Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As coisas simples da vida

Drake Wilson, em 06.02.17

 

20233777_Is8Uo.jpg

 

Coisas que não se esquecem

 

Inglaterra, Dezembro de 1987. O tímido Sol londrino tardava em raiar, depois de uma noite em branco na qual as horas desfilavam por entre o diagnóstico de papéis e relatórios. Aquele seria o dia mais importante da minha vida profissional até então – se algo falhasse… bem, não podia falhar mesmo. Felizmente que naquele dia de chuva intensa tudo acabaria por correr bem, não apenas em Londres como também em Lisboa – o Sporting nessa noite derrotava o Benfica por 3-0 em pleno Estádio da Luz, num jogo a contar para o troféu Supertaça. Apraz-me recordar a camisola do Sporting que me acompanhava na mala de viagem (superstição suponho), assim como o telefonema do meu irmão a dar notícia do acontecimento. Paulinho Cascavel, que tinha sido contratado ao Guimarães, marcou um dos referidos tentos. Burkinshaw era o nosso treinador, e João Amado de Freitas o Presidente – injustamente um dos mais “underrated” Presidentes do Sporting. Outros tempos, velhos problemas, outras conversas.

 

Naquele período, o sistema financeiro em Inglaterra estava num saco de gatos, em contraste com a prosperidade especulativa do início desse ano, um pouco por todo o Mundo – interessante que ao inverso, no Sporting a contenção estava na ordem do dia. As exportações atingiam níveis como nunca, o consumo estava em alta. Em Londres, todo o milionário abria um restaurante de luxo, e até o “jovial” Richard Branson lançava uma marca de preservativos(!). No início do último trimestre porém, uma macro depressão global – com origem no conhecido problema da bolha especulativa que ninguém se preocupou – provocaria o descalabro na Bolsa de Londres (e outras Internacionais), com o mercado de Capitais a entrar num autêntico frenesim. Em consequência, negócios em ruína, preços a cair, com o Governo a impor uma super inflação para suster a crise, sem efeito. Obviamente, um período fértil para as divisas de Oriente e Médio Oriente surgirem. Curiosamente, foi este o início de grandes investimentos na indústria do futebol em terras de Sua-Majestade por parte de investidores não-britânicos. Outras conversas.

 

Pequenas coisas da vida, simples, que nos marcam

 

Voltando ao dito dia de Dezembro. Naquela noite, para celebrar (por dois motivos, recorde-se), fui jantar a um dos mais hipster-restaurant do momento, cuja propriedade estava dividida entre o empresário Nigel Martin e um inarrável famoso Chef de cozinha e ferrenho adepto de um clube de Manchester – naquele momento, até os Chef’s de cozinha eram quase milionários. Em virtude do comum interesse pelo desporto-rei, acabei por oferecer ao Chef o referido jersey do Sporting, recebido de modo muito apreciado pelo excêntrico profissional. Ficámos amigos. Uns anos mais tarde (25 mais propriamente), em Manchester, assistimos os dois a uma das maiores efemérides desportivas internacionais do Sporting – o leitor deve lembrar-se qual. Ele trazia a dita camisola vestida, por fair-play à nossa amizade. Um acto que me surpreendeu, que muito apreciei. Uma camisola que me “deu” sorte, uma vez mais. Pequenas coisas da vida.

 

Coisas do costume

 

A vida é uma coisa simples, acessível. Sempre desconfiei daqueles que muito teorizam sobre o que sabem, sobre o que alcançaram por mérito próprio, sem que daí consigam explicar o óbvio dos seus infortúnios. Acredito que quem usa e abusa da voz para explicar com cientologia coisas triviais, nada mais deseja do que promover intencionalmente a inércia e apatia de quem escuta. O discurso, baseado no inimigo invisível ou num infame sistema, afim de promover a desresponsabilização por ausência de competência, nada mais serve do que para enganar as pessoas que ficam convencidas, viram costas, acreditando que está tudo bem. E nem sempre está, como se regista nesta época. Para mim, olhando para o quadro geral, uma das mais frustrantes de sempre.

 

Jorge Jesus e Bruno de Carvalho são os dois, num imaculado conjunto, o maior biscate que poderia ter acontecido ao Sporting. O treinador mais uma vez se revela meretriz de Pinto da Costa e do FC Porto, para geral indiferença de quem já pouco se importa. Um abraço a Casillas e uma palmada a Palhinha é o simbolismo de um frete de quem anda a ganhar milhões e não consegue provar que sabe mais de “bola” do que um Vitor Pereira, Vilas-Boas ou Nuno Espírito Santo. Tem de haver uma explicação simples para isto, tal como para um índice de aproveitamento de 55% no Campeonato – que a alguns pouco preocupa, pois está ainda distante dos 36% de 2013. É disto que o Sporting tem de viver?

 

E depois, é nas pequenas coisas simples se vê a diferença. André ou Castaignos, como Barcos ou Teo. No convento de Alvalade, qualquer alma perdida tem salvação. Depois, lá surgem os Tiquinhos Soares desta vida. Dono de fisionomia singular de um qualquer mercenário sul-americano, sem pescoço, ombros largos e de olhar assustado sempre que a bola está na mira, a confirmar que o Sporting tem mesmo um fetiche – é o único Clube no mundo que tem sempre duas pré-épocas na mesma temporada. A primeira, recheada de ingredientes e ilusões, serve para entreter a soberba. A segunda, serve sempre para preparar o futuro. Fica uma equipa de retalhos, impreparada, mas cheia de futuro... O problema, é que com o biscate do costume, nem vale a pena falar de futuro, pois o presente é o que se vê.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


15 comentários

Sem imagem de perfil

De mike1906 a 06.02.2017 às 12:04

Excelente post, parabens.

Penso que reflete bem as ultimas decadas do nosso clube, muitas ilusões, muitas esperanças e no final, pró ano é que é.

O triste é que nada de novo e de diferente acontece e lá vamos repetir tudo outra vez.

Notavel apenas a militância Sportinguista que mesmo com desilusões sucessivas, nunca desiste de sonhar.
Sem imagem de perfil

De Guilherme Rosado a 06.02.2017 às 12:13

Eu acredito que e perdoe-me a ousadia, Bruno de Carvalho é mais vítima do que culpado desta época desastrosa que o Sporting está a fazer. Porquê? BdC acredita (grande erro) que contratou o melhor treinador do mundo e arredores. E então, tendo justamente a ambição de ganhar o que faz? Carta branca (outro grande erro) ao treinador para contratar quem quisesse, depois de uma pre-epoca desastrosa em que o dito treinador se entreteve a "queimar" os jovens que agora parece pretender apostar para preparar a próxima temporada. O problema é que duvido que esta aposta seja do treinador, consistente e para continuar. Aliás não se sabe se o próprio treinador continuará, mas se continuar será que no próximo verão não chegará uma nova fornada de supostas vedetas principescamente pagos mas com menos jogo que os nossos juniores.
SL
Sem imagem de perfil

De Jorge a 06.02.2017 às 12:37

Portanto se percebi bem, como dizia o homem dos croquetes acerca de Marco Silva, JJ "tem uma agenda própria" e "não está comprometido com o projecto da Direcção".

Boa sorte com essa narrativa.

PS: Se é o caso, metam-lhe um processo e despachem-no. Na taça da liga desconfio que nem estava de fato de treino, parecia que ia já de pijama.

Sem imagem de perfil

De mfd a 06.02.2017 às 13:33

"Bruno de Carvalho é mais vítima do que culpado desta época desastrosa que o Sporting está a fazer."

Eu ainda concordaria com tal proposição se BdC não tivesse sido mais uma - senão a maior - fonte de destabilização da equipa.

Uma coisa era ter dado os poderes todos ao treinador mas deixar a equipa trabalhar em paz, agora assim não só cometeu esses erros de gestão como ainda aumentou mais a pressão para todos no clube, com as suas incessantes declarações megalomaníacas e guerras abertas com meio mundo.

E o erro de ter dado tantos poderes a JJ é ainda maior e adicionalmente agravado pelo facto de não ter aprendido com o exemplo do que essa política produziu na recente passagem do seu treinador pelo clube rival.

Portanto, BdC - que se diz ser um grande gestor - foi incapaz de aprender com os erros dos outros e continua a demonstrar que é incapaz de aprender com os dele.

Conclusão: mais 4 anos para BdC, porque ele é uma vítima nisto tudo...
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 06.02.2017 às 12:45

DW,
Coisa do costume

P.S. Fair-Play .. ?!
é uma palavra estrangeira, é nao é ??
Sem imagem de perfil

De Leila Coutinho a 06.02.2017 às 13:19

SL,

Adorei o post, engraçado ter lido sobre a meretriz do Porto e quando o vi a cumprimentar o Casillas pensei no mesmo e disse para comigo que ele para o ano estará lá...

Não acredito no futuro do JJ no SCP e a apostar na formação pois não faz parte da sua visão técnico-táctica e já o ouvi dizer isso publicamente. Há pessoas que se esquecem que ele disse mesmo que formar jogadores não é a sua praia.

Já me cansa estas duas pré épocas por ano, faz lembrar as series que agora dão 10 episódios, pausa e depois outros 10 episódios com um novo rol.

Uma novela TVI concerteza.

Burros são os Leonardo Jardim e Marco Silva que não quiseram ser protagonistas desta novela...
Sem imagem de perfil

De Manuel Pedro Pinto a 06.02.2017 às 14:20

Um bom Post prenhe de sportinguismo.. nada a dizer.

Apenas retirava a palavra 'mercenário' sul-americano... pois 99% dos jogadores que precedem da América do Sul, são boa gente, pessoas que passaram dificuldades na infância e juventude..

Quanto à 'meretriz'... eh pá, já cansa, já fede essa treta de que irá parar ao FCP. No FCP jamais os adeptos, sócios, dirigentes admitiriam esse sr. Andam há 7 anos com essa lenga lenga... não acham que já chega. O FCP se quisesse o JJ já o teria ido buscar há muito. Um Treinador que sozinho ganha mais que os outros 17 todos juntos. Um Treinador que só foi Campeão no SLV graças às coisas feitas por outro lado, à batota encornada que até na PJ domina.
Sem imagem de perfil

De mfd a 06.02.2017 às 14:40

"Um Treinador que só foi Campeão no SLV graças às coisas feitas por outro lado, à batota encornada que até na PJ domina."

Presumo, pela ordem de ideias que apresenta no seu post, que o FCP tenha ganha os outros 3 campeonatos "graças à batota encornada que até na PJ domina".

Foi por isso que PdC fugiu para Espanha quando a polícia o ia buscar a casa. Foi a PJ que o avisou, certo? Ou foram os juizes a quem o FCP dava bilhetes e "deusas" para os jogos?

Mas não! Porque quando o FC Porto ganha é mesmo por mérito!

O problema do Manuel é que todos nós já andávamos cá na década de 80 e já ouvimos as escutas do Apito Dourado.
Sem imagem de perfil

De Manuel Pedro Pinto a 06.02.2017 às 15:53

O problema do MFD.. é que o futebol em Portugal a nível oficial já começou há 100 anos.

O problema do MFD.. é que ninguém foge para Espanha desde que se acabaram as fronteiras há quase 30 anos!!

O problema do MFD é que nem sabe que as 'escutas' só de uns foram postas no Red Tube por alguém de carne e osso. Alguém a quem pagaram a viagem a Africa, para levar a Pen e pôr as escutas só de uns. Assim é fácil. Bonito, eram porem as escutas também do outros.

O problema do MFD é como a maioria dos habitantes deste País.. emprenham pelos ouvidos e julgam que todos engolimos alpiste. E ficamos a saber que se o FCP ganha é por corrupção mas se for o SLV já é por mérito...

Eu não me custa admitir que durante 15 anos o FCP mandou no Sistema. Foi de 1985 a 2000. Já outros, esses não admitem que mandaram nos outros 65 anos ANTES... e que DESDE 2010, voltaram a mandar.

Sem imagem de perfil

De Manuel Pedro Pinto a 06.02.2017 às 16:02

Ele foi em 2009, foi em 2013 foi em 2016... Comissão de Honra de apoio a LFV.

É extensa a lista de membros da Comissão de Honra da candidatura de Luís Filipe Vieira. Vou apenas referir os seguintes nomes: António Correia de Oliveira, Duarte Oliveira Martins,José Vasconcellos e Sousa, Leonel Sérgio Pinto, Luís Coelho Ribeiro, Luís Óscar Morais, Manuel Jesus Carvalho,Miguel Albuquerque de Lemos, Rui Gomes Girão, José Coelho da Costa, Gonçalo Amaral e Vítor Tavares de Almeida.

Não conhecem? É provável, são todos inspectores ou ex-inspectores da Polícia Judiciária. Um deles até integrou a Equipa Especial do Processo Apito Dourado.

Claro que assim é muito fácil passar nos intervalos dos pingos da chuva. Claro que assim se compreende porque as 'escutas' feitas em Lisboa desapareceram, não estão no You Tube!!
Sem imagem de perfil

De Rui Carvalho a 06.02.2017 às 16:37

ah e claro que as escutas foram eliminadas do youtube pois o Benfica manda nisto tudo... ridiculo..
Sem imagem de perfil

De Rui Carvalho a 06.02.2017 às 16:36

MENTIRA! segundo ai o iluminado só corrompiam para não ser roubados....

mais uma vez para ver se entende que não está a escrever para idiotas:

toda a gente sabe o que é o Porto (clube) e PdC o de antes e o de sempre!
Sem imagem de perfil

De Manuel Pedro Pinto a 06.02.2017 às 16:58

É verdade, é verdade.. e por isso é que o Zé do Venfique, o motorista e dirigente foi preso 7 anos, na vez de outros cães grandes.

É verdade, é verdade os gravadores em Lisboa estavam avariados e não fizeram escutas.

É verdade, é verdade.. os árbitros corruptos que vinham de Évora, Beja, Faro, Portalegre apitar ao Porto pediam fruta e o FCP dava... Mas depois iam apitar a Lisboa e faziam dieta, jejum, abstinência.

É verdade, é verdade!! Em Lisboa não havia fruta. Em Lisboa são todos sérios, desde o Almerindo, sócio do Vieira ao Zeinal... é tipo de A a Z !!!!
Sem imagem de perfil

De Manuel Pedro Pinto a 06.02.2017 às 17:03

E por serem todos sérios é que o BPN faliu, o BCP faliu, o BES, GES, BESA faliram... é verdade, é verdade. São todos sérios.

Ah e a conversa aqui começou sobre a Comissão de Honra para um LFV maior ter lá muitos Inspectores e ex-Inspectores da PJ. Os tais que fecham os olhos a muita coisa.

"PJ caçado a gastar 200 mil das buscas a Veiga - Correio da Manhã - há 6 dias - PJ caçado a gastar 200 mil das buscas a Veiga ... passou a viajar, comprou café para explorar e 4 lugares Cativos no Estádio do Benfica.... Restaurantes, hotéis, viagens e quatro lugares cativos, para toda a família, no Estádio da Luz.... Era esta a nova vida (ver infografia) do inspetor da PJ..."
Sem imagem de perfil

De gng a 06.02.2017 às 20:26

O que é indesmentível é o que ouvimos nas escutas e que envolve o FCP.
O resto não passa de opinião! A não ser que tenha provas! Apresente-as.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo