Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

image.jpg

 

O caso de Adrien Silva está-se a tornar em uma autêntica "novela" e há razões para acreditar que com cerca de 37 horas até o fecho das inscrições de jogadores, muito mais poderá ainda surgir.

 

Depois das declarações que agora aceitamos como tendo sido proferidas pelo próprio Adrien, registamos a intervenção, aliás, intervenções do seu empresário Jonathan Maarek, o presidente do Lyon e tenho uma vaga ideia de ter visto um comentário do Litos sobre uma suposta "facada" que está a ser dada a Jorge Jesus. Faltava uma qualquer intermediação familiar e porque não o pai do jogador. Em declarações à Antena 1, eis o que Manuel Silva teve para dizer:

 

«Estão a faltar ao respeito perante um jogador que está no clube há 15 anos e tem sido um profissional exemplar. Não vale a pena responder ao comunicado do Sporting. A palavra dada deve valer mais que os contratos. As pessoas têm de saber atender e falar com um jogador que há 15 anos cumpre um serviço leal com um clube que nos merece todo o respeito. Temos todo o respeito pelo clube e pela massa adepta. Tudo isto era escusado se as pessoas respondessem.

 

É mentira o que dizem. Chegou uma proposta do Leicester e outras. Era de 30 milhões de euros. Vai continuar a defender o clube e os adeptos, aí será igual. Mas com os dirigentes ficará uma ferida aberta. Tenho respeito pelo presidente do Sporting, mas as pessoas têm de falar. Somos gentes de bem. Ninguém espetou facas em quem quer que seja.

 

Adrien entrou no Sporting com 12 anos. Como está com a cabeça agora? As pessoas que estão à frente do clube têm de perceber isso. Foi um fim-de-semana muito complicado para ele. Esteve à altura no jogo mais importante da época, até agora, Tenho muito orgulho de ter um filho assim».

 

É tudo muito bonito, mas até parece que o filho não é um dos jogadores mais bem remunerados do plantel leonino. Ele trabalhou ao longo dos anos, enquadrado na formação elite do Sporting, para se fazer um bom jogador e para chegar ao nível que chegou. Enquanto o Clube beneficia da sua contribuição desportiva, eventualmente, porventura, também financeiramente, tudo leva a crer que com 27 anos este cidadão já tem o resto da sua vida bem assegurado, independente do que ocorrer no futuro com a sua carreira. Ao fim e ao cabo, quantos milhões são necessários ?... A mesma pergunta que se dirige a muitos outros atletas de alta competição e não apenas no futebol.

 

Cada vez mais há razão para acreditar que o comunicado do Sporting - sem ser surpresa alguma - não transmitiu toda a verdade sobre as circunstâncias do ainda «capitão» da equipa. Por outro lado, também há causa para questionar quanto do que foi dito pelos outros intervenientes, inclusive por Adrien e seu pai, é totalmente factual. Entrou-se numa "guerra" de palavras que, a bem dizer, nada vai resolver, uma vez que este assunto tem forçosamente de ser abordado no foro interno do Sporting e não na praça pública.

 

Sinto que não há condições para Adrien continuar como «capitão» se ficar no Sporting, claro. No entanto, aceitarei a decisão do "alto comando" com o bem estar do Clube e da equipa em mente. Muito, quase tudo, dependerá do que for conversado e acordado longe dos olhos públicos e não será com "chicote na mão" que a situação será resolvida ao agrado de todas as partes.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:29

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


27 comentários

Sem imagem de perfil

De Gonçalo a 30.08.2016 às 16:28

Isto são apenas as consequências visíveis de uma gestão rufia e sem carácter. Quantos jogadores no último ano se queixaram de promessas não cumpridas pelo presidente BdC? Serão todos mentirosos? Sinceramente o que diz o pai e o empresário pouco me interessa, esses já sabemos o que os move, mas interessam-me as palavras do Adrien. Já aqui disse antes: não sei quem diz verdade, mas entre um e outro, acredito 100 vezes mais no Adrien do que no BdC! 100 vezes! Esse homem que se senta na cadeira de presidente não respeita nada nem ninguém, vale zero, é uma tristeza ter alguém assim a comandar o nosso clube. Parafraseando um autor que até nem gosto muito: "Os que prometem – e não cumprem – vivem criando problemas para si mesmos." O pior é que neste caso os problemas são, por arrasto, do Sporting.
Sem imagem de perfil

De smoker a 30.08.2016 às 16:45

Tem toda a razão meu amigo. O homem BdC é mesmo mau (100 vezes mais mau do que o mais mau).

O SCP devia continuar sossegadinho a 20 ou 30 pontos da liderança. Todos os anos (antes do natal) a dizer "pro ano é que é". Não ir á Champions. A desbaratar o património. A alimentar aqueles "tachos" e "tachinhos" dos compinchas.

Ó BdC não sejas assim!!! Deixa-os sair que passas a ser um gajo porreiro! Concede lá os desejos ao pai, ao filho, ao empresário, á namorada, ao periquito, ao cão e ao gato, ah e á criada também, deixa-os ir porque toda a gente ouviu as promessas (especialmente quando lhe deste uma pipa de massa pela parte que ele detinha no seu proprio passe), temos de acreditar conforme diz aqui o Gonçalo. Ó BdC não sejas assim!!!
Sem imagem de perfil

De Gonçalo a 30.08.2016 às 17:05

Se tiver alguma coisa a dizer sobre o assunto em questão, terei todo o gosto em responder-lhe directamente e em trocar opiniões. Demagogia barata como essa é escusada, limite-se a repeti-la para si próprio, não vá começar a deixar de acreditar no que diz.
Sem imagem de perfil

De smoker a 30.08.2016 às 17:24

Pensei que tinha sido claro sobre o tema.

Vou tentar ser mais claro:
Nos tempos que correm "não há dinheiro não há palhaços". Descodificando: se não evidenciar provas de que o que diz AS tem maior credibilidade (100 vezes mais) relativamente ao BdC, o melhor é mudar o nick porque, a partir daí, toda a gente vai perceber que o que escreve não é pensado é apenas dos dedos para fora (encomendado??).
Sem imagem de perfil

De Gonçalo a 30.08.2016 às 17:46

O imediatamente considerar que quem tem uma opinião diferente está encomendado diz tudo sobre o respeito que tem pelas opiniões dos outros. Adiante...

Deixo cópia do que disse: "não sei quem diz verdade, mas entre um e outro, acredito 100 vezes mais no Adrien do que no BdC!"

Trocando por miúdos: BdC, através de comunicado, diz que não existiram promessas para facilitar a saída. O Adrien diz que existiram. Um deles mente. Eu acredito que quem mente é BdC. Porquê? Porque não é o primeiro, nem segundo caso de um jogador que se queixa do mesmo (nem falo noutras mentiras já mais do que apanhadas). Para si são todos mentirosos menos o BdC; para mim o único mentiroso é o BdC.

Não defendo em lado nenhum que o Adrien, ou qualquer outro, deva sair a preço de saldo. Aliás, espero até que ninguém dê a cláusula para não haver a mínima hipótese dele sair. Mas, veja se percebe, não é isso que está em causa! O que está em causa é o fazer promessas que criam expectativas e que depois no momento da verdade não são cumpridas. Isso é errado, é contraproducente, cria cisões e não é próprio de um líder.
Sem imagem de perfil

De smoker a 30.08.2016 às 17:55

Caro

Vou interromper aqui este dialogo porque acho que já estamos a descambar para julgamentos de carácter de pessoas que eu não conheço pessoalmente (AS + BdC) e eu nesse campo não jogo.
Sem imagem de perfil

De mfm a 30.08.2016 às 17:28

Caro consócio,

Respondendo sem pró BC nem pró Adrien.

Em primeiro lugar admito que

1- Provavelmente existe essa mesma palavra dada para Adrien que no caso de ser oferecida uma proposta concreta positiva para ambas as partes, a transferência poderia suceder.

2- Admitindo também que será verdade que Adrien passou a auferir 2,8M€ brutos anos, passando a ser um dos mais bem pagos no Sporting e mesmo em Portugal, fora eventuais prémios de assinatura.

3- Posto isto e após a transferência de João Mário por 40M€ (+ 5M€) e a possivel saída também de Slimani por valores acima dos 30M€, jogadores esses que auferiam verbas abaixo de Adrien (Slimani metade e JM 1/4).
Mesmo existindo uma proposta muito vantajosa para Adrien acha mesmo que 25M€ seria uma proposta vantajosa para o Sporting nesta conjuntura?
Eu respondo claramente não, a proposta seria muito vantajosa para o jogador e não para o clube. E se o valor da massa salarial supera em 5x como já ouvi o que ganhará no Sporting ou seja 15M€/ano (o que não acredito para que conste) não seria mais fácil dizer ao clube comprador, não preciso de ganhar 15 basta 10 e em vez de oferecerem 25 ofereçam 40.
Era o que eu faria, mas assim já não convinha ao empresário provavelmente ia catar uma % menor do que o Adrien ganha.

Até poderá existir proposta, mas na conjuntura actual com o que Adrien aufere e pelo peso especifico que representa dentro da equipa do Sporting, algo abaixo dos 40M€ é uma não oferta!


SL

Sem imagem de perfil

De Passaleão a 30.08.2016 às 18:00

O Adrien afirma que o BdC se comprometeu a deixá-lo sair (abaixo da cláusula, entenda-se) caso surgisse uma proposta "interessante para as duas partes". São as palavras do Adrien, repito.

Vamos admitir que é verdade, que o compromisso foi assumido pelo BdC nesses termos.

Das duas partes, uma é o Adrien. Quanto a ele, já se percebeu que tem muito interesse em viver numa cidade onde é raro haver um dia de sol, abraçando o projecto desportivo do campeão acidental de Inglaterra, cujas lotações esgotadas têm menos gente do que vai a Alvalade ver o Tondela, e orientado por um dos maiores bluffs do futebol internacional. Depois de 4 anos a receber 1 milhão por ano e tendo ganho outro milhão pelos 6 meses que passaram do seu novo contrato, o Adrien terá muito interesse em tornar-se mais milionário do que já é e poderia ser se ficasse no Sporting, e com um pouco de sorte pode até acontecer que na próxima época não esteja a jogar na Championship, depois de na presente ter jogado na Champions. É lá com ele e não temos nada a ver com isso.

A outra parte no dito compromisso é o Sporting. Esta parte já nos diz respeito.

Ora, o Sporting já assegurou 40 milhões de euros e estará em vias de assegurar outros 30, pelo que na realidade não tem interesse financeiro em transferir o Adrien - muito menos por um valor inferior aos dos outros dois jogadores.

Essas verbas correspondem à perda de dois elementos fundamentais da equipa, que ficaria ainda mais enfraquecida se perdesse também o capitão e jogador mais influente. Logo, o Sporting não tem interesse desportivo em vender o Adrien - para mais a 48 horas do fecho do mercado, quando dificilmente poderá usar o dinheiro para contratar um substituto à altura.

Sendo assim, esclareça-me por favor: em que é que esta proposta é "interessante" para a parte do compromisso chamada Sporting Clube de Portugal, aquela cujos interesses deviam preocupar o meu amigo?
Sem imagem de perfil

De Carlinha MR a 31.08.2016 às 04:13

Gonçalo...

Concordo 100% com isto que escreveu:

Isto são apenas as consequências visíveis de uma gestão rufia e sem carácter. Quantos jogadores no último ano se queixaram de promessas não cumpridas pelo presidente BdC? Serão todos mentirosos?

Obrigada...
SL
Sem imagem de perfil

De Plinio a 30.08.2016 às 16:35

Não vejo os pais de jogadores de outros clubes com tanto tempo de antena. Das três uma, ou não têm pais, ou os pais não se estão para chatear ou ninguém chateia os pais para que eles digam qualquer coisinha. Foi o pai do João Mário, agora o do Adrien, amanhã o de outro. Os filhos não são maiores e vacinados? Precisam de procuradores sem ser os empresários e advogados? E é notável que numa era em que nos contratos se põe tudo e mais alguma coisa, parece que grande parte das "conversas" e "promessas" é dada por palavra e não por escrito. Alguém acredita nisto? Os empresários do Adrien, deixavam de escrever o que fosse no contrato para depois virem dizer que foi acordado verbalmente? Por deus, a palavra vale tanto como o escrito o problema é a prova. Saudações!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.08.2016 às 17:02

Meu caro,

Essa parte das promessas feitas sem estarem escritas no papel é perfeitamente credível, dado que acontece frequentemente e com Bruno de Carvalho ainda mais. Não é novidade alguma.

Neste caso, como noutros, há pais que participam nas questões contratuais dos filhos. A exemplo, o Eric Dier era e será ainda representado pelo pai. Isto é um direito que compete ao jogador e ninguém pode contrariar.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.08.2016 às 16:46

O certo é que o Sporting revela algumas dificuldades em controlar todo este ruido á volta dos seus jogadors. Acho até que em 90% se resolveram as coisas a favor do clube, mas o ruido que se gera, dá a ideia de que no plantel se vive em constante sobressalto.
Algo que seria até expectável depois da conquista do campeonato europeu.
Patricio, William, Adrien e João Mário sairam obviamente muito valorizados e nao será uma revisão salarial que os deixará satisfeitos, dado que o que se paga lá fora será sempre dois ou três vezes mais do que aquilo que o Sporting poderá oferecer.
Então, o que o clube deveria fazer?
Negociar todos eles pela melhor oferta?
Tentar renovar e fazer do salario do Bas Dost o contrato modelo para todos os activos de importância do clube?
O que pedirão Ruben Semedo ou Gelson a seguir?
Complicado...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.08.2016 às 16:57

Se voltar a comentar sem se identificar, será editado !
Sem imagem de perfil

De Plinio a 30.08.2016 às 18:09

Tudo muito certo, mas para o clube também é dificil saber com quem negociar, ou seja, com o pai, com o jogador, com o empresário e depois vem o advogado. Ou seja, quanto mais gente num negócio mais as possibilidades de algo correr mal. Uns podem interpretar de uma maneira, outros de outra, por isso não acho normal que não fique tudo por escrito em negócios como este. Veja-se que há meia dúzia de anos os contratos entre clubes e jogadores eram juridicamente simples, hoje são complexos, desde a partilha dos direitos económicos/ direitos desportivos, mais as cláusulas de compra obrigatória e as de compra facultativa.
Sem imagem de perfil

De js1974 a 30.08.2016 às 16:47

Em nome de um amor ao clube todos acabamos por confundir um pouco as coisas, sei que acima de tudo está o nosso Sporting, mas caramba, gosto muito do que faço e dos meus colegas de trabalho, mas se alguém me oferecesse uma oportunidade de ganhar talvez 4 ou 6 vezes mais do que ganho atualmente nem pensava duas vezes em aceitar.
Agora vamos analisar as coisas ainda mais friamente tendo em conta aquilo que nos foi vendido e dado como garantia, cláusulas de rescisão, não acham uma coincidência temporal estranha que após o negócio de JM a pressão de alguns para sair foi tremenda? E não, não teve a ver com o facto de o mercado estar a fechar, teve simplesmente a ver com o facto de termos dito aos nossos jogadores que as cláusulas são para bater e no caso de JM isso não aconteceu, então porque é que agora não aceitamos que aqueles de quem gostamos (enquanto estiverem no clube, obviamente) vejam a sua vida melhorada substancialmente? Porque é que não aceitámos uma proposta por Super Sli 5M abaixo da cláusula e aceitámos 15M a 20M a menos por JM quando nem precisamos de vender.
O ano passado correu a história de que JJ ou BdC tinham prometido deixar sair AS no fim do campeonato, julgo que chegaram propostas em janeiro deste ano para ele. Não vale a mais a palavra de um homem do que um contrato?
Sinceramente não consigo culpar AS por isto tudo, apenas não aceito que numa estrutura de futebol moderna estas coisas ainda sejam conhecidas do público e sinceramente não vejo isto a acontecer com os nossos rivais, o que me deixa ainda mais triste.
Gostava muito que AS ficasse e sinto que sem ele não é a mesma coisa, mas depois do que aconteceu com os colegas dele de selecção e mais em particular com JM não consigo deixar de ter pena dele se perder esta oportunidade, só espero que fique e que dê o seu melhor e não se arraste em campo como WC o ano passado até renovar, sim porque JJ diz que quem manda é o clube e tal mas e se o jogador de repente começar a "falhar" muito sem querer e a arrastar-se no campo, até o seu ordenado pode nos sair caro e esse temos de o pagar até ao fim do seu contrato.
Sem imagem de perfil

De smoker a 30.08.2016 às 17:02

Há um velho principio que comercialmente se aplicará para todas as transacções: "O valor de uma coisa é aquele que alguém está disposto a pagar em coincidência com o detentor da coisa".

Dito isto e dirigindo-me ao seu texto é com surpresa que constato a sua surpresa em: "Porque é que não aceitámos uma proposta por Super Sli 5M abaixo da cláusula e aceitámos 15M a 20M a menos por JM quando nem precisamos de vender."
A minha primeira surpresa é perceber que ainda há pessoas que acham que os clubes portugueses não precisam de vender, a segunda surpresa é perceber que ainda há pessoas que não percebem que a a maior probabilidade de encaixe estava no JM (com ou sem desconto na clausula).

Volto ao meu primeiro paragrafo para dizer que o valor que estão dispostos a pagar pelos restantes jogadores não é comercialmente coincidente com o interesse do detentor da coisa.
Sem imagem de perfil

De João Paulo Gonçalves a 30.08.2016 às 17:05

Quem disse que não precisava de vender foi o próprio BdC...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.08.2016 às 17:06

Há muitos variáveis e tal como qualquer outro sector do mercado, há fases e oscilações.

A exemplo, há dois anos, o jogador mais vendável do Sporting era o William e não o João Mário.

Quer se queira quer não, a conquista do Europeu contribuiu muito para a valorização dos activos do Sporting, nomeadamente dos quatro que participaram. Slimani será a excepção, neste momento.
Sem imagem de perfil

De smoker a 30.08.2016 às 17:13

Certo Rui.
Mas não retira nada ao que eu disse:
Os clubes precisam vender;
O JM era o mais vendável;

Embora eu não seja completamente contra a mais uma venda ou duas (sendo uma delas o Slimani).

SL
Sem imagem de perfil

De js1974 a 30.08.2016 às 17:17

Então vamos analisar a postura de BdC. Diz aos jogadores que não os vende abaixo da cláusula e diz aos sócios e quem quer ou quis ouvir que o Sporting iria estar muito tranquilo no mercado e que nem precisava de vender. Limitei-me a acreditar em BdC, não que acredite que os clubes não precisem de vender.
Por acaso eu tenho uma visão um pouco diferente da sua relativamente a probabilidade de encaixe, um jogador com 27 e 28 anos tem pouca probabilidade de aumentar muito mais o seu valor uma vez que qualquer clube que venha a investir nele ou neles também tem em conta uma valorização futura e em jogadores quase a roçar os 30 anos a sua capacidade em valorizar tende a diminuir. Já um jogador com 23 anos tem uma capacidade e um valor diferente mesmo que adicionando mais 2 anos, ou seja, era mais natural que JM se valorizasse ainda mais com 24 do que AS ou Sli se valorizem com 28 e 29 respectivamente. Daqui por dois anos temos o Mundial por exemplo, se Portugal e Argélia se apurararem AS e Sli terão 29 e 30, já JM terá 25, qual deles acha que poderá ainda valorizar-se mais?
Ou seja, aquilo que no imediato pode parecer um negócio mais valioso por envolver um valor mais elevado pode não ser assim tanto se tivermos em conta a sua potencialidade futura.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.08.2016 às 17:24

Observações certeiras !
Sem imagem de perfil

De smoker a 30.08.2016 às 17:37

Quase de acordo.
Há variáveis que não estão presentes a todo o tempo, verá o js1974 que também utilizou o "se", o que significará que se admite que, num determinado tempo pode dar para adiar uma venda e haverá um outro tempo para adiar outras, e há outro tempo em que o bem que mais potencial de valorização possui tem de ser alienado para que outros continuem a garantir um determinado projecto desportivo (bem ou mal arquitectado, isso não está em discussão neste momento).
Concluo dizendo que o tempo certo das vendas ainda não está na posse do nosso clube (tenhamos esperança que um dia....)
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 30.08.2016 às 17:11

"Estão a faltar ao respeito perante um jogador que está no clube há 15 anos e tem sido um profissional exemplar."

É precisamente o contrário.... é um jogador no qual o clube investiu 15 anos de formação que está a dizer que não quer cumprir um contrato assinado há coisa de 5 meses, e ainda para mais sendo um capitão do clube.
O pai do Adrien se fosse homenzinho, reconhecia que o Adrien foi o jogador mais bem pago pelo Sporting nos últimos anos, comparando o seu rendimento desportivo.... porque o outro chama-se Rui Patricio, e esse sim já teve várias propostas ao longo dos anos e nunca-se ouviu qualquer desagrado do Rui Patricio em relação às recusas do Sporting.

"A palavra dada deve valer mais que os contratos."

Eu recomendo que o pai do Adrien vá dizer isto à Doyen....

"Vai continuar a defender o clube e os adeptos, aí será igual. Mas com os dirigentes ficará uma ferida aberta."

Eu digo o mesmo.... a ferida aberta ficou foi nos adeptos do Sporting, perante um jogador que a massa associativa colocava valores intrínsecos aos do clube.... a partir deste momento, o Adrien vai ter de recuperar a nossa confiança!
Imagem de perfil

De Profeta a 30.08.2016 às 18:35

"Eu recomendo que o pai do Adrien vá dizer isto à Doyen...."


Sem imagem de perfil

De Carlinha MR a 31.08.2016 às 04:43

Não lhe queria responder Schmeichel, mas não resisto!

Cito-lhe:
Eu digo o mesmo.... a ferida aberta ficou foi nos adeptos do Sporting, perante um jogador que a massa associativa colocava valores intrínsecos aos do clube.... a partir deste momento, o Adrien? vai ter de recuperar a nossa confiança!
----------------

A mim não abriu ferida alguma, fale por si e não pelos adeptos em geral! E sabe porquê? Porque estarei sempre muito grata ao grande Adrien Silva, um miúdo que tem todo o direito a querer mais, apesar dos contratos! Ou o presidente tb não dobrou o seu salário e provavelmente vai enchendo bem o seu mealheiro, aliás como todos os que estão no poleiro?? Ou acha que o rapaz só preside o clube por....amor?

Feridas tenho eu com quem prometeu tanta coisa na campanha e não cumpriu; eram milhões da Rússia, da América e da Cochichina! Feridas tenho eu por ter visto tantos a queixar de promessas feitas de molde a eles assinarem contratos e depois serem feitos de palhaços..! Muito ferimento causou quem vc defende, quando rasgou contratos, quando insultou pessoas como quis e lhe apeteceu, quando processou gente adepta do clube, e vc vem falar em recuperar a confiança no Adrien??

Disse o mesmo do 'seu' presidente imaculado depois as asneiras que fez? Pois para mim, esse sim... precisa de provar muita coisa para eu ter confiança nele!
Como abomino falsos moralismos!!

Fique bem,
SL

Sem imagem de perfil

De Maom a 30.08.2016 às 19:06

http://leaodeplastico.blogspot.pt/2016/08/cartita-aberta-adrien-silva.html?m=1


Era bom de ler e partilhar aqui se possível...

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo