Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ainda o problema Izmailov

Rui Gomes, em 15.12.12

O estado crónico e quase enigmático de Marat Izmailov é uma das maiores preocupações do Sporting quanto à constituíção do seu plantel, especialmente para enfrentar um percurso que promete ser muito dífícil a partir de janeiro. A generalidade das suas circunstâncias dá sustento mínimo à determinação que a essência do problema é, somente, de ordem física. Como diz o senhor Vercauteren, e bem, «treinar, não teinar, treinar um bocadinho, voltar a não treinar...isto para mim não é solução e penso que também não é uma solução para o  grupo. Depois do «derby» ele estava bem e ontem (quinta-feira), em cima da hora do treino, fiquei a saber que ele não podia treinar porque tinha um problema nas costas.»

Sem conhecimento directo de causa, aventuro a conjectura que há qualquer «trunfo na manga» visando a sua saída do Sporting por valores bastante reduzidos, se alguns, seja para o FC Porto ou para outro emblema. O Sporting pagou 4,5 milhões de euros ao Locomotivo de Moscovo pelo seu passe - 2008 - e deverá ser dos jogadores com melhor salário da equipa. Face ao seu registo, não será um caso de fácil resolução, mas seguindo o raciocínio do treinador: «quando reabrir o mercado de transferências o Clube tem de decidir o que quer do jogador e o jogador tem de encontrar uma solução com o Clube.» Por outras palavras (minhas) este «artista» tem de ser encostado à proverbial parede, se necessário, literalmente. O Sporting tem de pôr um ponto final a «brincadeiras» deste género. A responsabilidade é enorme e as consequências de não agir com mão forte, só prejudicará o Clube e precipitará mais do mesmo, a exemplo do já ocorreu num passado não muito distante.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:41


2 comentários

Sem imagem de perfil

De A. Santos a 15.12.2012 às 17:46

Caro Rui Gomes,

Eu também concordo que o caso Ismailov terá que ser resolvido de uma vez por todas. Sabemos que é um bom jogador, mas nenhum treinador, em nenhuma equipa de topo, pode estar dependente de uma situação destas, em relação a qualquer jogador. Ou é, ou não é... e são mais as vezes, que não é!... Por isso, salvaguardando a parte financeira, é altura de acabar com esta triste novela. E não venham depois dizer as más línguas, que deixámos sair o melhor jogador! Mas que contributo que se veja tem ele dado à equipa? Joga muito pouco, quase nunca...

Cumprimento
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.12.2012 às 17:52

Caro A. Santos,

Esta é uma situação intolerável e da qual dificilmente o Sporting sairá beneficiado. As «más linguas» falarão sempre já que não sabem fazer outra coisa. Ainda há dias vi, num outro espaço, o caso do Simão a ser evocado, nesse sentido,por incrível que seja.

Cumprimentos

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo