Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Debate entre leitores

Rui Gomes, em 14.08.13

 

 

«A reabilitação de Bruma, em caso de decisão da CAP favorável ao Sporting, é um processo que terá de ser gerido com muita cautela pela Direcção. Não se trata de negar a valorização salarial que a potencialidade do jogador parece justificar, mas sim avaliar se será adequado que um jogador que provocou deliberadamente a sua entidade patronal, que não fez nenhuma pré-época, e fez o Clube perder CCC em pareceres, venha a ser remunerado pela verba (igual ou parecida) que sempre reclamou. A acontecer isso é passar uma mensagem péssima aos restantes jogadores do plantel e bastante contrária  à moralização que tanto se quer implementar. Por outras palavras, valerá então a pena desafiar a entidade patronal e fazer birra.»

 

*** Manuel Guimarães

 

«Há aqui em muitos dos comentários um equívoco de fundo: alguns sportinguistas defendem a não renovação com Bruma com base numa suposta falta de carácter. Trata-se de uma clássica mistura de alhos com bugalhos. O Bruma não é o Dier, porque o Bruma não teve acesso à educação que o Dier teve e não tem o apoio familiar que o Dier tem. O Bruma terá tido uma pequena margem de manobra neste processo e essa margem encolheu drasticamente a partir do momento em que o Sporting confrontou deliberadamente - não questiono a legitimidade da actuação mas tão somente a sua eficácia - o seu tutor, Catio Baldé. O Bruma não é um jogador de futebol livre com capacidade para decidir pela sua cabeça e pelos seus afectos. Está fortemente condicionado por um conjunto de circunstâncias de todos aqueles que apostaram nele a troco de eventuais benefícios futuros. Estes tutores e empresários de jovens potenciais estrelas investem com elevado risco numa espécie de "mercado de futuros" e não deixam de cobrar os seus dividendos sem dar a devida luta.

Por isso a mais adequada posição, e aquela que melhor serve o Sporting, desportiva e financeiramente, é renovar com ele e reintegrá-lo. Fazendo um esforço financeiro que o rapaz passou já a fase de "futuro" para assumir o estatuto de certeza. Fazer, como disse uns dias atrás o Leonardo Jardim, tudo aquilo que for necessário para o reintegrar no plantel, normalmente e sem stresses. Eu nunca dei um tostão por um desfecho favorável ao Sporting. Se isso acontecer é um final muito feliz para esta pré-época.»

 

*** José Guinote

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:27

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo