Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

19140093_7yBH9.jpg

 

Numa primeira apreciação, o acordo estabelecido entre o Sporting e a NOS parece constituir um bom negócio para o Sporting, sendo revelador da relevância do Clube no contexto do futebol nacional. No entanto, a blogosfera leonina foi invadida por acalorados debates por persistirem dúvidas relativamente à verdadeira dimensão das contrapartidas estabelecidas de parte a parte. O presidente do Sporting caiu na armadilha de mostrar irritação e impaciência por algumas questões que foram levantadas. A própria diatribe ao associado Sérgio Abrantes Mendes revela grande incómodo.

 

Na verdade, sem uma análise atenta e segura dos termos do contrato estabelecido entre o Clube e a NOS corremos o risco de mandar para o ar morteiros de pólvora seca. Bruno de Carvalho ajuda à festa ao encher a boca com 515M€ quando todos sabemos que o que se contratou agora com a NOS e a PPTV não corresponde em rigor a esse montante. Mas, o presidente do Sporting habituou-se a lançar cortinas de fumo para melhor baralhar as cartas e distribui-las de novo.

 

Da leitura dos comunicados do Sporting e da NOS à CMVM mantenho determinadas dúvidas que, por enquanto, não vejo esclarecidas:

 

- a concessão dos “direitos de transmissão dos jogos em casa por 10 anos” da equipa A de futebol refere-se apenas à Primeira Liga ou é mais abrangente?

 

- a concessão dos “direitos de exploração da publicidade estática e virtual no Estádio José Alvalade” implica em concreto os painéis publicitários e écrans ou alarga-se, por exemplo, ao naming das bancadas nascente e poente?

 

- a concessão do “estatuto de patrocinador principal do Sporting por 12 épocas e meia” inclui apenas a camisola da equipa principal ou estende-se às outras equipas (B e Formação) de futebol do Clube?

 

- a “revisão dos valores do contrato com a PPTV” em quanto é que de facto beneficia financeiramente o Sporting considerando que se acrescentou agora a concessão de três anos de publicidade estática e virtual do Estádio e que havia valores já contratualizados?

 

- desconhecendo-se os termos da evolução do mercado audiovisual e do impacto financeiro dos novos formatos como o streaming estão previstas fórmulas para reavaliar e renegociar no futuro o acordo com a NOS?

 

- verificando-se uma significativa valorização da “marca” Sporting estão estabelecidos processos que permitam a devida adequação dos termos financeiros do acordo?

 

- confirmando-se uma revisão em alta do contrato entre o Benfica e a NOS está previsto algum mecanismo compensatório para o Sporting?

 

- havendo desinteligências contratuais em que termos está prevista a cessação do contrato por uma ou pelas duas partes?

 

Quando Bruno de Carvalho se candidatou em 2013 à presidência do Sporting sublinhou com frequência o valor da “transparência” nos actos de gestão do Clube. Por essa razão, muitos sportinguistas esperam que o presidente do Clube seja coerente com aquilo que apregoou no passado em determinado momento.

 

 

/Fotografia de Yves Lecoq/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:14

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


50 comentários

Sem imagem de perfil

De LionClaw a 30.12.2015 às 17:46

Só vou dizer duas coisas:

1) Quanto ao contrato com a PPTV, agora renegociado, a mais-valia é de 24M € ou, se preferir, 8M€/ano, tendo em conta os valores previamente contratualizados e agora aditados;

2) O Zargo tem o estranho (ou não tanto) hábito de confundir transparência com pornografia. Ninguém no Mundo dos negócios publicita ponto por ponto negócio algum, nem tem (e na verdade nem deve) fazê-lo! Como em tudo, há negócios em que se pode adiantar mais que o normal e outros em que manter o "disclosure" rende mais, é uma questão de benefício. Para mais, não sabe você (nem eu nem ninguém) se há ou não acordo de confidencialidade e o que é que engloba. Nestes aspectos, nada como ler (e saber ler) os Relatórios & Contas - coisa que o Camilo Lourenço tem claras dificuldades, já agora. :)

E dois P.S.:

1) Quanto à publicidade (julgo que o léxico usado é ("estática e virtual"), julgo que se tratará, sim, da publicidade de bancadas e painéis publicitários em todo o Estádio José Alvalade;

2) Legalmente, os contratos têm duração máxima de 3 anos, logo, infere-se daqui que a cada 3 anos, haja ou não vontade das partes em continuar (até porque renovações automáticas seriam ilegais), se continue ou não renegociando ou não o contrato até então celebrado e se cumprido integralmente, nas obrigações contratuais de cada uma das partes.

Se quiser fazer o exercício, fale com colegas seus entendidos de cada um dos dois rivais (se os tiver), e tente que eles lhe desmontem os respectivos contratos. Constatará que ambos terão dúvidas da mesma índole...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 17:56

LionClaw
Verifico que, tal como eu, tem dúvidas e limita-se a fazer algumas suposições e a acrescentar algumas convicções.
Também me parece que da renegociação do contrato com a PPTV resultou uma mais-valia no valor de 24M€. Mas, como sabe, o presidente não considera conveniente informar sobre essa matéria.
Sobre a publicidade e a duração dos contratos utiliza os verbos "julgar" e "inferir". Está na dúvida como eu estou.
Tenho amigos no Benfica e no FC Porto, mas as questões próprias do Sporting trato com sportinguistas.
Registo a sua ironia a propósito de "transparência" e de "pornografia". BdC é que se afirma o paladino da "transparência"!
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 30.12.2015 às 18:16

Fico muito contente Zargo a ler as suas duvidas dos contratos que o Sporting celebrou e que ultrpassam os 500 Milhoes mas já não fico tão preocupado como ficaría a ler as suas eventuais duvidas de contratos inexistentes .

Imagino que se o Sporting apresentaría contratos de valores do dobro do que apresenta as duvidas invadiríam igualmente a sua cabeça , porque nao reconhece no actual presidente do Sporting capacidade para tais negociações , é um simples nulo que está a recuperar de novo o nosso clube em que alguns adeptos nao merecem serem do Sporting ou já não lhes fica bem dizerem que são sportinguistas.
Eu estava de facto nao escondo muito preocupado com a proxima época , com as consequencias dos aumentos salariais dos nossos jogadores , onde íamos buscar dinheiro para esse aumento orçamental , muitos já se preparavam para indagar dos pseudo mecenas que protegem o Bruno de Carvalho , da transparencia dos dinheiros que chegam ao nosso clube, agora estou mais aliviado, 50 milhoes por ano e durante 10 anos , com sorte , com circunstancias favoráveis, com pais natais, com o que quiserem mas será de todo injusto , má fé maquiavélica, ignorancia ou doença encarnada se não derem mérito á Direçao actual do Sporting e ao seu presidente Bruno de Carvalho que nao nos defrauda as expectativas de voltarmos a ter um Sporting renovado e recuparado e de novo tão grande como os grandes da Europa.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 18:28

Caro juliuscoelho
Prezo o seu entusiasmo e confiança na capacidade negocial de Bruno de Carvalho. Confesso que não descortino tamanho mérito, mas por certo será culpa minha.
O juliuscoelho não pode fazer contas simples de dividir 500M€ por 10 anos pois o contrato é mais complexo. Na realidade, estende-se por mais anos, desde 2015 até 2028, e a repartição do dinheiro é mais complexa. Sendo assim, 50M€ por época é exagero, talvez cerca de 4oM€ em média.
Como vê há coisas que não estão bem esclarecidas.
Sem imagem de perfil

De juliuscoelho a 30.12.2015 às 19:29

se juntar receitas de bilheteira , competições europeias , venda das camisolas e e outras receitas chegará aos 50M ou até mais certamente... ou não é assim?

Quanto ao mérito do presidente do Sporting que o Zargo nao reconhece será só azar ou sorte as circunstancias de as coisas acontecer com ele lá , se fôr assim então que se mantenha por muitos anos enquanto der esta ....."sorte" ...!!!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 20:47

juliuscoelho
De acordo, se incluirmos essas receitas até será superior a 50M€.

Eu escrevi no post que "numa primeira apreciação, o acordo estabelecido entre o Sporting e a NOS parece constituir um bom negócio para o Sporting, sendo revelador da relevância do Clube no contexto do futebol nacional." Portanto, não há dúvida sobre a minha apreciação.

No entanto, para eu ficar convencido de um maior valor qualitativo do contrato depende do esclarecimento sobre as questões que coloco. Tenho a certeza que esse esclarecimento virá se os sportinguistas o exigirem.
Sem imagem de perfil

De jose a 30.12.2015 às 22:17

Caro Zargo,

Há 3 anos o sporting estava falido, um vice-presidente dizia mesmo que o scp não tinha salvação, a marca não valia um tostão. Os média já não considerava o nosso clube um candidato ao título e cem certa medida tinham razão, se bem que por trás desse menosprezo, estava o desejo de dividir o bolo apena por dois. O Braga já reclamava como sendo o terceiro clube e acha 40M por época não é bom?

Após o contrato do Benfica, diziam que jamais o SCP poderia aproximar-se dos seus valores, o Rui Gomes da Silva dizia que no máximo 20M.

Também confesso que não acreditava em valores tão altos por isso, só tenho que dar os meus parabéns a esta direcção.

Há um pormenor interessante que tem passado ao lado e que na minha perspectiva é muito importante. O volume total do negócio é de 515M totalmente para o sporting, sem comissões. Nos tempos do Roquetismo, já imaginou as comissões que iriam rolar?
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 22:33

Caro José
Eu não afirmei que 40M€ não é bom. Considero que é bom e que até terá sido inesperado. O que eu entendo é que o presidente do SCP tem a obrigação estrita de esclarecer os sócios sobre determinados termos do contrato. Referi os que me parecem pertinentes na minha opinião.

Sabe-se como é que as coisas decorriam há tempos atrás. Olhe que BdC fala muito sobre esse aspecto, mas também paga comissões. Basta consultar os R&C.
Ouvi-o há umas horas atrás a falar de comissões pagas pelo Benfica ou pelo Porto. Não sei, estou mais atento ao Sporting que é o que me interessa.
Sem imagem de perfil

De jose a 30.12.2015 às 22:53

Caro Zargo,

Infelizmente em determinados negócios não podemos fugir as comissões, mas há outros que obviamente as comissões não fazem sentido e pagam-se muito. Referi as comissões neste negócio porque foi o BdC disse que neste não havia comissões era tudo para o SCP. Como sabe, noutros consulados metiam comissões à torto e a direito para distribuir dinheiro.

Quanto à transparência, não esteja a espera que determinados detalhes venham para a praça pública, isso seria um acto de má gestão e há contratos que exige confidencialidade. Compare a informação que esta direcção dá ao publico com as anteriores ou com os nossos rivais e depois diga-me qual é a direcção que mais informa.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 31.12.2015 às 14:39

Caro José
O pagamento de comissões por baixo da mesa ou por cima da mesa seria uma conversa longa e inconclusiva. Por isso, prefiro concentrar-me naquilo que nos é dito com todas as letras e é o caso de Bruno de Carvalho. Não confio nele, mas sendo o presidente do SCP tudo o que ele afirma é do meu interesse.

Por exemplo, interessa-me a transparência no Sporting. Não fico bloqueado a analisar o que se passa nas outras casas. Avalio o que faz BdC, como aquilo que fizeram anteriores presidentes.
Sem imagem de perfil

De LionClaw a 30.12.2015 às 19:03

Zargo,

Quando escrevi "Se quiser fazer o exercício, fale com colegas seus entendidos de cada um dos dois rivais (se os tiver), e tente que eles lhe desmontem os respectivos contratos. Constatará que ambos terão dúvidas da mesma índole...", referia-me a dissertar com eles sobre os contratos "deles", não o nosso. E repito: constatará tantas ou mais dúvidas que aquelas que você tem. (Partindo do princípio que os seus tais amigos rivais serão entendidos na matéria, o que normalmente não são)

Não se trata de ironia nenhuma quando falo de transparência e pornografia. São dois conceitos que "vocês" tendem a confundir, convenientemente, precisamente pelo "vosso" soundbite do "paladino da transparência". A Justiça, por exemplo máximo, é a soberana paladina da transparência, e nem por isso o "Segredo de Justiça" deixa de existir.

Aproveito, já agora, para lhe desejar a si e ao Rui - o Ricardo e o City que me desculpem, mas não os queria nem para amigos dos meus inimigos - umas excelentes saídas de 2015 e ainda melhores entradas em 2016. De preferência com uma rotunda vitória já no dia 2. :)
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 20:40

LionClaw
Garanto-lhe que li de forma breve os comunicados a propósito dos contratos com o Benfica e o FC Porto. Sei que o que eles conseguem não nos é indiferente, mas parece-me que os comunicados à CMVM informam sobre determinados aspectos, mas escondem sobre muitos outros. Os meus amigos benfiquistas ou portistas pouco sabem e muitos estão satisfeitos com o pouco que sabem. Tal como muitos sportinguistas, é claro.
No fundo, o que me interessa verdadeiramente é o que diz respeito ao Sporting e sei que só através de sportinguistas é que conseguirei perceber algo mais. As dúvidas que levantei são genuínas e não estou a armar em esperto.

Percebo agora a ironia entre transparência e pornografia e reconheço que tem razão. A propósito de transparência no Sporting tenho de dizer que todas as direcções que eu conheci manipularam a informação para os adeptos. Uma espécie de engenharia informativa.
Acontece que nenhum presidente anterior fez gala, como BdC, de governar o Clube com transparência.

Agradeço os desejos de um bom ano de 2016. Retribuo com votos de um ano carregadinho de felicidades... e de sucesso desportivo do SCP!

No jogo de sábado ficava muito satisfeito com uma vitória do Sporting por 1-0, desde que com superioridade na luta nas quatro linhas!
Sem imagem de perfil

De Padrinho GL a 30.12.2015 às 18:19

Ora, Finalmente uma publicação com sumo e não, apenas e só, anti-Bruno de Carvalho.

Não posso responder às perguntas porque não tenho dados suficientes comigo para uma resposta segura. Porque não fazer chegar estas perguntas ao Sporting? Por exemplo, propondo que as mesmas fossem respondidas uma a uma na próxima AG?

Nem digo irem lá colocá-las, mas entregarem a alguém do CD do Sporting ou ao Presidente da AG para que as mesmas fossem esclarecidas.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 18:29

Padrinho GL
É oportuna a sua sugestão. Verei o que consigo fazer sobre essa matéria.
Sem imagem de perfil

De anonimo a 30.12.2015 às 18:36

Qual e a duvida leao do zargo....creio que como disse Bruno de carvalho foi tudo explicado em Portugues...ou espere vc e dos que le portugones...69 milhoes a dividir por tres anos na sua terra, se e que tem alguma, da o que??? vamos la a ver...69/3=23 milhoes por ano....em vez de andar a fazer figura de pasquim lampionico...va para a primaria refrescar a sua memoria...nao seja PEDRO GUERRA por favor...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 20:49

Anónimo
Não é uma questão de ser em português simples ou em mandarim complexo. É uma questão do presidente do Sporting informar os sportinguistas.
Sem imagem de perfil

De Ricardo a 31.12.2015 às 00:35

Essas contas.....
Era 15M por epoca. 45 M em 3 anos.
Passou para 69M. Aumento de 23M nos 3 anos. Pouco mais de 7 M por ano
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 31.12.2015 às 00:41

Desculpe Ricardo...

Era 15ME por época. 45ME por 3 épocas.

Foi agora aumentado para 69ME, o que significa um aditamento no valor de 24ME, ou seja 8ME por época.

Daí que a conta real do novo negócio seja 446ME(NOS) + 24ME(PPTV) = 470 ME.

Acho que são estas as contas certas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.12.2015 às 00:45

Correcto. Fui eu que estava a pensar em 23M e nao em 24M

Aproveito para comentar que vim aqui parar por curiosidade e sou Benfiquista
É com agrado que li esta discussão entre Sportinguistas com bastante sensatez
Estava habituado às discussoes em sites generalistas em que a coisa passa-se de maneira bastante diferente.

Bom ano a todos!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 31.12.2015 às 01:11

Caro Ricardo,

Grato pela gentileza das suas muito apreciadas palavras. É sempre bem vindo neste espaço, independente da sua simpatia clubista.

Também para si e para os seus, um muito feliz Novo Ano.
Sem imagem de perfil

De joao cardoso a 30.12.2015 às 19:02

Da maneira como foram "construídos" os acordos com SLB , FCP e Sporting CP fica a ideia - até pelas análises já feitas por vários jornais - que é difícil fazer estritas comparações dos 3 contratos.
Duas coisas, no entanto, podem desde já dizer-se
(1) o Benfica foi cobaia e vai accionar clausulas de salvaguarda - se é que existem e se a nOs estiver pelos ajustes, e
(2) independentemente das análises financeiras sobre o sexo dos anjos, tipo qual o maior, o melhor e o mais rentável contrato, uma coisa é certa: o Sporting pode dizer que não foi relegado para a 2ª divisão destes contratos, como pretendiam o FCP SLB e ainda aproveitou bem a concorrência nOs vs MEO para fazer um acordo MUITO RAZOÁVEL - tendo em conta os títulos dos últimos 15/20 anos, o número de sócios/adeptos em todo o mundo e a pressão duma comunicação social muito hostil ao SCPortugal e à sua administração. Não reconhecer estes mínimos só pode ser feito pelos rivais do Sporting ou pelos zangados críticos internos.

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 20:39

João Cardoso
Concordo consigo:
- São contratos de natureza algo diferente o que dificulta a análise comparativa;
- Também tenho curiosidade de saber se existe essa cláusula de salvaguarda cuja existência foi garantida pelo Benfica(Filipe Vieira?);
- Não obstante as dificuldades comparativas que existam sobre os contratos, é óbvio que o do Sporting está a léguas de ser de 2ª divisão.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 30.12.2015 às 19:13

Como já alguém escreveu acima: acha que é aqui, num blogue, que vai obter respostas a perguntas que, na sua maioria, implicam quebrar questões de sigilo contratual?

Louvo também a sua relutância em atribuir qualquer conotação positiva a algo que se passa no Sporting Clube de Portugal. O título do post indica isso mesmo.

Fico à espera de ouvir as suas perguntas colocadas em sede de AG - que é o único local onde poderá ter esperança que elas sejam respondidas por quem de direito.
Ah espera, esqueci-me: nada que BdC diga será encarado como resposta ou mesmo verdadeiro, já que ele se habituou a lançar "cortinas de fumo para melhor baralhar". Ou estarei errado?
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 20:57

Petinga
Não me parece que as questões que eu coloco incorram na violação da confidencialidade contratual. De certeza que isso não se passa. Aliás, mais tarde ou mais cedo BdC será obrigado a informar sobre o que eu formulei, porque são questões óbvios cujo esclarecimento é imprescindível.
Se ler sem preconceito o que eu escrevi vai verificar que me parece positivo o contrato que foi assinado com a NOS. Mas, para uma melhor apreciação tenho necessidade dos esclarecimentos que referi.
É um facto que BdC usa sistematicamente uma estratégia comunicacional que visa levar a água ao seu moinho em termos informativos. Uma espécie de engenharia informativa.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 31.12.2015 às 18:16

Caro Zargo

Imagino que tenha alguma ideia sobre o que significa "confidencialidade contratual".

Perguntas como

- confirmando-se uma revisão em alta do contrato entre o Benfica e a NOS está previsto algum mecanismo compensatório para o Sporting?

- havendo desinteligências contratuais em que termos está prevista a cessação do contrato por uma ou pelas duas partes?

implicariam a revelacao da existencia (ou nao) de cláusulas especiais, sobretudo em relacao ao rival da 2a circular. Revelá-las em praca pública nao é CERTAMENTE coisa que a NOS deseje.

Perguntas como:

- a concessão dos “direitos de transmissão dos jogos em casa por 10 anos” da equipa A de futebol refere-se apenas à Primeira Liga ou é mais abrangente?

- a concessão dos “direitos de exploração da publicidade estática e virtual no Estádio José Alvalade” implica em concreto os painéis publicitários e écrans ou alarga-se, por exemplo, ao naming das bancadas nascente e poente?

sao detalhes talvez mais "terra-a-terra" mas que podem também encerrar questoes que nao interessem ao Sporting revelar em público. Para além disso, sao perguntas que, a menos que sejam feitas concretamente em AG (e nao num blogue), nunca obterao resposta. Nao é BdC quem tem que ler blogues e satisfazer as curiosidades de toda a gente. Nao confunda "transparencia" com "pornografia" como foi dito acima.

Já agora: já reparou que a assistencia do jogo da Taca da Liga com o Pacos de Ferreira foi a SEGUNDA MAIOR DE SEMPRE do Sporting na dita competicao? Gostava que admitisse ter-se precipitado na apreciacao que fez no post sobre bilheteira...

http://www.record.xl.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/sporting/detalhe/segunda-melhor-assistencia-na-taca-da-liga.html

"Os números registados ontem ultrapassam, inclusive, a assistência do nulo registado com o FC Porto em 2013 (21.505)."

Nada mau para um jogo em que supostamente houve uma estratégia de bilheteira errada...


Picadas à parte, um bom ano para si!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 31.12.2015 às 22:06

Caro Petinga
Registo a sua preocupação com a NOS e a eventual sensibilidade negocial da empresa. No entanto, essa problemática não se aplica às questões que eu referi pois todas elas terão de ser explicitadas mais tarde ou mais cedo. Aliás, Bruno de Carvalho também não está muito preocupado com a NOS e anda a gritar aos quatro ventos que fez o maior negócio de sempre.

Fico com a ideia que o Petinga nunca esteve numa Assembleia Geral do Sporting. É que esse espaço não é, pela sua natureza, o mais indicado para obter informações. Tem outras virtudes e finalidades, mas não será essa por certo.

Reparei que o Sporting-Paços de Ferreira teve uma boa assistência. Ainda bem.
Desejo-lhe também um bom ano de 2016 com muitos sucessos desportivos.



Sem imagem de perfil

De MaxMartins a 30.12.2015 às 19:32

Confesso que esta matéria me ultrapassa...
Por isso, para mim...o contrato"é bom" tendo em conta o sumatório das verbas contratualizadas...
Espero que da parte do Sporting tenham estado pessoas suficientemente "esclarecidas no manejo" das questões económicas e jurídicas , que em função dos seus conhecimentos e experiência, tenham elaborado , conjuntamente com a outra "parte"...um somatório de contratos bastante vantajosos para o Clube...

SL


Sem imagem de perfil

De MaxMartins a 30.12.2015 às 19:33

É claro que é "o somatório"
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 21:00

MaxMartins
Há uma diferença entre um contrato que é considerado "bom", "muito bom" ou "excelente". Sabendo o que sei, pois foi tornado público, considero que, por certo, é um "bom" contrato.
Sem imagem de perfil

De Carlos Pentes a 30.12.2015 às 20:19

Devo ser o único a achar que estes contratos de pouco valem a não ser os primeiros 3 anos. Pela forma como estão celebrados, Sporting e Porto, são inválidos ou ilegais, como quiserem.

Por isso só posso avaliar os primeiros 3 anos do Benfica, em que ganha bastante mais que o Sporting e Porto, por estes ainda não estarem em vigor. Isto apesar de o Sporting ter conseguido mais um pouco pelos anos que restam de SportTV. Aqui o claro prejudicado é o Porto.

Nestes primeiros 3 anos de legalidade o Benfica é claramente o grande beneficiado. E digo legalidade porque é o único contrato que respeita a lei comunitária.

Quando os próximos entrarem em vigor já o Benfica pode renegociar coisa que o Sporting e Porto só poderão fazer nos próximos 6 anos, ou 3 anos após a entrada.

A questão que se coloca é, porque razão são redigidos contratos que vão contra as normas comunitárias? Existirá vontade de os considerar inválidos e com isso dar um passo atrás em todo este financiamento, é só fogo de vista? Estará o mundo igual nessa altura? E a NOS? Terá acabado com a MEO como é sua intenção e perderá a vontade de os honrar até ao fim tal como estão desenhados?

São algumas dúvidas que se colocam. Isto porque se me colocar na posição de um banqueiro e vir estas garantias, nunca na via dava um empréstimo baseado em valores pós 3 anos porque esses podem nunca chegar dada a ilegalidade das durações.

PS: Estou-me a basear na informação enviada à CMVM, se os contratos não são assim então que os divulguem como mandam as regras.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 30.12.2015 às 20:37

Deve ser como o famoso contrato da Fly Emirates ... ah espera não houve comunicado à CMVM ... deve ser como a famosa clausula que permite ao SLB rever em +10% 20% ou 25% são tantos os valores apontados na comunicação com base no contrato feito entre o SCP e a NOS ... ah espera também não houve comunicado à CMVM a clarificar essa clausula.

Prontos o Benfica ganha mais é o maior ... mas como diria o meu filho "és grande mas não és grande coisa" :).

SL,
Sem imagem de perfil

De Carlos Pentes a 30.12.2015 às 20:41

Parabéns, no conteúdo faz jus ao seu apelido. Relativamente ao que escrevi, zero.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 30.12.2015 às 21:20

É verdade dou muita palha a comer a muito burro que se acha esperto.

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 21:12

Sérgio Palhas
Para nós, sportinguistas, o que é relevante é o contrato do Sporting. O do Benfica é com eles e é de interesse de segundo plano.
Se o Sporting conseguir um excelente contrato fico satisfeito e não é o da Luz ou do Dragão que me vai alterar.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 30.12.2015 às 21:38

Zargo estou me nas tintas para o SLB e o FCP alias já escrevi que os 3 fizeram grandes acordos, no entanto não tenho pachorra para estes senhores que se dizem sempre que são melhores em tudo porque sim.

Outro apontamento Zargo a melhor medidor/aferidor do "sucesso" deste contrato é ver os Benfiquistas desesperados a invocar uma qualquer clausula de salvaguarda que permita rever os valores contratualizados inicialmente pela NOS.

Estavam eles convencidos 1º que nos iriam entalar com a centralização dos direitos de TV com o fantoche Luis Duque não conseguiram, 2º depois tentaram!? que a negociação do SCP fosse por valores muito inferiores aos seus contratos, também falharam e ai o FCP é claramente ultrapassado pelo menos neste triénio até 2018 com o aditamento do contrato do SCP com a PPTV e o contrato do SLB a NOS a iniciar na próxima época.

Para fim a principal ponto a favor do SCP face aos seus competidores a sua estrutura de custos (Relativos aos resultados operacionais excluindo transações):
SLB - época passada ~106M€
FCP - época passada ~94M€
SCP - esta época atingirá muito provavelmente os 65M€ (época passada ~52)

Haja bom sucesso do CD e teremos entre mãos a solução para as VMOCs e sustentabilidade do clube para a próxima década.

SL,

Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 30.12.2015 às 21:50

*haja bom senso :)
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 21:58

Sérgio Palhas
Também tenho curiosidade de saber se existe essa cláusula de salvaguarda cuja existência foi garantida pelo Benfica, creio que por Filipe Vieira. Aguardemos com ironia.

Refere com razão as VMOCs. Infelizmente o Sporting está confrontado com alguns desafios de elevadíssima complexidade. O problema das VMOCs é precisamente um deles e a sua boa resolução é essencial para que o Sporting permanece como sempre o conhecemos. Aguardemos com esperança.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 30.12.2015 às 22:11

Relativamente à clausula de salvaguarda eu fico perplexo com a passividade da CMVM já o tinha sido nos dias que antecederam o anuncio do acordo do SLB com a NOS, já com o SCP no dia em que os jornais falaram num negócio de milhões pediram logo explicações ao SCP relembro no caso do SLB nada fizeram.

Sinceramente acredito pouco nessas clausulas de salvaguarda por 2 razões simples:
- O contrato do SCP possui rubricas distintas das do SLB facilmente se poderiam adequar a determinados valores que não levassem a qq tipo de revisão.
- Imaginemos que o SCP tb tem uma clausula de salvaguarda ... onde é que isto parava!???

Para mim é PROPANGADA lampiónica se não façam bom proveito e continuem a comprar Jimenez por 9M€ por apenas metade do passe ou 3M€ pelo TaMaisBarato :).
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 22:27

Sérgio Palhas
Relativamente ao comportamento da CMVM (como de outras entidades) cabe perguntar se a direcção do SCP está agir de forma consistente e eficaz ou opta antes pelo fogo de artifício no facebook e nos jornais. A verdade é que não se altera a acção dessas entidades em relação ao Sporting.

A cláusula de salvaguarda é possível, mas compreendo as objecções que aponta. Fico com curiosidade à espera.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 30.12.2015 às 22:39

Zargo as acções do Benfica chegaram a estar a subir +40% em bolsa e a CMVM NADA!
Eram noticias na BORLA no RASCORD até o Camilo exultava no Jornal de Negócios qual a diferença em relação às noticias na BORLA no RASCORD no caso do SCP não houve posts no facebook do SCP nem de BdC não percebi essa referência.

Já sabemos que o SLB está sob regras diferentes afinal tem gente credível à frente do clube ... a 3º posição dos maiores devedores do BES(antes da mudança para o Novo Banco) não deixam margens para dúvidas sobre a credibilidade de LFV.

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 22:46

Sérgio
É bem conhecida a dívida que Filipe Vieira tinha no BES e que foi varrida para debaixo do tapete. No entanto, não gosto do papel de vítima que BdC costuma fazer. Se tem razão de queixa (e sabe-se que tem) vai falar com quem de direito e põe as coisas no devido lugar. Preferia isso do que ler diatribes dirigidas a Sérgio Abrantes Mendes, por exemplo.
Sem imagem de perfil

De Carlos Pentes a 30.12.2015 às 22:41

Não só é possível com já existia nos contratos anteriores. Não percebo qual a admiração de alguns. Se até foi uma das razões pela saída do Benfica da Sportv é óbvio que os clubes, e neste caso o Benfica, não ia prescindir de algo semelhante que protegesse a diferença de mercado. As percentagens e valores estão no segredo dos deuses.

Nos contratos antigos a diferença do Benfica para o Porto acho que eram 20%. Se o Benfica sofresse um aumento o Porto era automaticamente actualizado.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 22:50

Carlos Pentes
Alguém do Benfica (creio que o presidente) garantiu que há a tal cláusula de salvaguarda. Há sportinguistas que estão a rir e a mandar bocas o que pode ser má ideia. Nestas situações o melhor é aguardar para ver a carta que sai do baralho.
Sem imagem de perfil

De jose a 30.12.2015 às 22:33

Caro Zargo,

Nós sportinguistas devemos essencialmente olhar para a nossa casa, para os nossos contractos, mas nunca devemos ignorar o que se passa nos nossos concorrentes directos. Se ignorarmos, quando abrirmos os olhos, já estamos super-ultrapassados, por isso mesmo não me admira que haja cláusulas de revisão do preço, casso concorrentes directos atinjam determinados valores e creio que a complexidade do contrato é precisamente para se tornar difícil as comparações.

Faço esta observação porque é frequente ler comentários dos autores deste blogue que não se importam o que se passa nos vizinhos, muito errado esta estratégia e ainda bem que o BdC está sempre com um olho no que se passa nos vizinhos…
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 22:42

Caro José
Sim, interessa-me saber o que os outros contratualizaram, mas o meu foco é o Sporting. É só isso. Se fico obcecado com os outros perco discernimento para avaliar o que se passa na minha casa.
O que os nossos rivais fazem ou dizem é importante, obviamente, até para se fazer uma análise racional e pragmática das intenções deles e dos caminhos que pretendem trilhar.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 21:09

Carlos Pentes
Não tenho conhecimento dos contratos do Sporting e do FC Porto violarem regras comunitárias. Agradeço que me informe, pois tenho muito interesse em saber.
De facto, os contratos do Sporting e Porto têm esse aspecto estranho de terem início daqui a três anos. Exclui-se deste aspecto a PPTV, claro. Daqui a três verificaram-se extraordinárias mudanças no audiovisual de carácter tecnológico, financeiras e na relação com os telespectadores que agora temos dificuldade em imaginar.
Há algo que eu acho estranho e que me põe de pé atrás: BdC aborda mais os pormenores sobre os contratos dos outros do que sobre o contrato do Sporting. Quando é assim fico sempre a pensar o que é que se pretende esconder.

Sem imagem de perfil

De Carlos Pentes a 30.12.2015 às 22:00

Ao contrário do contrato do Benfica, o do Sporting e Porto não revela divisões temporais. São 10 anos de direitos. E isso vai contra as directivas comunitárias da lei da concorrência que diz que o máximo são períodos de 3 anos.

Eu não sou jurista mas já muita gente tinha falado desta questão até no contrato do Benfica que após os 3 anos pode não ser válido.

A questão das renovações automáticas também penso que são ilegais, uma vez que está contra o espírito da lei.

Por isso estou a tentar perceber o porquê deste "lapso".

Já pensei que podia haver jogada das operadoras para conquistar clientes de uma forma abusiva uma vez que não podem cumprir os contratos que celebraram mas também penso que isto pode ser outra jogada (daí o fogo de vista) e estarem na perspectiva de daqui a 3 anos haver centralização e assim todos estes contratos seriam descartados, não na totalidade mas em grande parte. Até acho que o objectivo disto tudo é a centralização mas com as operadoras a dominarem os valores. A acontecer será pelos valores actuais e nunca mais, daí a "pressa" das operadoras em passar a perna à liga que, diga-se, está muito mal neste e em todos os assuntos, neste caso o Proença.

Mas se estou enganado é porque a informação dada à CMVM está incorrecta e/ou omissa. Mas quanto a isso também existem outras questões, tal como os jogos que o Sporting vendeu não estarem descritos como jogos da Liga, ao contrário dos outros dois, que fazem essa distinção. Existe uma grande diferença, o Sporting estar na posse dos amigáveis, torneios, etc. ou ter vendido os direitos na totalidade.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 22:08

Carlos Pentes
É muito pertinente esse aspecto que refere da duração contratual e das regras comunitárias. Veremos o que se vai passar.
O Pedro Proença está a fazer uma triste figura. Afinal, falta-lhe liderança, carisma, capacidade de unir. Não imagino como é que ele se vai aguentar.
Também reparei nesse aspecto surpreendente de no comunicado do Sporting se identificar "os jogos em casa". Ora, num contrato os termos têm de ficar absolutamente claros para não haver controvérsia. Nos comunicados do Benfica e do Porto indica-se com clareza que se trata dos "jogos em casa" da 1ª Liga.
Infelizmente BdC não se sente obrigado a esclarecer os sportinguistas sobre estes e outros aspectos!
Sem imagem de perfil

De Carlos Pentes a 30.12.2015 às 22:26

Relativamente ao Proença a culpa é de quem colocou um árbitro na presidência da liga numa altura que necessitavam de um gestor com experiência e agressivo na área das transmissões....ou isso, ou ninguém estava interessado na centralização dos direitos e estavam todos na tanga. Mas é inacreditável.

Também acabei de saber agora que existe gente a receber muito dinheiro por trás em comissões nestes negócios e que resta saber quem está a pagar isso tudo e quem é essa gente.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.12.2015 às 22:37

Carlos Pentes
É deprimente ler agora o que BdC dizia nos dias da eleição de Proença. E o jantar com aquele quadro com um leão que foi oferecido pelo BdC ao seu amigo da Faculdade!

Há uma dimensão nas comissões que é obscena e que está muito para além do pagamento de serviços. Mais parece uma troca de favores.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo