei com anónimos e com vedetas, Pelé, Beckenbauer, Eusébio, Cruyff e mais. Quero eu dizer com tudo isto que compreendo bem este mundo. Não aprecio muito o trabalho de empresários - na sua vasta maioria - mas há bons empresários. Acho que Jorge Mendes, o #1 no mundo, é um excelente empresário e sempre muito cuidadoso onde coloca os seus clientes.~
Claro que o Sporting defende os seus interesses: operando uma qualquer aventura empresarial, tentarei apresentar o melhor produto possível em defesa dos meus interesses.
O desporto sempre foi um veículo para o futuro da juventude, onde os melhores prosperam. Recordo nos meus tempos escolares, quando eu era um excelente atleta e tinha todas as condições para treinar e competir, desde que fosse bom aluno.
Desportivamente,tive que provar o meu talento, caso contrário seria substituído por outros.

Um dos aspectos que me preocupa pelo Sporting em relação a Zahavi, é que desde a equipa principal, a passar pela B e a chegar aos escalões jovens, ele tem 24 clientes no clube. Se não houver muitos cuidados, imagina o controlo que ele pode exercer sobre o Sporting ?... Claro, isto não agrada, mas o Sporting não proíbir os atletas de escolherem quem eles muito bem entenderem.

Enfim, como lhe disse ontem, esta é uma temática muito complexa.
Sem imagem de perfil

De Joao a 04.06.2013 às 22:34

Eu nao duvido que o Zahavi seja um espertalhao sem escrupulos. Tal como 99% das pessoas que andam neste negocio.

Agora, parece-me que unica razao pela qual o Zahavi se tornou o inimigo publico #1 e' porque nao esta a fazer o que o clube quer. Se nao fosse assim ele seria tomado com um exemplo de um grande empresario e que se preocupa.

Como disse ha uma grande hipocrisia nesta discussao (nao entre mim e o Rui, mas em geral). Nos estamos do lado do clube e a esmagadoura maioria esta-se a marimbar para os interesses dos jogadores se esses nao coincidirem com os do clube.
Sem imagem de perfil

De haja luz a 04.06.2013 às 22:13

Rui e João

Hoje em dia há miúdos com empresários!
Conheço jogadores que quando não tinham empresário não eram \"ninguém\", quando têm um representante, aparecem mais e melhores contratos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.06.2013 às 22:23

O empresário tem um papel importante a desempenhar em defesa dos interesses dos jogadores. Infelizmente, a lei "Bosman" - que era necessária - precipitou o alargar de extremos, até ao ponto que se chegou hoje. Fundamentalmente, quem ganha dinheiro com o futebol ?... jogadores e empresários.
Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 04.06.2013 às 22:30

Epa, aquele toque de bola do miudo é a "cara chapada" do Zidane.
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 05.06.2013 às 04:38

O miúdo faz ali a meio um 360, não é para todos. Não deu para ver bem a técnica de recepção do esférico, mas quanto ao resto, poucos rodriguinhos, vários roubos de bola, muito utilitário, sabe segurar a bola, parece que joga muito em função da equipa. É um talento raro, se o Sporting puder beneficiar dele, óptimo. Já que não podemos contar com o Alen Halilović... :P

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo