Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A solidão do poder

Naçao Valente, em 03.01.17

 

Solitude.jpg

 

O presidente do Sporting faz-me lembrar o Coronel Buendía, uma personagem de um livro de Gabriel Garcia Márquez, Cem Anos de Solidão. O autor diz da personagem “promoveu trinta e duas revoluções armadas e perdeu todas”.

 

Bruno de Carvalho, da sua natureza, trouxe para o Sporting, não a paz mas guerra. Não sei quantas batalhas iniciou, mas tem muitas perdidas e outras em vias de as perder. De tal modo que ofuscaram uma ou outra vitória que tenha conseguido. Salientem-se as guerras inúteis e desnecessários com o passado, as lutas absurdas com os fundos, os conflitos com sócios ou adeptos, as demandas esotéricas com adversários, a cruzada das cores, do verde contra o encarnado, a errada estratégia desportiva. Casos e mais casos, derrotas e mais derrotas. Não admira que agora apareça cansado e peça a ajuda de tudo o que vier à rede no mundo sportinguista.


O presidente e agora candidato, assumiu publicamente, numa entrevista a um jornal, uma outra personagem da literatura: D. Quixote de La Mancha. Disse ele que estava cansado de representar o papel da personagem de Cervantes, e de tanto lutar sozinho, contra os moinhos da sua imaginação. E vem pedir, ou quase exigir, a ajuda de outros sportinguistas pois está farto da tarefa quixotesca. Logo se levantou uma horda de guerreiros em seu auxílio. Pelo que consta, mais de cem e de todos os quadrantes. Nem os ditos croquetes, tão amaldiçoados deixaram de responder à chamada. E até um putativo candidato de espinha extra flexível deu um passo em frente.

 
Há, no entanto, uma personagem real que se adequa à sua atitude: chama-se Oliveira Salazar. Não que exerça o poder autocrático, porque os tempos mudaram, mas porque lhe copia alguns tiques de superioridade e alguma hipocrisia. O antigo Presidente do Conselho, numa das comemorações do 28 de Maio, disse que era hora de se retirar, mas que olhando à sua volta não encontrava alguém para continuar a sua obra . Aplausos. Bruno de Carvalho numa encenação mais subtil fez o mesmo número. O cargo que ocupa é muito desgastante, no entanto sacrifica-se pela causa. Fazer o quê, quando olha à sua volta e só vê mediocridade.


Salazar só saiu depois de cair da cadeira. Ainda o mantiveram semivivo durante algum tempo como o chefe virtual, tal como o grande agrário Diogo Relvas, do romance Barranco de Cegos de Alves Redol, que sentado numa torre, embalsamado, mantinha o respeito dos servos, cegos conduzidos por um cego. Vieram outros governantes e o país sobreviveu e está melhor, o que significa que não há insubstituíveis.


Bruno de Carvalho apresenta-se agora, como o bom da fita. Que candura! Faz-me lembrar o filme de Sérgio Leone, o Bom, o Mau e o Vilão. Sendo ele o bom, qualquer adversário tem de fazer outro papel. Madeira Rodrigues já está etiquetado. Além de ser mau, é fraco e já está derrotado. Dizem os seus homens de mão. Não parece ser essa a posição do herói. A arregimentação de tropas no exército “inimigo” indicia que está com medo? Estaremos perante um herói medroso? Que ironia! Ou teremos um general perdido no seu labirinto da solidão do poder? E se aparecer também um vilão? Ou apesar de ter o melhor armamento, a brigada ligeira e a artilharia pesada, sabe que numa guerra não há vencedores antecipados e só perde quem desiste de lutar? Entre muitos exemplos lembro-me de Aljubarrota.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:15

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


44 comentários

Sem imagem de perfil

De jpinto a 03.01.2017 às 16:29

Agradeço-lhe o facto de ao menos comparar BC a um ditador português e menos sanguinário que outros que são normalmente aqui referidos.

Deve ser defeito meu mas a mim interessa-se a saude financeira e desportiva do nosso clube e não comparações literárias descabidas.

Enquanto BC fizer tudo ao seu alcanse para que a bola entre mais nas redes dos adversaros que na nossa - terá o meio apoio no estádio e fora dele

Se quiser saber de historias sobre herois, vilões e trapalhões. leio um livro ou vejo um filme

PS: Ainda não vi - fora daqui uma unica pessoa a elogiar a candidatura de PM - estamos assim tão bem financeiramente para BC ter comprado 99% da opinião dos socios ?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.01.2017 às 16:44

Comentário muito deselegante para quem se deu ao enorme trabalho de escrever tão extenso e interessante texto, indiferente se se concorda ou não com a tese do autor.

Já cheguei à conclusão que o JPinto é pior do que os chamados "soldadinhos da falange". Pelo menos eles declaram-se abertamente, enquanto que o caro navega por águas de hipocrisia.
Sem imagem de perfil

De jpinto a 03.01.2017 às 19:32

Caro Rui Gomes

O meu amor ao Sporting é grande e a minha paciência também mas pelo menos esta tem limite

Sou uma pessoa com muito fair-play e procuro sempre ver o lado bom das pessoas e de tudo o que me rodeia e por isso me tenho mantido atento e participativo neste espaço.

Mas como disse há limites e o caríssimo ultrapassou-os várias vezes nos últimos dias.

O seu colega faz um texto filosofico e eu respondo-lhe que gosto de coisas mais praticas como trabalho e resultados - se o caro acho que isso é ser hipocritica temos pontos de vista bastantes distantes acerca desse conceito

Já agora qual a sua opinião sobre o meu comentário acerca do suposto novo director desportivo ? ou acha que ser hipocrita é elogiar umas coisas e criticar outras ?

Já comento aqui há muito tempo há que deixar o lugar a outros que vão aparecendo que mesmo sendo de outras cores clubisticas têm mais pontos em comum com este blog

Saudações Leoninas
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.01.2017 às 20:27

Sempre o mesmo disco quando são confrontados. Gostam de atirar as "pedras" mas não apreciam serem alvos. Compreende-se !?!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 03.01.2017 às 16:48

Comparei Bruno de Carvalho a Salazar apenas nos "tiques de superioridade". E se o ditador era sanguinário ou não é outra discussão. Agora não há dúvida que era inteligente, senão não se tinha mantido no poder 40 anos. Já Bruno vamos ver. Sobre as outras questões que levanta respeito-as mas não as subscrevo.
Obrigado pelo comentário. Desejo-lhe um bom ano.
Sem imagem de perfil

De Implacável a 03.01.2017 às 19:11

Salazar era inteligente ou o povo português cobarde e burro...
É isso que tantas vezes é insinuado e, nesse particular, também é isso que por aqui subtilmente se apelida a quem votou ou votará em BdC.

Começo a temer que no próximo dia 5 de Março comecem a surgir muitos textos a dirigir camuflados impropérios a quem votou BdC.
É por conta deste tipo de fenómenos que cada vez mais os partidos autodenominados de "arco da governação" são surpreendidos por votações em partidos que os primeiros chamam de extremistas. E isso acontece um pouco por todo o mundo. Esse pensamento de que quem vota "neste ou naquele" é burro e não sabe o que faz tem redundado em amargas derrotas para quem se arroga ao direito de se auto atribuir um estatuto de superioridade (afinal há mais gente com tiques de salazarismo)

Nunca nos devemos esquecer que o voto é secreto, acontece na privacidade e, acima de tudo, que o povo é soberano!
Sabe o que quer e, sobretudo, o que não quer...

Honestamente, em jeito de desabafo vos digo que tenho suspirado por uma alternativa a BdC porque, essencialmente, ele foi estupidamente incompetente ao lembrar-se - quanto mais ao concretizar esse pensamento tresloucado - de contratar JJ. Mas confesso que ao assistir a um ataque maciço a que ele tem sido sujeito neste blogue, estou inclinado em votar em nele.

Sei que me coloco a jeito de ser rotulado de "soldadinho de falange", "minion" ou "emissário pago" mas quem costuma usar esses vocábulos sabe perfeitamente que o não sou.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.01.2017 às 19:18

Quem ocasionalmente recorre aos termos "soldadinho da falange" e "minion" sou eu e, para ser sincero, a sua ambiguidade é de tal ordem que não posso de modo algum dizer o que é. Contudo, o menos importante é estar a classificar pessoas. Só aconteceu provocado pela iniciativa daqueles que há muito fazem todo o tipo de oposição a quem não está com o Bruno.
Sem imagem de perfil

De Implacável a 03.01.2017 às 20:21

Compreendo essa sua necessidade, Caro Rui.
Ainda bem que não insinua que me pagam para dizer sei lá o quê.
Se reparar atentamente, eu sou objectivamente simples.
Só vejo SCP!
Revejo-me nos posts que reprovam atitudes de BdC que merecem ser denunciadas e repudiadas. Não alinho na crítica só porque sim.
Da mesma forma, concordo com alguns elogios que os crentes na doutrina "brunista" tecem ao actual presidente do SCP quando ele o merece. Mas não vejo só virtudes no seu mandato.
Acima de tudo, percebo que o SCP precisa de um presidente agressivo. Não sei é se BdC é esse presidente.
Basicamente quero ver a comandar os destinos do meu clube pessoas que o coloquem na rota das conquistas e que façam com que as pessoas pensem duas vezes e dobre a lingua um milhar delas antes de ousarem falar mal do Colossal Sporting Clube de Portugal.
É simples!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 03.01.2017 às 22:02

Caro Implacável,

Os ditadores aparecem em situações de instabilidade social. Salazar aproveitou o descalabro da primeira República que se tinha metido numa guerra e aproveitou a onda de descontentamento. Foi inteligente e manhoso. Soube construir o seu poder absoluto. O povo não foi cobarde nem burro, mas havia muita ignorância como continua a haver.
Bruno de Carvalho aproveitou o descalabro, principalmente o desportivo, de Godinho Lopes para cavalgar a onda. Teve condições para unir e desuniu. Mostrou soberba. Estragou o que começou a fazer bem. Agora faz papel de vítima.
Eu assumo-me como oposição e exerço o meu papel crítico. Não apoio Bruno de Carvalho. Ponto. Se houver um candidato que me mereça confiança apoiarei. Não decido com base em revanchismo.

Um bom ano
Sem imagem de perfil

De Angelo Pereira a 03.01.2017 às 17:42

Nas eleições é que se vai ver onde está a solidão e quem é que anda a fazer a desunião.
Amigo Nação Valente não se esqueça deste post que depois falamos pois é possível que haja alguém com 32 anos de solidão.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 03.01.2017 às 18:04

Caro Ângelo Pereira,
Nas eleições ganha quem tiver mais votos. Vamos ver quem serão os candidatos. Também se sabe que o voto nem sempre é o mais esclarecido e é condicionado por muita demagogia. Assim se explica a eleição de ditadores. Falaremos com muito gosto.

Desejo-lhe um bom ano
Sem imagem de perfil

De Angelo Pereira a 03.01.2017 às 18:55

Exatamente ganha quem tiver mais votos é a democracia, a demagogia é feita por todos. Agora temos que acreditar na nossa fé e eu tenho a minha. Os resultados serão analisados na hora própria e não vai ser a demagogia a deitar abaixo este ou aquele que vão alterar a convicção dos sportinguistas, espero que os que perderem o saibam
fazer e só em casos que sejam graves para a colectividade venham a terreiro falar deles e não da pasta de dentes que o Beltrano ou Cicrano usam.Eu que sou o sócio
6903 estou preparado para apoiar a direção que for eleita nas eleições e incapaz de deitar abaixo quem for eleito, só se andarem para aí a fazer assaltos.
Sem imagem de perfil

De Profeta a 03.01.2017 às 19:10

"só se andarem para aí a fazer assaltos"

Para mim até é isso que está em causa.
Sem imagem de perfil

De Angelo Pereira a 03.01.2017 às 19:19

O amigo Profeta está a ser um demagogo. Se tiver provas de alguma coisa fale para nós sabermos senão é melhor estar calado porque atirar bitaites sem mostrar as provas é fácil, mas perde toda a sua credibilidade.
Sem imagem de perfil

De Profeta a 03.01.2017 às 20:00

Não estou a afirmar nada, mas existem indícios disso. Que o Azevedo está a construir vida à pala do clube é inegável.

Que deixem o outro pagar a auditoria, e tiremos as dúvidas. Até lá, há legitimidade para pensar de tudo.
Sem imagem de perfil

De Angelo Pereira a 03.01.2017 às 20:48

Tudo isso está no texto de Nação Valente « Demagogia».
Sem imagem de perfil

De Jorge Mendes Silva a 03.01.2017 às 18:06

"podem falar mal de mim mas não fale mal da viola"

JMS
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 03.01.2017 às 18:22

Desejo-lhe um bom ano.
Sem imagem de perfil

De Profeta a 03.01.2017 às 18:14

O Azevedo entrou no Sporting com uma mão à frente e outra atrás. Aproveitou-se da situação de então para "assaltar" o poder para ter um emprego, promover-se, e quiçá, poder meter as mãos nas comissões (para quando a auditoria?). Veja-se a Polibuild, que deve para cima de 100.000€, tem a carrinha bloqueada na garagem de Alvalade, etc etc.

As guerras são resultado do pecado original, que passou por prometer fundos, auditorias, etc etc. A partir dai as guerras são para ovelhinha ver. São para agregar as tropas.

Em principio ele será reeleito, porque muitos ainda lhe vão dar o beneficio da dúvida, devido à situação em que nos encontrávamos em 2013. Mas na verdade este consegue ser o pior mandato da história do Sporting, e vai deixar marcas no futuro.

As fugas para a frente continuarão e a guerrilhas continuarão. O Jesus ganha 8 milhões, nunca o Sporting gastou tanto em ordenados, o Benfica continuará a ser campeão, a formação continua a ser um entreposto de comissões e não há projecto aparente, etc etc.

Quando isto rebentar, será de vez! A ser reeleito, para mim ele não passa do segundo ano, e serão os que menos lutaram contra ele que perceberão o quanto enganados foram dando-lhe o respectivo chuto no rabinho. E por um lado (embora mau para o Sporting) vai ser engraçado de se ver!... Lol


Imagem de perfil

De Naçao Valente a 03.01.2017 às 18:21

Caro Profeta,
Profetiza com algum sentido, mas como diz o ditado o futuro a Deus pertence. A ver vamos.
Desejo-lhe um bom ano.
Sem imagem de perfil

De Profeta a 03.01.2017 às 18:33

Ahahaha

Vamos lá ver se a minha previsão se concretiza.

Um bom ano para si também.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 03.01.2017 às 18:46

"Consegue ser o pior mandato da história"...

Porquê?

Porque o Profeta assim o diz.

E assim vamos rindo e cantando, adjectivando porque sim, tomando como verdade tudo o que significar arma de arremesso ao presidente, mesmo em questões de natureza pessoal.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 03.01.2017 às 19:13

Sim, eu sei. A inimputabilidade virtual dá muito jeito.
Sem imagem de perfil

De sangueverde a 03.01.2017 às 20:46

Pois eu não sei se foi o "pior mandato da História", nem me interessa se quer saber. Sei é que foi um mau mandato e foi um mau presidente e isso basta-me, o SPORTING merece e precisa de muito melhor.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 03.01.2017 às 20:48

E foi um mau mandato porquê?
Sem imagem de perfil

De sangueverde a 04.01.2017 às 10:36

Foi um mau mandato, em minha opinião, porque apesar de todos os processos em tribunal, todos os inimigos criados, todos os tiros que deu em tudo o que mexe à sua volta, muitas vezes quase roçando a violência, muitas vezes ultrapassando todos os preceitos de boa educação, apesar de tudo isso e tendo o apoio de nós massa adepta que nenhuma outra direção teve nos últimos largos anos e isso viu-se no estádio sempre cheio, apesar de tudo isso a situação do SPORTING pouco ou nada mudou, continuamos a ganhar muito pouco, continuamos a ser prejudicados impunemente pelas arbitragens.... aliás se formos comparar com o ultimo mandato completo, que foi o de Soares Franco, acho que comparar com o de GL, ou FB, que não cumpriram os seus mandatos não seria sequer justo, portanto comparando com SF, este mandato fica inclusive a perder, comparação essa que já foi feita aqui no blog, não tenho a certeza mas julgo que por Rui Gomes, ganhamos menos no futebol, ganhamos menos nas modalidades e no que se refere ao ranking da UEFA, nesse ponto batemos agora mesmo no fundo, nem nos tempos de Godinho estivemos tão mal classificados ( lugar 52) e tudo isto pagando altos ordenados a jogadores e um ordenado pornográfico ao treinador.
Sem imagem de perfil

De Carlinha MR a 03.01.2017 às 18:42

Caro Nação Valente,

Gostei das analogias...! .)))

Bruno de Carvalho apresenta-se agora, como o bom da fita. Que candura!

Pois é, um fofo!

Um excelente 2017 e um abraço muito grato pelo seu trabalho no Camarote!

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 03.01.2017 às 18:50

Olá Carlinha,

Bem visto: um fofinho.

Agradeço e retribuo votos de um bom ano.

Um abraço
Sem imagem de perfil

De João Almeida a 03.01.2017 às 19:10

Gabriel Garcia MÁRQUEZ!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 03.01.2017 às 19:29

Obrigado por ter reparado na "gralha". Aqui não temos revisão.

Um bom ano
Sem imagem de perfil

De sangueverde a 03.01.2017 às 20:51

O velho Gabo, para os amigos!!!!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 03.01.2017 às 21:36

Desejo-lhe um bom ano.
Sem imagem de perfil

De José Santos a 03.01.2017 às 19:35

Boa tarde Nação Valente,

Como deve imaginar, estou perfeitamente de acordo com o que escreve nesta sua publicação. Os meus sinceros parabéns. Um texto extraordinário.

Um abraço
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 03.01.2017 às 21:25

Caro José Santos,
Obrigado. Desejo-lhe um bom ano.
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 03.01.2017 às 20:36

É a crítica a BdC, a lista de honra do mesmo, ao número de entrevistas, à data das eleições (acto ordinário que se sabia há 4anos que era em Março/2017), falam no passado quando o que msis interessa é o futuro...e andamos nisto.
BdC ainda não apresentou o que projecta para os próximos 4 anos, mas não precisa de apresentações, os sportinguistas sabem o que fez de bom ou mau e o que ficou por fazer, conseguindo avaliar o trabalho do mesmo.
De PMR não se sabe nada, nem da pessoa nem das ideias.
O possível terceiro candidato já se devia ter apresentado, ontem já era tarde.
No fim os sócios terão a liberdade de votar e no votar. O resto é conversa.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 03.01.2017 às 21:36

Caro José Sousa,
Pode ser um lugar comum, mas sem passado não há presente e muito menos futuro. A conversa faz-se com palavras e estas representam ideias. As ideias são a génese da evolução. O mundo, como o Sporting não começou com Bruno de Carvalho nem acabará com ele. PMR apresentará o seu projecto. O terceiro ou o quarto candidato aparecerão, se assim entenderem, em tempo oportuno. Pode haver críticos de BDC, o que é salutar, mas há com certeza muitos acríticos. É isso que assusta.
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 03.01.2017 às 23:06

Boa noite caro Nação Valente,
Não pretendi de forma alguma colocar em causa a liberdade de expressão. Pessoas deram a vida para que a tivessemos, pelo que essa questão nem se coloca.
O que pretendi basicamente é dizer que estamos a falar do acessório, porque nenhum dos candidatos apresentou até à data propostas concrectas, estamos a falar em processos de intenções que ainda não sabemos se corresponderão à realidade.
E o tempo urge!
Sem imagem de perfil

De Socio100000 a 03.01.2017 às 22:04

Quanto é o passivo do sporting?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 03.01.2017 às 22:33

???
Um bom ano.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.01.2017 às 22:22

Concordo com o que está escrito neste post mas penso que os sportinguistas ainda não se aperceberam bem no que aí vem .um abraço a todos .SL

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 03.01.2017 às 22:36

O seu comentário entrou como anónimo, o que não é permitido pela orientação do blogue. Não consigo perceber o sentido da expressão "o que aí vem".
SL

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo