Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Carta aberta a Nuno Saraiva

Rui Gomes, em 29.07.17

 

Nicolau Santos, director-adjunto do jornal Expresso, responde à missiva de Facebook de Nuno Saraiva, director de comunicação do Sporting:

 

Meu caro Nuno Saraiva,

 

nicolau-santos-opiniao-73be.jpg

Conhecemo-nos há alguns anos e chegámos mesmo a trabalhar juntos no Expresso. Sempre mostraste ser um grande profissional e uma excelente pessoa. Hoje vi o que escreveste na tua página oficial do Facebook sobre a crónica que ontem publiquei na Tribuna Expresso. E compreendo-te. Trabalhas para o Sporting, tens de defender o clube. É normal: ninguém que trabalha para uma empresa ou instituição critica publicamente o patrão ou o presidente. E se é paga para as defender, tem de vir a terreiro fazê-lo.

 

O Sporting, contudo, é uma instituição de utilidade pública. Tem milhares de sócios, já teve muitos presidentes e muitos mais treinadores, terá mais presidentes e treinadores. Vivemos num país livre, logo num universo tão alargado de associados haverá sempre quem não concorde com o presidente de plantão ou com as opções do treinador que está de momento aos comandos.

 

Vamos então por partes. Bruno de Carvalho devolveu aos sócios do Sporting o orgulho de pertencerem ao clube e a fé de voltarem a acreditar em novas conquistas em todas as modalidades. Construiu o pavilhão, uma falha inadmissível num clube com a dimensão do Sporting. Renegociou com os bancos, ganhou folga financeira para não asfixiar a possibilidade de serem comprados novos jogadores que, a nível do futebol, nos dêem a possibilidade de ganhar a I Liga. Fez propostas para tornar muito mais transparente o futebol nacional. Relançou modalidades que estavam abandonadas e onde o clube tinha pergaminhos. Deixando de lado as suas afirmações truculentas e atitudes completamente desnecessárias, Bruno de Carvalho tem sido um grande presidente, que resgatou o Sporting daquele declínio irreversível em que parecia ter entrado.

 

Contratou dois grandes treinadores, Leonardo Jardim e Marco Silva, que infelizmente entendeu dispensar. Mal, claro, como se tem visto. Mas quando conseguiu trazer Jorge Jesus para o Sporting, fez algo de extraordinário: encontrou a peça que fez o click para galvanizar os sócios e os jogadores, ao mesmo tempo que traumatizava profundamente os nossos rivais da segunda circular. Foi um dois em um, que só não resultou logo na conquista do campeonato porque nessa altura não havia videoárbitro.

 

Tudo isso, contudo, não me faz esquecer outras coisas. Jesus está há duas épocas no Sporting e a começar a terceira. O que ganhou com os jogadores que herdou (e que tinham ganho uma Taça de Portugal) e com os muitos outros entretanto adquiridos? Uma Supertaça. É pouco, lamentavelmente pouco para a sua apregoada genialidade. E o pior é que os resultados tem vindo a descer.

 

mw-680.jpg

 

Na sua primeira época à frente do Sporting, a equipa principal ficou em segundo lugar, marcou 79 golos e sofreu 21. Na época passada, o clube ficou em terceiro, marcou 68 golos (menos 11) e sofreu 36 (mais 15). Ora o guarda-redes foi sempre o mesmo (Rui Patrício), o meio-campo também (William e Adrien). Logo, o problema só pode ter estado na defesa.

 

E Jesus tem um manifesta esquizofrenia com as defesas dos clubes que treina. Já tinha no Benfica, onde os defesas esquerdos se sucederam com tanta regularidade que nem o mais acérrimo dos prosélitos do clube da Luz se consegue lembrar dos respetivos nomes. Inventou num célebre jogo no Dragão, onde colocou David Luiz, um defesa central, a jogar à esquerda. O Benfica perdeu por 5-0.

 

No Sporting, depois de termos feito uma monumental exibição em Madrid, fomos jogar com o Rio Ave. Perdemos 3-1, com Bruno César a defesa esquerdo. Os avançados passavam por ele como se fossem de mota e ele estivesse de bicicleta. Jesus só corrigiu o erro depois de termos o jogo perdido. Durante muitos jogos no ano passado resolveu apostar em Zeegelaar, embirrando claramente com Jefferson, que defende menos mal que Zeegellar mas é muito melhor a marcar livres, a centrar e a apoiar o ataque.

 

Também não deu quase oportunidades a Paulo Oliveira e não desistiu enquanto não o correu do clube. A dupla central de defesas mudou tanto que os sócios eram surpreendidos a cada jogo. Depois ficou-se por Ruben Semedo e Coates. Agora indicou a porta de saída a Semedo para contratar um tal Mathieu, que não tem, pela sua morfologia, nenhumas características de ser um defesa rápido e de ter rins flexíveis. E Coates precisa de um parceiro rápido ao seu lado, como eram Semedo ou Paulo Oliveira. Sem eles, a vida também lhe vai correr pior. E que dizer da dispensa de Schelotto para ser substituído por Piccini, que por sua vez ficou (descobriu-se agora em Alvalade!) sem nenhum concorrente para a sua posição?

 

Aliás, leio hoje no Record: “Urgente – Jesus quer lateral e central – Técnico procura alternativa válida a Piccini e Coates”. Pergunto: agora é que descobriram isso? A 15 dias de começar o campeonato? É que o problema não foi termos perdido com o Guimarães por 3-0. O problema é que não se vê como vamos solucionar o problema para o campeonato. E as grandes equipas constroem-se a partir da defesa, porque são aquelas que sofrem poucos golos.

 

Sim, eu sei que o André Pinto está lesionado. Mas o Tobias alguma vez é melhor que o Paulo Oliveira? E porque é que dispensámos o Schelotto? É pior que o Piccini? E agora o Coates também já não serve? Mais: o Mattheus Oliveira é melhor que o Francisco Geraldes? Não, não e não.

 

mw-680.jpg

 

E vamos jogar com três centrais, em 3-4-3? Temos jogadores para isso? Até quando vamos experimentar o sistema? Vejam-se os resultados em sete jogos de preparação: 1 golo sofrido com o Belenenses, dois com o Marselha, 1 com o Fenerbahce, 3 com o Basileia, 3 com o Valência, 1 com o Mónaco, 3 com o Guimarães. 14 golos sofridos, média de dois por jogo. É assim que nos vamos candidatar a campeões? Isto não faz acender inúmeras campainhas de alarme nos comandos técnicos do Sporting e na direcção? E não será que, mais que por causa dos jogadores, é o sistema que está errado?

 

Por outro lado, Jesus está a reproduzir no Sporting o que fez no Benfica: a contratação de uma avalanche de jogadores sul-americanos em detrimento de oportunidades para os jovens da formação ou para jogadores portugueses que não foi ele que contratou. Não é o modelo do Sporting Clube de Portugal e é um enorme erro, que nos vai custar caro quando ele deixar o clube.

 

Meu caro Nuno, recebi o ano passado o meu emblema de sócio do Sporting Clube de Portugal há 25 anos. Mas na verdade deveria ter recebido outro emblema, porque desde os seis anos fui sócio do Sporting Clube de Luanda, um tempo que infelizmente não conta para a contabilidade do SCP.

 

Há 13 anos que pago a Gamebox. Tenho as quotas em dia. As maiores alegrias que tive foram a conquista dos dois últimos campeonatos pelo Sporting. No primeiro não estava em Portugal, mas no segundo andei a buzinar pelas ruas de Lisboa, bebi champanhe, pintei a cara de verde e branco e festejei exuberantemente com os meus filhos desde o Marquês, passando pela Avenida da Liberdade, até ao Largo do Pelourinho. Para sportinguista híbrido não está mal de todo.

 

Sabes, meu caro Nuno, quando fui do Conselho Leonino e tinha assento na parte da bancada principal destinada aos corpos sociais (coisa que pouco fiz porque prefiro de longe o meu lugar cativo), havia um senhor que se sentava ao meu lado e que passava o tempo a dizer que o Sporting não ganhava porque toda a comunicação social estava contra o clube.

 

E eu a olhar para o campo e a ver os nossos avançados a falhar golos de baliza aberta ou a nossa defesa a abrir alas para os adversários marcarem. O que é que a comunicação social tem a ver com a inépcia de jogadores e treinadores? O que é que a comunicação social tem a ver com contratações falhadas, programações de temporada erradas, escolhas de sistemas desadequados? Nada. Zero.

 

Mas eu acredito. Acredito sempre que o Sporting vai ultrapassar todos os obstáculos, todas as dificuldades, todas as barreiras. Acredito que os jogadores suarão e honrarão aquela camisola. Acredito que os sócios encherão de novo Alvalade esta época, com uma média de espectadores acima dos 40 mil (muito por causa do Presidente e do bom futebol que a equipa, apesar da falta de resultados, tem jogado) e que empurrarão o Sporting para muitas vitórias. E sei, como tu também sabes, meu caro Nuno, que se esta época for tão paupérrima de títulos como foi até agora, o reinado de Jesus termina em Alvalade. Ah, também sei que não há sócios de primeira e outros de segunda. Todos tem direito a dizer o que pensam, mesmo se não pensam o mesmo que o Presidente ou o treinador. E não será seguramente por causa de um artigo na Tribuna Expresso que o Sporting não ganhará a Liga 2017/2018. Estamos de acordo, meu caro Nuno?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


21 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 29.07.2017 às 08:35

No outro artigo tinha-se esquecido do Gelson. Mas agora sim. Concordo com quase tudo. Texto bem escrito, onde diz muitas verdades. O problema do Saraiva é não querer tirar as "palas"...
Sem imagem de perfil

De Lusitanista a 29.07.2017 às 11:06

O Saraiva é pago para fazer o trabalho que faz. Está só a garantir o seu "tacho". Não tem a ver com ter ou não ter palas.

Ele foi contratado para que Azevedo de Carvalho não tivesse de ser ele a dizer o que ele diz. E faz esse trabalho, logo o presidente está satisfeito com ele.

O trabalho dele é, basicamente, o de enviar sistematicamente areia para os olhos....
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 29.07.2017 às 10:19

Excelente texto! Diz tudo basicamente...
Sem imagem de perfil

De antonio a 29.07.2017 às 19:13

Podiam era ter acertado os detalhes ao telefone ou pessoalmente e deixavam-se destas telenovelas chilenas.
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 29.07.2017 às 11:09

Prezado Rui Gomes

Tudo aquilo que eu penso sobre o SCP actual e dos últimos dois anos está aqui mencionado nesta carta aberta ao Director de Informação do nosso clube, pelo associado Nicolau Santos.

Espero que o nosso Presidente leia esta carta, pois não podemos meter a cabeça na areia, quando é visível que algo de errado se passa dentro do nosso clube. Lendo com atenção , a maioria dos nossos problemas estão aqui indicados, pelo que são de fácil alteração.

Apenas não concordo, quando ele diz, com outras palavras, que a Comunicação Social não tem influência na conquista de campeonatos. É evidente que tendo os jornais e a TV a enaltecer tudo o que é vermelho, a branquear situações graves existentes nos outros rivais, a promover jogadores e não criticando quando eles falham, como temos vários casos, a esquecer as actuações de vários
árbitros, que alteram os resultados e que ajudam sempre o mesmo clube, não basta ter uma avançado que mete 36 golos e nem sequer nos deram a possibilidade de lutar pelo primeiro lugar, porque de repente ficámos fora da corrida com 8 pontos a menos.

Bom fim de semana Fernando Albuquerque.


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.07.2017 às 16:58

Caro Amigo,

Há muito de verdade no artigo de Nicolau Santos. Não surpreenderá ver Nuno Saraiva surgir com outra resposta para "inglês ver".

A comunicação social, por tendenciosa que seja, e é, não explica tudo.

Um bom fim de semana também para si.
Sem imagem de perfil

De DaniG a 29.07.2017 às 12:02

"Deixando de lado as suas afirmações truculentas e atitudes completamente desnecessárias, Bruno de Carvalho tem sido um grande presidente"

Portanto, basicamente, "excepto as coisas más, BdC é bom presidente". Que lógica mais absurda. Enfim, vamos continuar a ignorar e a desculpar as atitudes e erros de BdC pq somos todos grandes Sportinguistas, acreditamos muito e "este ano é que é". Ok...

E que tal falar e questionar os problemas fundamentais que assombram o Sporting? Por exemplo, a dinâmica actual entre presidente e treinador - um não tem dinheiro para despedir o outro, e o outro não arranja melhor clube a receber tanto ou mais - é boa para o clube, o bem-estar da estrutura e para a produtividade desportiva?

Que promessas foram feitas aos capitães do Sporting e qual a influência da quebra dessas promessas na produtividade desportiva dos mesmos?

Qual é, concretamente, o projecto de BdC com JJ? Só lhe interessa ganhar um campeonato dê por onde der, JJ vai-se embora e depois logo se vê? Existe projecto a longo prazo, sequer? BdC está simplesmente numa estratégia a curto prazo de desgaste, como aconteceu com os outros treinadores, em particular Marco Silva, ou JJ é o seu treinador a longo prazo?

A resposta parece alternar de dia para dia mediante o estado de alma do presidente e os resultados dos jogos, e uma equipa de futebol, uma estrutura profissional, não pode estar dependente das inseguranças, instabilidade e flutuações emocionais do presidente.

Mas nada disto importa, pq desde que os Sportinguistas acreditem - tipo Peter Pan e Tinker Bell - e não teçam críticas a ninguém do clube aparentemente está tudo bem. Pelo menos é esta a narrativa que prevalece entre os sócios e adeptos, que nos dias de hoje é directamente difundida pelo presidente e director de comunicação à nação Sportinguista.

E quando os resultados não aparecerem, a culpa tem obrigatoriamente de estar noutro lado: no Benfica, na comunicação social, nos árbitros, na Liga, na FPF, na Doyen, na UEFA, etc. Porque claramente o problema não está dentro do Sporting! O presidente é o melhor do mundo, o treinador é o melhor do mundo e os jogadores são os melhores do mundo.

Espero estar completamente errado mas infelizmente não consigo afastar o feeling de que já vi este filme, já se está mesmo a ver como isto tudo vai acabar e ainda assim a grande maioria dos Sportinguistas continuam serenamente sentadinhos a ver o filme até ao fim.

No final, se o filme for de terror como na época passada, vamos todos ignorar, fazer de conta e esquecer, pq como bons Sportinguistas - e não uma cambada de "híbridos" - temos é de acreditar que o próximo filme é que vai ser bom. Pq se alguém diz alguma coisa, faz algum reparo, ou deixa de acreditar, a Tinker Bell morre.

E assim se gere um clube centenário. Tem dado bons resultados…
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 29.07.2017 às 12:09

Sem imagem de perfil

De General Store a 29.07.2017 às 13:43

Classe!
Que magnífica resposta! Diria que seguramente o tema ficou encerrado e morre aqui caso não tivesse já visto por várias vezes o pavor em não ter a última resposta por parte dos dois destinatários desta mensagem. O remetente até vai ao ponto de elucidar que é um esforço fútil classificá-lo com aquele novo termo que inventaram para associar o cruzamento de espécies com quem tem uma opinião divergente dentro do universo leonino. Ora agora existem grifos, metade leões metade águias e assim passamos por entre os pingos da chuva de responsabilidades pelos nossos erros denegrindo a opinião contrária e ostracizando porque estão contra. Tudo isto ao mesmo tempo que defendemos o contrário absoluto: há que estar unidos! O Novo Sporting é diferente e defende o direito à opinião de cada um ao contrário de outros clubes... Ai, os outros clubes!!! Sempre os outros clubes -entenda-se o outro clube- em cada discurso uma referência à parte do Grifo que tem asas... Olhai para eles que são os maiores culpados de tudo.
Li um comentário anterior em que alguém (peço desculpa mas não recordo o nome) dizia que o Saraiva tinha que defender o tacho. No meio disto tudo essa personagem apenas está a fazer o seu trabalho e a defender o seu emprego.
Sem imagem de perfil

De Puro a 29.07.2017 às 14:30

Quem é que escreveu o texto ao Nicolau? Até parece que percebe de futebol. No entanto, beber champanhe não faz do Nico um bom sportinguista. E sim, a comunicação social também ajuda a desvirtuar a realidade, passando a indicar alguns exemplos: Estádio WC, Franguício, as pontuações dos jogadores...
Em suma, para o Sporting ser campeão nunca basta ser o melhor.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.07.2017 às 14:47

O caro invoca o mesmo tipo de discurso sem nexo de Nuno Saraiva.

Nicolau Santos tem a sua opinião, certa ou errada, e isso não o faz ser menos ou mais sportinguista.
Sem imagem de perfil

De Bento a 29.07.2017 às 16:32

Nunca li, nunca vi e nunca ouvi esses nomes na imprensa, a não ser que esteja a confundir blogs e sites benfiquistas com imprensa!!
Já nada me surpreende!
Sem imagem de perfil

De sergiom_ a 29.07.2017 às 16:19

Bom texto!

Concordo com muito do que escreve Nicolau Santos
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 29.07.2017 às 16:27

Grande texto, subscrevo e assino por baixo..... há no entanto uma questão que me parece fundamental, duvido muito da tal recuperação financeira do Sporting, é que com tantas contratações e algumas por valores bem altos, de onde vem tanto dinheiro? Relatórios de contas nada me dizem.... há muita maneira de camuflar prejuízos! Cheira-me que quando BdC sair (mais tarde ou mais cedo será corrido, e ele e JJ) se verá o tamanho do buraco onde o SCP está a entrar......
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.07.2017 às 16:54

Também é uma questão que me intriga há muito. Há quem diga que já se anda a gastar o contrato com a NOS para os próximos anos.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 29.07.2017 às 17:27

De onde vem o dinheiro?! do aumento claro das receitas.... p.ex. vendas de 70M em apenas dois jogadores, quando dantes vendíamos titulares por 1M.... aumento claro da bilheteira.... aumento dos valores televisivos.... aumento do merchandising... redução das comissões...

Uma coisa é criticarmos as opções de gestão de BdC e as opções de campo do JJ.... outra coisa é estarmos sempre com estas teorias de conspiração de que os R&C não contam para nada.... então o que conta?! os bitaites?! o feeling?!

O saldo em Fev 2017 entre compras e vendas de jogadores da equipa A e B, era um saldo positivo de 82 milhões de euros. Isto são factos.... não são bitaites!
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 30.07.2017 às 10:24

Assumindo que esses 82 milhões de euros são todos para o clube.....
Não se percebem também outras questões financeiras, Doyen por exemplo.... está cativo na UEFA mas porque raio não é pago esse dinheiro? É melhor deixar a divida crescer mais?
Quanto foi gasto em 3 anos em contratações? Muitos deles para dispensar, acha que é o caminho certo? Desculpe mas não me parece, e não há relatório de contas que me convença do contrário, ainda por cima com os resultados miseráveis que estão á vista a nível desportivo. Só para esta nova época já vamos em 10 contratações, como vimos ontem a equipa joga mal e porcamente, apanhámos foi um adversário ainda em modo férias.....
Infelizmente no meio de tanta borrada será o SCP a pagar a fatura, como sempre.
Sem imagem de perfil

De Puro a 29.07.2017 às 16:27

Está na moda dizer mal do presidente e do Saraiva. Apesar disso e com muito nexo, ambos querem adeptos com fervor, em vez do típico sportinguista masoquista.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.07.2017 às 16:52

Não confunda fervor pelo Sporting e quaisquer críticas dirigidas a esses dois personagens. Aliás, não tem havido falta de justa causa para o efeito, quase sempre que abrem a boca.
Sem imagem de perfil

De Puro a 29.07.2017 às 17:01

Baralhei-me. Sim, o Record, a RTP e a RR são meios de comunicação do nosso rival. Esteja mais atento ao denominado quarto poder e, pode ser que tenha a possibilidade de ter várias surpresas.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo