Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Não faltam fãs a Gelson Dala (2)

Rui Gomes, em 15.10.17

 

20686878_zMJiz.jpg

 

Este é o segundo post em reacção ao impacte da primeira publicação ("Gelson Dala não dá para o Sporting") na nossa página de Facebook, em que viemos a descobrir que o jovem avançado do Sporting conta com uma grande 'legião' de fãs, creio que na sua vasta maioria compatriotas seus.

 

O post original já vai no terceiro dia e continua a merecer muita atenção. Nesta altura verificam-se mais de 10 mil leitores, além dos comentários.

 

Como já referimos, esperamos mesmo que Gelson Dala venha a realizar toda a promessa que representa e que merece a confiança de tantos adeptos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:18

Lazio surpreendeu a Juventus

Rui Gomes, em 15.10.17

 

 

A Lazio foi a Torino surpreender a Vecchia Signora, por 2-1, um resultado que poderá interessar ao Sporting. Não sei se houve poupanças com o jogo de quarta-feira em mente.

 

De qualquer modo, o ponto principal da publicação do resumo do jogo é um lance absolutamente incrível a cerca de um minuto no vídeo. Quase que faz lembrar o Bryan Ruiz contra o Benfica...

 

Houve um pouco de tudo neste jogo, até um penálti defendido e a intervenção decisiva do vídeo-árbitro em dois lances.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:10

 

naom_59e0a980a21e2.jpg

 

Muito tem sido dito e escrito sobre o golo de Rafael Leão, diante do Oleiros, na passada quinta-feira. Confesso que não me impressionou minimamente. O real feito teria sido falhar uma oferta de bandeja pelo perfeito cruzamento de Daniel Podence.

 

No entanto, não deixo de reconhecer que é um jovem ainda com 18 anos e que este foi um momento especial, apesar do adversário ser do Campeonato de Portugal.

 

Já aqui comentei em duas ou três ocasiões a atitude deste mesmo jovem em jogos dos juniores e até questionei a liderança técnica de Tiago Fernandes que a permite. Anda em campo a passear a camisola, não faz pressão nos defesas adversários, não persegue a bola, não recua para ajudar a sua própria equipa nos mecanismos defensivos. Basicamente, se a bola for ter com ele, tenta fazer algo, caso contrário limita-se ao papel de espectador.

 

Isto e algumas das suas declarações depois do jogo com o Oleiros... "Se continuar assim vou longe",etc., deixam a ideia que Rafael Leão quer chegar às alturas sem subir a escada degrau por degrau. Pior ainda, já se considera a um nível muito elevado, sem nada fazer salvo dar indicações do seu potencial na formação leonina. Que tanto o Sporting como o seu próprio pai tenham vindo a público enaltecer os seus escassos minutos de quinta-feira, em nada contribui para a sua evolução.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:25

"Em defesa de William Carvalho"

Rui Gomes, em 15.10.17

 

Um artigo de opinião de Sérgio Pereira, editor do Maisfutebol, que poderá não convidar a nossa concordância total mas que, nem por isso, deixa de ser interessante.

___ Em defesa de William Carvalho ___

 

"Já não me lembro de quem foi o médio defensivo inglês que um dia disse ter lido que de cada vez que cabeceava uma bola perdia um número dramático de neurónios. Por isso abstraía-se de cabecear as bolas longas e mandava os centrais no lugar dele. «Ser capitão também é delegar», justificou.

 

400.jpg

Lembrei-me desta frase a propósito de William Carvalho. O médio defensivo do Sporting não precisa de cabecear as bolas longas, nem de perder neurónios, para se impor em campo. Todo ele é classe e inteligência, como se viu, aliás, no jogo de terça-feira. Vale a pena olhar ao pormenor, já agora, para o que William fez na receção à Suíça. Pelo menos foi o que fez este que vos escreve com tanto carinho.

 

Pois bem, o médio defensivo realizou um total de 52 passes ao longo de todo o jogo. Sabe quantos foram errados? Um. É verdade, apenas um passe errado, ainda na primeira parte. Verdadeiramente impressionante, ou não?

 

Mas há mais.

 

Do total de 52 passes efetuados, apenas nove foram para trás. Vinte e quatro foram para a frente e dezoito foram lateralizados. Deste dezoito lateralizados, seis foram passes lateralizados longos para mudar o flanco do jogo: não foram passes de entregar a bola.

 

Refira-se já agora que dos vinte e quatro passes para a frente, cinco foram passes de rotura, a provocar desequilíbrios no primeiro terço defensivo da Suíça.

 

Se o leitor puder, já agora, no próximo jogo da Selecção Nacional faça um exercício curioso: não siga apenas a bola... siga a movimentação de William. A forma como se movimenta denuncia aliás todo o espírito da equipa. 

 

O médio recuperou dez bolas, mas mais do que isso foi curioso ver como na primeira parte, por exemplo, surgiu muitas vezes subido no terreno, a pressionar a Xhaka e a primeira linha de organização de jogo da Suíça. Com isso chamava a equipa a subir com ele e a pressionar mais adiantado. No segundo tempo, porém, sobretudo porque o autogolo de Djorou perto do intervalo mudou os dados, William subiu bem menos no terreno, tendo uma maior preocupação em segurar o meio campo e em apoiar os centrais. O que é natural. Talvez por isso tenha tido 37 intervenções em jogo na primeira parte e apenas 30 na segunda. Na primeira parte preocupou-se em oferecer linhas de passe seguras para circular a bola, no segundo tempo teve um cuidado muito mais posicional e defensivo.

 

williamsuica1.jpg

 

William é muito isto, no fundo: movimentação elementar, inteligência do posicionamento e uma capacidade rara de tornar o futebol uma coisa simples.

 

Mas este é um texto de elogio a William Carvalho?... Gostava que fosse, leitor, mas infelizmente não é. É também um texto de alerta.

 

É um texto de alerta porque é cada vez mais raro ver nos relvados portugueses a jogar. A saída de Adrien Silva, somada à chegada de Battaglia, levaram Jorge Jesus a fazer uma adaptação: o argentino foi tornado numa espécie de médio defensivo e William foi convidado a libertar-se para uma espécie de oito.

 

Um duplo erro. Em primeiro lugar porque Battaglia nunca será um trinco ao nível de William. Depois porque William nunca será um médio centro ao nível do que é como trinco. Desde logo porque não tem meia distância nem chegada à área adversária. Mas também porque não tem velocidade, não é um jogador intenso e tecnicamente não é forte.

 

Obrigar William a jogar mais adiantado no terreno é estragar o melhor médio defensivo português, é desbaratar talento, é debilitar um tratado de inteligência e posicionamento. Os números estão aí para o provar: e eles não enganam. Querer fazer de William um médio centro é o mesmo, no fundo, que obrigar um génio a cabecear bolas, e matar neurónios, quando tem ali ao lado um central para o fazer".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:24

 

DKQxB7XUIAAMqSq.jpg

 

Estando já apurada para a ronda de elite da UEFA Futsal Cup, a equipa de futsal do Sporting CP entrou neste sábado ao fim da tarde em acção frente ao Ekonomac, a equipa da casa nesta main round, na terceira e última jornada do grupo. Com o primeiro lugar em disputa - para o garantir, os leões tinham de não perder, enquanto os sérvios tinham de vencer -, a equipa verde e branca venceu (3-2) e conquistou assim o estatuto de cabeça de série no sorteio da próxima fase.

 

O Sporting esteve a perder pela primeira vez nesta 'main round', mas acabou por dar a volta ao marcador com golos de João Matos, Diogo e Cavinato. O guarda-redes Marcão esteve em grande destaque neste jogo, com boas intervenções e assistências, além de mandar uma bola à trave. Também viu os seus postes "sorrirem" em duas ocasiões.

 

O Ekonomac ainda marcou mesmo ao cair do pano, mas sem negar a vitória leonina.

 

O treinador Nuno Dias teve isto para dizer no final da partida:

 

"Foi uma partida agressiva, intensa e teve todos os igredientes de que gostamos num jogo, com uma equipa com jogadores com muita qualidade e que nos obrigaram a um desgaste enorme. Fomos felizes pela forma como fizemos alguns golos, mas também procurámos essa felicidade. Criámos algumas oportunidades e o jogo foi repartido como sabíamos que ia ser. Não me canso de repetir que, pela atitude que os jogadores estão a ter em campo, temos uma equipa muito forte, muito unida e com uma qualidade enorme. Estão de parabéns.

 

O estatuto de cabeças de série é justo e agora é esperar pelo sorteio. Se por acaso apanharmos o Kairat não será um bom sorteio para nós, mas certamente também não o será para eles. Esperemos que a UEFA nos atribua a organização. Se já somos fortes, em casa seríamos ainda mais".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:23

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 14.10.17

 

1928-Mercedes-Benz-S-Type-26180-Sports-Tourer-by-G

Um dos carros mais caros do Mundo

1928 Mercedes-Benz S-Type 26/180 Sports Tourer - Leilão 2017 - 6 milhões de dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00

Juniores vencem a União de Leiria

Rui Gomes, em 14.10.17

 

19976322_D6MBR.jpg

 

O Sporting recebeu e venceu este sábado a União de Leiria, por 2-0, em jogo da 7.ª jornada do Campeonato Nacional de Juniores, mantendo-se assim na liderança da Zona Sul.

Num jogo em que frente a frente estavam o 1.º e 2.º classificados da Zona Sul do Nacional de Juniores, só na 2.ª parte surgiram os golos. Tiago Rodrigues abriu ao marcador aos 70' e Diogo Brás, de penálti, fez o 2-0 aos 78'.

Com este resultado, o Sporting mantém-se no 1.º lugar da tabela classificativa, com 16 pontos somados, enquanto a U. Leiria caiu para o 3.º lugar, com 14 pontos. O 2.º lugar é agora ocupado pelo Benfica (com os mesmo 16 pontos do rival da Segunda Circular) que goleou o Estoril, por 5-0.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:57

 

5039ea9e1a03aa83d88e30722e85ea56.jpg

 

O Portugal-Suíça passou a ser o programa mais visto de televisão em Portugal, em 2017.

 

O jogo desta semana em que a Selecção Nacional garantiu o apuramento para o Mundial 2018 foi transmitido na RTP1 e teve audiência média de 2,5 milhões de pessoas, com 51,2% de share, de acordo com dados da GFK, empresa que mede o mercado de televisão em Portugal.

 

O momento de maior audiência aconteceu no final do jogo, quando mais de três milhões de pessoas (61 em cada 100 pessoas que viam televisão àquela hora!) partilhavam com a Selecção a alegria do apuramento.

 

A flash interview dos jogadores e seleccionador nacional também passou na RTP1 e foi vista por 1,5 milhões de espectadores, um número assinalável.

 

A RTP1 foi a estação de televisão mais vista do dia, com 21,4 por cento de share.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:36

 

mw-860.jpg

 

Dias de grande regozijo para Francisco J. Marques e FC Porto, após o Tribunal Cível do Porto rejeitar a providência cautelar interposta pelo Benfica, que queria impedir o emblema portista de divulgar e-mails do clube:

 

"O FC Porto sauda a decisão do tribunal. Ficou evidente com a decisão do juiz o interesse público das revelações que temos feito. É uma enorme derrota do Benfica, que teve todo o tempo para preparar a sua providência cautelar, enquanto o FC Porto teve apenas dez dias para responder. Não só respondemos de modo competente como também anulámos toda a argumentação do Benfica".

 

No entender do Tribunal Cível do Porto não ficou provado que a divulgação das e-mails significasse automaticamente "o instituto da concorrência desleal", no fundo o argumento de que o Benfica alegou no sentido de parar a divulgação de emails: "A concorrência desleal pressupõe sempre uma economia de mercado, isto é, a existência de concorrência entre empresas na luta pela captação e fidelização da clientela por forma a poderem expandir a sua atividade e ganhar e manter a quota de mercado, sendo certo que são empresas que disputam a mesma clientela. [...] Manifestamente, não é concebível uma transferência de adeptos ou sócios de um clube para o outro".

 

O Benfica também tinha argumentado de que podia estar suscetível a danos nos acordos de sponsorização mas para o Tribunal Cível do Porto não existe "alegado qualquer facto que indicie, ou de onde se possa retirar a possibilidade, o potencial dano de qualquer dos patrocinadores fazer cessar o seu patrocínio".

 

Diz ainda o director de comunicação portista:

 

"Não vai mudar nada. O FC Porto continuará, sempre que achar importante, relevante e de interesse público, a desmascarar todas estas práticas. E todos já perceberam que não estamos a falar de uma investigação que se baseia num livro escrito pela Leonor Pinhão e assinado pela Carolina Salgado. Estamos a falar de assuntos muitos sérios, que do nosso ponto de vista colocam em causa o normal desenrolar das competições. A esse nível não vai mudar nada. Estamos tranquilos e estamos certos de que a razão acabará por prevalecer".

 

Por muita razão que o FC Porto possa ter neste caso em concreto, não passa despercebida a ironia do seu discurso, para quem não tem memória fraca: "Estamos a falar de assuntos muitos sérios, que do nosso ponto de vista colocam em causa o normal desenrolar das competições".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:17

Cartoon do dia

Rui Gomes, em 14.10.17

 

image.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:16

Leoas são elas

Rui Gomes, em 14.10.17

 

569882_png.jpg

Leonor Poeiras

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:30

Não faltam fãs a Gelson Dala

Rui Gomes, em 14.10.17

 

maxresdefault.jpg

 

Pela publicação do post "Gelson Dala não dá para o Sporting", viemos a descobrir uma questão interessante sobre o jovem avançado do Sporting: apesar de ainda estar no início da sua carreira, já tem uma "legião" de fãs. A nossa página de Facebook registou cerca de 8 mil leitores exclusivamente para este post, a maioria dos quais, atreve-mo a sugerir, compatriotas seus.

 

Para ele e para o Sporting, esperamos que a promessa venha a concretizar-se, justificando, também, a confiança e o apoio que lhe são conferidos pelos adeptos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:29

Solução interna

Rui Gomes, em 14.10.17

 

Boas indicações dos jogadores lançados por Jirge Jesus em Oleiros dão que pensar.

 

20199859_bZzDY.jpg

Mais importantes do que os quatro golos da vitória natural sobre o Oleiros, através dos quais o Sporting garantiu a passagem à quarta eliminatória da Taça de Portugal, foram as boas indicações deixadas a Jorge Jesus por uma mão-cheia de jogadores à procura de espaço em Alvalade.

 

João Palhinha terá exagerado um bocadinho quando disse que a equipa enfrentou o jogo como se o adversário fosse "o Barcelona, o FC Porto ou a Juventus", mas é verdade que tanto ele como Gelson Dala, Matheus Oliveira, Daniel Podence ou Iuri Medeiros ultrapassaram as dificuldades colocadas mais pelo diminuto sintético que propriamente pelo Oleiros para demonstrar que, com alguma paciência, a solução para alguns dos problemas que o treinador tem identificado no plantel pode ser encontrada dentro de casa. Talvez seja só uma questão de deixar de procurá-la fora.

 

Jorge Maia, jornal O Jogo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:28

 

futsal_cup_header_02.jpg

 

O Sporting oficializou esta sexta-feira a candidatura do Pavilhão João Rocha para receber um dos grupos da Ronda de Elite da UEFA Futsal Cup. Os leões estão na Sérvia, onde asseguraram o acesso à etapa que antecede a decisiva final-four da mais importante prova de clubes, com o último jogo desta fase a ser disputado este sábado.

 

Instado a comentar as actuais circunstâncias da prova, Miguel Albuquerque, director do futsal leonino, teve isto para dizer:

 

"Desportivamente é muito importante e irá facilitar muito o acesso às finais, no entanto, o Sporting não poderá receber a final-four, caso se qualifique, porque o único pavilhão em Portugal - Meo Arena - com a lotação mínima exigida pela UEFA, estará ocupado com o Festival da Eurovisão".

 

Uefa-Futsal-Cup.jpg

 

Recorde-se que o Sporting já assumiu a organização da final-four em 2015, precisamente na Meo Arena, tendo sido vendidos 10,500 ingressos para o evento. Pela construção do Pavilhão João Rocha, já se sabia que a "casa" leonina nunca poderia receber esta prova pela exigência da UEFA de um recinto com capacidade mínima para 5 mil espectadores.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:26

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 13.10.17

 

poster.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

1938 Peugeot 402 Darl’Mat Special Sport Roadster

Leilão 2017 - 9 milhões de dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00

Vem aí outro grande jogo !

Rui Gomes, em 13.10.17

 

22448272_10154780314166555_862337113825396012_n.jp

 

Neste momento, o Grupo D da Liga dos Campeões é liderado pelo Barcelona, com duas vitória em dois jogos realizados. Segue o Sporting, com três pontos, com o registo de uma vitória e uma derrota, num empate pontual com a Juventus, embora com vantagem na diferença de golos. O último lugar é ocupado pelo Olympiacos, que ainda não pontuou.

 

Não será exagero algum adiantar que o Sporting precisa de pontuar na casa da "Viecchia Signora" se alimenta ambições de chegar pelo menos ao segundo lugar no Grupo. Isto, partindo do princípio que o Barça não irá abdicar da posição de topo. Missão esta que apresenta um grau elevado de dificuldade, sem ser impossível.

 

Na próxima quarta-feira veremos se os "pupilos" de Jorge Jesus estão à altura do desafio.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:52

Frase do Dia

Rui Gomes, em 13.10.17

 

mw-860.jpg

 

"O relvado sintético tornou tudo mais difícil e, além disso, os jogadores com históricos de lesões correram o risco de as agravar. Este campo tem menos sete metros de largura e cinco de comprimento. Há pessoas que falam e que não sabem o que é jogar num sintético... A indústria do sintético não vão gostar disto, mas relva é relva, plástico é plástico. Mas qual relva? Isto é plástico, não é relva”.

 

                                                                                                                     Jorge Jesus

 

(Nota: Jorge Jesus errou com as medidas. O rectângulo de jogo do Estádio José Alvalade tem 105 metros de comprimento e 68 de largura. O do Estádio Municipal de Oleiros tem 100 metros de comprimento (-5) e 64 de largura (-4).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:16

Cartoon do Dia

Rui Gomes, em 13.10.17

 

image.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:14

Sporting cumpriu obrigação mínima

Rui Gomes, em 13.10.17

 

DLKoto-XcAAZkIE.jpg

 

Um jogo que não exige muito comentário, com o Sporting a cumprir a sua obrigação mínima em assegurar a vitória sobre os amadores do Oleiros, mas sem deixar de sofrer dois golos, motivo de grande regozijo para a equipa que milita no Campeonato de Portugal.

 

O Sporting alinhou de início com Salin, Ristovski, André Pinto, Petrovic, Jonathan Silva, Palhinha, Mattheus Oliveira, Bruno César, Iuri Medeiros, Daniel Podence e Gelson Dala.

 

Suplentes: Stojkovic, Kiki, Demiral, Ary Papel, Jovane, Rafael Leão e Ponde.

 

Nenhum jogador leonino em grande destaque, salvo porventura João Palhinha que exibiu a sua veia goleadora com dois tentos e, ainda, Daniel Podence, com boas assistências.

 

Uma palavra de apreço para equipa do Oleiros, um conjunto de jogadores que terão saído um pouco mais cedo dos seus empregos para participar no jogo, e para a Direcção do clube que fez tudo ao seu alcance para receber o Sporting condignamente, com o apoio da Câmara Municipal local e mais de 2000 espectadores no Estádio.

 

Jorge Jesus tem quase sempre o "condão" de me irritar e hoje não foi excepção. Com tanta gente no banco, não tinha ninguém para substituir Bruno César ao intervalo ?

 

image (2).jpg

 

Natan Costa, treinador do Oleiros, teve isto para dizer sobre o jogo:

 

"Como já tinha dito, o resultado não era o mais importante, era esta festa que se fez no interior do estádio. Foi muito bonita, com desportivismo, elevação. São forças muito diferentes. Jogámos com muita alma e deixámos as pessoas orgulhosas. A nossa ideia era a de atrasar o primeiro golo do Sporting, Depois com o segundo [golo], colocámos jogadores com outra profundidade. A nossa equipa entrou de forma diferente na segunda parte. Sofremos o 3-0 num lance de bola controlada e depois fizemos o 3-1. Galvanizámos o público, o Sporting acelerou um bocadinho e fizeram o 4-1. A equipa foi um bocadinho abaixo e tivemos esta bola no fim. Foi um prémio engraçado. Jogámos com alma e coração.

 

É um dia histórico. Vai ficar na memória das pessoas durante muito tempo. É uma zona massacrada pelo êxodo das populações mais jovens, onde há uma falta de estímulo. Ainda na autárquicas, entre as últimas e as penúltimas autárquicas, o concelho e os concelhos aqui à volta perderam 10% dos eleitores. O interior é muito bonito".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:41

 

22366684_10154780590066555_6970134257028246768_n.j

 

 Um jornalista escreveu isto sobre a performance de Gelson Dala no jogo com o Oleiros:

 

"Resposta simpática para Gelson: é jeitoso. Resposta fria: não dá para o Sporting. Ou seja, o rapaz tem ginga e toque de bola, sim senhor, só que não marcou num jogo em que era suposto marcar e foi muitas vezes inconsequente nos dribles e nas fintas. Depois de um desses momentos disparatados, J.J. substituiu-o e ele lá foi para o banco de suplentes pensar na vida que leva - e, pior do que isso, o rapaz que entrou para o lugar dele, fez um golinho e tem um apelido que dá jeito em alguns casos, especificamente em casos assim: o nome dele é Leão".

 

Justa ou injusta esta apreciação ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:40

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds