Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

img_infografias$2017_10_21_09_27_33_1325805.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:10

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


6 comentários

Perfil Facebook

De Mike Portugal a 22.10.2017 às 08:32

Eu prefiro sempre quando os golos são mais distribuídos pela equipa do que todos concentrados num jogador, pois isso mostra dependência. Mas neste caso especifico, a equipa também não tem servido Bas Dost em condições na maioria das vezes.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 22.10.2017 às 09:53

Parece-me óbvio que há um problema ofensivo com a equipa. 16 golos em 8 jogos, apenas 5 em casa, salvo erro, é muito pouco.

E este problema não se centra em Bas Dost, uma vez que é verdade que ele raramente é servido em condições.
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 22.10.2017 às 10:46

16 golos em 8 jogos até é uma boa marca, pois dá 2 golos por jogo. O problema é que em casa a equipa joga como fora de casa, ou seja, à espera que o adversário cometa erros e abra espaços. Só que os adversários que jogam em Alvalade fecham-se bem.

Nos jogos em casa devíamos estar a jogar com um meio-campo a 3, dispensando os serviços de Battaglia e juntando a William mais o Acuna, o Gelson e o B.Fernandes de forma a criar uma maior dinâmica ofensiva.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 22.10.2017 às 13:25

Dois golos por jogo no campeonato português para um grande é uma média muito baixa. Daí que o FC Porto tenha 25 golos marcados em 9 jogos, que dá quase 3 golos por jogo.
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 22.10.2017 às 14:58

Estive a consultar os campeões desde 2010 e, à exceção do SLB em 2 épocas com uma média de 2,5 , todos têm em média 2,1 golos por jogo.
Imagem de perfil

De PSousa a 22.10.2017 às 12:02

A vida de um PL é feita de golos, mas quem os serve tem de o fazer bem feito e com maior regularidade.
Por exemplo, está na memória de todos o 2º golo da Juventus... meio golo é do cruzamento fabuloso do Douglas Costa, um quarto do avançado e o resto do "tosco" do nosso defesa esquerdo...
Tem de existir em Alvalade a "escola dos centros", a "escola dos cantos" etc...
Eu não consigo perceber cantos mal executados que nem à área chegam ou que passam a mesma de um lado ao outro. Se for um centro ainda dou a desculpa da bola em andamento, mas mesmo assim...para quem faz isto todos os dias, para quem ganha balúrdios, é inconcebível o que se falha nestes apartados.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo