Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O dilema chamado Bruma

Rui Gomes, em 07.07.13

 

Embora esta "novela" já se tenha tornado algo fastidiosa, é por de mais evidente que é o preeminente ponto de discussão entre sportinguistas, pelo valor do jovem talento e, sobretudo, pelos relevantes interesses do Sporting.

Começando por reconhecer que o caso não foi acautelado atempadamente pela anterior administração da SAD, nomeadamente a partir de Novembro ou Dezembro de 2012, a primeira data possível mediante o seu 18.º aniversário a 24 de Outubro e as regras da FIFA nesse sentido, a resolução do mesmo acabou por cair nas mãos da nova Administração antes do começo do Mundial de sub-20. Porventura pela novidade que este processamento representa e pelo entretanto "braço de ferro" assumido com o agente Pini Zahavi, a SAD entendeu que não queria ou não podia aceder às exigências então sobre a mesa. Dá para compreender que terá sido um erro de cálculo, porque pela montra que o Campeonato do Mundo representa, à partida, e a sua subsequente "performance" na prova, a contenda tornou-se muito mais problemática. Até se compreende a posição do Sporting, além dos condicionantes financeiros - a interpretar bem as afirmações então proferidas - em não querer estabelecer um precedente tão perigoso em relação a negociações com jogadores tão jovens, mas pelo talento excepcional que Bruma representa, a excepção à regra deveria ter sido assumida.

Estamos agora perante um cenário com opções limitadas e, a bem dizer, muito dependente da vontade do atleta: ou renova com melhoramento salarial substancial e, porventura, prémios, ou não renova e chegando a Janeiro ficará livre para negociar com qualquer clube, visando a sua saída em Junho,a custo zero. Por seu lado, o Sporting ou aceita a melhor oferta que surgir agora do exterior ou, então, terá que definir se continuará a promover um jogador que, para todos os efeitos, já não é seu, e cujo retorno limitar-se-á aos direitos de formação.

Está à vista que um acordo dependerá, em grande parte, do reconhecimento do jogador de que a sua continuidade no Sporting, pelo menos por mais uma época ou duas, sob novo contrato, lhe será significativamente benéfica, tanto desportiva como contratualmente, partindo do princípio que continuará a evoluir onde essa dimensão melhor poderá ser assegurada. Daí, o inevitável acréscimo de valorização que o colocará num mercado futuro em termos muito mais vantajosos e, claro, também o Sporting.

A inteligência irmanada com a força de vontade e com a esperança produz uma ideia e, com ela, uma resolução. Esperamos que assim seja.

 

* Artigo escrito para publicação no jornal "Sporting".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:14

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


11 comentários

Sem imagem de perfil

De Fredy a 09.07.2013 às 14:23

Mas que erro de cálculo foi esse?

Por favor...não tente florear uma situação que está baseada em factos concretos!!!

Acha que adormecer para uma reunião em que se ia discutir a renovação, é sinal de estar disposto a renovar antes do Mundial!?!?!?

Não. Claro que não!
É uma tactica indicada pelo empresário de forma a pressionar o Sporting a abrir os cordões à bolsa!

Achas isso bem!?
Relembro-lhe o caso do Adrian Silva o ano passado. Gostou do rendimento dele este ano depois de passar a ganhar mais de 1M por ano?

O caso do Bruma ainda é pior pois ele não tem CV! Fez meia duzia de jogos na primeira divisão e a maioria nem foi completa.

Neste momento o Bruma é um mercenário e tem de ser tratado dessa forma.

O Sporting é o maior Clube de Portugal e não a maior promessa...
O Sporting tem 107 anos de história e não 18 ou 19!
O Sporting deu mais ao Bruma do que o Bruma deu mais ao Sporting.

Quer renovar por 1M.

Não...nem pensar! Tem mais 1 ano de contracto com o Sporting e o Sporting pode mete-lo num qualquer banco a assistir aos jogos pela TV...pode ser que assim aprenda o significado de gratidão e depois...que vá para o raio que o parta senão quiser renovar...mas ao menos não se é criado um precedente para supostas futuras vedetas!



Desde quando temos de pagar fortunas a jogadores formados no clube que ainda não passam de promessas!??!?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.07.2013 às 14:29

"Adormecer para uma reunião" ? ... Imaginação fértil !!!

Quanto ao resto, deve recorrer a uma outra cassete que essa já está desgastada.

Sem imagem de perfil

De Fredy a 09.07.2013 às 14:51

Imaginação fértil!?!?

Isto foi o que veio no Record numa entrevista do Bruma antes do Mundial

"Ele marcou uma reunião comigo, mas só que eu adormeci. Tinha o telemóvel no silêncio e adormeci"

Quanto à justificação da cassete desgastada vem na linha na qualidade do que tem escrito...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.07.2013 às 17:28

Meu caro,

Esses argumentos não oferecem mesmi nada para a discussão. Adormecer ou deixar de adormecer... o que está sobre a mesa são os interesses do Sporting e, neste caso concreto, os de um jogador, e uma resolução terá que ser dada à contenda. Os adornos que cita em nada se relacionam com a essência da questão.

Quanto à sua última frase, reflecte na sua pessoa e não na minha. Não tenho agenda alguma pessoal se não o meu sportinguismo. Escrevo de acordo com a minha comsciência e não para agradar a "gregos e troianos". Não concorda ? ... Tudo bem, está no seu direito, mas não apareça com o intuito de rebaixar o autor só porque poderá ter uma opinião diferente da sua. Chama-se "liberdade de expressão" !
Sem imagem de perfil

De Fredy a 09.07.2013 às 18:11

Não tem agenda!?
"Porventura pela novidade que este processamento representa e pelo entretanto "braço de ferro" assumido com o agente Pini Zahavi, a SAD entendeu que queria ou não podia aceder à exigências então sobre a mesa. Dá para compreender que terá sido um erro de cálculo, porque pela montra que o Campeonato do MUndo representa, à partida, e a sua subsequente "performance" na prova, a contenda tornou-se muito mais problemática. "
Mas qual erro de cálculo!?
Isto é má fé da sua parte pois a razão para a situação não ter sido resolvida antes do Mundial é da culpa do jogador e de quem o rodeia! Está provado e não é uma entrevista estúpida no Record que ajuda a limpar a imagem do Bruma nesta novela!
O que não é admissivel é que venha imputar responsabilidade na direcção actual do Clube por algo que o jogador e representantes nunca quiseram resolver antes do Mundial.
O Sr ainda tenta amenizar as coisas referindo que o problema vem detrás mas logo direcciona a culpa para a actual direcção!
Diga lá o que é que um expert como o Rui teria feito para ter resolvido isto antes do Mundial. Ilumine-nos lá com a sua extrema sapiência!
É que se acha que pode criticar...é porque de certo sabe qual seria a atitude correcta a ser tomada pela Direcção.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.07.2013 às 18:30

O que eu não faço, decerto, é fazer uma defesa cega de A,B ou C, só por simpatias, como é evidentemente o seu caso.

A contenda, por complexa que seja, é muito simples. Se o Sporting atribuiu muito valor ao jogador e antecipa que potencialmente poderá valer aos seus cofres muitos milhões, terá de fazer um investimento bem calculado com a possibilidade de enorme retorno a curto prazo. A vasta maioria das pessoas compreendem que o "erro de cálculo deve-se ao reconhecimento de que se a negociação já não estava fácil antes do Mundial, mais difícil se tornaria pela grande montra que esta prova representa e se a sua "performance" for elevada, como foi, a equação complica-se. Se recusa ou não consegue compreender isto, nada lhe posso fazer.

Nem todos nós nascemos ontem tanto para o mundo empresarial como para o futebol: com os números na mão, não teria dificuldades extraordinárias em resolver este caso. Acredite ou não, é-me indiferente.

Uma nota final: se desejar debater qualquer questão construtivamente, será sempre bem vindo neste espaço, indiferente das diferenças de opinião, mas deixe a adjectivação pessoal fora dos seus argumentos, porque além de não me imoressionarem, não é a minha pessoa que está em discussão, mas sim o Sporting. Se quiser aceitar esta premissa, não perca o seu e o meu tempo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.07.2013 às 18:32

Perdão: queria dizer "se não quiser aceitar esta premissa...".
Sem imagem de perfil

De Fredy a 09.07.2013 às 19:12

Eu não estou aqui para o impressionar.
Já percebi que o Rui se fizesse parte da direcção estaria disponivel para dar 1M ou mais ao Bruma.
A situação financeira do Clube não significa nada para si assim como não significou para todas as direcções anteriores...
É uma filosofia curiosa.
Vamos passar a dar o que os melhores valores vindos da formação pedem, independentemente de eles ainda não terem justificado a sua valia ao mais alto nível.
O que tem a dizer por exemplo do processo de renovação do Dier?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 09.07.2013 às 19:31

Não comento específicos sobre o caso do Bruma porque, tal como o leitor, desconheço os números que estão a ser negociados. Só com eles, poderia dar uma opinião. Genericamente, posso afirmar, e isto de quem tem experiência na matéria, que tudo envolve risco, e a ideia é desse risco ser o mais calculado possível para minimizar perda. Pelo que é do conhecimento público, entendo que um jogador como Bruma justifica um maior grau de risco, pese ter de ser bem ponderado.

Quanto ao Eric, o mesmo é aplicável, já que não se sabe exactamente o que está sobre a mesa. Ele merece ser devidamente aumentado, salarialmente, e tal como Bruma, justifica um investimento, pelo potencial para enorme retorno. Os processos são diferentes porque as pessoas e as mentalidades também são. Cada caso deve ser analisado individualmente. Agora, não é obra mestre alguma renovar com o Eric, pelo jogador e prssoa que ele é.

Não coloque palavras na boca de alguém que na sua vida já lidou com esse milhões que refere. É uma contenda que nunca pode nem deve ser menosprezada. Reitero que quanto à formação não poder haver uma política geral, nesse contexto, tal e qual como qualquer outro produto. Cada caso deve ser analisado e avaliado mediante a mais-valia que representa. Mas, no final das contas, no desporto como na vida, não há retorno sem investimento, e não há investimento sem risco. Isto não é a minha mera opinião, é um facto.
Sem imagem de perfil

De Fredy a 10.07.2013 às 01:17

Vamos partir da suposição que o Bruma pede 800.000€ por ano.

Parece-lhe um valor aceitável?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.07.2013 às 01:55

Meu caro,

Casos destes não se dão a conjecturas dessa natureza, nem contratos são tão simples como isso. Além do salário, que pode ser bruto ou liquido, existem prémios de assinatura, prémios por objectivos, colectivos e individuais, percentagens de futuras vendas, os direitos de imagem, alojamento, automóveis, estudos para filhos etc.. Os clubes por vezes optam por dar um salário mais elevado, mas em troca ficam com uma pecentagem dos direitos de imagem que, mediante o desenvolvimento do jogador, poderão ser muito lucrativos. Um exemplo extremo é o Cristiano Ronaldo, do qual o Real detém 50% ou 60% dos direitos de imagem que já há muito pagaram a compra dele e o seu salário.

Existem ainda outras condições, todas a ser negociadas. No caso actual do Mónaco, e não só, questões do fisco são muito importantes nas considerações.

Em conclusão, o clube tem de determinar quanto para si vale o investimento e o jogador a compensação. Diversos jogadores do Sporting actualmente estão a receber em pacote mensal uma combinação dos valores que referi acima que, para consumo público, são meramente considerados vencimentos, mas não é bem assim. Por tudo isto e desconhecendo outros factores pertinentes a Bruma, especificamente, não lhe posso responder, concretamente.

Ainda, perante a actual situação do Sporting e da reestruturação financeira, desconheço as restrições impostas pela Banca nesse sentido. Imagino que para determinadas extraordinárias decisões, os adminidstradores da Banca que estão na SAD - estão lá dois ou três - terão que ser consultados e, em certos casos, a sua aprovação é necessária.

por fim, já me alonguei mais do que antecipava: calculo eu que o presente impasse que deverá estar a ocorrer entre o SCP e o Schaars, deve-se à negociação de valores além salário que o jogador ainda tem direito a receber, tanto pela assinatura do contrato como posteriormente e até 30 de Junho de 2014, que o PSV Eindhoven não está disposto a assumir.

Não lhe sei explicar melhor e já negociei muitos contratos tanto com jogadores como com outros, embora não seja a minha maior especialidade de Direito.

Em conversa de café, entre amigos, e sem etrar em detalhes técnicos, eu diria que perante o potencial retorno de muitos milhões pela hipotética venda de Bruma daqui a um ano, eu arriscaria investir nele até um milhão, entre salário, prémio de assinatura e objectivos, colectivos e individuais. Imagine que tudo corre bem, ele continua a evoluir e o Sporting tem uma época que lhe dá acesso à Europa, de preferência a Champions. Quantos milhões valerá ele daqui a um ano ? É tudo muito rekativo. E não confunda conversa de café e negociar um contrato a sério.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo