Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sejam bem-vindos senhores Lucros !

Desert Lion, em 30.11.13

 

Mas, quem leia o R&C, facilmente verifica que é ainda muito cedo para se fazer a festa. Na verdade os lucros de 7,2 milhões que a SAD apresenta no último trimestre, estão fortemente empolados pela venda dos direitos desportivos de Bruma e Ilori, num valor próximo de 16 milhões de euros. Ora, se deduzida esta parcela “não operacional” do negócio, o que fica são 8,5 milhões negativos, no período. Mesmo depois de abatido o valor que foi pago de indemnizações para rescisões (cerca de 2 milhões de euros), ainda ficam com 6,5 milhões negativos no trimestre.

 

Apenas para efeitos de cálculo e projecção da situação final, se assumirmos a linearidade de trimestres, este valor levar-nos-ia para prejuízos “correntes” de 26 milhões de euros, na minha óptica ainda totalmente  insustentáveis porque não são recorrentemente cobríveis por ganhos com vendas de jogadores. Eu consideraria um valor de perdas de até 10 milhões de euros por exercício, como compensável, em média, com uma gestão desportiva eficaz, por essas mais valias. Mais do que isso parece-me um risco demasiado elevado e que não deve ser assumido por esta Direcção – mandatada, exactamente, para diminuir o nível de riscos a assumir pelo Sporting.

 

É claro que teremos ainda de considerar a fusão com a SPM que virá a acontecer, e cuja Exploração Positiva na casa dos 5 a 7 milhões de euros virá a atenuar esta realidade. Mas a solução desta questão terá de vir, essencialmente, de uma recuperação na vertente dos Proveitos Operacionais. Só quando voltarem a ser obtidos valores próximos dos da época 2007/2008 – cerca de 50 milhões de euros -, poderemos dizer que o Sporting estará muito perto do seu equilíbrio de médio e longo prazo. Por enquanto, louva-se este esforço inicial muito meritório, mas temos de reconhecer que há ainda muito trabalho a fazer antes de podermos cantar vitória sobre o fantasma da insolvência.

 

Uma breve nota final negativa que, infelizmente, devo mencionar. Não se percebe o que pretende o presidente com a hostilização gratuita do órgão de supervisão do Clube. De acordo com o que li no DN: “Há sensivelmente um mês deu-se o primeiro "choque" entre Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, e Jorge Bacelar Gouveia, presidente do conselho fiscal (CF) do clube leonino. Segundo fontes contactadas pelo DN, a causa da discórdia foram as contas da SAD, pedidas pelo líder do conselho fiscal, em nome do órgão que preside. A resposta de Bruno de Carvalho causou alguma celeuma no seio do CF. O líder leonino começou por recusar o acesso às contas, mas depois acedeu a disponibilizar toda a documentação requerida desde que o CF, no seu todo, assinasse um termo de confidencialidade, algo que nunca sucedeu na história do Sporting”.

 

Ora esta não é a postura que se espera de um presidente cujo slogan é "O Sporting é Nosso". Não é este o presidente que vai publicar uma auditoria sobre os actos de gestão dos últimos 17 anos de vida do Clube? Como pode pois fazer este tipo de pedidos a quem, como ele, foi eleito para o desempenho de funções associativas? Espero que, muito rapidamente, o CFD coloque os pontos nos iii’s e que estes "malabarismos" deixem de existir num Clube que, mais do que nunca, precisa de órgãos de fiscalização plenamente capacitados e interventores.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:16

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


44 comentários

Sem imagem de perfil

De Bruno Giménez a 30.11.2013 às 19:29

O caro Desert Lion confunde SAD e Clube, é que há diferenciação entre os dois, e conselhos fiscais diferentes...
Imagem de perfil

De Desert Lion a 30.11.2013 às 19:41

Caro Bruno Gimenez,

Acredite que nao confundo. Mas sendo a SAD - e a modalidade "futebol" nela concentrada - a forca motriz do Clube, e sendo os gestores eleitos no Clube quem assume "de facto" a gestao da SAD , deveriam ser proporcionados aos orgaos de fiscalizao eleitos do mesmo modo, igual possibilidade de exercerem a sua funcao.

A SAD e o Clube nao podem ser mesma coisa para o que convem (por exemplo "derreter" os anteriores gestores do futebol na praca publica e usar essa modalidade como bandeira nas eleicoes associativas) e depois passarem a ser entidades diferenciadas quando se passa a vertente fiscalizadora. Nao tenho duvidas que gestores de boa fe do Clube permitirao , sem embaracos , o total acesso do CFD do Clube, as contas das entidades empresariais que foram nomeados para gerir, apenas e so porque foram eleitos para a Direccao do Clube.

SL
Sem imagem de perfil

De Bruno Giménez a 01.12.2013 às 02:59

Nese caso, teria que pôr a questão noutra ordem que não na que pôs: MUDE-SE OS ESTATUTOS! É que, de facto, pela ordem de regimento actual, o CFD do Clube não tem absolutamente jurisprudência alguma sobre a SAD e, sendo assim, compreende-se perfeitamente a notícia em questão...

Até por uma questão de não-discussão interna em hasta pública...
Imagem de perfil

De Desert Lion a 01.12.2013 às 06:27

Caro Bruno Gimenez,

Esta nao e uma questao estatutaria, e tao so uma questao de bom senso. Alias, entendida como tal pelos proprios membros do CFD pertencentes a Lista que ganhou as eleicoes.

SL
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 30.11.2013 às 19:45

Desert Lion, o que acha que se diria se as anteriores direcções obrigassem os membros da Conselho Fiscal do clube a assinar um termo de confidencialidade para terem acesso às contas da SAD? Já viu a cassete que já vieram para aqui pespegar? São órgãos diferentes! Fantástico. A SAD pelos vistos não é nossa, nem agora não é conveniente discutir contas. Porque será?
Imagem de perfil

De Desert Lion a 30.11.2013 às 20:07

Caro Lionheart,

Nao quero acreditar que seja esta a justificacao oficial. Penso que sera, somente, a interpretacao do nosso leitor Bruno Gimenez.

Quanto ao pedido de sigilo, parece-me totalmente nebuloso. Nao sei a que atribuir esse requesito, nem o mesmo e justificavel. Ainda para mais quando esta e a Direccao que se arroga da transparencia e da tao publicitada Auditoria, para os socios saberem toda a verdade. Entao agora os representantes do socios so podem saber toda a verdade passada? E a verdade presente fica so sigilo?

E um modo de actuar, no minimo, muito estranho...

SL
Sem imagem de perfil

De Bruno Giménez a 01.12.2013 às 03:01

Há assembleias do Clube e da SAD. À primeira terá direito qualquer sócio, à segunda qualquer accionista. Podem ser a mesma coisa... ou não!...
Imagem de perfil

De Desert Lion a 01.12.2013 às 06:40

Sem duvida que ha duas entidades diferentes. No entanto, uma (a SAD) depende da outra (o Clube). Alias, todas as decisoes de relevo das Assembleias da SAD sao promessas eleitorais das Assembleias Eleitorais do Clube... Assim sendo, a Assembleia do Clube determina o resultado das Assembleias da SAD. O mesmo acontecer com os CFD's seria, apenas, uma questao de bom senso e de boa fe de quem esta a frente dos destinos do SCP.
Sem imagem de perfil

De sergiom a 01.12.2013 às 00:16

Continuas a apregoar a direção anterior, como é possível escolhes cada exemplo... É o Bruno de Carvalho com o populismo e o Lionheart com o Godinho Lopes. Hirra já enjoa.
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 01.12.2013 às 01:13

Que tu és um enjoado já tínhamos reparado. E continuas a não saber do que falas.
Sem imagem de perfil

De sergiom a 01.12.2013 às 08:56

Sou enjoado mas não repetitivo e tu és um chato dos diabos... que já vem do fontesegura
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 01.12.2013 às 09:57

Ao menos não sou um triste que anda de blogue em blogue por causa do Bruno. Escolhi este porque gosto do ambiente e não se tem de aturar ordinários, além de que é agradável conversar com o Rui Gomes e com os seus colegas de blogue. E não sou repetitivo, não sou é inconstante, nem ingénuo.
Sem imagem de perfil

De sergiom a 01.12.2013 às 12:19

Aí sou obrigado a concordar contigo, este é um blogue agradável.
Mas não venhas com conversas q não andas de blogue em blogue...só se for agora.
Quando disse q o lion era chato.... no bom sentido.

Hoje é dia de Sporting, nada de forças negativas.
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 30.11.2013 às 20:20

Em relação ás contas e apesar de um leigo nesse assunto, acho que para base de partida um prezuizo "corrente" na ordem dos 5M já era sustentável.

20M/ano podem ser contraposto com entradas na LC e vendas de jogadores.

A dificuldade maior, na minha opinião é com esses orçamentos, sermos sempre competitivos e valorizarmos jogadores.

Este ano estamos a conseguir fazer isso - temos um conjunto de jogadores que facilmente vendemos com lucro significativo, mas temos que fazer sempre

Imagem de perfil

De Desert Lion a 30.11.2013 às 20:57

Caro iorda9,

Nao me parece que seja tao leigo quanto pensa, pois as suas ideias estao muitissimo certas. Se apos a fusao com a SPM o deficit ficar na casa dos 20 milhoes por ano, a entrada na fase de grupo da Champions (10 milhoes ) e mais valias em vendas (assumam-se outros 10 milhoes ) eliminariam esse deficit anual.

Ficava, no entanto, ainda a faltar alguma libertacao de cash-flow adicional (no caso "deficit zero" o nosso cash-flow seria apenas de 3 milhoes por ano) para fazermos os investimentos necessarios na equipa e para pagarmos os compromissos decorrentes do novo acordo com os Bancos.

SL
Sem imagem de perfil

De Bruno Giménez a 01.12.2013 às 03:03

Vossa excelência ignora, convenientemente, as acções obrigacionistas, que deferem tasi deficists... Aliás, as mesmas acções obrigacionistas que defriam os deficits anteriores, com a diferença do prazo de sustento...
Imagem de perfil

De Desert Lion a 01.12.2013 às 06:50

Sinceramente nao percebi... As accoes obrigacionistas?!? Nao sei o que seja. Ate procurei no Google pois poderia tratar-se de alguma inovacao financeira que eu desconhecesse. Aparentemente nao existem... Pode explicar melhor o que sao essas accoes obrigacionistas e como e que deferem os deficits?

Se se refere as VMOCS (Valores Mobiliarios Obrigatoriamente Convertiveis) que ja foram emitidas e que serao emitidas no ambito da restruturacao financeira, elas nao diferem os deficits. Os deficits estao la, bem refletidos nos Capitais Proprios de cada entidade. As VMOCS limitam-se a ser um instrumento misto de divida-capital que, como qualquer divida, permite o pagamento no futuro das responsabilidades contraidas no momento. Mas nada disso esta em causa nesta analise do iorda9 nem na que eu fiz em resposta.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.11.2013 às 20:53

Mas não estamos a falar de contas auditadas? Estranho é uma coisa tão sigilosa ir parar aos jornais.
Imagem de perfil

De Desert Lion a 30.11.2013 às 21:11

Caro Anonimo,

Todas as contas anteriores da SAD foram auditadas. Porque reaudita-las agora, entao? Por acaso as Contas (trimestrais) agora disponibilizadas nem estao auditadas. Mas nao serao menos verdadeiras por causa disso.

Veja o seguinte exemplo. Imagine que a actual gestao da SAD determina que o Sr. X, especialista em pinturas exoticas, passa a receber 5.000 euros por mes, para ir a Alvalade uma hora por semana, dar um ar mais artistico as instalacoes. A Administracao da SAD assina um contrato de prestacao de servicos com o Sr. X e comeca a pagar-lhe os 5.000 euros por mes. Uma auditoria as contas da SAD nada veria de irregular neste processo, ja que, formalmente, tudo estaria em conformidade. Ja um membro do Conselho Fiscal teria de perguntar que valor acrescentado tal contrato trazia ao Sporting, e porque raio estavamos a pagar ao personagem os tais 5.000 euros por mes para termos umas pinturas nas paredes.

Estou certo de que percebera a diferenca.

SL
Sem imagem de perfil

De sergiom a 01.12.2013 às 00:18

"Todas as contas anteriores da SAD foram auditadas." - A exemplo todas as contas do BPN eram auditadas e foi o que se viu. Queres mesmo falar de auditorias? Ou acreditas no Pai Natal?
Imagem de perfil

De Desert Lion a 01.12.2013 às 06:52

Caro sergiom,

E mesmo isso que eu digo na minha resposta. As auditorias limitam-se a verificar se, formalmente, todos os procedimentos foram seguidos nos processos de tomada de decisao. Ja o Conselho Fiscal tem a obrigacao de exercer algum controlo sobre a justeza e justificacao das decisoes tomadas.

O sergiom tem dificuldades na leitura do portugues?

SL
Sem imagem de perfil

De sergiom a 01.12.2013 às 08:59

Eu não tenho na leitura mas você deve ter na escrita..."leitura do português" (entre muitos outros).
Imagem de perfil

De Desert Lion a 01.12.2013 às 12:17

Se acha que a expressao "leitura do Portugues" esta' incorrecta, entao nao estaremos perante um problema ligeiro de interpretacao de um texto: e' mesmo coisa para ter de repetir a 4a classe (se e' que ja' a completou anteriormente, claro).

Infelizmente, esse "elevado" nivel cultural parece ser caracteristico de quem vem aqui expressar certo tipo de opinioes...
Sem imagem de perfil

De sergiom a 01.12.2013 às 12:29

Vês como não sabe ler...coloque-lhe os acentos, não faz acentuação nenhuma, relê os textos todos e repare na ortografia e construção frásica.

Não vou discutir o meu grau académico consigo até porque felizmente, estou empregado, não vou ter de lhe enviar o meu currículo.

A primeira vez que respondi à questão nem sequer foi para sí mas a outro leitor e por isso o transcrevi (a ele) e pelos vistos até sei interpretar bem, pois sem ler o que o Desert escreveu acabei por chegar à mesma conclusão. Passo a transcreve-lo "E mesmo isso que eu digo na minha resposta."
Sem imagem de perfil

De sergiom a 01.12.2013 às 12:31

Outra coisa a 4ª classe, já não existe. A escola primeira deu lugar ao primeiro ciclo e hoje diz-se 4º ano.
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 30.11.2013 às 22:41

A Sporting SAD parece que já não vai receber mais receita relativa às quotizações, pelo que por aí, são menos 2,7 milhões de euros, ou menos ainda para contabilizar. Royalties também parece que também deixaram de ser recebidas...

Mas salvo erro, a SPM irá ser incorporada na Sporting SAD e quando isso acontecer, a renda desta para aquela pelo aluguer do estádio deixa de ter razão de existir, pelo que a despesa de 5 milhões de euros deixará de ter lugar. A receita de bilheteira poderá ser superior à do ano passado, mas inferior à de 2011/12.

Agora, no que diz ao total das receitas, quanto é que o Sporting irá receber, é um exercício complicado de fazer, mas se ficar à volta dos 28 milhões de euros (não muito longe do registado na última temporada) a 30 milhões de euros no máximo, parece-me bastante plausível. Já no que aos gastos com o pessoal, menos de 25 milhões de euros será muito improvável. O número médio de colaboradores baixou bastante, perto de 22 jogadores, 7 treinadores e 7 "indiferenciados" a menos...

Parece que os gastos com as quotizações serão superiores, assim como com os gastos relativos à "Prospeção de mercado", já os "Resultados financeiros" poderão registar perdas na ordem dos 4 milhões de euros, pouco menos de 3 milhões de euros em relação à temporada passada.

Em relação às Vendas de Jogadores e Mec. Solidariedade, a Sporting SAD continua a receber 333 mil euros do Zaragoza, o Norwich ainda deve 4,750 milhões de euros e o Sporting ainda espera receber 1,125 milhões de euros da AS Mónaco e um milhão de euros do Nice, fora 220 mil euros por parte do Vitória de Guimarães. Já o descoberto bancário aumentou em quase 15,5 milhões de euros...

No que diz respeito às famigeradas comissões e direitos de imagem, parece que não houve melhorias neste aspecto, pelo que continuamos com toda essa despesa por pagar... um ligeiro recuo apenas, nada mais. Até toda esta despesa ter sido toda paga, dificilmente o equilíbrio das contas será atingido, sem esquecer a dívida à banca...
Imagem de perfil

De Desert Lion a 01.12.2013 às 07:08

Caro Tywin Lannister,

Ha, efectivamente, muito trabalho a fazer. Com esse tipo de facturacao, mesmo depois da integracao da SPM, o deficit de exploracao anual andara nos 20 milhoes de euros. Mas a SAD nao tem so de contrariar este deficit de exploracao. Tem ainda de libertar meios financeiros para a liquidacao de passivo, conforme restruturacao financeira firmada com os Bancos. O espaco para reduzir custos ja esta muito limitado. Pouco mais pode ser feito a esse nivel. So o aumento das receitas nos libertara da perspectiva de um incumprimento dos planos financeiros acordados com os credores. So com muita imaginacao na geracao de novas receitas, boa gestao desportiva e alguma sorte nas competicoes o poderemos fazer nesta fase inicial.

SL

Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 05.12.2013 às 06:11

O único aumento de receitas sustentado no tempo que me ocorre, passa pela venda dos direitos televisivos para o Sudoeste Asiático e Extremo Oriente, mas antes disso acontecer, é preciso investir tempo em criar e manter uma presença regular por aquelas paragens e isso implica fazer digressões regulares de pré-temporada e fim de época. Da maneira como as coisas estão, dificilmente teremos casa cheia tendo em conta que os direitos televisivos nacionais obrigam a que joguemos sempre tarde e más horas e há muita gente que não tem possibilidade de vir de longe para ver jogar o seu Sporting, logo por aí, também não podemos emular facilmente o recente exemplo do Borussia Dortmund.
Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 01.12.2013 às 00:14

Como está tanto na moda(as maravilhas da Net) e sendo um leigo na matéria,estive a ver o R&C.Houve algumas coisas que não compreendi:

O passivo total da SAD cresceu de 233.435M(em 2012,período equivalente) para 268.362M.
Quando da reestruturação,li em documentos oficias do clube(e em entrevistas do nosso presidente) que a dívida do Grupo Sporting diminuiria de 364 M para 206 M(a bancária de 170M para 70M).

Como se compreendem os resultados atuais?
Além do mais ,decorre da leitura deste documento que continuamos em falência técnica.Não era para sairmos desta situação(um dos objetivos) que se tinha realizado a reestruturação?

Percebi de textos anteriores que o Desert Lion é um profissional desta área.
Seria possível esclarecer-me e certamente a outros sportinguistas?
Sem imagem de perfil

De Bruno Giménez a 01.12.2013 às 03:07

Percebeu mal, e percebeu pior ainda o conceito de reestruturação e a morosidade da mesma (quer estalar os dedos, ou estalo eu?). Fico-me por aqui, para não enveredar por termos que o próprio blog não permite, salvaguardando - e bem - a boa conduta da discussão.
Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 01.12.2013 às 03:33

Não sei em que parte da minha pergunta me referi a si.

Se vem aqui para intimidar as pessoas então tire o cavalinho da chuva.

A mim não me intimida com certeza.

Quanto aos termos ,guarde-os para si e para os seus amigos.
Pelo tom da sua resposta,não lhe respondo mais.

E agradecia que não comentasse mais nada do que eu escreva.
Imagem de perfil

De Desert Lion a 01.12.2013 às 07:23

Caro Leao 1906,

A restruturacao financeira ainda nao esta refletida neste relatorio. Existem questoes que demoram algum tempo a resolver, como a integracao da SPM na SAD ou a concretizacao de novas hipotecas e penhores. Apenas apos cumpridos todos os procedimentos legais, se procedera entao progressivamente a implementacao das solucoes negociadas na reestruturacao financeira.

Relativamente ao que refere, realmente o Passivo aumentou desde ha um ano a esta parte. Ha que lembrar que o ultimo exercicio fiscal, que terminou em Julho de 2013, se saldou num prejuizo de mais de 40 milhoes de euros. Ora esse deficit foi financiado por emprestimos contraidos, quer pela anterior gestao, quer pela actual.

SL
Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 01.12.2013 às 12:02

Caro Desert Lion,

Agradecido ,naturalmente,pela sua resposta.Como disse no princípio do meu comentário,sou totalmente leigo nesta matéria mas senti que necessitava deste esclarecimento e ainda bem que é possível tê-lo.

Também fiquei preocupado,pois estava convencido(convicção que retomei) que estamos no caminho da resolução dos nossos complicados problemas financeiros.embora reconhecendo as dificuldades que ainda nos aguardam.
E ainda bem,porque quero crer que somos todos sportinguistas e queremos o melhor para o nosso clube.

Voltando a um tema que me é muito mais próximo:vamos a Alvalade apoiar o nosso clube.O 1º lugar está ao virar da esquina.Podemos acabar esta jornada à frente.
Que a pressão não iniba os nossos jogadores,mas que os motive.
O 12º jogador não faltará,estou certo.

SL
Imagem de perfil

De Desert Lion a 01.12.2013 às 12:20

Infelizmente, nao poderei ir a Alvalade. Mas ca estarei ao longe, juntamente com outros Sportinguistas, a torcer para que hoje voltemos ao lugar que esta no nosso ADN - o Primeiro!

SL
Sem imagem de perfil

De paulo a 01.12.2013 às 11:57

Apenas duas ideias.

1º Não vejo ninguém a fazer uma festa. A situação como todos sabemos está longe de estar resolvida.

2º Não me incomoda absolutamente nada a questão da confidencialidade. Não sei se é de facto a primeira vez que tal acontece, mas se é, então é porque algo está mesmo a mudar.

3ºComo todos sabem as contas terão de ser públicas. É assim que tem de ser e é assim que será. Prefiro pensar que a confidencialidade, isto é manter estes relatórios trimestrais apenas nos orgãos sociais terá uma razão de ser relacionada com a gestão do negócio. Sempre ouvi dizer que o segredo é a alma do negócio ;)

4º Não existe uma diferença entre auditoria e auditoria de gestão?

Abraço

p
Imagem de perfil

De Desert Lion a 01.12.2013 às 12:37

Caro paulo,

1) Sem duvida.

2) A confidencialidade nao pode ser exigida aos orgaos fiscalizadores, salvo para situacoes de sigilo empresarial estrito. Por exemplo, se algumas accoes tomadas na SAD forem contrarias as promessas feitas no discurso eleitoral, ou nas AG's do Clube, os socios tem o direito de tomar conhecimento das mesmas - e so o CFD as podera tornar publicas -, uma vez que a Direccao nao foi mandatada para as tomar.

3) Os relatorios trimestrais tem de ser publicos. Ja o conteudo dos mesmos pode ser mais ou menos generico. O conteudo a que o CFD tera de ter acesso e a pormenorizacao das contas por entidade e por decisao tomada.

4) Claro que existe uma diferenca substancial. Mas tal nao releva para o caso presente.

SL
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.12.2013 às 14:50

Engraçado como alguns dos maiores responsáveis pelo lucro de que fala o post já não estão no Sporting e ainda ninguém falou deles.
Sem imagem de perfil

De Alvaro a 01.12.2013 às 16:54

Você cai em erro quando não tem um dado importante em consideração...

É que o Conselho Fiscal do clube não está por defeito obrigado a sigilo no que diz respeito às contas da SAD, ao contrário do Conselho Fiscal da SAD que está sempre obrigado a esse sigilo relativamente às contas da SAD!
É a diferença por um estar integrado numa empresa que tem que se reger pelas mesmas regras de qualquer uma cotada em bolsa, e outro ser do clube.

Dito isto, faz sentido que o Conselho Fiscal do Clube seja obrigado a sigilo relativamente às contas da SAD.
Até porque, ter o Conselho Fiscal do Clube a querer fiscalizar as contas da SAD é uma situação nova. Porque quem trata disso por defeito é o Conselho Fiscal da SAD, não é o do clube.

O que é realmente grave é que exista ainda no Sporting pessoas que vêm contar tudo isto para a comunicação social. Quando se tratam de assuntos internos, que devem ser tratados em Assembleia Geral, caso haja algum problema.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.12.2013 às 17:18

O "dado importante" escapa-lhe a si. De quem é a maioria da SAD e quem tem a responsabilidade de fiscalização sobre os interesses globais do Clube ?

O Clube, como accionista principal da SAD tem o direito e o dever de saber das contas da SAD , ou é diferente agora por ser Bruno de Carvalho a liderar.!!!
Sem imagem de perfil

De Alvaro a 02.12.2013 às 00:47

Ninguém diz o contrário, caro anónimo.

Mas nada disso coloca em causa o que eu disse. Tudo o que eu disse continua a ser verdade.

E até se poderia dizer que o Conselho Fiscal do Clube deveria fiscalizar toda a SAD incluindo o próprio Conselho Fiscal da SAD, até podíamos chegar a essa situação, mas mesmo assim o que eu disse continua a ser válido, porque a SAD é uma empresa cotada em bolsa e tem que existir sigilo... algo a que o Conselho Fiscal do Clube não estaria obrigado por defeito, e por isso é preciso ter esse cuidado.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.12.2013 às 01:27

Toda a informação participada à CMVM é informação pública.
Sem imagem de perfil

De Alvaro a 02.12.2013 às 02:34

Claro que é. E mais uma vez, ninguém disse o contrário.

Mas uma coisa é a informação que é participada à CMVM, e outra coisa é o acesso e fiscalização das contas. São duas coisas diferentes, que apesar de terem que prestar a mesma Verdade, são diferentes!

E posso dar um exemplo:
Se eu lhe der um relatório que sintetize todos os custos e receitas que tenho na minha casa, isso é diferente de lhe dar as facturas dos electrodomésticos/alimentos/etc que comprei e os comprovativos de pagamento da minha entidade patronal.
Ambos têm que representar a mesma verdade, mas são coisas diferentes.

Certamente que você percebe a diferença.
Sem imagem de perfil

De Alvaro a 02.12.2013 às 00:52

Esta recente publicação do Sporting, ajuda a perceber o que é realmente aquela notícia do DN, ora vejam: http://www.sporting.pt/Noticias/Clube/notclube_clube1voz_011213_120886.asp

A resposta está dada.
A partir daqui, quem quiser continuar a agarrar-se a notícias de jornal como aquela do DN, terá obviamente que fechar os olhos aos sinais que são dados pelo Sporting. Sinais esses que destroem por completo qualquer tentativa de desestabilização vinda da nossa comunicação social.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.12.2013 às 09:20

Por muito menos surgiu logo um comunicado depois do R&C referente ao último exercício.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo