Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O dilema "Bruma" continua

Rui Gomes, em 26.08.13

Estava a tentar evitar escrever outro texto sobre esta já cansativa temática, mas parece que não me faço compreender respondendo apenas aos comentários dos leitores.

 

A decisão da CAP foi óptima para o Sporting, em diversos aspectos, mas só por si nada resolve, já que não creio que o Clube esteja em muito melhor posição hoje, em contexto, do que estava quando o todo do processo começou. A validade do contrato do jogador até Junho de 2014 foi reconhecida, mas isto não altera a disposição de que salvo haver um entendimento entre as partes para renovação, Bruma ficará livre em Janeiro para assinar por quem desejar e poderá sair em Julho a custo zero.

 

Esta disposição, na minha opinião, é a única realidade que confronta o Sporting neste momento, tendo este como alternativa a transferência do jogador até ao fecho do mercado daqui a uma semana. Como empregado do Clube, era de facto o dever de Bruma apresentar-se ao serviço esta segunda-feira e as explicações dadas pelo seu empresário e tutor, Catio Baldé. são inaceitáveis. Dito isto, dado as circunstâncias excepcionais do caso, não vejo esta ocorrência como crucial para o quer que seja, uma vez que a lógica e o bom senso indicam que teria sido prudente dar início ao processo de reintegração convocando uma reunião entre as partes a fim de esclarecer posições e definir o rumo a seguir.

 

A decisão da CAP terá reforçado a posição negocial do Sporting no imediato mas, para o efeito, é necessário que o Sporting se disponibilize para negociar. Desconheço as comunicações que terão havido entre o Sporting e o jogador desde que a decisão foi anunciada, mas se nada surgiu da parte do Clube e os dirigentes ficaram apenas à espera para ver a reacção do jogador, foi mais um erro de cálculo e já tiveram a devida resposta.

 

O futebol é uma indústria e este caso do Bruma é, sobretudo, um negócio. Como em qualquer outro negócio, é preciso diálogo para permitir um entendimento e para haver diálogo exige-se, no mínimo, dois intervenientes com as "cartas" em cima da mesa.

 

Adenda: Uma declaração clarividente de Bruma, especialmente perante as alegações sobre a sua "incapacidade intelectual": «O Sporting pressionou-me para deixar o empresário Pini Zahavi, e eu, achando que era esse o grande obstáculo, rescindi com ele. Depois queriam que fizesse o mesmo com Catio Baldé e o meu advogado Bebiano Gomes. Percebi que estavam mais preocupados com empresários do que em resolver a situação.»

 

Recorde-se que exactamente o mesmo foi tentado pelo Sporting em relação a Tiago Ilori, que recusou. Será que vamos agora também acusá-lo de "incapacidade intelectual" ?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:41

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


63 comentários

Sem imagem de perfil

De Fredy a 27.08.2013 às 00:10

Muito bom post.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 00:13

Obrigado Fredy.
Sem imagem de perfil

De Bruno Giménez a 27.08.2013 às 00:18

O Sporting, enquanto entidade empregadora, se tanto, deve comunicar ao jogador do incumprimento e devido normas do regulamento interno relativas a tal. É que Bruma não se apresenta perante a entidade patronal desde 11 de Julho; contas feitas, há 47 dias! A ver vamos se não chega aos 73 dias de Cardozo...

O Bruma, enquanto subordinado - ou empregado ou como lhe queira chamar - da entidade patronal a que está contratualmente ligado, tem o DEVER e a OBRIGAÇÃO de se apresentar ao trabalho! E aqui não há questiúncula nenhuma se vai para a B ou para a A, vai para o Sporting. Ponto.

A questão da renovação do contrato, venda do jogador ou outras é completamente paralelo a isto tudo... Era o que faltava agora eu, com meio ano de contrato por cumprir com a empresa que me emprega, simplesmente não aparecer porque não sei se me vão renovar o contrato ou se me vão relegar para uma qualquer função que não aquela que supostamente estaria a cumprir...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 00:57

Aceita-se a disposição que apresenta mas, como bem sabe, o mundo do futebol não obedece às mesmas regras. A exemplo, veja a conduta do Gareth Bale só para forçar o Tottenham a negociá-lo com o Real Madrid.

Mas o meu ponto principal neste caso do Bruma é: como vai haver um entendimento se as partes não negociarem ?
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 27.08.2013 às 01:12

Como é que se pode negociar com alguém que já demonstrou bem claro que não tem interesse em negociar com o clube? As partes estão extremadas e nunca houve por parte dos representantes do jogador em "acomodar" os pedidos do clube em reunir-se em conjunto com o jogador... que está mais que visto, dispensou há muito a capacidade de pensar pela sua própria cabeça.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 01:14

Então, qual é a solução ?
Sem imagem de perfil

De candelabro a 27.08.2013 às 01:23

A solução é:
Os 3 estarolas aceitarem as condições do Sporting, e siga.
O SCP fartar-se desta gente e aparecer um boa proposta para compra do passe até dia 2.
Os 3 estarolas recusam a renovação e o estarola mais novo fica até final da época a treinar e ver os outros jogar e a serem convocados para o Brasil 2014.
O Sporting age judicialmente contra os 2 estarolas mais velhos por assedio a um jogador do clube, com contrato, e entra com um pedido de indeminização.

Pelo meiso disto tudo vamos vendo como o Bruma não faz assim tanta falta e ele se for minimamente observador, perceberá q o quanto antes será o melhor para ele.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 01:28

Penso que a parte mais complicada será a acção judicial.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 27.08.2013 às 01:45

Em entrevista foi referido que ao Sporting só chegou, em todo este tempo, uma proposta de 2 milhoes de euros, do Chelsea. 2 milhoes a pagar em suaves prestacoes (!). Penso que isto diz bem da real valoracao actual do jogador (que nao passa de uma promessa) no mercado. Portanto "boa proposta" para compra do passe duvido que apareca. O mercado raramente fala falso.

Também nao me parece existir qualquer margem para negociar sem ser com o jogador sentado à mesa.

A accao judicial é interessante, mas nao sei de todo que mecanismos tem um clube para agir em relacao a um funcionário em caso de incumprimento (como é o caso). Bruma nao se apresenta ao trabalho há mais de 30 dias. O clube pode fazer-se ressarcir de qualquer modo? O Rui poderá esclarecer o que está configurado na lei? Seria interessante para a discussao.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 04:07

Ao certo, não sabemos que outras propostas existiram ou existem, mas é fácil de ver que quem oferece não vai oferecer muito para tentar tomar partido do conflito entre as partes.

Não compreendo, nunca compreendi aliás, porquê a insistência desde o primeiro dia - isto não é de agora - de Bruma à mesa negocial. Os jogadores nunca negoceiam directamente, qual a razão para este caso ser diferente ?

A acção judicial referida, penso eu, era em relação aos representantes. De qualquer modo, em relação ao jogador, para já, suspensão sem remuneração, possível multa, eventual indemnização mediante o resultado final do caso e proibição de inscrição por qualquer outro clube.
Sem imagem de perfil

De Carlos Monteiro a 27.08.2013 às 08:00

Bom dia eu estou a acompanhar este caso de longe (montpellier) e nao tenho qualquer formação juridica .E commo simples adepto e em reação ao seu post que venho comentar.O sr diz que não comprendre a insistencia da direcão a comunicar diretamente com o atleta.Eu penso ao contrario que a intenção e obvia :estamos perante um menino que durante sete anos (creio) fez formação no clube ,uma pessoa que tem visivelmente limites intelectuais que o impedem de tomar decisoes sozinho,a atitude dos seus ‘’representantes’’ mostrou desde a primeira hora que estavão alir para defender mais os seus interesses que os do propio ‘’cliente’’.Parece-me que a atitude do SCP era claramente de ajudar o Bruma face a pessoas desonestas que querem aproveitar-se da sua falta de maturidade.E de louvar.E tambem para isso que temos uma academia para proteger jovens que mostram talento e orgulho em estar ali.Quanto a solução final deste caso parece me que infelizmente vai ser o atleta o mais prejudicado ,para o SCP era hipoteticamente uma mais valia desportiva e financeira (talvez),para os representantes era uma mina de ouro mas para Bruma era o seu futuro e da sua familia que estava em jogo. Tudo esta comprometido porque os dois abutres não querem deixar passer esta ‘’opurtunidade’’.peço desculpa deste ja pela forma como escrevo a nossa lingua .Faltam me treinos ...como ao Bruma saudaçoes Leoninas de França
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 10:12

Caro Carlos Monteiro,

Não há problema algum com a sua escrita.

Agora, vamos às questões:

1. Quem é habilitado para determinar que o jogador é intelectualmente limitado ?... O clube, a seu belo prazer ? Com ou sem psiquiatras ?

2. Quem é que determina que os representantes do jogador só "estão ali para defender os seus interesses" ?... O clube ?

3. Quem lhe garante a si ou a mim que o clube tem os melhores interesses do jogador em mente e não apenas e tão só os interesses do clube ?

4. Hoje o representante é um "abutre", mas quando descobriu o jogador, lutou por ele, sustentou-o, colocou-o no Sporting e até lutou pelo Sporting para evitar que a mãe o desviasse para outro clube, retirando a tutela ao pai, esse representante era o quê ?

É tudo um mar de rosas quando se olha só para um lado das coisas.
Sem imagem de perfil

De Carlos Monteiro a 27.08.2013 às 11:15

Bom dia de novo ,caro Sr Rui Gomes primeiro que tudo espero que seja claro que não pretendo de forma nenhuma descreditar a sua opinião ou fazer ‘’um ataque pessoal’’ trata-se so de discutir sobre um assunto que desperta o interesse de todos os sportinguistas
No que diz respeito as limitaçoes do Bruma e claro que não tenho a minima habilitação para formular esta opinião, mas do que vi e li vejamos:o jogador antes de partir para o mundial estava nas nuvens por estar no plantel principal ,não renovou
Durante o mundial outra entrevista onde dizia :nenhum problema assino quando chegar do mundial,faz-me pensar que ja havia proposição,comecou se a ouvir falar do Gala e do Chelsea,nao assinou desapareceu,mais nenhum contacto,deixa ja pensar que e no minimo um jovem a quem falta ‘’carater’’agora recentemente foi esta entrevista onde toda a gente pode ver as dificuldades de comunicação senão de coordinação:diz que voltar ao SCP e uma boa opção mas que confia ate a morte no ‘’encarregado’’ e advogado,mais uma vez não se apresenta no seu local de trabalho
Quanto aos empresarios quando foi tornado publico que tinham recusado a proposiçao para renovar pourque a direção queria dar os 15% ao Bruma ,sem que os mesmos empresarios venham desmentir,parece me obvio que os interesses dos mesmos são prioritarios para eles
Quanto a direção e a forma como esta a gerir a situação,não nos esqueçamos que e um caso que foi deixado por resolver pela anterior presidencia.Se podiam fazer diferente e melhor? Talvez não sei mas parece me que e tambem importante neste processo pensar na dignidade e identidade do clube .Estas pessoas com as exigencias ,a recuserem o dialogo,apresentação duma ‘’queixa’’contra o SCP e agora este ultimo episodio estão de forma clara a menosprezar o clube e não mostam respeito pela instituição,pelos outros atletas que a representão nem pelos socios e adeptos do clube
E so a minha opinião não e de maneira nenhuma a verdade unica e absoluta e claro que não tenho todas as informaçoes para ser objetivo.E o como o Sr disse claro que sou adepto e commo tal tenho uma opinião biaisée .obrigado e mais uma vez peço desculpa pelas dificuldades com a lingua ,ja faz muito tempo
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 22:36

Caro Carlos Monteiro,

Peço desculpa, mas só encontrei uns momentos para responder ao seu comentário que é bem vindo. Indiferente das opiniões, tudo o que exposto em termos construtivos é benéfico para o blogue e para os leitores em geral.

Este caso do Bruma não é inédito no futebol, mas é sem dúvida invulgar no Sporting, nos exactos mesmos termos. Já houve quem fez tão mal ou pior, casos de Futre e Figo só para mencionar dois.

Não pretendo defender quem quer que seja, mas não deixo de ter alguma compaixão com o Bruma, um jovem ainda com 18 anos a lutar entre "tubarões" para o seu lugar na sociedade, com pouca formação e nenhum apoio familiar.

Já escrevi imenso sobre esta temática e sei reconhecer que há muito que foi mal feito por diversas pessoas. No entanto, continuo a insistir que tudo poderia ter sido evitado com uma abordagem mais pacífica e negocial por Bruno de Carvalho. Culpo menos Godinho Lopes, não que preocupe defendê-lo, porque ele chegou a um acordo com o jogador e seus representantes mas as eleições não lhe permitiram o tempo para arranjar os meios para fechar o negócio. Esta Direcção poderia ter optado por aceitar o negócio acordado, mas preferiu declarar guerra ao empresário Zahavi , com as consequências agora à vista.

Entretanto surgiram outros comportamentos por quem assumiu a condução do caso em nome do jogador menos louváveis, para ser simpático.

Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De jose a 27.08.2013 às 10:44

Caro Rui, como já lhe disse só entrei neste site há bem poucos dias e vejo que está por dentro dos meandros do futebol, pelo menos bem mais do que eu.
Mas não concordo que os jogadores não se sentam a mesa das negociações. Uma coisa é uma negociação com outro clube, outra é uma negociação com o clube onde joga.
Não acredito que o Messi quando lhe foi proposto uma renovação, o presidente não tenha conversado para que no mínimo conhecesse as suas intenções, sensibilidade do seu jogador, acertado informalmente, então o seu representante passou a fazer o resto.
Não acredito que o PdC não tenha conversado em primeira mão com o Jakes Martinez acerca da sua renovação, mesmo sem conhecimento do empresário, no sentido de sensibiliza-lo, fazendo algumas promessas e blá blá..., estando as coisas acordadas em linhas gerais com o seu jogador e não com um jogador de fora, até pode ser o presidente a pedir que que o jogador informe ao seu empresário para que tudo seja formalizado.
Agora quando as negociações são com outro clube, aí é o jogador a solicitar o empresário para que trate do assunto.
A pergunta que faço é, estando as pessoas a viverem na mesma casa, alguém das partes se precisar de algum esclarecimento, colocar uma possível negociação, é necessário intermediários? Não me parece. O Moutinho quando precisou de fazer pressão ao JEB para sair, não foi falar com empresário e este com o JEB, fazia directamente.
Quanto ao Bruma, é óbvio que senta-lo a mesa, de preferência até só, para confrontar com os representantes ou acha mesmo que os representantes estão a defender os reais interesses do Bruma? Pela entrevista que vi, ele anda completamente desorientado e sente-se enganado.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 11:18

Caro José,

Conversas casuais é uma coisa, negociações formais e lavrar contratos é outra totalmente diferente em que 99% dos jogadores se fazem representar por empresários e advogados.

Qualquer jogador está no seu direito de recusar negociar sem representação, da mesma forma como esse direito é do José em qualquer circunstância. O clube não pode/deve obrigar o jogador a negociar sozinho. Isto é a lei da Terra, meu caro, não sou eu que a estou a inventar.

A minha ou a sua opinião sobre a entrevista não é relevante para a questão. Como aqui já foi alegado incapacidade intelectual ao rapaz, quem tem o direito e as habilitações de determinar isso ?... Além de tudo mais, acha que se estivesse no lugar de Bruma, dadas as circunstâncias, não estaria também nervoso ?.. Eu estaria.
Sem imagem de perfil

De jose a 27.08.2013 às 13:01

Se eu estivesse no lugar do bruma, é óbvio que já teria falado com a direcção mesmo com algum nervosismo pelo meio e saber preto no branco sobre a proposta que tinham para me oferecer. A não ser que estejam a passar um testado de atrasado mental ao rapaz, não saber se exprimir não é sinonimo de qualquer atraso. Ele já tem 18 ou 19 anos, tem vivido na casa do sporting, que saiba nunca foi mal tratou. Ele não aceitou conversar não é negocia, conversar, conhecer a proposta que o sporting tem para lhe oferece porque os seus representantes não deixam.

Que saiba as negociações formais passam também por negociações informais e causais, se estiverem de acordo, mandam para os respectivos advogados.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 14:57

Bem... o José insiste nessa tese mas não corresponde à realidade do futebol. Era impossível na presente situação ele falar com o Sporting sem representação, sem que a questão de renovação viesse à conversa.

Eu não sei o que o José faz na sua vida particular, mas eu já tenho uns aninhos de vida, experiência e formação e sempre que surge algo fora do meu maior âmbito de competência recorro imediatamente a profissionais do respectivo ramo. Isto, em defesa dos meus interesses.
Sem imagem de perfil

De jose a 27.08.2013 às 19:02

Caro Rui, não vamos insistir nisto, temos opiniões diferentes e experiências de vida igualmente diferentes.

Agora não vamos é tentar fazer que o mundo rode a volta de um único cenário. Nunca disse que o cenário que aponta seja errado, mas não é o único, em negócios há vários cenários, várias maneiras de negociar e todos eles são bons quando chegam a um final feliz. Se o cenário que descreve, diz que é a realidade do futebol, não significa que amanhã não surja outro cenário válido.

Se o Bruma não tivesse a visibilidade que tem, e se o sporting exigisse a presença dele, os representantes diziam logo que sim e era logo para ontem.

Para responder a sua experiência, também já tenho uns bons aninhos e felizmente já fiz alguns negócios interessantes, alguns com empresas internacionais, por várias vezes recorri a especialistas para me dar apoio necessário e nem por isso deixo de conduzir o processo e quando há falta de tempo, tenho quem conduza todo o processo por mim. E se um cliente exigir a minha presença numa determinada reunião vou dizer que não?

Com isto só quero transmitir que a exigência que o BdC faz em relação a presença do Bruma não é descabida, além do mais, é um jogador do sporting.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 22:41

Caro José, acaba por dizer o mesmo, por outras palavras, e depois de argumentar que não vale a pena insistir escreve um comentário tão longo.

Já disse o que tinha a dizer sobre este assunto. De facto, não vale a pena insistir.

Cumprimentos

P.S. Tem um grande acompanhante chamado também José que subscreve tudo o que diz !!!
Sem imagem de perfil

De jcp a 28.08.2013 às 00:32

O comentario que se refere do jose a 27 de Agosto de 2013 às 10:19 refere-se ao comentário do Tywin Lannister a 27 de Agosto de 2013 às 01:12

Se os comentários não ficam ordenados pela data e hora que foi escrito, tem que perguntar a outra pessoa.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.08.2013 às 00:40

Tudo depende como são direccionados no indicativo por baixo do comentário do outro leitor. Isto, salvo ter havido qualquer questão técnica que eu desconheço.
Sem imagem de perfil

De jose a 27.08.2013 às 10:19

Subsescrevo
Sem imagem de perfil

De roxinol a 27.08.2013 às 01:14

Esta cambada baldé e bebiano são uns amadores e gananciosos de 3ª categoria. Cada vez q abrem a boca enterram-se mais.
É deixá-los falar.
O Bruma não aparece para treinar no SCP? Não muda a sua postura rídicula? Qts dias faltam para o fecho do mercado? É bom que o SCP deixe andar até sexta, se for para vender temos sempre segunda dia 2 e ai alguem poderá oferecer uma loucura por ele e é vender o passe. Fechada a época de transferências, o Bruma se quiser jogar terá forçosamente de renovar e aposto que a proposta será boa para um puto de 19 anos e profissinal à poucos meses.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 01:24

É um um dos cenários, sem dúvida.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 27.08.2013 às 01:39

Caro Rui

O post está bem escrito (como habitual!) e compreendo o seu ponto de vista.

Mas há várias coisas que nao sabemos.

1. Como é que sabe se o Sporting nao comunicou com Bruma no sentido de tentar um encontro negocial?

2. Aquilo que sabemos é apenas o que disse Baldé. A sua declaracao é, como já referiu, pejada de incongruencias.
""Ele ficou a sentir-se muito mal quando soube que ia para a equipa B."
"Ele não se apresenta enquanto não forem esclarecidos determinados pontos."
"Estamos em contactos e em reuniões. Está tudo em aberto. Ainda não falámos com o Sporting mas vamos falar brevemente."
Se está em contactos e reunioes mas ainda nao falou com o Sporting, entao com quem sao os contactos e as reunioes?? E ainda nao falou com o Sporting porque o Sporting nao o contactou ou porque ele nao quis? E os pontos, sao para serem esclarecidos via CS ou numa reuniao?

3. O silencio do Sporting, em todo o caso, tem sido quase ensurdecedor. Só BdC falou do assunto enquanto representante oficial, e por entrevista. Nao me restam dúvidas nesta altura de que será estratégico (e como Baldé e Bebiano nao teem feito mais do que falar para a CS quase diariamente e contraditoriamente, revela-se uma estratégia acertada).

Aquilo que posso, neste momento, especular, é o seguinte. O Sporting está a tentar contactar o jogador para se apresentar ao trabalho e para uma reuniao negocial. Os representantes do jogador estao com tanto medo que nem imaginam deixar o Bruma entrar sozinho em Alcochete para um treino imaginando o que pode suceder se ele efectivamente chegar à fala com alguém da estrutura da SAD.
O Sporting sabe que a corda pode esticar à vontade neste caso - partirá seguramente do lado mais fraco. E esse, já todos percebemos qual é.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 03:31

Eu não disse que o Sporting não o contactou, apenas admiti essa hipótese pelas declarações de Baldé e pelos precedentes quanto à postura de BdC . É previsível que tenham ficado à espera para ver a reacção. Isto, mera opinião minha.

Concordo com o cenário estratégico, dos dois lados, mas com os dias a passar temo que deste modo nada se resolva. Admito igualmente que os representantes não queiram permitir com que Bruma seja confrontado sozinho. Em boa consciência, se é que esta existe neste enredo, o Sporting não deveria tentar isso no sentido negocial, já que viola os direitos de representação do jogador.

Tenho imensa dificuldade em aceitar que não haja margem para negociações, salvo uma das partes completamente recusar essa alternativa. Alguém terá de dar o primeiro passo em boa fé e reagir mediante a resposta da outra parte. Reconheço o que as aparências tendem indicar, mas muito do que se comenta é baseado numa premissa totalmente adversarial sem recurso algum a um entendimento.
Sem imagem de perfil

De sergiom a 27.08.2013 às 10:23

"apenas admiti essa hipótese pelas declarações de Baldé e pelos precedentes quanto à postura de BdC."

O caro Rui, não me diga que entre as constantes declarações de Baldé e a postura de BdC, tem estado mais seguro das declarações do primeiro, tendo mais em conta.
Não digo que o segundo tenha tomado o melhor caminho, mas olhe que eu também quando ouço falar o primeiro já começo a acreditar em pouco do que ele diz.


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 10:48

Não é uma questão de acreditar ou não. Mesmo que Baldé não tivesse dito nada essa seria sempre a minha primeira suspeita. Aliás, há um amigo meu que eu sei que lê o blogue e que eu agradeço desde já que me desminta, porque antes da ocorrência de segunda-feira eu admiti logo este cenário que agora se verifica, em conversa com ele.

À parte do caso Bruma, se me pede para acreditar em BdC sem qualquer hesitação, é pedir-me muito, meu caro.

Inclusive, disse a esse mesmo amigo que era a minha esperança/desejo que BdC colocasse o seu ego/arrogância de lado e convocasse imediatamente uma reunião entre as partes.

Só isto faz sentido, Se não for possível negociar, a única alternativa é vender o jogador. Se entenderem que há acção ilícita da parte dos representantes, devem expor o caso à FIFA.

Não é aos gritos na "rua" que isto se vai resolver.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 27.08.2013 às 08:17

Bate-se muitas vezes na tecla negociação, mas para que possam haver negociações as duas partes envolvidas tem de ter abertura e o objetivo comum de querer chegar a um acordo.

No entanto o que vemos diariamente da boca dos babuino & friends é pouca disposição para tal, o único que parece mesmo querer negociar com o SCP é mesmo o jogador.

Logo é lógico que apesar de não ser muito comum o presidente do SCP queira ter o jogador presente de forma a renovar o contrato do jogador definitivamente.

Volto a afirmar é preciso estomago para negociar com "gente" da laia do Babuino e Baldé.

SL,

Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 27.08.2013 às 08:21

Acrescentaria que a vitória do SCP no processo do CAP é o efetivamente uma grande vitória para os clubes formadores ... ou seja o SCP, mas entendo que neste caso especifico Bruma com a corja que o rodeia e o aconselha o efeito prático seja muito reduzido para não dizer nulo já que os mesmos não "enxergam" a merda que estão a fazer à carreira do miúdo.

SL,



Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 09:54

Tanta adjectivação para quê ?... Quanto mais insultar mais razão tem ?

Essa sua teoria de uma grande vitória para os clubes formadores não passa disso mesmo. A temática continua a ser muito discutível, não obstante a decisão e o aspecto mais positivo é que poderá obrigar a FIFA a elaborar uma regra com especificidades que não deixem espaço para interpretações diversas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 10:02

Há um aspecto que gostaria que me explicasse: o Sergio Palhas está no processo de negociar um qualquer negócio, não interessa qual, é representado por um ou mais advogados, e quem determina a competência dos seus advogados é precisamente a outra parte com quem está a negociar ? É esta a sua tese ?

Mais, o Sergio Palhas não está presente e mandata o seu advogado a negociar em seu nome com plenos poderes, mas a outra parte só negoceia se o Sergio Palas estiver presente. Qual é a sua reacção ?

Por outras palavras, a outra parte recusa reconhecer o seu direito a representação. Agradeço que me corrija se estiver errado.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 27.08.2013 às 10:19

Caro Rui,

1º não percebo o porque de ficar melindrado com a minha opinião.

2º adejtivação usada deve-se em parte à minha maneria de ser já que tenho por habito tratar os bois pelo nome

3º Quanto às suas questões:

"Há um aspecto que gostaria que me explicasse: o Sergio Palhas está no processo de negociar um qualquer negócio, não interessa qual, é representado por um ou mais advogados, e quem determina a competência dos seus advogados é precisamente a outra parte com quem está a negociar ? É esta a sua tese ?"

como o Rui já disse e bem este caso Bruma é um caso excecional como tal a abordagem normal como referi de o negocio ser encaminhado por representantes de ambos os lados não é possível. Eu é que afirmo que os representantes do Bruma estão a lesar o jogador opinião partilhada julgo eu por todos incluindo o Rui. certo !?

"Mais, o Sergio Palhas não está presente e mandata o seu advogado a negociar em seu nome com plenos poderes, mas a outra parte só negoceia se o Sergio Palas estiver presente. Qual é a sua reacção ? "

Se fosse do meu interesse estaria presente como qualquer acho eu.
Se Rui não fizer uma colagem do que eu digo com o que o BdC disse talvez consegui-se perceber melhor o que digo.

"Por outras palavras, a outra parte recusa reconhecer o seu direito a representação."

A minha leitura é: a outra parte não confia nos meus representantes e sentiria-se mais segura com a minha presença.

Para finalizar e fazendo a defesa de BdC ele pediu a presença do Bruma nas reuniões o que é bem diferente do que foi dito pelos seus "representantes" que o presidente queria negociar apenas com o Bruma. Diga-se que perfeitamente aceitável falta de confiança que existe nos representantes de Bruma.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 10:35

~Eu não estou minimamente melindrado, isto não é pessoal comigo e não evocou a minha pessoa. Limitei-me a apresentar argumentos que qualquer bom advogado apresentaria.

-Relativamente à adjectivação, está em voga não comentar o caso sem insultar os representantes de Bruma uma dúzia de vezes e eu não consigo compreender esse objectivo. O problema será meu, decerto.

-Eu não me acho competente nem dono da moral e da razão para determinar unilateralmente que os representantes estão a "lesar" o jogador.

Mas o ponto crucial é o seguinte: quem tem o direito de me negar o direito a representação ?

Quem tem o direito de me negar o meu direito a mandatar um representante/advogado a negociar por mim ?

Por esta óptica em voga, o clube tem todos os direitos e o jogador nenhum e vamos também nós acreditar que são os clubes que têm os melhores interesses dos jogadores em mente.

Há aqui argumentos que me ultrapassam completamente. E isto tanto pode ser com o Bruma como com qualquer outro.

Consta que o Tiago Ilori recusou negociar à revelia do seu representante. Na sua óptica está correcto que isto seja exigido a um jogador ?

Sem imagem de perfil

De jose a 27.08.2013 às 19:13

O seu pensamento vai ao encontro do que defendo, se num negócio, uma das partes, é representada por advogados ou agentes e se a outra parte entender que deve estar o verdadeiro interessado na reunião, qual é o problema? A não ser que haja algo a esconder.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 10:24

Indiferente dos argumentos coloridos, agradeço que nos esclareça como será possível resolver a contenda sem negociação ?... Qual é o outro meio ?

Se o clube determinar que é impossível negociar, a alternativa é só uma: vender o jogador. E até será isso que eles estão a tentar provocar. E... já escrevi isto há muito tempo: Zahavi provocou BdC deliberadamente a contar que ele reagiria como reagiu e que a plataforma para não negociações fosse estabelecida.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 27.08.2013 às 10:46

Rui,

Considero despropositada a sua adjetivação aos meus argumentos.

Não vai haver solução para este caso sem a presença do jogador. Não há confiança por parte do clube nos representantes do jogador no meu entender volto a frisar.

SL,


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 10:53

Meu caro, eu não recorri a adjectivação alguma, em contrário.

Se o Sporting continuar a insistir nessa tese, vai perder o jogador, de uma forma ou outra. Tão simples como isto.

Admito - já escrevi em diversas ocasiões - que o objectivo a partir de um certo ponto é mesmo não haver negociações mas, pela minha óptica, o Sporting deveria/deverá fazer tudo ao seu alcance para que hajam, porque sem este veículo não há nada.
Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 27.08.2013 às 09:04

Há algo que vocês se estão a esquecer. O mercado fecha na próxima 2ª feira, certo, mas se um jogador estiver livre, pode ser contratado em qualquer altura do ano.

E dizem vocês: "Mas Mike o gajo tem contracto até 2014, logo não é livre", ao que eu respondo: "Mas se os babuínos meterem um pedido de rescisão unilateral ele fica livre automaticamente e passa a poder assinar por qualquer clube, pois a FIFA passa sempre uma autorização provisória para o jogador poder competir. Depois o SCP é que terá que pedir a indemnização, que poderá vir a ser até €30M"
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 10:18

Caro MIke , agradeço que me indique - isto porque não encontrei essa regra da FIFA - que ele pode rescindir unilateralmente depois da época começar. Não estou claro neste ponto.

E, já agora, deve também explicar as consequências tanto para o jogador como para o clube que o assinar, se for determinado que ele não tem justa causa para o efeito. São muito mais severas do que os possíveis 30 milhões.

Nestas condições, qual é o clube que vai arriscar contratar o jogador, porque além do possível pagamento de compensação ele poderá ficar suspenso entre 4 a 6 meses de competir. E, também há sanções para os seus representantes.
Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 27.08.2013 às 10:29

Rui,

Estou apenas a basear-me no que já aconteceu no passado nestes casos. Penso que a FIFA passa sempre uma autorização para o jogador poder competir e depois a indemnização é calculada à parte do processo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 10:57

E eu não digo que não Mike , só que não consigo encontrar a respectiva lei. Por isso pedi a sua ajuda.

Também não compreendo os argumentos quanto a rescisão unilateral evocados pelos representantes dos jogadores, quando as leis da FIFA indicam que isso só pode acontecer nos 15 dias após o termo de uma época ou, no caso de um jogador no último ano de contrato, seis meses antes do termo da época.

As sanções para todas as partes para rescisão sem justa causa, são bastante severas.
Sem imagem de perfil

De jose a 27.08.2013 às 11:04

Sinceramente, não estou a ver um clube a contratar o Bruma com uma rescisão unilateral. Correndo riscos de pagar uma grande indemnização por um jogador que por enquanto não passa de uma promessa.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 11:21

É também essa a minha opinião.
Sem imagem de perfil

De Miguel a 27.08.2013 às 10:36

Compreendo perfeitamente o seu post mas fica-me uma dúvida: tendo em conta a percentagem de direitos desportivos que o SCP tem neste momento (desconheço qual seja) será que compensa aceder às pretensões de B&B? i.e. se o SCP tiver apenas 30% do passe de Bruma compensa dar mais 10/15% do passe a B&B e ainda pagar 1M$ à cabeça mais ordenados? Assumindo que estamos a falar de um negócio temos de perceber se a perspectiva de valorização do remanescente do passe do Bruma (não estou a contar com eventuais indemnizações contratadas aquando da cedência de anteriores percentagens de direitos desportivos) justifica ceder às pretensões dos balantas.
Obviamente que se o SCP detivesse 100% dos direitos desportivos de Bruma esta questão nem se punha e concordaria com a cedência de % do passe ou prémio de assinatura elevado consoante as disponibilidades financeiras, como contrapartida a uma renovação prolongada mas não parece ser o caso.

Só mais uma questão: Se o Bruma já atingiu a maioridade mas o Baldé continua a manter a tutela não essa a prova de incapacidade intelectual que um leitor questiona acima?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 11:03

Caro MIguel,

Que eu saiba, o Sporting detém 100% do passe de Bruma, salvo se alienou 10% ou 20% à Holdima e não foi revelado.

Tutela tem a ver com muitas questões que não apenas incapacidade intelectual. Não sei se o pai de Bruma ainda é vivo, mas se for é um homem com mais de 90 anos. Não relação alguma entre Bruma e a mãe.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 27.08.2013 às 11:17

No processo do CAP fazia referencia que Cátio Baldé tinha vendido 10% que detinha do passe do Bruma a Pini Zahavi por 1M€ (Maisfutebol).

SL,
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 11:25

Será 10% do passe ou 10% dos direitos de representação que Catio Baldé possui ? Digo isto porque o Bruma só passou a ter "passe" e cláusula de rescisão a partir do primeiro contrato profissional que assinou, e esse contrato é precisamente o que foi agora validado pela CAP.

Terá de haver um contrato entre o jogador - provavelmente assinado pelo pai - e o seu empresário.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 27.08.2013 às 11:34

No maisfutebol "+/-":

"cinco meses antes de avançar com a ação contra o SCP Bruma e Cátio Baldé transferiram 10% dos direitos económicos e 100% dos direitos de imagem do jogador para a socie.... "

Rui,

"Digo isto porque o Bruma só passou a ter "passe" e cláusula de rescisão a partir do primeiro contrato profissional que assinou, e esse contrato é precisamente o que foi agora validado pela CAP."

Por isso é volto a frisar que aquela gente não é de confiança e está a lesar o jogador.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 11:46

Cario Sergio , a linguagem noticiosa nem sempre pode ser interpretada à letra ao que concerne questões de Direito.

Com um pouco mais de tempo, ainda vou tentar esclarecer melhor essa disposição.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 27.08.2013 às 11:47

Eu colocava o link do site maisfutebol mas no trabalho não tenho acesso, só consigo visualizar através do TLM.

SL,
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 11:58

Obrigado Sergio, eu encontro, até porque tenho uma vaga ideia de ter lido esse artigo.
Sem imagem de perfil

De Miguel a 27.08.2013 às 12:24

As SAD’s só são obrigadas à prestação de informação sobre % detidas dos direitos desportivos dos principais jogadores nos relatórios anuais, sendo que no de 2011/12 não constava qualquer informação sobre o Bruma mas podias ver por ex. que já tinhas vendido 50% do Tobias e 25% do Ponde ao fundo do Jorge Mendes pelo que, não tendo ainda sido publicado o R&C 2012/13, duvido muito que a SAD detenha qualquer % considerável do Bruma.

Quanto à questão da tutela era apenas uma aparte, na realidade a tutela extingue-se automaticamente com a maioridade (excepto nos casos do 131CC) e só referi isso porque toda a gente continua a chamar ao Baldé tutor do Bruma quando na realidade já não o é.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 12:57

Caro Miguel, como indiquei, não tenho conhecimento concreto do estado dos direitos económicos de Bruma, salvo pensar estar correcto em adiantar que essa disposição só é permitida pelo contrato profissional, ou seja, a partir dos 18 anos.

A questão da tutela compreendi bem. Penso que se referem ao Baldé como tutor no sentido de conselheiro.
Sem imagem de perfil

De Pedro a 27.08.2013 às 12:53

O homem não compareceu novamente. E os outros 2 miudos se calhar também não. Devem estar ainda a recuperar do "chabéu" que comeram. Estão de diarreia.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 13:00

Face aos acontecimentos, nunca me passou pela mente que ele iria comparecer. E continuamos no impasse...
Sem imagem de perfil

De Petinga a 27.08.2013 às 20:34

O debate já vai longo (com muitos pontos de interesse), mas a ausencia de Bruma do treino um dia mais após a decisao final da CAP demonstra total ausencia de boa-fé. Do jogador.

Até poderia ter toda a razao do mundo, mas depois de (a) intentar um processo contra o clube, lesivo do mesmo e (b) se recusar a cumprir as suas obrigacoes contratuais, perde qualquer credibilidade e oferece ao Sporting todas as armas de que este poderá precisar em caso de o litígio escalar.

Já sei que o Rui continuará a defender que a Direccao é que está em erro - mas as accoes e declaracoes que saem para a CS só demonstram o contrário. De forma (infelizmente) inequívoca.

Nao percebo uma coisa: Bebiano e Baldé vao mesmo tentar estapafurdiamente que o jogador falte a todos os treinos até dia 2 de Setembro? E depois disso? E até 31 de Dezembro? E acharao eles que, depois de tudo o que já se passou, o Sporting nao tenha lido as suas intencoes de forma transparente e saiba exactamente quais os seus direitos, deveres e argumentos legais??
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 22:56

Caro Petinga,

Diz determinadas coisas e depois fica sentido quando eu respondo pela mesma moeda.

A minha posição, em geral, não é que a Direcção está em erro. Critico determinadas medidas e pelo meu passado no futebol tendo analisar a contenda na primeira pessoa, no que seria a minha reacção.

Em resumo, e como palavra final neste assunto digo o seguinte:

Primeiro, tudo isto poderia ter sido evitado, pelo menos de forma tão dramática, se BdC não tivesse cometido o erro de cálculo que cometeu pela sua abordagem inicial. Acontece que a decisão da CAP aliviou a situação, mas não a resolveu e, se tivesse sido ao contrário, o jogador, hoje, já teria assinado por outro clube.

Segundo, cada um insista com o que entender. Eu, se a responsabilidade fosse minha e se considerasse Bruma um activo do interesse do Sporting, a primeira medida que teria tomado após a decisão da CAP era convocar uma reunião entre as partes. Eu próprio não quereria que o jogador se apresentasse para treinar sem primeiro ter determinadas questões esclarecidas. Não lhes daria a oportunidade de irem para a CS com isto ou aquilo, exigia a sua presença colectiva à mesa negocial e, então, se recusassem negociar, mediante os modos como a reunião decorreria, ponderaria outras medidas a tomar. Isto seria eu, cada um que fale por si.
Sem imagem de perfil

De sergiom a 27.08.2013 às 23:02

Amnahã é o dia D para a conclusão deste processo, segundo RR, SAD leonina e representantes do jogador Bruma estiveram hoje reunidos até às 21h, voltando sentarem-se à mesa, esta quarta feira, para tomarem uma decisão final, segundo consta o clima foi propicio.
Tenho para mim que amanhã tudo isto vai acabar bem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.08.2013 às 23:11

Ainda bem que assim é e logo veremos o que daí sairá. Foi precisamente isto que eu sugeri que deveria ter acontecido imediatamente e não compreendo o porquê desta lógica encontrar tão enorme oposição aqui no blogue e algures.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo