Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Agradecemos ao nosso leitor Fernando Silva que nos enviou este texto de Pedro Cunha Ferreira - ex Secretário Geral da Sporting SAD - como forma de esclarecimento sobre o que foi hoje noticiado do seu depoimento à Comissão Arbitral Paritária em relação ao caso Bruma:

 

«Hoje um diário generalista publicou uma "notícia" versando o meu depoimento à CAP, enquanto testemunha do Sporting CP, no âmbito do caso Bruma. Aliando o teor criativo do texto à falta de rigor no processo (estranhamente eu não fui contactado pelo diário em causa durante o processo criativo em causa) enviei aos media o esclarecimento que agora aqui partilho sabendo que existem muitos amigos Sportinguistas interessados na matéria, esta sim, de facto.»

 

ESCLARECIMENTO

 

Um diário generalista publicou na sua edição de hoje, 21 de Agosto de 2013, um artigo que visou, não só trazer a público, como igualmente interpretar o conteúdo do depoimento que prestei, enquanto testemunha indicada pela Sporting SAD, no processo que decorre na Comissão Arbitral Paritária acerca da validade do contrato que liga o atleta Armindo Tué Bagna ao Sporting até Junho de 2014. Em defesa da honra e da verdade dos factos impõe-se um esclarecimento:

 

1. O artigo publicado pelo jornal em causa incide sobre o meu depoimento enquanto testemunha num processo em curso e cujo conteúdo é conhecido apenas dos elementos presentes na audição, facto que devia motivar uma reflexão e inclusive investigação por parte da justiça desportiva de modo a evitar a descredibilização dos processos que conduz e que assentam, entre outros factores, no sigilo e defesa do conteúdo dos mesmos, face a tentativas de instrumentalização da conclusão/decisão final dos processos em curso.

 

2. Em nenhum momento o referido jornal me contactou no contexto da notícia em causa procurando qualquer esclarecimento ou validação do conteúdo publicado, como seria expectável e exigível à luz das mais elementares regras de exercício de um jornalismo sério, independente e que vise informar com verdade.

 

3. O argumento central do artigo publicado, assenta na conclusão de que, ao terem existido negociações entre a Sporting Clube de Portugal SAD e o atleta Armindo Tué Bagna e seus representantes, visando a renovação do contrato do atleta com o clube, tal permitiria concluir que a Sporting SAD reconheceria, na altura, que o contrato que ligaria o atleta ao clube até 2014 não seria válido. Tendo em conta a recorrência com que clubes e atletas negoceiam novos vínculos independentemente da existência, como se verificava, de contratos em vigor, esta interpretação criativa apresenta-se como inexplicavelmente grosseira, pueril e não recolhe sequer sustento na observação prática, mais ou menos informada, da realidade do futebol profissional e da relação entre clubes e atletas neste contexto.

 

4. Em defesa da honra, da verdade dos factos e do esclarecimento devido dos interessados, elucido que em boa verdade existiram negociações por mim conduzidas visando a renovação do acordo entre o Clube e o atleta no período entre Dezembro de 2012 e Março de 2013, acordo esse que substituiria não só o contrato ainda em curso até Junho de 2013 como também aquele que liga o atleta ao Clube até Junho de 2014. Em nenhum momento deste processo o atleta ou seus representantes questionaram a validade tanto do contrato ainda em curso como daquele que agora é discutido.

 

Lisboa, 21 de Agosto de 2013

Pedro Cunha Ferreira

Ex Secretário-Geral da Sporting SAD

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


8 comentários

Sem imagem de perfil

De haja luz a 21.08.2013 às 21:45

Mais uma vez se confirma o que aqui dissemos, as negociações estavam a decorrer há algum tempo, e o processo estava praticamente concluído.
Esta situação deve-se á forma como foi conduzido o processo por esta direcção.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 21.08.2013 às 21:49

Sim Haja Luz, já há algum tempo que é universalmente reconhecido que esta Direcção não lidou com o caso da melhor maneira, nomeadamente pela "declaração de guerra" em vez de negociar o que estava sobre a mesa.
Sem imagem de perfil

De Sergio Palhas a 21.08.2013 às 22:50

Caro onde le nas declarações de Pedro Cunha Ferreira que as negociações estavam praticamente concluídas !???

Veja lá se não obriga o homem a fazer mais um desmentido.

Sem imagem de perfil

De George a 22.08.2013 às 00:44

Na sua imaginação, certamente que sim. Foi o próprio BdC que rasgou o acordo já feito e carimbado, clamando "Não foi feito por mim!". Tenha juízo na sua cruzada, já bastou o disparate sobre o Montero.

Concordo com o Rui quando diz que o processo não foi conduzido sempre da melhor forma, mas também tenho a minha convicção pessoal (e é a isso que estes argumentos se cingem) de que nunca existiu vontade de estabelecer uma renovação do vínculo por parte dos agentes do Bruma, excepto em condições perfeitamente disparatadas e abusivas para o SCP. Tudo o resto (negociações, promessas, entrevistas) foram fait-divers para prolongar a situação, pois o tempo jogava a favor do Bruma e estavam à espera do Verão para jogar a cartada final com o argumento do vínculo expirado. Baldé adora ficar com elevadas % de jogadores, e aguarda os momentos certos para conseguir isso sem despender um centavo, até lá pagava o SCP.

Fosse qual fosse a direcção, esta situação era quase inevitável, excepto se nos submetessemos a condições inaceitáveis, que poderiam tornar-se regra e exemplo para outros. Acho que a questão do Amido Baldé, que sem razão aparente foi quase oferecido ao Catió Baldé, só lhe aguçou a ambição. Agora, tivessemos todos uma bola de cristal, poder-se-ia ter gerido melhor a direcção. Como não temos, não somos perfeitos. Neste caso, não atiro pedras a ninguém, acho simplesmente que o SCP foi vítima de um golpe baixo e premeditado por um jogador ingrato e agentes sedentos de dinheiro, num período em que vislumbraram fraqueza. E isso, é vergonhoso, e não perdoo ao jogador, por tudo o que fizemos por ele. E estas são as minhas últimas palavras sobre o caso Bruma até ao desfecho final.
Cumprimentos
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 22.08.2013 às 00:57

Caro George , se me permite apenas um breve reparo, já que se esgotaram quase todas as apreciações sobre este caso.

Há razão para duvidar da honestidade dos representantes do atleta, mas eu sempre acreditei nas afirmações de Catio Baldé e de Godinho Lopes no sentido de que havia, então, um acordo em princípio verbal.

Apresentam-se tantos cenários agora que já não se sabe verdadeiramente no que acreditar. A minha convicção no início das quasi-negociações com esta Direcção foi que a partir do momento que foi decidido confrontar Zahavi da forma como se fez, o caso estava perdido.

Como já escrevi, não sinto grande fé em uma decisão favorável da CAP, embora continue a insistir que a regra relevante é muito ambígua.



Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 27.08.2013 às 02:54

Só faltou o mais importante...
Sem imagem de perfil

De haja luz a 22.08.2013 às 08:41

\" Há razão para duvidar da honestidade dos representantes do atleta, mas eu sempre acreditei nas afirmações de Catio Baldé e de Godinho Lopes no sentido de que havia, então, um acordo em princípio verbal.\"

Há razão é para duvidar de um aldrabão, que não se cansa de tentar iludir.

A postura dos representantes, é natural que tenha modificado, ao serem tratados como foram.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 22.08.2013 às 09:13

Com bem sabe Haja Luz, em cada história há três versões: as duas das partes e a verdade. Apesar das nossas opiniões pessoais, ainda não é bem claro onde reside a verdade e o que esta consta, na totalidade.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo