Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O que dizem eles

Rui Gomes, em 05.06.13

 

«O Sporting não percebeu a maneira como o futebol progrediu ou regrediu, não esteve atento ao que se passa fora das quatro linhas. Se o Sporting não tem gente capaz para fazer isso, é lógico que vai acabar nos lugares em que acabou este ano. Quando se faz um edifício, é preciso fazer o saneamento básico, tem de se praparar os esgotos como deve ser para não cheirar mal. O futebol português entope com muita facilidade e cada clube tem de ter técnicos que saibam trabalhar na porcaria. O corte de relações não é benéfico para ninguém, muito menos para o Sporting. Não é possível comparar a força e o poder desportivo e financeiro do FC Porto ao do Sporting. Bruno de Carvalho ainda está muito tenrinho.»

 

-    Jorge Gonçalves    -

 

Observação: Não posso discordar do antigo presidente do Sporting, quando já subscrevi a semelhante apreciação - sem uso da sua analogia - quanto à forma de lidar com as adversidades do mundo do futebol, designadamente do português, e, ainda esta manhã, em um outro post sobre o corte de relações, afirmei especificamente que este não serve a ninguém, muito menos ao Sporting.

O FC Porto, de há duas ou três décadas a esta parte, tem vindo a dominar as estruturas do futebol, por meios diversos, inicialmente para combater o então poder de Lisboa, nomeadamente do clube de Carnide, e, posteriormente, para assumir controlo absoluto que, muitos dirão, assumiu. A nossa atenção e o nosso maior esforço devem centrar-se em navegar as "águas turbulentas" o mais habilmente possível, jogando com os interesses diversos mediante as circunstâncias do momento, de forma a ganhar tempo e assegurar os meios para fortalecer a nossa posição para, eventualmente, poder combater os poderes obscuros em uma posição de força.

Ninguém nega a natureza e a profundidade da presença portista no futebol português e a necessidade de a anular, no entanto, não menos preocupante, é a outra presença bem mais perto de nós, que não deseja o nosso melhoramento nem assumirá qualquer tipo de aliança nesse sentido. Cortar com o "diabo" e permanecer à porta do "inferno", é quase pedir que as labaredas nos flamejam. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:31

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo