Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Cada cavadela uma minhoca"

Rui Gomes, em 27.11.16

 

NNDSSX1D.jpg

 

«A eficácia da concretização… Isso faz parte do jogo e de todas as equipas do mundo. Tirando alguns jogos, ninguém tem cinco oportunidades de golo e faz cinco ou quatro golos.

 

O ideal, para todos os treinadores, era que tivessem seis, cinco oportunidades, e metessem lá. Cada cavadela uma minhoca. Mas o futebol não é nada disso. Estes momentos fazem parte do jogo. Mesmo que estivessem Messi e Ronaldo na mesma equipa, iam falhar golos durante o jogo».

 

                                                                                                       Jorge Jesus

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:48


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 27.11.2016 às 10:49

Aqui o JJ tem razao.
Se cada oportunidade fosse golo, todos os jogos terminavam igualzinho ao jogo do Dortmund vs. Legia (8-4) , por exemplo.
Tudo depende do grau de dificuldade dessa mesma oportunidade !!!
Claro, a qualidade do jogador também conta.

P.S...Por isso mesmo é que no futebol, nao se pode só estar à espera que só ponta de lanca faca golos. O Gelson ontem teve uma e defeniu muito mal . Pena foi !
É necessário que os que estao ao lado (médios mais ofensivos e extremos) também saibam fazer golos..Nao é o caso do Sporting!!
Bas Dost, B.César, Adrien("penaltes") :))) e, e, e, .........TEO LOOOOOOOLLL !!!Assim, fica sempre ser mais dificil !!!

Sem imagem de perfil

De J. a 27.11.2016 às 12:17

Sim, para o mês que vem já teremos novamente o Teo a chegar.... :-)
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 27.11.2016 às 12:21

Carlos,

Tens toda a razão! O facto de marcarmos poucos golos deve-se as características dos nossos médios ofensivos como o Ruiz ou Gelson serem jogadores pouco concretizadores!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.11.2016 às 12:42

Para já, o Gelson não é um médio mas sim um extremo, cuja principal função não é necessariamente marcar golos. No entanto, já regista 6 assistências. Mas ainda é muito jovem e com mais experiência irá facturar mais.

O Bryan Ruiz sim, porque não é extremo e não dá naquela posição. Ele deveria ser o "10" que a equipa não tem, mas ou Jorge Jesus não vê isso ou não tem mesmo capacidade para tal.

O problema caro Schmeichel, e aquilo que o caro, como sempre, defende até à morte, é o número de contratações sem nexo, quando a equipa continua a carecer em certas posições.
Sem imagem de perfil

De J. a 27.11.2016 às 13:00

Este Sporting para já, joga sem 10. Tal como não jogava com um "10" no ano passado.

Por o Bryan Ruiz atrás do ponta de lança, não é para já possibilidade devido ao fraco poder de concretização do costa riquenho que tem estado mal nestes ultimos jogos.

Acredito que entre o plantel, Campbel é quem tem melhores caracteristicas para jogar atrás do ponta de lança. Para já, é o que apresenta melhores numeros para o campeoanto. 3 golos em 347 minutos de jogo....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.11.2016 às 15:34

Mas o problema fulcral é mesmo o "10" e não tanto quem joga em apoio directo ao ponto de lança. O homem que comanda as operações ofensivas, construtor, criativo e, sobretudo, com uma visão de jogo ímpar na equipa.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 27.11.2016 às 16:23

O tal dez, hoje em dia já não se utiliza..
Senão era muito fácil para o adversário marcar esse homem e estava o ataque anulado!!!

O Bryan Ruiz é mau todos os dias..
Não é veloz, seja a pensar ou a correr. Não é fisicamente possante, apesar do seu 1,88 cm. Não faz golos. Lateraliza muito, não dá dinamica ao ataque.. Afinal, o que é que veem nele??
Pézinhos de veludo!!.. Bom, vou mandar-lhes o Beckenbauer. Ainda é elegante e pézinhos continua tendo.. :)))

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.11.2016 às 00:41

Quer dizer, então, que os "10" antigamente não eram marcados ???
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 28.11.2016 às 10:49

Sim e nao !!

Quando isso acontecia, via-se como essa mesma equipa sofria. Por isso se dizia : vai com ele até à casa-de-banho e assim se anulava o jogo adversário, principalmente.

As táticas evoluiram muito e com a introducao da análise via video, ainda mais!!
Por exemplo: comecou-se a pedir ao antigo trinco que também toma-se o comando do jogo!!
O trinco era só e especialmente para defender e anular o "10". Por isso se escolhia o mais sarrafeiro, para nao dizer violento :)))
Hoje em dia, comeca-se a pedir que os extremos nao sejam só para transporte de bola e centrar mas, também para entrarem por o meio (jogo interior) .

O "1o" clássico, nao, nao funciona !!
Agora é minha vez de perguntar ; quem joga com um "10" clássico, hoje em dia??
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 27.11.2016 às 18:36

Ultima Hora ...
Goooolooooooo !! Standart Liége... Belfodil, esse mesmo ....

Belfodil, ganda cavadela ....... LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLL!!

P.S. Sorry !!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo