Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Um guarda-redes especial

Rui Gomes, em 11.07.13

 

Nuno Farinha - director-adjunto do jornal Record - escreve muitíssimo bem, na minha opinião, mas, por vezes, permite que a sua "costela benfiquista" intervenha com a pretensa objectividade dos seus escritos. O "guarda-redes muito especial" a que se refere, é precisamente Rui Patrício. O jornalista apresenta dois excelentes parágrafos dedicados a fazer justiça às qualidades de Rui Patrício: "o melhor guarda-redes português da actualidade" (...), "o último grande produto da formação do Sporting" (---) e "assinou uma mão cheia de grandes exibições (na época passada)".

 

Chega entretanto ao terceiro e último parágrafo do seu texto e "estraga tudo" com insinuações deselegantes, tanto direccionadas ao Sporting como a Rui Patrício:

 

«Há um risco que o Sporting corre, porém, caso o mercado feche e o guarda-redes continue em Alvalade. Por muito profissional que seja, por maior que seja a vontade de ajudar, Patrício será a partir de agora um jogador vazio do ponto de vista motivacional: longe da luta pelo título, sem jogar na Europa e apenas à espera do Brasil 2014. Pedir que mantenha a performance dos últimos anos é pedir o impossível àquele que é o único jogador do Sporting que entraria directamente no onze de FC Porto ou Benfica. Promover a transferência para um dos rivais - que estivesse disposto a pagar o preço justo - poderia ser, aliás, a saída mais inteligente para todas as partes. O maior perigo de todos é deixar a maçã apodrecer em casa.» 

 

Quase dá para entender que está a promover uma transferência para o seu clube mas, sobretudo, menospreza a maturidade, profissionalismo e até o sportinguismo de Rui Patrício. Falta algum tempo até o mercado de Verão fechar e, até lá, muito é ainda possível, mas dando-se a sua não transferência e até admitindo algum natural desapontamento por parte de Rui Patrício, pela inicial expectável saída para um dos grandes da Europa, não acredito de modo algum que ele permita com que isso afecte a sua performance no Sporting. Aquela referência à "maçã", em termos de "bicada", muito despropositada, especialmente para um adepto do clube de Carnide.»

 

* O nosso agradecimento ao leitor da nossa página de Facebook, João Carlos Machado, de Portimão, pela sua gentileza em referenciar este artigo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:21

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo