Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

839383f3896faff9c012c0b9490744b5.jpg

 

O Sporting tinha no final de Setembro um encargo de 6,72 milhões de euros por liquidar em comissões para intermediários em negócios de compra e venda de passes de jogadores. É um montante 35% superior ao saldo que se verificava a 30 de junho (4,98 milhões).

 

Os números constam do relatório e contas que a Sporting Clube de Portugal Futebol SAD publicou esta segunda-feira na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), onde reporta um lucro de 24,7 milhões de euros no período de julho a Setembro. Os ganhos do primeiro trimestre da época 2017/2018 caíram face aos 62,9 milhões de lucro no ano passado, devido, fundamentalmente, à queda no encaixe com a venda de jogadores.

 

No Relatório e Contas agora publicado, o Sporting apresenta um saldo por liquidar com fornecedores externos no valor total de 16,5 milhões de euros, 21% acima do verificado em junho. Daquele montante há uma parcela de 9,8 milhões de euros não discriminados. Os restantes 6,7 milhões estão identificados e respeitam a empresários e empresas que participaram na aquisição de passes de futebolistas.

 

Recorde-se que o presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, foi uma das vozes mais críticas aos gastos dos clubes de futebol com intermediários. Em 2013, numa entrevista ao "Jornal de Negócios", o presidente dos leões foi contundente: "O Sporting pagava comissões de tudo! Se fazia compras ainda pagava adicionalmente uma comissão, se fazia vendas – e aí faz todo o sentido – pagava uma comissão, muitas vezes também poderia pagar uma comissão sobre os próprios ordenados. E é fácil perceber que essa é uma das causas que faz com que vários clubes estejam na situação financeira em que estão".

 

Há quase três meses o Sporting enviou à CMVM uma lista detalhada dos seus gastos com comissões nos negócios feitos durante o Verão, para recomposição do seu plantel para a presente temporada. Globalmente, essas transações implicaram comissões da ordem dos 8,5 milhões de euros.

 

Muitos dos negócios e comissões que surgem agora na lista de pagamentos a fazer (à data de 30 de Setembro) já estavam referenciados na lista de transações reportada ao mercado a 21 de Setembro.

 

img_818x455$2017_05_27_00_21_35_632198.jpg

Mathieu põe Team Spirit no topo da lista

 

O fornecedor que no final de setembro tinha o maior valor a receber do Sporting era a Team Spirit Football Consulting, empresa que intermediou a entrada de Jérémy Mathieu para os leões. O passe foi adquirido a custo zero, mas com uma comissão para a Team Spirit de 2 milhões de euros. Em setembro o Sporting tinha por pagar a esta empresa 1,22 milhões.

 

Há outros intermediários de relevo na lista de pagamentos a fornecedores do Sporting, como a Buttonpath, que em Setembro tinha por receber 852 mil euros do Sporting, e que esteve envolvida nas saídas dos jogadores Rúben Semedo, Paulo Oliveira e Marvin Zeegelaar.

 

O terceiro intermediário na lista de pagamentos era Marcelo Simonian, com 800 mil euros por receber. Simonian participou na aquisição do passe de Marcos Acuña, a mais cara contratação do Sporting esta época (quase 10 milhões de euros). Estes 800 mil euros de comissão já haviam sido reportados à CMVM a 21 de Setembro.

 

A lista de empresas fornecedoras de serviços, nas contas do primeiro trimestre, incluem ainda a Pasqualin D'Amico Partners, LMP Bomore, Hency Trading Limited, For Gool, Gondry Financial Services, Laco Investments, Positionumber, Universal Management, Football Capital, Proeleven e Soccer Club Properties.

 

Entre os intermediários que deixaram de estar na lista de fornecedores dos leões está a Energy Soccer, empresa fundada por Alexandre Pinto da Costa, mas da qual o filho do presidente do Futebol Clube do Porto se desvinculou ainda em 2016, alienando a sua participação à empresa Pesarp.

 

Saldo com outros clubes recuou

 

Se os montantes a pagar a intermediários cresceram no primeiro trimestre da temporada 2017/2018, os encargos por saldar com clubes baixaram: caíram de 27,5 milhões de euros em junho para 20,8 milhões em Setembro.

 

Neste capítulo, o maior credor do Sporting era a Sampdoria, que tinha 4,25 milhões de euros por receber, seguida do Racing Club, com 3,3 milhões a seu favor, e do Wolfsburg, com 2,5 milhões por receber.

 

Braga, Real Madrid, Estoril-Praia e Corinthians constam também da lista de outros clubes aos quais o Sporting ainda tinha pagamentos a realizar no final de Setembro.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:15

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


23 comentários

Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 12.12.2017 às 09:15

e o Passivo tb diminui 12M€ diga-se a conta de reserva (reembolso das VMOCs) já ultrapassa salvo erro nos 5M€..
Imagem de perfil

De Drake Wilson a 12.12.2017 às 09:50

Bom dia estimado Rui e Sérgio.

Tem razão em apontar o decréscimo de passivo entre os referidos períodos, embora a reserva não diga respeito às VMOC, mas a situações de contencioso jurídico que todos nós conhecemos. Se observar em timeline o percurso deste passivo, a imagem é outra bem pior – a grosso modo, são mais €66 Milhões que em Setembro de 2015!

Sem entrar em demasiados detalhes, pois não tive ainda oportunidade de observar em pormenor este invoice, a verdade é que o período em análise é sempre amigável, no que respeita a apresentar uma boa imagem financeira a olho nú. O resultado líquido é positivo porque a maioria das receitas anuais já entrou neste período (receitas sem vendas de atletas, naturalmente).

Não obstante do aumento dos rendimentos entre períodos homólogos, esta parcela representa cerca de 55% do valor anual de receitas, o que implica considerar que tem um peso inflacionado sobre a imagem financeira da SAD – neste período trimestral consegue cobrir os custos... no final do ano não. No sentido inverso, estes custos trimestrais de cerca de €27 Milhões espelham algo semelhante a 37% dos custos anuais. O que significa que no final do ano teremos uma balança de despesas na ordem dos €95 milhões, sensivelmente. Que poderá oscilar, mas providenciará um prejuízo na ordem dos €25 Milhões.

Como é óbvio, a aproximação ao West Ham servirá o propósito natural de se obter receitas que invertam esta situação. O problema prende-se com o faseamento do pagamento de negócios desta natureza – surgem no relatório na integra, mas entram no Clube diluídos no tempo. Daí os naturais constrangimentos de liquidez, apenas superados pelo factoring das receitas por parte dos bancos ou outros financiamentos.

Alerto para esta economia de consumo, que provoca uma certa ilusão no crescimento económico, mas não disfarça insustentabilidades. Mas compreendo. O adepto quer ser campeão em primeiro lugar. Depois logo se vê.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 12.12.2017 às 10:27

Bom dia Drake,

Certeiro apesar do agora equilíbrio ao nível das receitas operacionais, tal dificilmente acontecerá no final do exercício, a não ser que as receitas da Liga Europa permitam o estender da manta com mais uns milhões ... até aos pés :).

No final do exercício com uma possível venda do William teremos um resultado liquido do exercício positivo.

Sobre o aumento do passivo de 2015 até 2017 tal deveu-se principalmente ao grande investimento feito na equipa de futebol (rubrica Fornecedores):

Só nestes 6 estamos a falar de +55M€
Bas Dost;
Alan Ruiz;
Acuna;
Bruno Fernandes;
Coates;
Mathieu;

SL,
Sem imagem de perfil

De Lusitanista a 12.12.2017 às 10:51

Sem querer estar a criar demasiada "confusão"... mas há 2 coisas que saltam logo aos olhos. Uma delas é a parcela das..... REFEIÇÕES..... Sim, eu sei, parece estúpido... MAS... por favor vejam a imagem abaixo:

https://abload.de/img/semttuloflsn6.jpg


Reparem que o Sporting passou de gastar 69 mil euros em refeições para.... 303 mil euros em refeições.... um aumento de mais de 300 %.... Em apenas 3 meses..... :O Isto é uma brincadeira ou é o casamento do Azevedo de Carvalho ? É tão surreal que não sei se me está a escapar algo. Antes comia-se sandes mistas e passou-se a comer caviar ?

Outra é novo aumento com os orgãos sociais.... mais 16 mil euros que o ano anterior... tipo... só porque sim ? Que aconteceu em 3 meses para haver esse aumento parvo com os orgãos sociais ? Penso que a Ornelas não se enquadra aqui, certo ?

No seguimento do parágrafo anterior vem mais uma preocupante: mais um aumento brutal com os custos com o pessoal. Já vai em 19,13 Milhões SÓ EM 3 MESES.... uma autêntica loucura!! Isto dará cerca de 76,50 Milhões ANUAIS ??! Uma autêntica loucura.

Continua-se a antecipar receitas futuras. Isto é mesmo até rebentar a bolha..... Só para os primeiros 3 meses foi necessário antecipar 26,205 MILHÕES de receitas televisivas futuras... É insustentável isto!!

É o caminho para o precipício.....
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 12.12.2017 às 11:33

agora respire e fundo e imagine se tivéssemos prejuízos!
Sem imagem de perfil

De Lusitanista a 12.12.2017 às 12:01

Sérgio, não compreendo como é que acha que se está bem financeiramente.

Volto a frisar: só para os primeiros 3 meses já se teve de (novamente) antecipar mais 26,205 Milhões de receitas televisivas futuras.....

Veja a Floresta e não a árvore.

O Azevedo de Carvalho até teve de baixar as calças ao West Ham a ver se ele compra o William...

Os custos com tudo estão a disparar. Tudo.

Mas Sérgio, deixo-lhe 2 questões:

1 - consegue explicar o aumento de mais de 300% com as "Refeições" ?

2 - O que acha que acontece quando já não der mais para antecipar as receitas futuras ? Fecha-se as portas ?
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 12.12.2017 às 14:38

Não são antecipações de receitas é financiamento

Se na pratica (dinheiro na conta) não muda muito, em termos contabilisticos é diferente.

Não se pode por exemplo dizer - teve-se 24M de lucros porque se antecipou 24M de receitas, porque não tem nada a ver uma coisa com a outra

No entanto 24M no primeiro trimestre não é nada de mais e podemos chegar ao fim do ano com prejuizo ainda
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 12.12.2017 às 20:37

Sobre toda a sua exaltaçao com os gastos em refeições, que aumentaram 300% comparado com o 1º Trimestre do exercício anterior.(estamos a falar em ~240 mil €).

Se fizermos uma extrapolação apenas com base no 1ª Trimestre temos um gasto anual em refeições de 1,212M€ e eu pergunto sabe quanto gastamos a época passada nesta Rubrica !? e na época anterior!??

Não sabe pois não mas eu ajudo:
2016-17 - 1.271 M€
2015-16 - 1.325 M€

Se fosse como o Ilusionista até poderia assumir que afinal de contas este exercício iremos gastar menos que nos exercícios anteriores nesta rubrica, mas não o farei!

Sobre a rubrica dos CCP que essa sim efetivamente merece a nossa atenção está se a esquecer (como nao poderia deixar de ser) :

Nestes 3 meses foram considerados 0,8M€ de indemnizações a jogadores que ainda tinham contrato com o clube e os tais 1,32M€ relativos a prémios (Playoff da CL muito provavelmente), assim fazendo contas a PG diria que retirando estes 2,1M€ a época a correr mal desportivamente teríamos no final de ano um valor próximo dos 70M€ cerca de +6M€ que a época anterior (64M€).

O que diga-se face as evidentes melhorias no plantel (qualidade custa €€€), parece-me um preço justo a pagar.

Se a coisa correr bem e esperemos que sim, provavelmente o Ilusionista irá andar muito mais próximo do valor final do que eu ... esperemos que neste ponto ao menos acerte.

SL,
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.12.2017 às 20:55

Eu não me envolvo a debater contas, por norma, mas não deixa de ser deveras fantástico como o Sérgio apresenta hoje e sempre atenuantes/justificações pela positiva para tudo.

Por este caminho, o Bruno ainda o vai decorar com a medalha de devoto de mérito:)
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 12.12.2017 às 21:13

Já lhe mandei um email a dizer que queria ser o menino querido do presidente :)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.12.2017 às 21:28

"Com a verdade me enganas":)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.12.2017 às 21:32

Lol é isso Rui!

Mas ao menos diga me as contas estao bem ou estao todas marteladas como os R&C do SCP 😆😆😆
Sem imagem de perfil

De Lusitanista a 13.12.2017 às 02:40

Naturalmente que passo a retribuir a educação: O Sérgio Falhas tentou embelezar tudo, como é seu apanágio, com muitos "ses" à mistura, mantendo (de resto) a coerência de posts anteriores.

De qualquer das formas, coloquei 2 questões ao Sérgio Falhas, mas presumo que se tenha esquecido da segunda:

"2 - O que acha que acontece quando já não der mais para antecipar as receitas futuras ? Fecha-se as portas ?"
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 13.12.2017 às 08:44

Lamento a sua falta de compreensão quanto a isso pouco posso fazer.

Sobre a 2ª questão já lhe tinham respondido, tente estar mais atento afinal sempre podemos aprender qualquer coisa para além de cometer as habituais gralhas de avaliação.

SL,
Sem imagem de perfil

De Jorge a 12.12.2017 às 13:34

Então e os "Prémios", que aumentaram de 139.000€ para 1.380.000€?!
Prémios de quê e pagos a quem? Jogadores? Orgãos Sociais?
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 12.12.2017 às 17:45

É tudo uma questão de ler o R&C:

"A rubrica “Prémios” inclui remunerações variáveis que dizem respeito a prémios atribuídos aos atletas e equipa técnica pelo desempenho colectivo e prémios de performance individuais, incluídos em alguns contratos de trabalho."

Lembrar que tivemos um Playoff esta época ao contrário da época anterior.

SL,
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.12.2017 às 21:30

Salário e prémios, quantos milhões foram para Jorge Jesus ?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.12.2017 às 21:34

Ele era se ganhassemos a CL 😆😆😆 e eram 4M € salvo erro
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 12.12.2017 às 21:35

Era eu obviamente, no tablet não tinha os dados preenchidos
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.12.2017 às 21:47

Vi pelo IP que era o Sérgio.

Não faço a mínima ideia se as contas estão bem. Não me meto nisso. Gostava até que o Drake Wilson escrevesse um post a explicar o que não está tão à vista
mas não sei se o fará.

4 milhões para a Champions! Era uma grande conquista, obviamente, mas porquê tanto dinheiro em cima dos muitos milhões de salário ?

Há coisas que nunca compreenderei, ou melhor, que nunca aceitarei. Enfim...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.12.2017 às 21:52

P.S.: Há muito que verifiquei que o Sérgio percebe destas coisas e respeito o seu parecer, embora um pouco com o pé atrás porque sei antecipadamente que exagera com algum adorno optimista.

O meu parecer é muito simples: adorava ver uma auditoria de gestão aos quase 5 anos do Bruno, feito por uma empresa completamente independente e sem influências destes órgãos sociais. Porquê ?... Porque não confio no figurante, embora não faça acusações.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 12.12.2017 às 22:14

Rui a confiança é a base para tudo!

"Aceito" e compreendo a pretensao do Rui, ja as muitas insinuações que por aqui mts vezes são feitas umas ridiculas, outras ao engano e depois os cartilhados ...estes abomino tendo o maior prazer em desmontar as teorias destes senhores.
Sem imagem de perfil

De Pisca a 13.12.2017 às 11:46

Um pequeno "pormaior", confundir ou entender que Lucro Contabilistico é a mesma coisa que "Dinheiro em Caixa", é achar que um parafuso e uma porta blindada são a mesma coisa

Mas andam por aí muitos "Gistores" que acham que é assim

dec.interesses: Sou do Belém, nada de sad's

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo