Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Bruno de Carvalho tirou mais um coelho da cartola e no decurso da Assembleia Geral de domingo informou a comunidade leonina que um “governo-sombra” constituído por seis conhecidos sportinguistas actua nos teclados de computadores com o intuito de defenestrar o presidente legitimamente eleito.

 

18863036_8ofPy.jpg

No entanto, uma breve apreciação dos nomes que o Record pôs a circular permite perceber que a conversa é estapafúrdia e sem pés nem cabeça. Sendo todos conhecidos pelos sportinguistas é do domínio público o percurso de cada um no Sporting. Basta esta constatação para tornar impossível o que foi propalado. Mais, bastaria a Bruno de Carvalho conhecer um pouco da História do Clube nos últimos vinte anos para não permitir aquela associação de nomes. Agora, como listas atraem listas e o ensandecimento não paga imposto já vamos noutra organizada por apóstolos e discípulos. Menção honrosa para uns, vergonha para outros !

 

No fundo, a estratégia de criar sucessivas “cortinas de fumo” com a finalidade de atrair a atenção, a energia e a emoção dos sportinguistas para determinados assuntos, que nem serão os prioritários neste momento, permite que a inexistência de patrocínio para as camisolas e de naming para a Academia, as dúvidas sobre a eficácia do trabalho de Jorge Jesus, a difícil renovação de Carrillo ou o receio de flop da generalidade das contratações de 2015 pareçam assuntos marginais e de menor importância. São aspectos centrais da “vida” actual do Sporting, mas enquanto se esmiuça o discurso presidencial remete-se para o sótão os assuntos verdadeiramente preocupantes. E perante a forma como se pretende iludir a realidade fica-se com receio que o pior ainda esteja para vir.

 

Para muitos, a estratégia de Bruno de Carvalho é suicida. Provocou um maior isolamento do presidente entre os sportinguistas, cavou ainda mais fundo a divisão entre os adeptos, alienou o apoio de muitos que privilegiam a estabilidade e lançou dúvidas sobre a sua capacidade para gerir o Sporting. Chega a parecer que o presidente não dá ouvidos às agências de comunicação que ele próprio contratou para o Clube.

 

Percebe-se cada vez melhor que o Sporting ziguezagueia ao sabor do vento e das marés, sem um rumo definido e a navegar "à vista". Bruno de Carvalho pensará, quem sabe, que consegue governar o Sporting assim neste frenesim constante com a sua voz rouca e uma pseudo linguagem libertadora e transformadora, ameaçando quase tudo e quase todos. Neste contexto, a prometida transparência no quotidiano da acção directiva do Sporting é letra morta, assim como a celebrada cultura de exigência que o presidente prometeu implantar no Clube. Quando se chega a este ponto torna-se evidente o ambiente de fim de ciclo e que se passou à fase de contar as espingardas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:37

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


37 comentários

Imagem de perfil

De Profeta a 29.09.2015 às 12:50

Temo muito o futuro do Sporting...

Tivemos Jorge Gonçalves, e resistimos.
Tivemos Sousa Cintra, e resistimos.
Tivemos Santana Lopes, e resistimos.
Tivemos José Eduardo Bettencourt, e resistimos.
Tivemos Godinho Lopes, e ufa, resistimos!

E resistimos porque apesar do insucesso, tínhamos uma identidade.

Hoje a nossa identidade como clube, passa por cavar ainda mais a trincheira entre adeptos e sócios.

Somos hoje um clube que pertence a um miúdo, que governa para miúdos!

Estamos a perder o nosso bem mais precioso, o que nos distinguia...

E quem perde isso, perde tudo! Porque mostras de competência no futebol, são cada vez mais um mito...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 13:14

Profeta,
tem razão, mas há quem não saiba do valor da identidade para um Clube como o Sporting porque não tem memória e corre atrás de tiros de pólvora seca.
Cada um de nós tem o seu percurso de vida no qual o nosso Clube é parte essencial.
Estabelecer divisões de forma intolerante com anátemas e ameaças de exclusão constitui um factor de enfraquecimento e, até, de desintegração. O Sporting somos todos nós.
Sem imagem de perfil

De Diogo Martins a 29.09.2015 às 16:54

Houve algum bom presidente nos últimos 30 anos?
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 19:45

Diogo Martins
na minha opinião, houve dois bons presidentes nos últimos 30 anos: João Rocha (presidiu até 1986) e Dias da Cunha.
Sem imagem de perfil

De gajo qualquer a 29.09.2015 às 13:43

Fala com encarte habitual em "zigezageares", "sem rumo à vista" "ao sabor do vento", " com o Sporting num frenesim", etc...

Quem lê isto é impossível que não fique a pensar que o autor destas tiradas não esteja a falar de cenários que se viveram realmente (e não ficticiamente) no Sporting à alguns anos atrás e que nada tem a ver com o que se passa hoje.

E ao contrário do que escreve, este Presidente, ao contrário dos anteriores, une muito mais do que divide, pelo menos para quem está preocupado com a defesa do interesse do Sporting, sim porque há quem fale em unanimismos estando a pensar em outras coisas.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 13:46

Viu-se há anos atrás. Infelizmente persiste na actualidade. O que era mau antes, é mau agora.
Sem imagem de perfil

De gajo qualquer a 29.09.2015 às 13:56

Não há é comparação possível entre algo que aconteceu e cenários fantasistas.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 15:13

Cenários fantasistas? Provavelmente está a referir-se à auto-suficiência de BdC quand se candidatou a Presidente do Sporting em 2013. Ele eram os investidores, a competência, os conhecimentos… quando alguma coisa parecia falhar, falava grosso aos transeuntes e metia os opositores no saco. Tudo estava previsto até o 3º elemento que não podia ser identificado porque sofreria sanções.

Depois de eleito para a sua cadeira de sonho, o tempo correu célere, o execrável Ricciardi foi promovido a amigo Ricciardi, idem aspas para o Álvaro Sobrinho, fez-se a reestruturação financeira que estava na gaveta do Godinho, lançou-se a celebrada Auditoria no meio de gritos de prisão e outras coisas do género, enviaram-se receitas de Viagra para quem se dizia necessitar, bombardeou-se por aqui e por acolá… e de súbito está-se a pedir empréstimos para pagar empréstimos, a processar judicialmente sócios, a revelar incapacidade para renovar contratualmente com jogadores fundamentais. Fantasias?
Sem imagem de perfil

De gajo qualquer a 29.09.2015 às 15:30

Não me estou a referir à "auto-suficiência", aliás nem sem o que é isso, porventura os resultados financeiros que foram apresentados nos últimos exercícios que contrastam com o que havia antes? Refiro-me sim à tentativa constante de criação de um cenário pré-calamidade mas que pelo menos até hoje não aconteceu, embora haja quem deseje que ela ocorra.


"reestruturação financeira" ??? Qual é o outro nome disto? Passivo de 400M? É que se não é pelo menos decorre dai. Há uma relação entre as duas coisas de certeza.

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 15:45

O cenário de pré calamidade foi gerado por Bruno de Carvalho ao apelar à protecção numa Assembleia Geral com duzentos e poucos sócios. Não me recordo de uma coisa assim, com um presidente timorato a lamentar-se que em Portugal já ninguém lhe dará trabalho.

Só uma direcção que receia ser engolida na voracidade da sua incompetência é que em dois anos e meio de mandato BdC cotrata uma terceira agência de comunicação ( considerando José Quintela e a sua agência) para fazer a gestão da informação que é conveniente. A WL Partners é especializada na gestão de “crises”. Pois...
Neste momento há duas agências de comunicação a trabalhar para o Sporting. Uma mais na área do jornal e do site, outra na área da presidência.
Sem imagem de perfil

De gajo qualquer a 29.09.2015 às 16:07

Não foi gerado, isso é interpretação e desejo seu, isto para não chamar invenção.

Já que fala nos dois anos e meio que a Direcção leva, recordo-lhe que as anteriores em metade do tempo já tinham o clube num estado completamente caótico (já tinha "visto antes uma coisa assim"??), de tal maneira que até tiveram que se demitir. Eu francamente até acho que se demitiram mais porque os verdadeiros objectivos já estavam atingidos.

E agora é preocupante o numero de agências de comunicação que estão contratadas? Preocupou-se por exemplo quando se contratavam cata-ventos como a Irene Palma que eu nunca percebi o que vieram fazer para o Sporting e ainda acharam que a deviam premiar com um prémio de 109.000€? Valha que o Tribunal deu razão ao Sporting.

A tentativa de equiparação do que se vive hoje à gestão (??) dos 17 anos anteriores não tem pés nem cabeça. É que esta Direcção não faz como a anterior que geriu o clube segundo o lema Já-que-vamos-ao-fundo-o-Sporting-vem-connosco.

E vou-lhe dar uma dica: Deixe-se desse jogo de palavras e especialmente de partir do principio que o mundo à sua volta é feito de imbecis inferiores e cuja sua pretensa superioridade lhe dá o direito de poder praticar certas coisas envolvendo inclusivamente o clube. É que já não estamos no tempo em que as eleições eram decididas por um grupo de sócios de idade avançada, que por ignorância, inocência ou falta de instrumentos intelectuais, se deixava impressionar mais pelo ar de uns cavalheirinhos com fatiota à Almirante e apelidos com duas consoantes seguidas. Esqueça que isso hoje já não lhe vale de nada.

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 16:24

Agradeço a sua simpatia a propósito da "ignorância, inocência ou falta de instrumentos intelectuais". Como se costuma dizer, é a cereja em cima do bolo deste breve diálogo.
Mas, já que recorda o Almirante dou para a troca este excerto discursal: "Protejam-me, porque senão dão cabo de mim."
Sem imagem de perfil

De gajo qualquer a 29.09.2015 às 16:33

Bem, não respondeu a nada do que realmente importava.

Sobre o Almirante, francamente não percebi o que tem uma coisa a ver com outra, pelos vistos a falta de criatividade no Sporting de que alguns falam, não é dentro do campo.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 16:48

Achei interessante essa da criatividade dentro e fora do campo. Quanto ao resto, é difícil debater um assunto quando o interlocutor reduz tudo a duas vias e a argumentação não sai dessa linha. É que há mais mundo do que aquele que parece.
Sem imagem de perfil

De gajo qualquer a 29.09.2015 às 17:10

Claro que há. Neste caso essa 'terceira via' é a da embirração com o Presidente só porque sim.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 17:20

No fabuloso “Apocalipse Now” há um momento num diálogo entre Benjamin L. Willard (Martin Sheen) e o Coronel Kurtz (Marlon Brando) em que o primeiro afirma: “Não aqui vejo qualquer estratégia, ela não existe.” (cito de memória)

Este excerto do filme ocorre-me que isso pode estar a passar-se com o Sporting sob a presidência de BdC quando alguém escreve que "este caso essa 'terceira via' é a da embirração com o Presidente só porque sim". Revela que há uma intervenção casuística e sem planeamento, isto é, muita tática e nenhuma estratégia.

Sem imagem de perfil

De gajo qualquer a 29.09.2015 às 17:33

Mas também há outra que versa mais ou menos assim: "... dadas as circunstâncias, as acusações são absurdas...". É que parece que para certa gente o Sporting começou em 2013 e não existem constrangimentos criados pelo que aconteceu antes. Ou isso ou se calhar queriam que de um momento para o outro o Sporting atingisse resultados radicalmente diferentes. E financeiramente se calhar até atingiu.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 18:47

Dois cinéfilos e logo a propósito do “Apocalipse Now”!
Sendo assim, avanço com aquela frase tantas e tantas vezes repetida: "Eu adoro o cheiro de napalm pela manhã."
Sem imagem de perfil

De gajo qualquer a 29.09.2015 às 17:17

Tal como os seus amigos aqui do blog, falam tanto na ultima AG, não percebo porque não intervieram no momento e preferiram antes porem-se a tirar notas para desforras póstumas.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 17:22

Diga-se em abono da verdade que apenas 216 sportinguistas compareceram na Ass. Geral. É preocupante a desmoralização e desmotivação!
Sem imagem de perfil

De gajo qualquer a 29.09.2015 às 17:26

Se eram poucos mais uma razão para ter aproveitado para falar lá.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 18:38

Sobre a Ass. Geral e a ausência de tantos sócios tem razão. Finalmente de acordo! Mas, talvez falte avaliar a razão de tão fraca assistência. Desmotivação?
Sem imagem de perfil

De J.Pinto a 29.09.2015 às 13:43

Identidade ?

A identidade do Sporting é feita por todos nós e não pelos presidentes

BC não se comporta como um tipico presidente do Sporting é verdade, mas estava mais do que na altura de aparecer alguem que pelo menos nos fizesse pensar e discutir o que queremos para o clube e pelo menos eu não quero presidentes de cariz aristocratico, bem falantes, mas que duvido que tenham mais valores que eu ou que qualquer um que aqui escreva - a diferença é a pose e apenas isso

E a compentencia (ou falta dela) que aqui desvalorizam onde nos levaria em Agosto ou Setembro de 2013 se GL ainda fosse presidente - orgulhosamente cheios de identidade até aos distritais ???

BC foi o melhor que poderia ter acontecido ao Sporting - não tenho a melhor duvida acerca disso- tenho sim se será o melhor daqui para a frente

O tempo da liderança autoritaria tem de acabar - é tempo de unir os Sportinguistas e não de os dividir

O Sporting está muito dividido porque existe um grande fosso entre 2 partes - não porque esteja dividido ao meio - BC tem a grande maioria dos adeptos, não por serem soldadinhos dele como aqui se costuma dizer mas porque sabem que o clube está agora muito melhor do que em Mar 2013, mas isso de nada valerá se a bola não entrar - seja BC, GL ou outro a presidir ao clube
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 15:01

J.Pinto

A Identidade e a História decorrem do Sporting, a memória da Identidade e da História são assumidas e partilhadas pelos sportinguistas. O presidente governa o Clube de acordo com esses parâmetros.
Invocar “presidentes aristocráticos” é uma frase batida e não faz sentido algum. O Sporting tem uma génese própria é conhecida por todos nós e tornou-se um grande Clube popular, socialmente transversal. No século XXI, em Portugal, não faz sentido invocar essa conversa.

No entanto, reconheço que Bruno de Carvalho tem o mérito de, estando no lugar certo e no momento certo, ter assumido o poder e ter evitado o bloqueamento superestrutural do Sporting.

Isto não tem nada a ver com a invocação dos distritais e outras coisas do género, mas com processos de renovação democrática do poder. Mas, BdC é um fogacho, um produto efémero, e vai-se percebendo que não tem estatura (nem estrutura) para Presidente do Sporting.
Sem imagem de perfil

De J.Pinto a 29.09.2015 às 15:26

Felizmente agora falar em distritais parece que não faz qualquer sentido porque a situação finaceira felizmente se alterou de há 2 anos e meio para cá

Mas o que aconteceria se continuassemos com prejuizos de 4M Euros anuais, quando tinhamos maioritariamente jogadores velhos e sem mercado e outros (como Carrillo por exemplo) com percentagens a rondar os 30% ? e sem receitas das competições europeias ?

Sobre a identidade do Sporting - tem toda a razão quando diz que o discurso de BC não é condizente com o de um presidente do Sporting - eu também não gosto de muita coisa que eles diz, mas será que é isso que faz o clube perder a identidade ?

e sobre os presidentes que venderam praticamente todo o patrimonio ?

e sobre aqueles que praticamente acabaram com as modalidade amadoras ?

e sobre aqueles que se meteram em confusões de depositos em contas de fiscais de linha ?

isso não perder a identidade de um clube honesto, ecletico e com infrastuturas ? pelo foi assim que sempre conheci o Sporting
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 15:32

J.Pinto
Revela uma percepção do mundo a preto e branco que é angustiante. Há mais do que imagina e o mau anterior não torna bom o medíocre actual.
Sem imagem de perfil

De J.Pinto a 29.09.2015 às 16:44

É o cumulo o Sr acusar-me a mim de ver o mundo a preto e branco - quando pinta do mais negro possivel o mandato de BC - e se reparar no que escrevo facilmente depreende que não considero BC nenhum Deus, muito antes pelo contrario

Preocupa-me o estado do Sporting porque acho que dificilmente BC terá o que é preciso para ficar muitos anos no Sporting, mas preocupa-me muito mais se um futuro afastamento de BC significar o regresso de certas pessoas ou tipo de pessoas ao Sporting

PS: O anterior não foi mau - foi PÉSSIMO e o actual só não é melhor devido a essa terrivel herança
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 16:59

J.Pinto,
pensei que se tivesse apercebido que o "tempo" de BdC se aproxima do fim. Fico surpreendido com as suas preocupações!
Imagem de perfil

De Profeta a 29.09.2015 às 14:01

Cheira-me que depois daquela Assembleia-Geral ridícula, o parasitismo dos soldadinhos seja ainda maior. Parece que até neste blogue já se nota isso...

Rumo à lampionização!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.09.2015 às 14:13

Já que fala em parasitismo, deixe-me que lhe diga que já começo a ficar farto de parasitas que vem o Sporting... no umbigo, quem pegam em todo e qualquer assunto para atingir a Direcção, que não discutem nem argumentam no campo da razão e que continuam a manter a esperança que vão voltar a sugar o Sporting porque à muitos anos atrás incutiram (alguns como o qualquer coisa Casal Ribeiro, um exemplo de parasitismo congénito, até acreditam que é algo que lhes está atribuído por direito natural) que o iam fazer até ao fim da vida, ou então tinham esse projecto mas nunca o chegaram a concretizar e estão à espera que esta Direcção caia para finalmente embolsarem o objectivo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.09.2015 às 14:23

Se voltar a comentar sem se identificar será editado.
Imagem de perfil

De Profeta a 29.09.2015 às 15:04

Mudem de disco por favor...

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 15:04

Profeta,
bombas de oxigénio, bombas de oxigénio!...
Sem imagem de perfil

De L a 29.09.2015 às 15:12

Muito bem Zargo!

O presidente do Sporting no facebook com queixas do facebook e o Champions da gestão na eminência de ter que emigrar. E o circo quase diário em que se transformou o Sporting.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 15:21

Caro L,
estes dias que correm apressados têm o condão de me recordar o inefável Bruno Marioni e de quando pontificava nas redes sociais e no facebook em particular. Fico a pensar no que ele diria agora. Palpita-me que escreveria algures que as marionetas duram até meterem piada, alertando que na lista de espera existem muitos à espera da oportunidade.
Abraço
Sem imagem de perfil

De L a 29.09.2015 às 15:39

E bem vai precisar desses distúrbios de personalidade todos. A inimputabilidade penal não se constrói de um dia para o outro.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.09.2015 às 16:49

Nem mais, L!...

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo