Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Daniel Podence, jovem que deu nas vistas ao serviço do Sporting na segunda metade da época, está em linha para receber proposta de renovação por parte da SAD, que visa, predominantemente, um aumento salarial, embora a cláusula de rescisão também possa vir a sofrer um acréscimo. O seu actual vínculo contratual é válido até 2021.

 

5CZZEJ2O.jpg

 

Deste modo, o jovem extremo será compensado pelas boas exibições na época passada, desde que foi integrado no plantel principal em Janeiro, às ordens de Jorge Jesus, após um período de empréstimo ao Moreirense, onde acabou por conquistar a Taça da Liga.

 

Aos poucos, foi conquistando o seu espaço no onze leonino. No todo da época finda, participou em 31 jogos, 21 dos quais como titular e 27 na I Liga, acumulando 1884 minutos de jogo (média de 60,7 minutos por jogo), com 4 golos marcados.

 

Está neste momento com a Selecção Nacional de Sub-21, que irá disputar o Europeu, e é presença certa na pré-época do Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:14

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


5 comentários

Sem imagem de perfil

De J. a 31.05.2017 às 17:19

Não acho que seja o nosso mais jovem promissor para aquele lugar.
Mattheus, Iuri e até o Mané são melhores naquela posição de Avançado/Extremo
Sem imagem de perfil

De M1950 a 31.05.2017 às 18:33

De facto a maioria dos elementos formados ( atacantes) pelo SCP das gerações de 93 a 96 têm grande capacidade para jogar no corredor central apesar de serem extremos. Acrescento que o próprio Gelson demonstra que é um jogador mais entendido do jogo e desequilibrante quando joga no meio , tal e qual o Di Maria do Real...

De todos os que refere Podence parece-me ser o mais completo para a posição apesar de terem todos diferentes características para a posição.

Podence além do baixo centro de gravidade e da capacidade de dribble curto é o que decide mais rápido , não tem a magia de Iuri , ou o faro de golo do Mané ou a fantasia de Matheus , mas para já é o mais equilibrado pelo que oferece sem bola , não só defensivamente mas ofensivamente também , muita facilidade a envolver-se no jogo.

O número de talentos da formação que o Sporting tem garante presente e futuro , se o Clube os souber potenciar , mas está mais que na hora de haver seriedade em travar esta política de contratações.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo