Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Era expectável Bruno de Carvalho andar preocupado nestes últimos dias por estar fora das luzes mediáticos que ele tanto adora, correndo o risco do protagonismo recair sobre outros personagens que ambulam pela praça futebolística portuguesa.

 

Consequentemente, como não podia deixar de ser, veio a "público" esta terça-feira através de uma carta enviada aos presidentes da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), através da qual assume a perplexidade por estar a ser discutida publicamente a revisão dos regulamentos disciplinares, defendendo sanções exemplares:

 

img_770x433$2016_12_27_22_05_06_1201257.jpg

 

«O Sporting Clube de Portugal vem, em primeiro lugar e pela presente, manifestar perplexidade pelo facto de matéria que está a ser objecto de debate e análise em sede do grupo de trabalho com vista à revisão do Regulamento Disciplinar, estar em discussão na praça pública. Não nos parece que seja este o método mais adequado de obtenção de consensos e pacificação do futebol português que, como todos reconhecemos, devem ser uma prioridade de todos os agentes desportivos.

O Sporting Clube de Portugal tem sido portador de uma mensagem muito clara no que diz respeito ao normativo disciplinar que deve reger o futebol português. Sempre pugnámos, de há quatro anos a esta parte, pelo incremento de preceitos que visem a punição exemplar da corrupção, da opacidade, do incentivo ao ódio e à violência no fenómeno desportivo. Escrevemos-lhes por isso com a autoridade de quem tem consciência e convicção de que tem estado sempre na vanguarda das alterações e melhorias no futebol português.

Nesse sentido, o Sporting CP está inteiramente disponível para elevar ao extremo os mecanismos de sanção disciplinar de todos aqueles que, com responsabilidades, não cumpram os regulamentos em vigor.

Não podemos, no entanto, deixar de sublinhar algo que consideramos da máxima relevância. Nos últimos anos, o Sporting CP tem sido alvo preferencial das mais diversas ofensivas e invetivas que nos visam não apenas a nós, mas a toda a indústria do futebol. A este respeito, temos sido defensores intransigentes da aplicação de medidas que visem a promoção da verdade desportiva e da transparência no futebol português.

Foi precisamente nesse sentido que propusemos, entre outras medidas, aliás em linha com os programas de acção dos presidentes da FPF, da Liga e do Conselho de Arbitragem, a publicidade imediata dos relatórios dos delegados e dos árbitros, a introdução do vídeo-árbitro, a substituição imediata do responsável pela coordenação dos delegados da Liga, o fim dos observadores ou a punição exemplar de quem, por meios ilícitos, apoia material e financeiramente claques não legalizadas.

Temos, no entanto, absoluta consciência de que estas medidas não respondem na totalidade aos problemas prementes que enfrentamos hoje em dia. Desde logo porque o comportamento dos agentes desportivos, designadamente os dirigentes, é muitas vezes consequência de uma política de terrorismo comunicacional que alguns clubes entendem levar a cabo com resultados particularmente nefastos para a indústria do futebol e todos os que nela intervêm.

Nesse sentido, reafirmamos a nossa total disponibilidade para apoiar penas máximas para quem se exceda ou prevarique no exercício constitucional da liberdade de crítica e opinião, considerando, porém, que este quadro só é aplicável na circunstância em que nos sejam dadas condições para não termos que passar a vida a defender-nos do autêntico exército de caluniadores ao serviço de agendas clubísticas, que poluem o espaço mediático.

Atrevemo-nos inclusive a lançar o repto de que seja ponderada a introdução de um mecanismo de responsabilização objectiva dos Clubes pelas declarações proferidas por comentadores que lhes sejam manifestamente afectos, tal como já hoje sucede ao nível do comportamento incorrecto dos adeptos.

É pois neste contexto que propomos uma reunião ao mais alto nível com a presença dos Presidentes da Federação Portuguesa de Futebol e da Liga Portugal, dos Clubes, do Governo e dos Operadores de Media que, como é público, têm sido utilizados, tantas vezes involuntariamente, para a prossecução de uma agenda de cartilha com matriz pirómana e incendiária que é devastadora para o desporto nacional.

Só através de um compromisso sério entre todos os intervenientes, e não podemos eximir ninguém desta responsabilidade, é que será possível a pacificação e descrispação tão necessárias ao futebol português».

 

É sempre uma "experiência" singular - não obstante o cansaço psicológico - ler/ouvir Bruno de Carvalho evocar os termos pacificação, descripação e ainda política de terrorismo comunicacional, recorrendo à sua teoria da indução por repetição, até se tornar credível vindo da sua pessoa. A sua recomendação de responsabilizar/punir os clubes pelas declarações proferidas por comentadores que lhes sejam manifestamente afectos, tal como já hoje sucede ao nível do comportamento incorrecto dos adeptos, é tão ridículo que não merece comentário da nossa parte. Até porque se a medida fosse aprovada e implementada, não dá para imaginar a punição de que o Sporting seria então alvo, pelo comportamento do seu presidente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:58

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


40 comentários

Sem imagem de perfil

De I. Dias a 03.05.2017 às 06:49

Em toda a sua missiva não há algo que se pegue pela completa falta de credibilidade deste sujeito.

Podiamos debater ponto por ponto, nada se pegava.
Impressionante!
Sem imagem de perfil

De MarcoI a 03.05.2017 às 07:48

Curioso para verificar a reacção dos mesmos que ontem clamaram contra a "hipocrisia" da reformulação sugerida pelo Benfica.

Só nesta carta há material para anos de riso e indignação 😁 Se alguém escrever um "Manual do Hipócrita para Totós" esta carta é o prefácio...

Aguardemos 😁 Se calhar ainda se vão ler loas ao BdC ( material para o segundo capitulo do livro acima referido)
Sem imagem de perfil

De Jorge a 03.05.2017 às 12:09

Como um dos que "clamaram"...

Claro que não. LFV e BdC diferem no estilo e pouco mais. BdC é mais ingénuo também, caso contrario escondia-se atrás dos paineleiros como o Vieira.
De resto é tudo mais ou menos a mesma coisa.

Não é por ser presidente do meu clube que vou fingir que não vejo quando mete os pés pelas mãos. Já muitos dos que aqui andam, sejam de um clube ou outro...
Sem imagem de perfil

De Augusto Matos a 03.05.2017 às 17:12

BdC não confia em ninguem e quer estar sempre no olho do furacão.
A escolha de tantos yes men com qualidades intrinsecamente inferiores às suas em matéria de comunicação demonstra que desejava controlar o este meio assumindo claramente a orientação dos mesmos dando sempre o mote previamente, ninguem aprofundava ou saia fora do carril mais que aquilo que ele dizia.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 03.05.2017 às 09:21

Nesta carta a única coisa que não faz sentido é a parte do penalizar clubes com base no que dizem comentadores.
Relembre-se que o argumento que BdC usa para fazer o paralelo entre comentadores/adeptos não é válido, pois o clube só é multado se o mau comportamento dos adeptos for no recinto desportivo. Por exemplo, se um adepto for para o Colombo agredir um árbitro, o clube desse adepto não pode ser castigado, pois isso não é dentro do âmbito de um evento desportivo.

De resto toda a carta faz sentido. Desde o 1º parágrafo em que não se deveria estar a discutir isto na praça pública (alguém discorda?), no 2º e 3º em que o SCP já apresentou várias sugestões de melhorias ao regulamento disciplinar.
O 4º e o 5º em que o SCP tem sido atacado e é verdade e que já mostrou que quer alterar o regulamento.

E o 6º onde a frase mais importante é logo a primeira: "Temos, no entanto, absoluta consciência de que estas medidas não respondem na totalidade aos problemas prementes que enfrentamos hoje em dia."
É urgente rever o regulamento disciplinar, nomeadamente:

- aumentar a celeridade dos processos disciplinares quando não há um castigo direto do árbitro (um cartão vermelho mostrado tem efeito logo, mas uma agressão despercebida demora 1000000 anos a ser castigada);

- ter o direito a uma defesa real, ou seja, o recurso tem que suspender de imediato o casstigo. É absolutamente idiota ser castigado com 1 mês, faz-se o recurso, ganha-se o recurso, mas de nada vale porque a decisão do recurso demorou 6 meses a ser tomada. Isto é das coisas mais idiotas que já vi na justiça;

- os recursos de castigos têm que ser céleres para não prejudicar inocentes nem culpados;

Só estas 3 alterações já traziam mais alguma justiça.
Sem imagem de perfil

De Bruno a 03.05.2017 às 09:47

O que não faz sentido nisto é teres um presidente que é o cúmulo.da hipocrisia , quando ele tem no seu próprio canal permitido por ele um tal de Carlos ordinário dolbeth diabete e um Pedro sonso Baptista todas as semanas a caluniar , a difamar , com teorias da conspiração, em que resumem 30 min do programa a falar do Tricampeão, Nem o Porto no seu canal apesar de tudo desce tão baixo. Por aí ve vê se o carácter relés desse senhor que preside uma grande instituição como o Sporting Clube de Portugal. Mas que esperar de alguém que para criar uma guerra com o tricampeão , teve que usar da mentira a dizer que o Benfica tinha proposto dividir campeonatos com o Sporting. E depois com a maior das facilidades diz que estava a ironizar . Vergonhoso.
Sem imagem de perfil

De João Gonçalves a 03.05.2017 às 13:11

Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 03.05.2017 às 14:00

Já sabemos que BdC é hipócrita e muito mais ainda.... nesse aspecto tem de melhorar mais a hipocrisia dele, para chegar aos calcanhares do Prémio Nobel da Paz... o Orelhas!

Fala da Sporting TV.... e com razão de ser.... eu só vejo os jogos do Sporting B e pouco mais.... o Carlos Dolbeth é um ordinário!

Mas e que dizer da benficatv?! Não existem comentadores do mesmo género que está a criticar?!

Já agora, não conheço mais nenhum campeonato europeu que permita a transmissão dos jogos pelo próprio clube.... e com a deturpação de imagens que pode ocorrer! Aconteceu isso no derby benfica-Sporting, quando um lampião que se autodenomina de árbitro fez uma análise ao intervalo ocultando os 2 penaltys por assinalar... nem imagens apresentaram!
Um campeonato deveria ser gerido por uma entidade que se preocupasse com os interesses de todos os clubes... não percebo aonde é que a transmissão na benficatv defende os interesses de todos os clubes?
Nos campeonatos mais competitivos da Europa, existe uma preocupação na repartição dos direitos televisivos, mas em Portugal, é o oposto.... o pais da subserviência ao benfica.... p.ex: o Estoril foi prejudicado tanto nas meias finais como no ultimo jogo, e apareceu alguém a reclamar? claro que não.... em contraponto com qualquer beneficio que possa ocorrer com o Sporting.

Nota: o facto de no seu comentário escrever várias vezes tricampeão para se referir ao benficazinho, pretende demonstrar o quê?! que você próprio é tão hipócrita como BdC, e que tenta passar por desportista e respeitador de um espaço leonino como este, para fazer essa alusão apenas para picar.... só pode.... porque se é verdade que o benfica é tricampeão, também é o clube dos vouchers e da cartilha.... já o porto com esse tipo de tácticas foi penta e ganhou Liga dos campeões, mas não deixou de ser o clube da fruta!
Sem imagem de perfil

De Luis Vicente a 03.05.2017 às 15:28

Este rapaz sempre bem informado,ainda não descobriu que a empresa que transmite os jogos do Benfica,é a mesma que transmite os jogos para a Sportv.

Então os lances da Sportv são manipulados!!!!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 03.05.2017 às 16:20

Os direitos de transmissão foram vendidos à NOS, mas a transmissão é da benfica tv... os comentadores e jornalistas são todos benfiquistas, ou não?! quem analisa os casos de arbitragem não é o Rola? quem é que faz os flash interview? É um caso único na Europa...

Imagina isto a ser possível noutro pais?! mas não é só a questão da falta de imparcialidade que pode ocorrer... é também uma questão de venda de produto, que é o campeonato português....ninguém se preocupa com o valor a receber pelos clubes pequenos... ninguém discute isto.... mas depois vemos os Grandes a criticarem por estes clubes jogarem à defesa, quando têm orçamentos de 2/3M. Dizer que vivem à custa dos Grandes é uma hipocrisia... com quem jogariam então os Grandes?! cada um a ver só o seu umbigo... é esta a mentalidade de Portugal!
Sem imagem de perfil

De Mário Aidos a 03.05.2017 às 16:30

Pois claro... é pelo facto de os jogos do Benfica em casa passarem no seu canal de televisão que está com a possiblidade de vencer o tetracampeonato, todos os argumentos e conspirações servem, reconhecer mérito ao adversário é que nunca! Analisa bem porque se calhar o golo do Jonas no sábado que deu mais 3 pontos, também é uma construção da BTV!! Enfim!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 03.05.2017 às 16:51

Resposta à lampião....

Eu questiono onde existe mais um exemplo nesta Europa, de os jogos serem transmitidos pelo próprio canal do clube.... e a resposta é falar do golo do Jonas.... é pena não ter falado do penalty por marcar a favor do Estoril...
Sem imagem de perfil

De Mário Aidos a 03.05.2017 às 17:14

Qual penalti pá? Foram parecidos aos do derby? Ou as mãos que te estás a queixar também são iguais às que vos deram a vitória contra o Porto? Vai lá ler melhor a cartilha!
Sem imagem de perfil

De Miguel F. a 03.05.2017 às 17:48

Está exatamente como o seu presidente com a Doyen, os vouchers e tantos outros assuntos que já lhe deram resposta mas que não cabe na sua compreensão.
Sem imagem de perfil

De dissident a 03.05.2017 às 18:32

Alguns jogos dos juniores do Porto e do Sporting não foram transmitidos pelos canais dos respetivos clubes? E outras modalidades também? Mas continue lá com as suas teorias da tanga... enfim...

Ps. não me diga que a sua resposta vai ser que só se estava a referir à primeira liga e blá, blá, blá... verdade desportiva, blá, blá, blá...
Sem imagem de perfil

De Luis Vicente a 03.05.2017 às 17:19

És mesmo lento!!!
O Benfica não vendeu á NOS foi há MEO!!!

Mas não é disso que estamos a falar!!!

Segundo o excelso o Benfica manipula as imagens.

Ora como a mesma empresa que filma,transmite o sinal e até o realizador é o mesmo que faz o serviço para a Sportv,eu pergunto?

Os jogos da Sportv também são manipulados??

Desde quando um comentador,tem capacidade para manipular imagens de um jogo.

Isto é que não respondes.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 03.05.2017 às 17:39

Eu nunca vejo a benficatv com excepção quando joga o Sporting... e nessa vez vi adulteração de imagens ao intervalo, vi um senhor a fazer-se passar por árbitro a ocultar os lances mais polémicos... o que será que não se passa nos restantes jogos?!

Mas vejo que para vocês é normal o benfica ser o único clube na Europa a transmitir os seus próprios jogos... é sinal que somos um pais avançado....
Sem imagem de perfil

De Mário Aidos a 03.05.2017 às 17:46

Lamento mas estás errado! Não foram ocultados lances nenhuns! Agora se as decisões não foram do agrado de quem não sabe as regras de futebol como tu...temos pena! O teu clube até levou o caso à UEFA e mesmo aí, não foi atendida a vossa pretensão! Já agora se consideras assim tão escandaloso os jogos serem transmitidos pelo canal de um clube, pede ao teu presidente e ao departamento jurídico para avançarem com mais uma queixa junto, como ele diz "dos tribunais normais"!!! Boa tarde!!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.05.2017 às 18:11

Eu nunca vejo a benficatv com excepção quando joga o Sporting)
Então como é que sabes que as imagens são manipuladas?
Sabes o que te incomoda mesmo?
Não é o Benfica ter capacidade para transmitir os seus jogos,é o Sporting não ter capacidade para transmitir os seus.
Isso é que te dói.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.05.2017 às 20:32

Deixo o alerta que se não se identificar, será editado.
Sem imagem de perfil

De Augusto Matos a 03.05.2017 às 17:41

Já lhe foi respondido e descodificado anteriormente esse pormenor ainda assim continua a carregar na mesma tecla tendenciosa tentando exaltar consciências.

Os jogos não tem que ser transmitidos, não é obrigatório estando presentes todos os órgãos de fiscalização oficial dos mesmos podendo até serem efectuados à porta fechada.
Como o futebol é um negócio, cada clube pretende administrar os lucros sobre o mesmo como entender, uns aumentam ou não o preço dos bilhetes outros vendem os direitos e outros criam as estruturas para ganharem com a sua própria transmissão.
Se a NOS aceita essa condição sem reclamar deve ter sido contemplado em contrato bilateral.

Na sua duvida constante de usurpação de direitos ao reclamar de assuntos no qual nem é visto nem achado só pode ser sanada (mesmo duvidando) com processo judicial por si apresentado ao MP como cidadão revoltado e ferido não sei em sitio.
Assim prefere matar o mensageiro replicando a ideia sempre que vê uma oportunidade.
Ninguem entende como a transmissão ou comentários influenciam decisivamente o resultado in loco do encontro.

Vá atirando esse barro à parede e mostrando essa faceta tóxica de confusão mental como já aqui admitiu que muitos agradecem os momentos de humor grátis.
Sem imagem de perfil

De Mário Aidos a 03.05.2017 às 17:47

Acabei de responder quase o mesmo :-)
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 03.05.2017 às 19:20

O benfica de facto tem de ir ensinar as grandes ligas europeias a vender o seu produto... o facto de terem uma transmissão própria não adultera o resultado do jogo, mas pode adulterar a interpretação pós jogo... quem compra a benficatv para além dos benfiquistas?!

Dizem que na Sportingtv é só bestas, mas na benficatv é só ética.... eu não posso aceitar que digam que é normal haver comentadores a comentar um jogo a defender uma equipa e dizer que é uma transmissão isenta... tal como as transmissões da Sportingtv também não são isentas.... o problema é que isto mexe Milhões ao contrário dos jogos de juniores e de modalidades.

Se de facto o que dizem fosse verdade o benfica não seria o unico na Europa a fazê-lo... e só o pode fazer porque este é um pais vendido ao clube do regime... faz melhor ao PIB disseram alguns.... é mais uma demonstração como Portugal encara palavras como concorrência igualitária e justiça na gestão da informação... são insignificantes para um clube que detem mais de metade dos consumidores!
Sem imagem de perfil

De Bruno a 03.05.2017 às 19:55

Schmeichel , bato te palmas por dizeres que Dolbeth é um ordinário , agora alguma vez no clube Sport Lisboa e Benfica , nunca vi ninguém a tratar mal constantemente tudo que é do Benfica e refiro duas personagens que vão ao canal do Sr Querido Lider todas as semanas , onde está a coerencia dessa criatura ? Responda-me a essa questão , e eu digo as vezes que quiser TRICAMPEAO , isso não é falta de respeito nem ofensa para ninguém , eu gostava era que comentasse a noticia em si , e aos argumentos do que eu disse sem se desviar para (ah mas no benfica isto e aquilo) e que percebesse que Bruno de Carvalho é um enormissimo hipócrita entre outras coisas , Schmeichel ja agora e com todo o respeito o que achou do post do Facebook à equipa de Futsal?
Sem imagem de perfil

De Augusto Matos a 03.05.2017 às 20:35

"o facto de terem uma transmissão própria não adultera o resultado do jogo, mas pode adulterar a interpretação pós jogo... quem compra a benficatv para além dos benfiquistas?! "

...E a interpretação pós jogo altera o resultado?
Então onde se situa o problema? Transmiti-lo ou comentá-lo?
Pensava que inicialmente a grande mentira estava em transmitir porque ninguem na Europa transmite os seus jogos o Benfica também não devia fazê-lo porque alguns aziados sentem-se defraudados! Ideia peregrina essa e muito digna de quem anda confuso.
O Sporting só não faz o mesmo porque antes de vender os direitos à NOS tinha ainda um contrato assinado com a sportv ao contrário do Benfica que já o fazia antes de concessão à MEO sendo até uma das razões pelo qual a Btv foi criada combatendo o paternalismo da sportv pelo FCP o qual fazia contratos inflacionados tendo em consideração as audiências globais que o Benfica lhes permitia.
Após a saída do Benfica da sportv a olivedesportos caiu a pique não conseguindo dar o mesmo pelos jogos do Porto que dava até então e assim tiveram que se associar.

Se forem só os benfiquistas a assinar a Btv já basta, apesar de fazê-lo quem quiser.
Sem imagem de perfil

De GreenJones a 03.05.2017 às 10:56

Esta proposta do Bruno de Carvalho é apenas trazer mais um pouco de ridículo para o nosso clube, mais gozação e mais chavascal. Já agora como é que se controlam comentadores? E seriam as instituições desportivas a fazer o controlo? Há algum outro País onde os clubes sejam desportivamente penalizados por comentários nos Media? Já olhámos bem para os nossos próprios comentadores? Estamos a falar a sério ou é mais para querer ter atenção? Custa-me ver aquilo em que nos tornámos, deixaram as claques subir ao poder agora é ver os resultados. Não há noção de ridículo, nem de conhecimento da nossa própria História. Uma vergonha, que ainda por cima, está a fazer "escola", hoje em dia ser do Sporting confunde-se com ser anti-Benfiquista odioso, andar a cultivar teorias e fantasias sempre que não se obtêm resultados. Nós somos o Sporting, a nossa identidade é reconhecida mundialmente com base num passado e futuro de grandes atletas e técnicos, de títulos conquistados, e de trabalho, não precisamos de identidades "recém-descobertas" por dirigentes de vão de escada. O mais triste é ver alguns Sportinguistas a dar cobertura a este presidente. É isto que querem? Por ser ligeiramente melhor do que Godinho e JEB agora damos as chaves do clube a um oportunista sem estratégia nem seriedade? Quantos anos vamos precisar para rectificar o rumo depois do Bruno ser corrido? Lamento, não me identifico. Às pessoas que se identificaram no dia de eleições pergunto, nas palavras do histórico professor Moniz, ele próprio um valor leonino que devia inspirar a melhores dirigentes do que este Bruno: valeu a pena esta temporada? Querem mesmo confiar num Chico-esperto que vai ao Cazaquistão à espera de dar uma volta Olímpica ao pavilhão mas que acaba a criticar a equipa? Quando há vitória os louros são dele, o "salvador", quando há derrota os jogadores estiveram mal. O Inter não tem qualidade? Que conversa é esta de "arbitragem manhosa", já não sabemos cumprimentar os adversários que estiveram melhor do que nós?
Não sabíamos perfeitamente que eles defendiam bem? Quem está no desporto deve saber aceitar quando perdemos bem, o nosso percurso na prova é de enaltecer, voltaremos mais fortes, só isso. Estou farto deste presidente que quer passar por fino mas que faz uma gestão emocional, de mercearia, com uma forma de comunicar que é de ficar corado de vergonha. Competência na gestão deste Bruno de Carvalho? Quem está a fazer uma temporada enorme é o Marco Silva, era barato, educado e com resultados, o oposto do que se tem visto ... SL
Sem imagem de perfil

De João Gonçalves a 03.05.2017 às 13:26

Sem imagem de perfil

De Mário Aidos a 03.05.2017 às 13:53

Este comentário vale 5 estrelas! Retrato perfeito do Grande Sporting dos dias de hoje presidido por alguém sem o minimo de noção das suas funções, não sabe quando deve ou não intervir, quando deve dar ou não o espaço aos verdadieros protagonistas e que literalmente está a desfrutar do cargo para concretizar, segundo o próprio, o seu sonho de criança!!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.05.2017 às 01:36

Bom comentário caro GreenJones !
Sem imagem de perfil

De joao pereira a 03.05.2017 às 11:07

Tenho lido e ouvido muito por alto estes últimos desenvolvimentos ( cartas, pedidos à Liga,etc..).
sinceramente, acho que são todos hipócritas.
nem faz sentido penalizar os Clubes por comentários às arbitragens nem dos comentadores, não faz sentido nenhum.
Deviam sim, todos eles, olhar para dentro dos seus Clubes/SAD's e trabalhar no sentido de melhorar, desportivamente, financeiramente, enfim a todos os niveis.

Pensarem nos atletas que têm contratados "às paletes", na formação dos seus miudos, na manutenção dos seus equipamentos e estruturas desportivas, campos, pavilhões, piscinas.

terem pessoas competentes para analisar e entender o porquê dos desaires desportivos em vez de terem "lambe-botas" que dizem sim a tudo e apontam logo para o arbitro, o bandeirinha, o rival, o bruxo ou o tempo para culpabilizar as derrotas.

Potenciem as competências e corrijam as incompetências.

O tempo que se perde com ataques na Comunicação Social, no Facebook, no Twitter, as queixas e processos na Liga/FPF/Tribunais, as cartilhas e comentadores se todo esse tempo fosse utilizado construtivamente a trabalhar para potenciar as suas competencias, talvez Sporting e Benfica fossem mais competitivos dentro de campo(seja em que modalidade for..)

Só citei estes 2 Clubes porque são os mais acérrimos neste despique mas poderia acrescentar mais alguns.
Sem imagem de perfil

De João Gonçalves a 03.05.2017 às 14:13

Sobre o tema do post pouco há a dizer.Talvez sorrir... Uma missiva destas escrita por alguém castigado por cento e não sei quantos dias, mas que desde o dia em que saiu o castigo até hoje, ainda não se calou um único dia, diz quase tudo.Alguém que admite comentadores como o Carlos Dolbeth na "sua" televisão, que se deixe de tretas sobre punir comentadores de televisão.

Mudando de assunto, é por ver aqui tanta gente lúcida (não todos, obviamente) a comentar e a escrever que ainda cá venho todos os dias. é bom ver que nem todos enlouquecem com o futebol...
Sem imagem de perfil

De Ventura a 03.05.2017 às 14:44

Mas alguém acredita mesmo nisto?
Esta carta é mais um convite para o Vieira se vir sentar na tribuna.
Foi mais um expor dessa escumalha ao ridículo.

Ele sabe que nunca irá para a frente. Foi um raise á mão do Orelhas.
Eles dizem mata e nós dizemos esfola.
Eles nao avançam com nenhuma medida e nós ficamos-nos a rir.

O Vieira o que quer é poder ter argumentos "Eu até propus que os clubes perdessem pontos...", sabendo ele que isto nunca irá para a frente.

E o Bruno diz "Epah nós até fomos mais longe e incluímos os comentadores..."

Não sejam anjinhos. Isto é tudo fogo de vista, de ambos os lados e com estratégias opostas.
Sem imagem de perfil

De João Carvalho a 03.05.2017 às 17:40

Nunca irá para a frente? Fogo de vista?
Se olhar para as sugestões dos árbitros, eles propõem as mesmas medidas.
Ameaçam mesmo com greve!
Será culpa do Vieira? Estarão instrumentalizados pelo Vieira?
Sem imagem de perfil

De Ventura a 03.05.2017 às 14:52

Já agora, que saudades dos tempos em que o futebol português estava perfeitamente pacificado e não se viviam estas guerras de agora, o grande problema foi o BdC ter aparecido e ter estragado esse clima de paz entre "gente de bem" :

Luís Filipe Vieira, 07/04/08
“Era importante que a Judiciária começasse a entrar definitivamente no futebol. Aquilo que se está a passar em alguns campos do país é muito grave, para não dizer que os resultados estão a ser completamente viciados jogo a jogo. Já não vale a pena jogarmos bem, não vale a pena massacrarmos, porque temos algo que nos controla. Não vale a pena fazer escutas telefónicas, basta seguir meia dúzia de pessoas para perceber o que está a fazer-se no futebol português”

Pinto da Costa, 12/04/08
“Podem constituir-me arguido todos os dias, podem dizer que fiquei com o dinheiro da Dona Branca, podem dizer que ando com pó branco nos pneus do meu automóvel, podem dizer o que quiserem e dar credibilidade a quem quiserem, por mais desonesto que seja”
“Acredito na justiça divina e prometo lutar eternamente para que o FC Porto seja o maior”.

Comunicado do FC Porto, 06/06/08
“Na sequência do que tem sido repetidamente denunciado pelo Presidente do FC Porto, o SLB pretende obter na secretaria, e longe dos palcos do jogo, aquilo que não conseguiu em campo e que constituiu mais um fracasso rotundo na sua deprimente história recente”.
“Luís Filipe Vieira assistiu à espiral negativa da sua super-equipa, que se fixou no quarto lugar final, a mais de duas dezenas de pontos do campeão, e com o acesso vedado à UEFA Champions League”.

Luís Filipe Vieira, 16/03/09
“Poderá alguém celebrar um sucesso construído em práticas ilícitas? Já sabemos que sim, mas esse não é o nosso destino. O nosso destino é acabar com a impunidade e aqueles que pensaram, e continuam a pensar, que as ações mais baixas não acarretariam consequências têm de saber que o futebol português vive bem sem o compadrio, a mentira e a corrupção. Têm de sentir que a justiça atua e castiga, têm, por fim, de saber que a justiça divina vem depois, mas, antes, que têm de responder pela justiça dos homens”

Luís Filipe Vieira, 26/02/10
“Há gente que perdeu o pouco que lhe restava de vergonha. Não há vítimas, nem cortinas de fumo, nem conferências de imprensa coletivas ou manifestações encomendadas que possam branquear certos comportamentos”
“Alguns ainda não se habituaram à mudança: num tempo atrás, dominado pela escuridão, não vi os ofendidos de hoje levantarem a sua voz de indignação”

João Gabriel, diretor de comunicação do Benfica, 09/03/11
“Existem palavras que deviam queimar na boca de certas pessoas. Pinto da Costa foi condenado pela justiça desportiva por tentativa de falsificação de resultados, entre outras coisas, e só não foi pela civil porque as escutas não foram aceites”.

Pinto da Costa, 13/03/11
"Podem simular agressões a qualquer palhaço [Rui Gomes da Silva, dirigente do Benfica], nós vamos continuar o nosso destino e o nosso destino é vencê-los"

Cont.
Sem imagem de perfil

De Ventura a 03.05.2017 às 14:54

Cont.

Pinto da Costa, 11/05/12
“Este campeonato teve um sabor especial. Parece que já existiam por aí faixas de campeão guardadas e que existiam umas t-shirts estampadas que, agora, pouco mais servirão do que para limpeza".
"Podem colocar todos os papagaios a falar, pois, se disserem mais do que olá, só sai asneira".

Luís Filipe Vieira, 24/05/12
“Ainda têm a lata de falar em apagões quando a sua história foi marcada por fruta, corrupção e compadrio. O seu sucesso é e foi construído com base na maior mentira do desporto português”.
“O sistema ainda não acabou, continua baseado na intimidação, na violência e nos favores”.
“Na vida, como nos livros, um ladrão não deixa de ser ladrão por declamar poesia, ou por ir ao Papa. Um fugitivo da justiça não o deixa de ser apenas porque alguns juízes decidiram assobiar para o lado”.
“As nossas razões podem não chegar à UEFA, como não chegaram as escutas da fruta, como não chegaram para a justiça portuguesa as escutas do café com leite, mas nós não vamos parar enquanto não limparmos o desporto português”.

Comunicado do FC Porto, 25/05/12
“Burros não são os que acreditam na mudança. Burros são os que se deixam contentar com dois campeonatos e uma taça enquanto o leitor enche pneus de inveja com os títulos nacionais e internacionais do FC Porto”.
“Burros são os que ainda levam a sério o leitor. Em 2003: “O Benfica será mais forte do que o Real Madrid”. Em 2005: “Vamos arrasar na Europa”. E em 2006: “Depois do Verão, seremos o maior clube do mundo”.
“Podem continuar a tentar ganhar eleições à nossa custa, mas continuam a ver o FC Porto ganhar camião de títulos. E nem o camião nem os títulos são roubados”.
“Burros são os que confundem risco com linha, ou que julgam que coca-cola só tem quatro letras”.

Pinto da Costa, 17/08/12
“Vergonha teria se tivesse sido condenado por roubo, fosse no tribunal da Boa Hora ou noutro qualquer. De resto não entro nessa conversa porque não estou em campanha eleitoral. E quando estou não preciso de entrar em guerras com ninguém para ter os sócios do meu lado”

Era tudo tão bonito e cordial... looooooooooool.
Sem imagem de perfil

De MarcoI a 03.05.2017 às 15:08

Não era cordial, mas não era todos os dias 😁 Esse resumo que pôs ai, referente a não sei quantos anos, agora faz-se em dois dias só com BdC ( e com um incremento se brejeirice e palermice que nem sei)

E se alguém do Sporting se lembrasse do Apito Dourado ( em vez da alegria que era ver o Benfica não ganhar) até viam alguma razão de ser em "tanta" conversa.

Mas como ninguém se queixa do Dragões Diário, por exemplo, creio que o intuito não é melhorar o ambiente, mas sim tentar perturbar o SLB ( como se o Jonas marcasse golos graças ao Guerra ou coisa que o valha)

Sem imagem de perfil

De Ventura a 03.05.2017 às 15:35

Não é " referente a não sei quantos anos" é apenas de 2008 a 2012, são só 4 anos.
Se for mais atrás então sim lá encontra essa tal alegria de ver o Benfica a não ganhar ( ou melhor, a perder ) que era efusivamente festejada com champanhe pelo vosso presidente ao lado de PdC.
Quanto ao apito dourado não precisa de nos lembrar, ao contrário de vocês, fomos vitimas dele desde os tempos do João Rocha, foram mais de 30 anos.
Sem imagem de perfil

De Luis Vicente a 03.05.2017 às 17:21

Podes disponibilizar um link,com imagens do Vieira a comemorar os títulos do Porto?

Estou curioso.
Sem imagem de perfil

De João Rodrigues a 03.05.2017 às 17:58

Só o Sporting foi vitima do apito dourado ? Então já vem de longe essa estirpe de calimeros.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo