Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

duarte_gomes_900.jpg

 

Semana a semana, a ter início esta segunda-feira, Duarte Gomes passa a analisar lances e temas relacionados com o campeonato português, nas edições de Bola Branca, na Rádio Renascença.

 

Nesta sua primeira participação, aproveita os erros de arbitragem do empate (1-1) que, no sábado, ditou o atraso do Sporting na tabela classificativa, para esclarecer que o vídeo-árbitro não tem permissão para intervir em todos os lances de um jogo de futebol. O vídeo-árbitro só poderia ter intervido em um dos três lances que causaram polémica no Moreirense-Sporting, precisamente numa grande penalidade que ficou por assinalar a favor dos leões.

 

Não há fora-de-jogo dos cónegos

 

"Se Tozé estivesse em franca posição de fora-de-jogo, nunca deveria ser punido na mesma, porque nem jogou a bola, nem interferiu sobre qualquer adversário. A posição do Tozé era irrelevante. Zizo, que levou a bola, vem completamente de trás. A jogada é legal, portanto houve um erro do árbitro assistente, em que o vídeo-árbitro nada podia fazer.

 

Em situações de fora-de-jogo que não resultem directamente, por exemplo, em golo ou em pontapés de penálti, o vídeo-árbitro não pode intervir e aqui nunca podia fazê-lo".

 

Empate precedido de ilegalidades

 

No golo do empate leonino, o lance foi legal, embora seja precedido de um pontapé de canto ferido de ilegalidade. Piccini empurrou, com as duas mãos, o defesa Rúben Lima. Além disso, ainda foi o último jogador a tocar na bola. Portanto, se não fosse considerada a falta atacante, seria sempre pontapé de baliza para o Moreirense. Houve um erro da equipa de arbitragem e também aqui é fundamental referir que o vídeo-árbitro não podia intervir. Nas situações de recomeço de jogo, à excepção de algumas circunstâncias nos pontapés de penálti, os vídeo-árbitros não podem intervir".

 

Grande penalidade passa em claro

 

"O lance em que o vídeo-árbitro deveria ter, efectivamente, entrado em jogo, foi nos descontos, numa grande penalidade que ficou por assinalar a favor do Sporting. O lance era de análise quase impossível em campo e competia ao VAR ver a ilegalidade.

 

O Sporting fazia o seu ataque pela esquerda, era aí que estava o foco do árbitro Luís Godinho, e no centro da área, quando procurava a melhor posição, o Doumbia foi agarrado pela camisola por um defensor do Moreirense. Na televisão, apesar de não haver grandes repetições sobre este lance, o penálti é claro. O puxão começa de fora e termina dentro e, nesta circunstância, é aí que deve ser penalizado. O lance passou despercebido ao árbitro e ao árbitro assistente, que estavam a acompanhar o fora-de-jogo. Portanto, a única pessoa que poderia ter aqui ajudado, aqui sim, seria o vídeo-árbitro".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:46

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


23 comentários

Imagem de perfil

De PSousa a 26.09.2017 às 09:21

Qual dos lances aqui visto poderia ter mais chances de mudar o resultado do jogo?
Se num o VAR não podia intervir no outro idem, o que resta é o penalti sobre Doumbia, esse sim a ser visto e revisto pelo VAR.
"Imbestigue-se" quem estava no VAR... estas situações sejam a favor ou contra, NÃO podem acontecer! E são 2 pontos que voam!
Sem imagem de perfil

De nando a 26.09.2017 às 09:35

É preciso ter lata!!!
Imagem de perfil

De PSousa a 26.09.2017 às 10:09

Pois é, principalmente quando não veste as suas cores!
Mais lata é vir aqui dizer isto, quando tem um penalti idêntico em Vila do Conde e que lhe dá mais um pontinho.
O que está em causa é o VAR e não a minha opinião.
Diga lá do alto da sua lata, ou melhor justiça em qual ou quais dos lances o VAR poderia ter intervido? ...
Ninguém diz aqui que os erros não existem, estou de acordo com os três erros de arbitragem mas diga lá qual, segundo o Duarte Gomes, é o único passível de intervenção do VAR.
Sem imagem de perfil

De LeaoCovilha a 26.09.2017 às 10:33

Na minha opinião o VAR podia apenas actuar no possível penalty. No entanto, em duas jornadas seguidas há dois erros em dois lances semelhantes mas num o árbitro apitou logo (lance do jogo do Sporting) e noutro não apitou e deixou o lance correr e que deu o golo do Portimonense contra o Benfica e que foi posteriormente anulado pelo VAR. O problema é esse, é o mesmo tipo de lances ser alvo de interpretações diferentes. Por isso, provavelmente será preferível que os árbitros deixem correr os lances até ao fim e depois peçam a análise do VAR.
Imagem de perfil

De PSousa a 26.09.2017 às 10:39

LeaoCovilha, como é óbvio.
Só os "Nandos" da vida é que acham que não.
O VAR, segundo o que dizem, dos três lances só poderia dar indicação ao árbitro do lance do Doumbia, agora pergunto eu, porque raio não o fez? - "Imbestigue-se!"
Afirmo que os 3 lances têm erros.
Sem imagem de perfil

De Tecaneles a 26.09.2017 às 15:11

Na minha opinião o campeonato esta como deveria de estar.
O Porto apesar de ter perdido na Champeões é a equipe que começou mais forte.

O Sporting é aquela equipa que pode fazer jogos muitos bons e de repente faz jogos muito mais fracos com quem não se estava a espera.

O Benfica festejou muito o tetra e apesar de ter entrado bem no campeonato pensava que isto já eram favas contadas, agora tem de ir atraz da recuperação , tem equipa para isso.

Quando os grupos da Champions acabar tendo já jogado os grandes entre si logo terei uma opinião mais formada sopre a época.

Esta conversa de roubos de uns e de outros é só para justificar atrasos pontuais ou ausencia de titulos. Indiferente de quem acusa quem!
Com esta falancia e acusações que andam a ser proferidas a uns anos para cá?
Desculpem o termo mas era necessario o arbitro ser muita burro. No dia seguinte tinha de cavar um buraco e enterrar-se.

Se alguem tinha de se queixar eram os mais pequenos de todos, esses em caso de duvida extrema contra um grande ficam sempre a perder.


Imagem de perfil

De PSousa a 26.09.2017 às 15:17

Tecaneles,
Eu não estou a discutir quem é mais ou menos beneficiado. Até porque estou de acordo consigo, qualquer outro clube que não sejam o SCP, FCP e SLB parecem ser mais prejudicados do que estes, mas talvez por isso o VAR! Mas o VAR tem de tomar decisões (nos lances que pode) e\ou avisar o árbitro para ver na TV!
Na minha pessoa não estou a justificar o SCP ter perdido pontos em Moreira, estou apenas a "analisar" o VAR! O SCP deveria ter chegado lá e ganhar, ponto final!
Não o conseguiu, por culpa própria, por ter uma equipa adversária que se bateu bem e por ter um treinador que não soube colocar as peças no devido sitio!
Aquilo que ele disse da equipa (que entraram e achavam que o golo aparecia), acho eu que era o que ele estava à espera! Porque é que não levou Palhinha ou Petrovic a jogo se queria descansar o Battaglia? Esta é uma questão que se deve levantar!!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.09.2017 às 10:44

Não sei bem que interpretações há por aqui...

No caso de um lance em fora de jogo, não se pode deixar "correr". Se, na opinião do auxiliar, certa ou errada, há fora de jogo, o árbitro tem forçosamente de apitar assim que o jogador toca na bola.

Também é ilusório pensar que um árbitro na dúvida vai deixar andar um qualquer lance, à espera de uma eventual revisão do VAR. Bem ou mal o árbitro tem de decidir no momento, não pode ficar à espera.
Sem imagem de perfil

De LeaoCovilha a 26.09.2017 às 11:09

Em caso de dúvida aposto que quase todos os árbitros vão deixar correr porque sabem que depois podem sempre "corrigir" com o VAR. Pelo menos, dos jogos que tenho visto a maioria dos árbitros tem procedido assim.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.09.2017 às 11:12

Nos jogos a que eu tenho assistido, isso não tem acontecido. E se está a acontecer, é errado. O VAR não existe para substituir o trabalho do árbitro, mas sim para o complementar, o que é muito diferente.
Imagem de perfil

De PSousa a 26.09.2017 às 11:46

Nestes três lances aqui "discutidos" o VAR só poderia intervir no lance do Doumbia!
Mas há quem veja com outra cor de olhos.
Sem imagem de perfil

De nando a 26.09.2017 às 11:39

Não marcou nenhum golo, foi beneficiado claramente pela equipa de arbitragem,nos três lances em questão só um é que o prejudica e mesmo assim queria ganhar?
A ser assim o jogo ficaria 2-1.
É mesmo preciso ter cá uma lata!
Imagem de perfil

De PSousa a 26.09.2017 às 11:45

A inteligência perdura, quem lhe disse que íamos ganhar 2-1? O penalti foi assinalado e convertido?

Dos três lances analisados, efectivamente só um nos "prejudica"... mas só no lances aqui evidenciados, pois ainda temos uma "agressão" ao Bruno Fernandes entre outras menos bem assinaladas, mas que não estão aqui em questão!

A única questão aqui levantada foi, dos três lances qual era aquele em que o VAR poderia e deveria ter intervido? Sabe responder ou vai continuar na "lata"?
Se tirar a visão do seu clube, pode ser que consiga responder!

Sem imagem de perfil

De Tecaneles a 26.09.2017 às 14:46

esqueça a lata.
esta mais para o ferro velho completo!!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 26.09.2017 às 11:35

O que eu acho extraordinário é o treinador do Moreirense vir reclamar porque o árbitro marcou mal um canto.... ?!?!?!?!

Depois tenho ainda a referir que não tem sido analisado os critérios dos cartões amarelos.... ou melhor a ausência de cartões para os adversários do Sporting.... situação que se explica sabendo que o benfica precisa de fazer 10 faltas para levar um amarelo, contra 7 do Sporting...
Por outro lado, os adversários do Sporting vêem, em média, um cartão por cada 6,7 faltas feitas. Os adversários do benfica vêem um cartão por cada 5,3 faltas feitas. Os adversários do Porto vêem um cartão por cada 5,0 faltas feitas.

Estes critérios têm de ser explicados....
Sem imagem de perfil

De antonio a 26.09.2017 às 12:22

Estatísticas da treta!

A questao dos cartoes explica-se da seguinte forma:
1. Já sabemos que os árbitros tem medo do Porto. Um azulado cai, é amarelo.
2. No caso do Benfica, eles levam tanta porrada num jogo que é preciso abrandar nos cartoes, ou o Benfica venceria sempre
3. No caso do Sporting sinceramente nao tem motivos de queixa para já

;-)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.09.2017 às 13:33

Quando em dúvida, consultar o António... para ficar a saber ainda menos !!!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 26.09.2017 às 17:43

antonio,

As estatisticas têm estas coisas.... são factuais....

Uma coisa que não tem sentido nestas estatísticas, é o benfica fazer 10 faltas para levar um amarelo, mas o respectivo adversário do benfica só pode fazer uma média de 5.... portanto metade das faltas.... com o mesmo árbitro!

Nada que me espante....
Sem imagem de perfil

De MaTic a 26.09.2017 às 12:21

Conclusão:
O árbitro foi amigo!
O lance do suposto fora de jogo, era golo certo (2 contra o patrício), o golo do SCP era ilegal.
O árbitro ajuizou os 2 a favor do SCP, porque sabia que o VAR não podia interferir.
1 ponto a mais para p SCP !
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.09.2017 às 13:31

Conclusão tão simplista, mas tão típica "encarnada".

Para já, não há "golos certos" no futebol e , nesse lance, seria um a um, dado que o primeiro jogador que estaria em posição irregular não poderia tirar proveito da posição para participar no lance.

Surpreende Duarte Gomes não falar do golo invalidado a Alan Ruiz em que Bas Dost não comete falta alguma.

Por fim, "O árbitro ajuizou os 2 a favor do SCP, porque sabia que o VAR não podia interferir", é só para rir !!!
Imagem de perfil

De PSousa a 26.09.2017 às 14:31

Esqueceu-se foi de ajuizar o penalti e até o VAR se incluiu no esquecimento!
Haja coincidências....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 26.09.2017 às 15:03

Não sei se é um caso de "coincidências", simplesmente não fez a leitura devida do lance.

Mas eu até acho que não foi uma arbitragem polémica, exagera-se no comentário. Para mim, houve dois lances cruciais: o fora de jogo mal assinalado que daria ou não golo, e o golo invalidado a Alan Ruiz por falta inexistente de Bas Dost.

Anulando esses lances, nunca saberemos qual seria o resultado. De qualquer modo, as coisas complicaram-se, desnecessariamente, por culpa do Sporting.
Imagem de perfil

De PSousa a 26.09.2017 às 15:10

Rui,
Estou de acordo.
E só em Portugal é que se marca uma suposta falta de Bas Dost sobre o GR.
Quanto ao VAR se analisa lances idênticos como o que aconteceu por exemplo com o nosso rival, este tem de ser chamado à atenção, nem que o árbitro fosse ver a televisão e que mesmo assim achasse que o agarrão não era o suficiente para o penalti.
No lance do fora de jogo, é um erro... só explicado pelos dois jogadores se fazerem à bola e o auxiliar quando olha para o jogador que está mais perto de si, este se encontrar para lá do meio-campo! Mas efectivamente não estava no passe... agora daí até ser golo ainda iam alguns 40 metros de campo!
Já vi muitos "isolados" falharem golos, já vi muitos tropeçarem, etc.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo