Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Debate entre candidatos: brechas na muralha

Naçao Valente, em 25.02.17

 

muralhas.jpg

  

A análise de qualquer aspecto da realidade é subjectiva. Está condicionada pela selecção dos factos, pela sua interpretação e pela subjectividade do analista, em função do seu posicionamento político e ideológico. Este caso concreto, o debate entre Pedro Madeira Rodrigues (lista A) e Bruno de Carvalho (lista B) insere-se na formulação enunciada. Por isso, as apreciações sobre o debate, estão subordinadas pelo juízo pré-determinado, que cada qual tem dos intervenientes. Não escondendo a minha predilecção por Madeira Rodrigues, procurarei, no entanto, usar a imparcialidade na avaliação da prestação dos candidatos, com a certeza que não conseguirei ser neutro.

 

Em sentido lato, a primeira leitura que faço do debate, é que os opositores eram portadores de um guião que pretendiam cumprir. Madeira Rodrigues, partindo de uma posição de desvantagem, pelo facto de ser menos conhecido no universo sportinguista, e por estar do lado de fora da fortaleza, ocupada pelo seu adversário, teve de utilizar uma estratégia de ataque constante, procurando centrar a sua investida nas zonas mais fracas da muralha. Daí que se concentrasse na questão do futebol profissional, o tema mais apetitoso para o adepto, e dele procurasse tirar vantagens, para enfraquecer Bruno de Carvalho. Focou os maus resultados desportivos, as contratações erradas, a equipa técnica tremendamente cara. Esta estratégia, colocou Bruno de Carvalho à defesa, procurando limitar os danos. Além disso, usou algumas armas inovadores, como a coordenação para o futebol. Espera-se agora a apresentação do seu treinador.


No guião de Bruno de Carvalho estava, à partida,  a defesa de uma posição privilegiada, sem arriscar, sem pôr um pé em falso. A ideia foi fazer-se de peixe morto para se poder manter à tona. Contrariando a sua própria natureza belicista, conteve a agressividade, escudou-se atrás da sua muralha, que o intruso queria ocupar. Refugiou-se na obra feita, na solidez do edifício, na construção de novas ameias. Acentuou o recurso a apoios mediáticos, muitos deles com ligações ao repudiado passado, com especial enfoque para Ricciardi, uma espécie de Rasputine do Sporting, cuja presença perpassou pelo debate. Salientou o pavilhão, a salvação da bancarrota, números e mais números, gráficos e mais gráficos, na minha opinião de reduzida eficácia.


Para cumprir o seu guião, o ainda presidente foi instruído para se focar nos aspectos positivos, para manter uma imagem de urbanidade, chegando a afirmar, que num próximo mandato se irá resguardar mais, leia-se ter uma actuação mais discreta, sem voltas olímpicas por exemplo. Nesta área, Madeira Rodrigues, porque não tem as mesmas armas, e porque é candidato fora da muralha, limitou-se a questionar os dados apresentados, não podendo, em concreto ir muito mais além. Apesar disso, ainda conseguiu causar algum embaraço com o assunto pavilhão, alegando que estará pago com o dinheiro da Doyen. Quanto aos investidores, Madeira Rodrigues, não pode concretizar, enquanto candidato, o que só a um presidente compete. Pode-se discordar do seu projecto ou da concretização de algumas propostas, porque elas existem.Para bom entendedor..


Em conclusão, os dois contendores foram cumprindo os guiões previamente estabelecidos. Pelo facto, foi um debate morno, com algumas picardias, pouco significativas. Pedro Madeira Rodrigues fez o que tinha que fazer e penso que conseguiu alguns ganhos. Manteve o adversário à defesa e abriu algumas brechas. Para aqueles que consideram a fortaleza inexpugnável, é talvez altura de começarem a ter alguma modéstia. Foi o único que teve a coragem de desafiar o poder instalado, depois de constatar que mais ninguém avançava, surpreendeu-me e surpreendeu os observadores. O seu principal problema é a escassez de tempo, mas creio que está a mostrar que tem uma nova visão para o clube,  fibra, competência e condições para assumir a sua presidência. Assim queiram os associados.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


39 comentários

Sem imagem de perfil

De J. a 25.02.2017 às 12:01

Falta mais, muito mais para ser presidente do SPorting.... expor as principais brechas do adversário não é suficiente para se ganhar o que quer que seja.
Há que mostrar porque se é superior nestas eleições, com base num discurso sustentado e bem argumentado, o que não tem acontecido até agora.

Refugiar-se no Boloni ou no Delfim, não é suficiente como alternativa.
Boloni foi campeão sim, tal como Inácio tinha sido. Apostou na formação, mas neste momento até temos uma % bastante alta de jovens da formação no plantel.
Delfim então tem tado completamente arredado do mundo do futebol. Não era por isso que se criticava Virgilio?

Tenho pena que não tenham havido outras opções, que talvez estivessem mais preparados para o desafio

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 25.02.2017 às 17:14

Caro J,
Primeiro fazem-se brechas na muralha e depois derruba-se. Terá PMR essa capacidade? Como já escrevi, PMR teve pouco tempo para preparar a sua mensagem e para a consolidar. Como ele referiu procurou sondar figuras mediáticas, pesos pesados, e todos recusaram. Teve, então, a ousadia de avançar. Três meses é muito pouco, para quem parte do zero. O outro candidato já tem no seu currículo duas eleições e quatro anos de mandato. Fazer uma equipa quase em cima do joelho não é tarefa fácil. Muito já fez. Não deve ser desvalorizado. A decisão está nas mãos dos votantes.
Sem imagem de perfil

De Francisco a 26.02.2017 às 10:18

Caro NV


"Como ele referiu procurou sondar figuras mediáticas, pesos pesados, e todos recusaram."

"Fazer uma equipa quase em cima do joelho não é tarefa fácil. Muito já fez. Não deve ser desvalorizado."

pergunto-lhe se, para si, isto e suficiente?

Para mim parece me curto..mas se me fizesse essa pergunta ha 4 anos, secalhar responderia de outra forma.

Penso que Bdc era o presidente que o Sporting precisava na altura.
Se acho que e com ele que o Sporting vai conseguir competir com os rivais e ganhar de forma regular? ai ja tenho algumas duvidas..
Se acho que PMR sera esse presidente? Nao me parece..
Gostaria que tivesse aparecido um candidato com ideias solidas e um projecto concreto, nao alguem que tivesse que "fazer uma equipa quase em cima do joelho"

Penso que no ponto geral o mandato de BdC e positivo, longe de ser brilhante, mas bastante melhor que os anteriores (o que honestamente nao seria muito dificil).
Depois do que foi dito nesta campanha ate ao debate, fico com a ideia que se tivesse sido o fcp, e nao o benfica, a ser campeao e a ficar a frente do Sporting, PMR nunca se teria candidatado e que a maioria os apoiantes (pelo que leio neste blog) querem mudar por mudar..ate podia ser o Rui Gomes da Silva, Pedro Guerra ou o macaco Adriano, qualquer um menos BdC.

Tenho pena que nao tivesse aparecido um candidato credivel para pegar no clube, mudar o que esta errado e melhorar o que foi feito.

Se for PMR a ganhar as eleicoes, sera ele o meu presidente, ponto final.

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 26.02.2017 às 14:33

Francisco,
A sua análise procura ser equilibrada e termina com o "politicamente correcto". No entanto, pelo meio, acentua o mandato positivo de BdC, o que significa que é o seu candidato. Com todo o direito. Considera que PMR não é um candidato credível. Questão de apreciação pessoal. Não concordo que a candidatura oposicionista apareça para mudar por mudar, e muito menos, que até podia ser, depreendo, o "rato Mickey" o que não destoaria de todo, porque os opositores de BdC já foram apelidados de ratos. PMR já demonstrou que tem um programa alternativo, e demonstrou que tem outro perfil: sendo sem dúvida sportinguista, tem um currículo profissional de competência, um percurso de vida pautado pela seriedade, pela honestidade e sobretudo pelo bom senso. Não lhe posso garantir que será, na acção concreta, um bom ou um mau presidente. Posso garantir-lhe que respeitará os valoes do Sporting e a sua história. E não é coisa pouca.
Sem imagem de perfil

De gng a 25.02.2017 às 12:35

Contendores? Do inglês contenders? Que eu saiba, em português diz-se "candidatos" ou "aspirantes [a algo]".

De resto, boa análise. Tenho ouvido muitas pessoas na rua comentarem que vão votar BdC: no fim, o Sporting terá o presidente que os sportinguistas merecerem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 25.02.2017 às 12:43

Recomenda-se que reveja o dicionário da língua de Camões !!!
Sem imagem de perfil

De gng a 25.02.2017 às 12:51

Caro Rui,

Confesso que desconheço a palavra contendores, antes de comentar procurei a referência no dicionário priberam, que não encontro. Posso estar enganado, claro. Longe de mim assumir que domino o que quer que seja.

Aproveito para lhe referir, pedindo-lhe desculpa pela ousadia, porque já lhe li a expressão - que, pessoalmente, muito me enerva, por ser bastante comum, até nos meios de CS - da utilização da palavra "perca" como substantivo quando é uma forma verbal do verbo perder. Não há "perca de valores no clube, há "perda" de valores no clube. Correctamente seria: "não perca a chaves de casa!"

Fica a nota - pode apagar o comentário, visto não estar directamente relacionado com o Sporting.
Sem imagem de perfil

De gng a 25.02.2017 às 12:54

E entretanto verifiquei outro dicionário que contém a palavra contendor! Já aprendi qualquer coisa hoje!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 25.02.2017 às 13:17

Contendor é o mesmo que contendedor, que significa "aquele que contende", "rival" ou "adversário".

Isto no Priberam.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 25.02.2017 às 17:23

Caro gng,
Todos erramos e todos estamos sempre a aprender. BdC tem a vantagem de ter quatro anos de campanha, tempo em que se foi autopromovendo. Geriu, através da propaganda, a imagem positiva que conseguiu criar depois do descalabro que foi o mandato de Godinho Lopes. Veremos se no fim os sportinguistas têm o presidente que merecem.
Imagem de perfil

De PSousa a 25.02.2017 às 13:15

Excelente texto e POST. Gosto do que li e aceito a sua opinião Nação Valente.
Mas como aqui alguém disse, não é só abrindo brechas na muralha que vamos conseguir "entrar" ou "derrotas" o que quer que seja!
Eu gostaria muito mais que PMR tivesse elevado o seu projecto para o SCP do que estar a tentar abrir as tais brechas no "inimigo". Mesmo abrindo, não quer dizer que os sócios o vejam como a "alternativa".
Acredito ainda que a "valentia" de PMR concorrer às eleições não partiu só dele mas de outros que lhe disseram - vamos lá tentar mudar!
Um facto é que me parece que PMR ainda não mostrou se é o homem da mudança!
Infelizmente é o meu sentimento!
Parabéns por este tipo de texto que é excelente!
Sem imagem de perfil

De Luis Vicente a 25.02.2017 às 14:03

Como o post é sobre eleições,vou aqui deixar uma pergunta que julgo ser deveras pertinente.
Se não for,podem apagar a perguntar.
Aqui vai!!!!

Schelotto, Coates, Marvin e Bruno César, por exemplo, sócios do Sporting há um ano e poucas semanas, terão direito a dois votos nas eleições. Até aqui, tudo normal.
Rui Patrício, o homem dos 400 jogos e 16 anos de Sporting, não consta nos cadernos eleitorais, logo, não terá direito de voto.

Ou o R.Patricio não é sócio do Sporting?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 25.02.2017 às 17:29

Caro PSousa,
Obrigado pelo comentário e por participar no debate. Como já escrevi numa resposta a outro comentário, PMR teve pouco tempo para preparar a sua candidatura, para constituir a sua equipa e para cimentar e divulgar as suas ideias. Se é ou não o homem da mudança e como dizia o cego, veremos.
Imagem de perfil

De PSousa a 25.02.2017 às 17:33

Nação Valentes,
Pois, mas pela pequena amostra de hoje no jogo feminino, onde numa volta BdC foi "sentir ao pulso" daqueles que lá estavam, prevejo que fica o mesmo no poleiro.
Dou os meus parabéns ao PMR por estar a fazer frente ao que temos hoje no clube, mas não o vejo a ganhar as eleições e nem vir a ser muito diferente.
Não gostei dele no debate dado que jogou ao ataque, mas também entrou no ataque pessoal. Assim como não gosto que BdC o faça, estava à espera que PMR opta-se por se MESMO diferente!
No próximo domingo todos saberemos o que os sócios decidiram!
Sem imagem de perfil

De Guedes a 27.02.2017 às 03:49

Concordo plenamente com essa visão do PSousa.
Aliás, como ainda ontem vimos no lamentável vídeo do "Arrasei, pah... nem me olhou nos olhos, pah".

O PMR é precisamente tudo aquilo que critica no BdC, tendo perdido por completo desde o debate a imagem inicial de "pessoa mais ponderada, estilo diferente".
Nestes últimos dias, mostrou que é mais do mesmo, nesse aspecto em concreto.
Até por "aquele gajo" tratou o Presidente do Sporting.

Isto, claro está, com a profunda desvantagem do BdC ter 4 anos de trabalho bem efectuado a todos os níveis.
Aliás, para quem começou por pedir uma campanha elevada, temos que ser honestos e convir que foi precisamente em tudo o oposto do que desejou.
Não me parece, portanto, que alguém queira votar na incógnita em deterimento da segurança, sobretudo agora que a principal "vantagem competitiva" (whatever) caiu. Foi arrasada, pah.

Estou seriamente em crer que bastava o Sporting ter mais 6 pontos no campeonato e ainda haver uma réstia de esperança (e falo única e simplesmente de futebol, que é o que move o coração dos adeptos) e esta candidatura não teria tido pernas para andar.
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 25.02.2017 às 14:46

Bom dia Naçao Valente

Desta vez vou ousar comentar um pouco longo espero nao maçá-lo.

Estamos á porta de conhecer quem vai ser o nosso futuro presidente (nosso , do nosso clube)
Neste unico debate entre os 2 candidatos ficou a ideia que deveríam voltar a confrontar-se com as suas ideias pelo menos uma vez mais , sería bom para todos os adeptos que vão votar e os adeptos em geral do clube.

Nao me surepreendeu a postura dos 2 , Pedro Madeira Rodrigues tinha a sua unica chance de tentar brilhar , nao tinha nada a perder e muito a ganhar e usou a estratégia de ataque constante , neste aspecto tinha clara vantagem sobre o outro candidato , atacar as fragilidades de 4 anos de gerencia de Bruno de Caravalho , e nao foi dificil perder muito tempo a procurá-las , todos sabemos o que correu menos bem e o que tem de negativo .
Bruno de Carvalho por seu lado nao tinha qualquer matéria para poder usar a mesma estratégia de ataque a um candidato que era desconhecido que apareceu recentemente faz 3 meses. Pedro Madeira Rodrigues nada fez ainda, bem ou mal para que seja elogiado ou criticado .Está vazio ainda de ações concretas.
B. de Carvalho só tinha que ir documentado com os elementos que pensa que o poderiam favorecer , no que correu melhor na sua gestão e mostrar os numeros , pouco mais podia fazer , porque ja explicou varias vezes que o seu proximo mandato caso seja eleito de novo será uma estratégia de continuidade do trabalho de construção de uma estrutura mais forte no clube que permita o sucesso das equipas nas várias modalidades.

Isto de candidatos á presidencia de um clube com a dimensão do Sporting ganha quem tiver unhas , trunfos fortes , todos os adeptos querem saber mas é quem são os nomes que vão estar principalmente á frente do futebol é isso que lhes interessa, de uma lado temos Bruno de Carvalho que tem Jorge Jesus (já lá vamos) e um desgastado Octavio Machado e por outro Pedro M. Rodrigues lança Boloni e Delfim e deixa de forma estratégica a revelaçao do nome do treinador para mais perto do dia das eleições como derradeiro trunfo, o que devemos pensar que será certamente um nome forte e conhecido do futebol de alto nivel mundial.

E é aqui que a balança decide , os adeptos algo desgostosos e apreensivos com os fracos resultados desta época c a expectactiva do que Pedro Madeira Rodrigues pode apresentar .
No meu entender o nome do treinador do candidato Pedro Madeira Rodrigues tem mesmo que ser trunfo forte porque os nomes Boloni e Delfim foram só surpressa durante o primeiro dia , depois e agora ja melhor analisados e digeridos ficam muito aquem das expectativas , fracos para a dimensão do que se pretende no Sporting para enfrentar os imperios da Luz e do norte.

Quanto a Bruno de Carvalho apresenta-se com a passagem dos 4 anos com realce o muito trabalho durante o primeiro ano do mandato em que se reconhece qualidade no que fez mas é de facto uma figura com muitos problemas na sua personalidade , cada vez mais desgastada e que os adeptos tantos gostariam de ver alterações radicais na sua forma de ser.
Depois porque tem Jorge Jesus , uma figura fortissíma no panorama do futebol portugues mas que se queira ou não o Sporting nao tem no seu treinador uma boa relação preço/qualidade , díria mesmo que é uma pessima relação.
Nenhum clube portugues pode pagar 8 milhoes ao seu treinador muito menos o clube que esté em 3º na liga a 10 pontos do 1º e com todas as outras competições a vê-las por um canudo.
Esta é a parte pesada e muito negra que Bruno de Carvalho vai ter que enfrentar , quando se aceita pagar 8 milhoes a um treinador obriga-se a um outro nivel de exigencias e qualidade que nao vimos durante toda a epoca á nossa equipa de futebol e muito menos são inaceitáveis os inumeros erros que foram cometidos pelo proprio treinador na construçao da equipa que todos nós detectamos logo ainda na pre-época.
Não tem desculpa , meteram-se em altos voos e falharam mas a elevada factura o clube tem que a pagar igual tenha ou nao alcançados os objectivos.

É tudo isto que está na mente dos adeptos neste momento , que vai criar alguma indecisão mas Pedro Madeira Rodrigues tirando a sua postura aguerrida e voluntariosa nao tem ajudado muito a esclarecer e emprestar esperança e credibilidade com as pessoas que escolheu.
Abraço
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 25.02.2017 às 15:09

Julius,

se o Bruno tivesse alguma coisa boa para apresentar, entao por aí deveria ser a sua estratégia, mas simplesmente, nao tem !!
Fizesse ele isso e o Pedro MR nao tinha possibilidade de o atacar..
Nao é agora dizer que a estratégia do Pedro MR foi só atacar. Ele também apresentou algumas coisas o que o Bruno, nao fez uma só vez..
O Buno optou por defender-se mal e porcamente , pois nao tem argumentos para apresentar..
Agora queixa-se via Facebook LOOOOOOOOOOOOOOOLL!!
O qude aconteceu com as 111 medidas??... O Bruno nao falou de uma só !!

Pergunto eu, pois parece que ninguém se preocupa: quem vai ocupar o lugar do Octávio, se o Bruno ganhar???..Ninguém sabe. Mas, isto nao é importante. Importante é o Delfim :)))))
Rumora-se, André Geraldes!!.. Aguém conhece??
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 25.02.2017 às 16:06

Mas que argumentos Carlos? o seu programa ja todos o conhecemos esta sempre a repeti-lo , será a continuidade , acreditando que terá mais sucesso nos resultados desportivos e que tem que acertar várias coisas que nao funcionaram.

Muitas dessas coisas que correram mal e que ficaram assim expostas á critica do outro candidato.
Bruno de Carvalho nao podia criticar ainda nada de Pedro M. Rodrigues porque ainda nada fez para ser criticado ou elogiado

Todos os nomes na estrutura do futebol são importantes , concretos temos os nomes de Delfim que será mais um elemento bombeiro na equipa , um administrativo para a resoluçao dos problemas diarios de um balneário.
E Boloni

Da parte de Bruno nao temos ainda nada de concreto quem sai e quem vem , temos sim quem la está ainda.
André Geraldes é ...um rumor

Quando falo em elementos importantes com calo e peso na estrutura do futebol , têm mesmo que fazer a diferença , muito do sucesso no futebol actual no rival passa pela figura do Rui Costa , é esse o exemplo a que me refiro , nao é com Delfins e Bolonis que vamos lá.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 25.02.2017 às 16:39

"""Mas que argumentos Carlos? """"
Quando uma Direccao desportiva alguma coisa positiva faz, é sempre fácil, muito fácil mostrar e rebater.. Chama-se a isso, credibilidade!!.. E o Bruno ficou sem crédito. Por isso a postura defensiva que ele tomou.

Se é continuidade do que já vimos , já sabemos o que aí vem. Nada positivo !!
Guerra, insultos, contra todos e contra tudo, etc..
Só vai mesmo mudar/acabar mesmo o divisionismo que actualmente existe. Pois, ele mesmo com a continuidade desse programa guerrelheiro , porá os sportinguistas na sua maioria outra vez juntos. Contra ele :)))

Para que entao, 111 medidas? Que em nenhhum momento foram até agora explicadas. Só escritas..
Ufff!!.. 111 medidas ???

Ou seja, o Bruno quer ganhar as eleiccoes porque ele é o Bruno!! :)))
Nao precisa de dizer, nem argumentar nada!!!.. OK
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 25.02.2017 às 17:05

Ahhhh !!!..... Sim,
Ele argumentou sim, com a média de Tacas ganhas no seu mandato.
Que burrada!! Nao borrada LOOOOOOOOOOOOLL !!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.02.2017 às 17:20

Eu gostaria de ver 3 ou 4 candidatos fortes com argumentos concretos para um deles poder liderar o clube e ao final resta-nos os 2 que temos.

Nao vou liquidar nenhum deles , porque apesar de todo o egocentrismo que critico fortemente no Bruno , enao podemos negar que temos um Sporting diferente para muito melhor quando dos tempos dos Bettencourts e Godinhos , temos uma equipa que apesar dos erros cometidos tem muito valor e bate-se de igual com os outros 2 clientes do costume.
Uma base que nao precisa de grandes revoluções para poder ser ainda melhor e mais consistente no futuro
Apesar de tudo Bruno habituou-nos a bons treinadores na equipa e sempre procurou conseguir ter bons jogadores no plantel , nao acredito que se fõr reeleito vá desinvestir na equipa , pelo contrário tenho fezada que teremos uma melhor equipa na próxima época.

Nao liquido tambem Pedro Madeira Rodrigues , porque merece todo o meu respeito , pela pedrada no charco que está a ser , pelo claro aviso á navegação , afinal tem funcionado como o porta voz da nossa revolta aos tantos erros desnecessários que têm sido cometidos e que provocaram todos estes resultados bem negativos.
Sendo eleito será tambem o meu presidente mas terá que aparecer com um bom treinador bem identificado com o nosso futebol , para nao darmos mais passos atras ou anos de espera até compreenderem o que se necessita.
O meu maior receio é esse mesmo marcar de passo , pelas novas personagens que nao estejam eventualmente identificadas com o futebol actual com os seus bastidores e por isso mais uns anos de espera e a sermos comidos mesmo sem cebolada

A estrutura do futebol do Sporting nestes ultimos 3 anos tem se introduzido cada vez mais perto dos lugares de liderança do nosso futebol desde á muitos anos bem enraizado pelos outros 2 rivais e agora que estamos já lá no mano a mano a incomodá-los a sériamente e corremos o risco de voltar ao princípio. .isso sim preocupa-me.

Tudo isto necessita de uma grande reflexão e acima de tudo bom senso meu caro.
Nao entro em campanhas de linchamento
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 25.02.2017 às 17:21

erro meu esqueci de anotar o meu nome no comentario acima que é de facto meu JULIO COELHO
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 25.02.2017 às 17:15

Caro Julius Coelho,

No geral concordo com o seu comentário, mas noutra parte concordo com uma das ideias de Nação Valente.

Quem desafia o território do macho dominante (PMR) teve que mostrar a ousadia, a irreverência que alguns lhe apontavam como falha, na tentativa de caçar votos no território inimigo.
Atacou no ponto fraco de qualquer presidente que são os resultados desportivos.

O macho que domina o território (BdC) fez o inverso, pois tem um número de votantes assegurados, fez então o possível para mostrar contenção para caçar votos no território moderado do opositor.
Foi muito estranho ver BdC a olhar para baixo e por vezes quase a explodir, mas devia ter alguma a pulseira que lhe dava choques e BdC lá contava até 10 para se conter e seguir o guião.

Nesta altura não haverá muitos sócios indecisos. Resta aguardar pelo resultado final.

Desculpem esta alusão ao reino animal, mas tem tudo a ver com nosso símbolo.

Resta aguardar pelo resultado das eleições, sendo que fica tudo dentro do mesmo ramo, escolhendo entre a Madeira e o Carvalho.
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 25.02.2017 às 17:30

Acredito que teve que se aguentar porque trazia a estratégia de contenção e controlar-se nao deve ter sido lá muito fácil , creio que Pedro M. Rodrigues excedeu o que ele proprio esperava mas la se aguentou , de todas as formas Bruno de Caravalho mereceu esta confrontação a delatar parte dos seus erros cometidos, olhos nos olhos , pode ser que reflita nas suas atitudes para que melhorem no futuro aos olhos dos adeptos que acreditaram nele caso seja reeleito.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 25.02.2017 às 17:56

Julius,

Deixe-se de conversas para adormecer incautos. O homem não vale nada, é um zero, um reles oportunista que se agarra ao Sporting porque é o seu único meio de sobrevivência. Mesmo fazendo alguma coisa - obra seria se não fizesse - nada altera o que representa, como ser humano.

Pasma-me que não sintam vergonha de ter um tipo destes a liderar o nosso clube.

Pedro Madeira Rodrigues poderá não dar um bom presidente, sinceramente não sei, mas pelo menos é um homem honesto e decente.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 25.02.2017 às 17:46

Caro Julius Coelho,
Obrigado pelo seu contributo para o debate. Prezo a sua opinião. Pelo que intuí não estaria nos planos de PMR avançar para a disputa eleitoral. Avançou por falta de comparência, das figuras mais mediáticas. Tem que se valorizar a sua atitude. Com o pouco tempo de que dispunha, fez o possível.
Concordo consigo quando diz que "se meteram em altos voos". Eu acrescentaria que um período em que a popularidade do Presidente, pelas razões conhecidas, estava em baixa, jogou as fichas todas, fez uma jogada de alto risco, com a convicção que ia conseguir a "taluda". Mas não o fez com o seu dinheiro, mas com o do Sporting. O Julius que é treinador sabe melhor do que eu que no futebol, nunca há à partida resultados garantidos, mesmo com muito dinheiro.
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 25.02.2017 às 18:00

Puxa mas que grande verdade escreveu, sem duvida , a sua inexperiencia , ou se quisermos ousadia transformou-se num enorme risco , nas finanças do clube e no descrédito dos adeptos, por muito dinheiro que se invista nao á garantias de vitórias e titulos isso simplesmente nao existe .
Pode trazer mais consistencia mas garantia de titulos , nunca.
E acabou por correr tudo mal e ficámos todos tristes e desanimados.

Já o escrevi , valorizo bastante a coragem de Pedro Madeira Rodrigues , e é ja um candidato reconhecido por todos .
Bruno de Carvalho mereceu aquele debate , aquela confrontação a delatar os seus erros de gerencia e manias na sua personalidade , olhos nos olhos foi um pouco de todos nós , a nossa voz de revolta no que foi de todo errado do que fez , do que nao pode acontecer nunca no nosso clube.
Eu senti-me um pouco de Pedro Madeira Rodrigues naquele debate , no final , senti-me mais aliviado , ......consegui dizer-lhe tudo o que me vinha na alma e só teve que calar-se e olhar o chão.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 25.02.2017 às 15:32

Excelente texto, estimado Nação Valente, sistematiza muito bem o que se passou. Com as “ferramentas” que nos forneceu cada um interpretará de acordo com as suas próprias aspirações para o nosso Clube e/ou como define o carácter das pessoas.

Bruno de Carvalho teceu vários mitos durante estes quatro anos. Um deles foi a sua capacidade dialéctica e de intervir perante as câmaras de uma televisão. Percebeu-se que não tem capacidade dialéctica e que, perante uma câmara televisiva, o monólogo é o seu modelo preferido.

De BdC ficam na memória de todos o nervosismo evidente, as insinuações e piadas de mau gosto e a média das taças!

De Pedro Madeira Rodrigues ficou registado o desassombro de ter afrontado o “situacionismo” sportinguista e apresentar-se como alternativa muito séria para a presidência do Sporting. Mesmo que não vença as eleições, desbravou o caminho e assinalou o seu espaço.

Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 25.02.2017 às 15:44

LOOOOOOOOOOOOOOLL!! """.... e a média das taças! ""
Sao tantas as baforadas que eu até me tinha esquecido dessa .....

O novo modelo, o modelo do Bruno desde 2013 LOOOOOOOOOOOOLL!!
Médias, percentagens e afins
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 25.02.2017 às 17:57

Caro Leão Zargo,
Obrigado pela sua contribuição para o debate. Concordo com o que diz: PMR mesmo que não ganhe, desbravou o caminho. No entanto, há uma coisa que me preocupa. Se tiver, um novo mandato, BdC irá fazer tudo para criar as condições que eternizem o seu poder. Esta teria sido a grande oportunidade para o pôr fora de cena, mas um certo laxismo oposicionista não o quis. Mas até ao lavar dos cestos é vindima. Veremos.
Abraço
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 25.02.2017 às 21:00

E verdade, Nação Valente. Se vencer, Bruno de Carvalho procurará eternizar-se no poder. Mas, a natureza dele tratará de armadilhar o seu próprio caminho.

Um grande abraço leonino!
Sem imagem de perfil

De jpinto a 25.02.2017 às 17:07

Finalmente lá vi parte do debate

Em primeiro lugar queria dizer que foi na minha opinião compeltamente isento, que o moderador teve uma postura 100% profissional e isenta, como alias se esperava.

Depois foi como refere no sua lucida publicação - um candidato/presidente em vantagem e outro a tentar atacar.

Na minha opinião não o fez sempre da melhor forma por vezes porque trouxe à baila assuntos pessoais, discotecas, entre outros, mas pareceu bem preparado, tal como BC.

PMR não conseguiu explicar as suas ideias, mas BC também não conseguiu ou não quis entrar por aí.

Resumindo foi um debate sem grande interesse, não me parece que haja neste momento muitos socios indecisos, mas mesmo para esses, não foi este debate que veio esclarecer grande coisa.

Não gostei das declarações pos-debate de PMR, onde referiu que BC estava triste, e abatido - conhcendo BC (efusivo, super ego, etc) duvido que isso seja verdade e é um golpe não muito nobre de PMR
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 25.02.2017 às 17:41

jpinto,

e das palavras escritas por o Bruno no Facebook, após o debate gostou ??
""""duvido que isso seja verdade e é um golpe não muito nobre de PMR"""
Ok.. O Bruno pode, nao é nobre LOOOOOOOOOOLL !!
Sem imagem de perfil

De jpinto a 25.02.2017 às 18:34

Oh Carlos

Sabe que 90% das coisas que BC escreve ou diz passam-me normalmente ao lado ?

Eu não ando obcecado com BC, nem pela positiva nem pela negativa - é apenas o presidente do meu clube que tem feito muitas coisas mal feitas, mas tambem outras bem - e neste momento e pelo menos para já tem a minha confiança para tentar fazer melhor nos proximos 4 anos.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 25.02.2017 às 21:01

""Oh Carlos ""
Diga ..

Dissse : Sabe que 90% das coisas que BC escreve ou diz passam-me normalmente ao lado ?

Responde a si mesmo :..... e neste momento e pelo menos para já tem a minha confiança para tentar fazer melhor nos proximos 4 anos.

Sem imagem de perfil

De roc a 25.02.2017 às 18:48


Isento??

Se chama isento ao moderador que deixou falar tranquilamente o BdC e interrompeu por várias vezes o PMR quando falava....

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 25.02.2017 às 19:13

Jpinto,
Concordo. Não é este debate que decide o vencedor, Contudo considero que permitiu a PMR dar mais uns passos na divulgação da sua mensagem. As contas fazem-se no fim.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 25.02.2017 às 19:18

Porque é que as várias intervenções porcas de BdC com insultos e críticas só foram feitas no dia seguinte ao debate e não no frente a frente? Porque é um cobardolas.
Sem imagem de perfil

De Verde Protector a 25.02.2017 às 20:45

Nem mais, Pedro51. O presidente BdC, além dum grande malcriado e sem nível nenhum, é um cobarde como muitos outros que só se agigantam em frente ao computador. Primeiro dizia-se que PMR era frouxo, "sem sal", mas o debate mostrou o contrário: PMR a falar olhos nos olhos, com elevação, e atacando os reais problemas do mandato de Bruno. Um exemplo são as aldrabices ano após ano das 2/3 contratações cirurgicas que acabam é mais duma dezena todos os anos. Nem resposta do BdC, também o que é que pode alegar? Depois de BdC ter sido completamente cilindrado no debate, vem o cobardolas escrever no facebook, à semelhança do seu mandato, em que os temas são "resolvidos" por comentários na rede social para gáudio dos da "seita" de BdC que não percebem que os comentários têm uns eficácia nula.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo