Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

4137_2eaaf56d5e4589079076f8a307a82f47.png4139_21a62f8ce410c2610c2313655dd2821f.png

 

Aproveitando as palavras do meu colega Leão Zagro "Nunca há sossego no Sporting", leva-me a reflectir que vindo da própria "casa" ou provocado por forças alheias do exterior, este Sporting, com Bruno de Carvalho na cadeira da presidência, está constantemente em estado de "guerra" com múltiplas frentes de batalha. É inevitável que quem assim vive,assim morrerá, é só uma questão de tempo.

 

Era para escrever um texto sobre a recém-suspensão de André Carrillo e a respectiva instauração de um processo disciplinar, mas hoje já não tenho energia para tanto. Fica, no entanto, o post com as manchetes do dia para quem desejar comentar a temática.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:49


15 comentários

Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 04.10.2015 às 09:25

Li o comunicado do SCP sobre este caso e devo dizer que não há nada que me surpreenda. Todos sabemos que o clube tem estado a tentar a renovação já desde antes do final da época passada. O que pensava era que o clube não queria pagar o que o jogador pedia, mas afinal aceitamos por 3x a proposta do jogador.

As manobras do empresário para queimar tempo não me surpreendem porque já teria a ideia de deixar o contrato de Carrillo acabar para poder muda-lo para "quem der mais". E de certeza que já há algum tempo terá "quem lhe dá mais".

Em relação à decisão do SCP de afastar Carrillo da equipa, foi o próprio jogador que disse que não queria jogar mais no SCP. Mesmo que isto seja mentira ou ele tenha voltado atrás nessa decisão, o SCP não deve usar um jogador que teve este comportamento com o clube.
Sem imagem de perfil

De OCR a 04.10.2015 às 10:03


"Em relação à decisão do SCP de afastar Carrillo da equipa, foi o próprio jogador que disse que não queria jogar mais no SCP ."


Tem a certeza que o jogador fez essa afirmação? Ou só mais uma acusação feita pela direcção, como tem feito outras e que depois se verifica serem mentiras?


Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 04.10.2015 às 10:14

Leste o resto da frase?
Sem imagem de perfil

De OCR a 04.10.2015 às 10:40


Li e continuo com a impressão que não tens dúvidas que aquela foi a afirmação do jogador. A conclusão da frase " Mesmo que isto seja mentira ou ele tenha voltado atrás nessa decisão, o SCP não deve usar um jogador que teve este comportamento com o clube", confirma a questão que te pus mais acima. As tuas dúvidas vão todas para cima do jogador, como se a direcção não tenha feito afirmações recentemente , que depois foram negadas pelos acontecimentos.

Recordo-te apenas do que foi afirmado pelo BdC quando da reunião em Maio último com o MS e que agora o Footbal Leks pôs a nu.

Como vês, o crédito a dar a esta direcção é ZERO! Para ela mentir, é um acto banal.


Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 04.10.2015 às 11:28

Quando falo do "comportamento do jogador" refiro-me a tudo o que vem no comunicado, nomeadamente o "queimar tempo" por parte do empresário que foi compactuado pelo jogador e isso eu não duvido que tenha sido verdade. Vou então reformular a minha frase para que fique mais clara: Se ele disse que não queria jogar no SCP, acho muito bem que tenha sido afastado. Se ele não disse isso ou mesmo se disse mas voltou atrás nessa decisão, acho que deve ser afastado na mesma, devido ao comportamento "queima tempo" que teve durante este ano e meio.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.10.2015 às 13:07

Mike, ainda vou tentar escrever sobre este assunto, mas a única declaração de Carrillo que eu tenho conhecimento refere à sua receptividade a continuar no Clube. Até acho que fez esta afirmação em várias ocasiões.
Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 04.10.2015 às 13:21

Rui,

A única declaração pública.
Não sabemos o que ele disse em privado às pessoas do SCP. Só sabemos o que o comunicado diz.
Mas tal como disse, não é tanto por essa declaração que eu acho bem ele ser afastado e sim pela tatica "queima tempo" que é um desrespeito completo ao clube que o foi buscar quando era apenas um puto que fintava uns adversários e o transformou num jogador de futebol.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.10.2015 às 13:36

Mike,

Não tomo posições e não me esqueço que empresários são empresários, mas não me peças para acreditar na totalidade da declaração da SAD/BdC porque não acredito. Já provaram há muito, não é só agora através dos "leaks" que mentem à conveniência do momento.
Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 04.10.2015 às 16:03

Rui,

Não é preciso "acreditar" na totalidade do comunicado. Pelo que está lá escrito e se juntarmos o senso comum, facilmente se conclui que houve uma tatica de "queimar tempo", mesmo que a totalidade do comunicado não seja "a verdade". Alias, diz-se muitas vezes que existem 3 verdades: a minha, a tua e a real.

Não me custa nada acreditar que o comunicado está escrito de forma a favorecer a posição da direção, tal como a possivel reação do empresário de Carrillo irá favorecer a deles. A versão "real" deve andar ali pelo meio, mas o "queimar tempo", que para mim é o mais grave, é obvio.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.10.2015 às 16:07

Tudo é possível e muito subjectivo.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 04.10.2015 às 11:34

SL
Nesta novela que já se viu o fim, acho que as partes envolvidas... TODAS tem culpa.
Desde a Direcção ao jogador, passando pelos empresários e fundos.
A direcção peço que se vê não foi capaz de negociar atempadamente com o jogador, o jogador pelo que se ouve dá o dito por não dito de um dia para o outro, o empresário continua a estar e a não estar disponível para negociar com o SCP, o fundo... qual fundo? (Diria BdC) LOL
Espero que este tema não afecte a equipa e que hoje ganhemos ao VG com uma boa exibição.....

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 04.10.2015 às 11:46

O caso Carrillo é revelador da elevada incapacidade de prever e de prevenir que é própria desta direcção liderada por Bruno de Carvalho. Quando a essa incapacidade se junta o desconhecimento da realidade intrínseca do Futebol e de um plantel de jogadores profissionais então verifica-se uma mistura explosiva.

O que se passa com Carrillo é paradigmático do que não poderia acontecer. Por um lado, trás à memória o que esteve quase a verificar-se com Adrien, Slimani e Jefferson ou que do se passou com Bruma, Illori e Dier. Um plantel de futebol é constituído, em simultâneo, por um conjunto de individualidades competitivas entre si e, também, de uma individualidade grupal, o que implica dinâmicas próprias e irreversíveis. A relação de confiança e de autoridade entre o treinador Jorge Jesus e os jogadores fica inevitavelmente beliscada.

Os atletas do plantel do Sporting assistem em directo ao que poderá acontecer a cada um em situações contratuais semelhantes. Para agravar, entre os sportinguistas há quem veja os jogadores numa perspectiva esclavagista do século XIX como se as estruturas sociais, jurídicas e mentais tivessem permanecido inalteráveis na longa duração temporal. Quando há quem exija que Carrillo fique a aparar a relva ou deseje que lhe partam as pernas revela o ensandecimento em que caiu.

Para tentar safar-se Bruno de Carvalho procura confundir o registo temporal dos acontecimentos com meias verdades ou informações incompletas na esperança que, com isso, se verifique a impossibilidade de avaliar a sua acção neste caso. Quando a direcção garante que desde há quase dois anos procura a renovação contratual com o jogador omite propositadamente a disputa que levou a propósito dos direitos económicos de outros o que inviabilizaria qualquer acordo.

Remeter culpas próprias para outros é infantil mas, pior ainda, profundamente prejudicial para os interesses do Sporting.
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 04.10.2015 às 17:04

Mas Leao Zargo todos falamos sem conhecimento do que realmente se passou.

Comentamos por feeling

Então a Direçao nao queria renovar com o Carrillo um dos seus melhores activos do Clube?

O jogador é ingénuo , perante as autoridades do clube encolhe-se e balbucia o que provávelmente não quer.
O seu pai foi claro nao é o dinheiro que está em causa.
Pois o meu feeling é que é precisamente o seu pai (conheço bem os peruanos) que faz a cabeça ao filho que depois deste ter explodido pensa que ja é jogador para outros campeonatos de top europeu.
No Peru já é o idolo dos peruanos , analise por onde andou Farfan, Guerrero, Vargas e Pizarro.
Carrillo é o mais jovem de todos e já a esperança do Peru.
O seu pai está todo baboso como se fala no Peru e quer o filho noutros campeonatos, está a 1 ano do fim do seu contrato para depois negociarem com quem entenderem.
Tinham um problema manter o jogador em alta, treinar com o planter principal e jogar todas as semanas até ao fim, e o empresário tentou a estratégia da expectativa de renovação mas o Sporting já a percebeu e colocou ponto final no assunto.

Agora o empresário e o seu pai tentarão uma rescisão por justa causa á mínima falha do Sporting para libertar de imediato o jogador , se não conseguirem Carrillo estará parado até Junho e com 25 anos.

Vai embora mas não como pretendiam.
Imagem de perfil

De Profeta a 04.10.2015 às 12:39

Muito triste... quando até há condições para se fazer uma temporada interessante, é sempre o parvalhão do presidente a incendiar o balneário...

Não tenhamos dúvidas que isto mexe com a equipa...
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 04.10.2015 às 16:45

Eu sou e sempre fui um defensor do jogador de futebol Carrillo mas não conheço a sua personalidade, o assunto é simples no Sporting jogam os que têm orgulho de vestir a nossa camisola e se o Carrillo nao quer continuar pois está no seu direito.

Alguém lhe fez a cabaça , quizá o seu pai? o Empresário?
O que é fácil de entender é que faz tempo que é sua ideia deixar diluir o tempo do contrato até ao fim e sair a custo Zero.
A artimanha ou estratégia dos seus representantes era levarem a água ao seu moinho enganando o Sporting numa expectativa de renovação para que o clube mantenha o jogador a treinar e a jogar até ao fim. para nap perder ritmo e evolução(tentaram copiar o exemplo do Maxi)
Bem haja esta Direçao que percebeu a tempo a cilada e na verdade já devia ter tomado esta atitude á mais tempo.

Agora resta ao Carrillo esperar até ao fim de Junho a treinar á parte e sem jogar ou então inventar alguma estratégia para rescindir o seu contrato.

Á que alertar que este é um caso que pode vir a ser repetido por outros atletas no futuro sendo de total importancia a forma como a Direção define resolução do caso Carrillo para exemplo. Assim ja saberão o que os espera.

Corremos o risco que apartir de agora tenhamos no futuro a equipa desfalcada de jogadores em fim de contrato ( a 1 ano do seu terminus) mas nao tem outra soluçao.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo