Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Solução conciliatória

Rui Gomes, em 08.08.13

 

 

Danijel Pranjic tem contrato com o Sporting até 30 de Junho de 2015 e pelas informações disponíveis é aparente que não entra nos planos da SAD nem de Leonardo Jardim. Constou há cerca de duas semanas que o jogador chegou a um princípio de acordo com o Panathinaikos, embora o clube grego tenha entretanto recuado no seu propósito por não poder satisfazer as exigências financeiras do Sporting para libertar Pranjic do seu vínculo contratual.

 

Foi avançado pelo jornal O Jogo esta quinta-feira que o jogador está receptivo a rescindir contrato com o Sporting a troco de 500 mil euros, verba esta que será representativa de aproximadamente um terço do que terá direito a receber caso se mantenha vinculado ao Clube.

 

Não é uma situação ideal para o Sporting mas também não é invulgar no mundo do futebol, em contrário, clubes vêem-se frequentemente forçados a absorver contratos de jogadores que não conseguiram satisfazer a expectativa desportiva, também pela acrescida dificuldade em os colocar num outro clube por empréstimo. A exemplo no passado não muito distante no próprio Sporting, a Direcção de Godinho Lopes viu-se obrigada a assumir a rescisão do contrato de Sinama Pongolle, assinado durante o mandato de José Eduardo Bettencourt.

 

Pranjic esteve emprestado ao Celta de Vigo de Janeiro a Junho de 2013, mas é evidente que o emblema espanhol não pretende renovar o empréstimo nem adquirir o atleta a título definitivo. Perante este cenário e a ausência de outras alternativas mais agradáveis, não é um mau negócio para o Sporting, libertando-se de um jogador que não pretende manter e baixando a folha salarial de modo significativo. Além do mais, o Sporting ainda detém 100 por cento dos direitos económicos do seu activo, não necessitando, portanto, de compensar um fundo de investimento pela alienação de uma percentagem do seu passe. Isto, ou então tentar com que o Panathinaikos aceite pagar uma verba inferior, mas como o clube recuou nas negociações, poderá já não ser viável recuperar as negociações.

 

Entre dois males, o menor, não vá Pranjic ficar a jogar na equipa B onde se encontra agora a treinar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:45

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo