Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A "novela" dos Conselhos federativos

Rui Gomes, em 28.02.16

 

ng6051295.jpg

 

O Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) decidiu anular parcialmente o acórdão do Conselho de Disciplina (CD) e obrigar aquele órgão à reapreciação da queixa apresentada pelo Sporting contra jogadores do Benfica por comportamento antidesportivo.

 

O acórdão divulgado hoje no sítio oficial da FPF na internet acolhe em parte o recurso do Sporting e considera nula a decisão do órgão disciplinar da FPF de arquivar a queixa do Sporting, com base em "insuficiência para a decisão da matéria de facto provada".

 

O órgão máximo na esfera da justiça federativa pretende que o CD reaprecie quatro situações -- das nove apresentadas pelo Sporting - ocorridas no jogo disputado a 21 de Novembro, da quarta eliminatória da Taça de Portugal, que os 'leões' venceram por 2-1, após prolongamento.

 

Em causa estão um pontapé na bola de Eliseu contra João Pereira e outro lance entre o defesa lateral benfiquista e João Mário, uma alegada tentativa de Jardel a Adrien e um empurrão do central 'encarnado' a Raul José, adjunto do treinador do Sporting, Jorge Jesus.

 

O CD, que decidiu arquivar a queixa do clube de Alvalade depois de ouvir o árbitro do jogo, Jorge Sousa, poderá agora utilizar as imagens televisivas como meio de prova, antes de se decidir por novo arquivamento ou pela abertura de um processo disciplinar.

 

Para o CJ, o órgão disciplinar entendeu "erroneamente" que Jorge Sousa foi inequívoco ao pronunciar-se pela "inexistência de infracções imputadas aos jogadores do Benfica" e que "incorreu no vício de não averiguar, como devia, da sua eventual verificação".

 

As acusações do Sporting surgiram em resposta à queixa do Benfica contra o Slimani, por alegada agressão a Samaris, no mesmo jogo, que levou o CD a instaurar um inquérito ao avançado leonino.

 

Enquanto o processo sobre Slimani está em fase avançada de resolução, a conclusão de um eventual processo disciplinar a Eliseu e Jardel dificilmente acontecerá antes do «derby» lisboeta entre os dois clubes, da 25.ª jornada da I Liga, marcado para 05 de Março.

 

Resta agora esperar pelo próximo capítulo desta "novela" que, invitavelmente, promete muito mais drama. O que seria o futebol português se não fosse assim ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:49

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Imagem de perfil

De Profeta a 28.02.2016 às 10:24

Houvesse bom-senso, e ninguém era castigado meses depois devido a imagens de TV que o árbitro não viu no momento. Era o melhor.
Sem imagem de perfil

De L. Sepúlveda a 28.02.2016 às 22:03

fossem as actuações dos CA, CD e CJ nesta 'andradelândia' que ainda domina no geral o futeluso, uma pequena imagem duma Premiere League ou de uma Bundesliga e há muito estariam julgados, decididos e cumpridos os vários e pesados castigos, por todos os prevaricadores.

mais ou menos violentos.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo