Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

O ex-presidente do Conselho fiscal e Disciplinar do Sporting, Jorge Bacelar Gouveia, não poupa quem rodeia Azevedo de Carvalho na entrevista que deu ao Diário de Notícias. Ora vejamos:

 

image.jpg

  

" Essa "ligação estreita" (Nota nossa, a André Ventura, paineleiro afecto ao clube de Carnide), como diz, foi objecto de intervenções que não me agradaram porque, a partir de certa altura, ia recebendo comentários e inquirições de dirigentes intermédios do Sporting questionando o grau de proximidade que tinha com esse comentador, ao que eu respondia sempre com a verdade das coisas, mas sentia que essas perguntas tinham, na sua essência, uma suspeita inadmissível quanto à minha lealdade e ao meu sportinguismo. E, a partir desse momento, comecei a encarar a minha continuidade no CFD de outra maneira. (...)

 

(...) Isso começou a partir de Setembro, Outubro, em que várias pessoas, num ambiente "pidesco" desagradável, me questionaram...(...)

 

(...) Estou a falar de dirigentes intermédios, que me perguntavam, em tom "pidesco", o que é que eu tinha com esse comentador. Até logo me recordei, a esse propósito, que o presidente da Assembleia Geral é amigo de Luís Filipe Vieira. Costuma jantar ou almoçar com ele... bem, talvez agora já não possa... Aqui tem de haver bom senso e o mínimo de respeito. Uma coisa são as nossas relações académicas, profissionais e privadas, outra coisa são as nossas relações institucionais e de lealdade. Portanto, a partir do momento em que essas pessoas, agindo por conta própria ou não...(...)

 

(...) Esse ambiente foi muito desagradável e eu não podia tolerar isso. Não podia continuar com a minha lealdade sob suspeita.(...)

 

Mas disse mais à pergunta do jornalista do DN "Houve mais episódios de desconforto?"

 

Houve sim. O primeiro foi logo ao princípio quando o Dr. Bruno de Carvalho desejou apresentar aos sócios as contas consolidadas do clube. E ele pediu aos membros do CFD um termo de confidencialidade para terem acesso às contas da SAD no âmbito da reestruturação financeira. Houve alguns membros do CFD que não assinaram e eu achava que não tinha de assinar porque, tendo sido eleito, a minha legitimidade democrática directa dispensaria qualquer tipo de assinatura. E eu estou à vontade nestes procedimentos porque já fiscalizei segredos bem mais importantes - quando fui eleito pela Assembleia da República presidente do Conselho de Fiscalização do Sistema de Informação da República Portuguesa - e nunca assinei qualquer documento de confidencialidade para ter acesso a segredos de Estado. Não era no Sporting que ia assinar...

 

Então, não assinou?

 

Acabei por assinar porque considerei que se não o fizesse iria gerar uma perturbação muito grande e estávamos no início do mandato. Por uma questão de paz interna, pensei que devia assinar e assinei. Já mais tarde, outro episódio que não correu muito bem foi uma tentativa - felizmente frustrada - de fazer uma alteração estatutária (e da qual o CFD só teve conhecimento pela leitura das atas) que tinha como uma das medidas o absurdo de retirar o poder disciplinar ao Conselho Fiscal e transferi-lo para o Conselho Directivo. Isso, além de ilegal e inconstitucional, seria gravíssimo porque violaria a separação de poderes. A entidade que administra um clube não pode ser a entidade que pune os seus associados. Se essa medida tivesse ido para a frente, o Conselho Fiscal teria ficado sem o poder disciplinar. E, na altura, houve mesmo alguns membros do CFD que puseram em cima da mesa a sua demissão imediata. Ainda bem que foi algo que se resolveu rapidamente e tornou-se uma medida esquecida e espero que esquecida se mantenha para sempre.

 

E como geriu essa situação com Bruno de Carvalho, já que não houve uma comunicação entre órgãos?

 

O CFD e eu próprio ficámos preocupados porque nos disseram que o CD tinha aprovado essa proposta de alteração estatutária. Foi assim que soubemos e a partir desse momento pedimos acesso às atas para saber o que lá estava porque ninguém me tinha dito nada. E ficámos muito espantados com essa alteração estatutária a ser proposta em Assembleia Geral e na qual o Conselho Fiscal deixaria de ser "Disciplinar"."

 

Mais palavras para quê? Todas as outras são os costumeiros elogios formais pós óbito.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:39

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


14 comentários

Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 30.03.2017 às 12:04

Rico corte e costura à que lhe reconhecer essa valência!

Com menos cortes tb consigo umas gracinhas :).

Sobre a auditoria:

O que é que se suspeitava? De fraude, de uso indevido de dinheiros do clube, de gestão danosa?

De tudo. Numa auditoria, estamos prontos para encontrar tudo aquilo que disse... até responsabilidades criminais. Mas sobretudo aquilo que nos surpreendeu foi haver processos de deliberação que não estavam de acordo com os estatutos. Por exemplo, venda de bens sem pareceres favoráveis do CFD ou venda de património sem o número mínimo de assinaturas que os estatutos exigiam ou transações que não tinham sido autorizadas pela Assembleia Geral. Não vou dar pormenores concretos.

Isso era muito importante clarificar até porque a grande venda de património não desportivo do Sporting deu-se no consulado Filipe Soares Franco...

Sim, sim é verdade. Mas a questão não era só de haver processos deliberativos irregulares, como também se colocavam questões importantes do ponto de vista do valor por que os bens foram vendidos...

Foi, então, importante a auditoria

Muito importante. O Dr. Bruno de Carvalho prometeu e cumpriu. Aliás, ele fez tudo aquilo que prometeu fazer. Deste ponto de vista, é um goleador 100% certeiro!


Sobre o relacionamento com BdC:

Isso é uma pedra no sapato na sua relação com o presidente do Sporting?

Não, nós temos uma boa relação. Devo mesmo dizer que o Dr. Bruno de Carvalho me surpreendeu pela positiva. Nunca acreditei que ele fosse o "Vale e Azevedo" do Sporting e revelou-se um grande líder, com muita energia e capacidade de estratégia, salvou o clube logo quando tomou posse. Lembro-me de um episódio em que eu estava em Varsóvia e ele ligou-me a dizer que ia fazer uma conferência de imprensa para anunciar a rutura das negociações com os bancos na altura da restruturação. Ainda bem que ele conseguiu reverter isso e o Sporting deve-lhe a sua salvação financeira. Ele devolveu a dignidade aos sportinguistas. Isso não significa que tudo tenha sido perfeito no relacionamento do Dr. Bruno de Carvalho com o CFD e comigo em particular.


Sobre as eleições:

O atual presidente foi reeleito de uma forma esmagadora. O que há a melhorar?

O Dr. Bruno de Carvalho, ao longo destes quatro anos, também aprendeu com alguns erros, que todos cometemos. E para além das muitas coisas boas que já fez, percebeu o domínio do Benfica na Comunicação Social. Tentou reagir virulentamente, como é seu apanágio, e o Sporting tem vindo a retificar um caminho, que é ter uma forma mais hábil de colocar os seus comentadores e pessoas da sua influência nos lugares da Comunicação Social. Vai fazendo-o gradualmente e também os próprios jornalistas - e aqui não estou a falar do Diário de Notícias, que, na minha opinião, é um excelente jornal - aperceberam-se que tinham ido longe demais no apoio ao Benfica. Hoje, as pessoas têm a consciência de que o Benfica é uma máquina poderosa de propaganda e que domina a esmagadora maioria dos órgãos de comunicação social desportivos e não desportivos e, graças à firme intervenção do Dr. Bruno de Carvalho, tem-se
revertido a situação.

P.S: Escusa de agredecer SL
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 30.03.2017 às 14:04

O Benfica... sempre a sombra omnipresente do Benfica.
Tudo gira em torno do Benfica, até o presidente do Sporting.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 30.03.2017 às 15:20

Pois no entanto passa a vida aqui a comentar ... curioso ou será apenas +1 das incongruências que vai colecionando.

"Olha para o que eu digo não olhes para o que eu faço" típico de gente hipócrita que lhe assenta que nem uma luva.
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 30.03.2017 às 15:46

Mas eu sou presidente de algum grande clube que pensa 24 horas por dia no clube rival?
Sem imagem de perfil

De Rantanplan a 30.03.2017 às 16:01

Cá vai o Palhas debitar a sua palha, seguindo o homónimo desaparecido em combate na questão da hipocrisia.

A tua argumentação é tão douta que confundes o direito a opinar com o marrar sempre no vermelho, no qual tu, como bom carneiro rebanhístico, alinhas sem pruridos.

Pois no entanto és uma nódoa a comentar e a argumentar. Enfim, já que estamos na onda do provérbio, é dar pérolas a...

bacelar Gouveia é um homem inteligente e, assim que pôde, afastou-se do lamaçal. Enquanto sportinguista e integrante dos órgãos presididos pelo Kim-Jong Carvalhal, obviamente que não poderia desdizer a ação com que «pactuou» durante quatro anos, não obstante denunciou os tiques ditatoriais do líder do rebanho. E acrescentou aquilo que todos os não carneiros sabem: há um clique em torno do bem amado líder que é mais Francisco do que o próprio Francisco, um bando de lambe botas, uma verdadeira guarda pretoriana, que, ao péssimo estilo «macartista», procura debaixo de cada pedra indícios de conspiração.

Aquilo que Bacelar Gouveia denunciou não é só fumaça, é fogo bem vivo. Mas os carneiros comedores de palha não toleram obviamente a beliscadura do seu mais-que-tudo.

Sem imagem de perfil

De roc a 30.03.2017 às 14:55


"O primeiro foi logo ao princípio quando o Dr. Bruno de Carvalho desejou apresentar aos sócios as contas consolidadas do clube. E ele pediu aos membros do CFD um termo de confidencialidade para terem acesso às contas da SAD no âmbito da reestruturação financeira. Houve alguns membros do CFD que não assinaram e eu achava que não tinha de assinar porque, tendo sido eleito, a minha legitimidade democrática directa dispensaria qualquer tipo de assinatura. E eu estou à vontade nestes procedimentos porque já fiscalizei segredos bem mais importantes - quando fui eleito pela Assembleia da República presidente do Conselho de Fiscalização do Sistema de Informação da República Portuguesa - e nunca assinei qualquer documento de confidencialidade para ter acesso a segredos de Estado. Não era no Sporting que ia assinar..."

Por detrás das aparências do rapazola, está escondido um trapaceiro, um manipulador da pior espécie, capaz das piores vigarices, mas isso já se sabia.

Aqueles que o apoiam conscientemente, só o fazem porque se reveem nele. São figos da mesma figueira.

Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 30.03.2017 às 15:22

Leia o resto da entrevista e verá o desfasamento entre a sua interpretação e a entrevista do Dr. Bacelar Gouveia.
Sem imagem de perfil

De roc a 30.03.2017 às 15:49


DESFASAMENTO? LOL!

E isto é o quê?!

"de fazer uma alteração estatutária (e da qual o CFD só teve conhecimento pela leitura das atas) que tinha como uma das medidas o absurdo de retirar o poder disciplinar ao Conselho Fiscal e transferi-lo para o Conselho Directivo. Isso, além de ilegal e inconstitucional, seria gravíssimo porque violaria a separação de poderes. A entidade que administra um clube não pode ser a entidade que pune os seus associados. Se essa medida tivesse ido para a frente, o Conselho Fiscal teria ficado sem o poder disciplinar."

Pobres brunistas!
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 30.03.2017 às 18:05

E como geriu essa situação com Bruno de Carvalho, já que não houve uma comunicação entre órgãos?

O CFD e eu próprio ficámos preocupados porque nos disseram que o CD tinha aprovado essa proposta de alteração estatutária. Foi assim que soubemos e a partir desse momento pedimos acesso às atas para saber o que lá estava porque ninguém me tinha dito nada. E ficámos muito espantados com essa alteração estatutária a ser proposta em Assembleia Geral e na qual o Conselho Fiscal deixaria de ser "Disciplinar".

Mas confrontou Bruno de Carvalho?

Não confrontei. Ele não me disse nada previamente e eu achei que também não lhe devia perguntar nada posteriormente.

Mas quem retirou a proposta?

Não sei porque o assunto nunca foi levado à AG. Nunca passou de uma proposta que ficou na gaveta.

A medida teria que passar numa AG para avançar nada seria imposto, mas ainda bem que nunca se avançou e este episódio ocorrido no inicio do mandato do CDF acabou por ser ultrapassado.



Sem imagem de perfil

De Pizzi a 30.03.2017 às 18:42

É hilariante ver que há gente mesmo convencida que o Benfica manda nisto tudo, principalmente na comunicação social. Quando é precisamente a comunicação social que mais verde é...
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 30.03.2017 às 19:02

LOL
Sem imagem de perfil

De Luis Bento a 30.03.2017 às 14:41

Boa tarde

Sou sócio do Sporting com quotas em dia e gostava de saber porque nao defendem o Sporting de tantos ataques da Máfia do Carnide? pelo contrário tentem enfraquecer o Clube! De certeza que pretendem ajudar o SCP? Acho que seguem o caminhos do Godinhos desta vida.... e pretendem a extinção!!
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 30.03.2017 às 15:18

Devia estudar a geografia de Lisboa antes de insultar, sempre evitava expor a sua ignorância, mesmo que seja a coberto do anonimato.
Sem imagem de perfil

De roc a 30.03.2017 às 15:46


"Sou sócio do Sporting com quotas em dia e gostava de saber porque nao defendem o Sporting de tantos ataques da Máfia do Carnide? pelo contrário tentem enfraquecer o Clube! De certeza que pretendem ajudar o SCP? Acho que seguem o caminhos do Godinhos desta vida.... e pretendem a extinção!! "

Você chega aqui e avalia logo os outros, sem procurar saber o que é que se tem dito aqui sobre as máfias.
Eu tenho criticado as máfias e denunciado o seu presidente nas cambalhotas que tem dado nestes últimos anos, mais as aldrabices que tem dito e feito. Eu não o escolhi e não deixei de ser sportinguista, da mesma maneira que aqueles que não apoiam o actual governo da Nação e o presidente da Republica, não deixaram de serem portugueses.

Acha que é digno de ser presidente do Sporting alguém que tentou, como declarou o Bacelar Gouveia, em manipular o Conselho Fiscal, para se proteger nas suas manobras obscuras? Isso não lhe diz nada, sobre o sujeito?

Os brunistas fanáticos têm demonstrado muita falta de discernimento e de bom senso, ao acusarem os que o criticam de anti-sportinguistas. Só os desmiolados, destituídos de espirito crítico, é que podem aceitar tudo o que ele tem feito e dito ao ponto de o protegerem, só porque está sentado na cadeira de sonho, cargo que tem desonrado com as suas palhaçadas.

É preciso abrir a pestana e não ouvir os arautos brunistas que circulam na NET, uma boa parte deles pagos com o dinheiro dos sócios.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo