Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Em declarações à TSF, o eterno «capitão» Manuel Fernandes comentou a continuidade de Marco Silva no Sporting, assim como a exibição de Fredy Montero frente ao Moreirense e a táctica de jogo.

 

manuel-fernandes-600x450.jpg

Marco Silva tem contrato e já demonstrou que tem valor para estar no Sporting, por isso acho que está tudo encaminhado para ele continuar. Juntamente com o presidente irá começar a preparar a próxima época. O Sporting precisa de estabilidade e quantas mais mudanças houver, mais instabilidade existe num grupo de trabalho. É tempo de começar a definir as coisas, até para haver tranquilidade para a final da Taça que é uma prova que os sportinguistas querem ganhar.

 

Não acredito que o Sporting fique em segundo lugar. O FC Porto em quatro jogos não perde dois e empata um. O Sporting pode conseguir aproximar-se, agora alcançar isso já não acredito.

 

Montero tem um instinto matador. Quando Slimani esteve ausente, houve uma desconfiança total que o fez não conseguir render dentro das suas capacidades, por isso penso que este jogo foi importante para o moralizar para o futuro. Contra algumas equipas, defendo que é um plano B extraordinário (a táctica de usar dois avançados apresentada no jogo com o Moreirense). É um plano bom, porque o Montero joga muito melhor ssim do que quando tem que jogar sozinho no ataque, ao contrário de Slimani que já joga bem sozinho, e que por isso é a primeira opção para a posição.

 

É por de mais evidente que a opinião de Manuel Fernandes sobre Fredy Montero é partilhada pela vasta maioria de sportinguistas. Em discussão, no entanto, como é igualmente evidente pelos comentários dos nossos leitores, é se o Sporting se deve manter a jogar no sistema 4x3x3, relegando Montero para o tal plano B referido pelo «capitão», ou de deve adoptar um outro sistema adequado às suas características. 

 

Sobre a continuidade de Marco Silva, há um factor que me intriga. O silêncio de Bruno de Carvalho neste sentido - e o argumento que ele tem contrato por mais três anos, não invalida, dadas as circunstâncias, que o presidente lhe desse um voto de confiança - pode ser interpretado que espera pela final da Taça de Portugal.

 

Mesmo reconhecendo o valor da conquista desta prova, é apenas um jogo, e como é que uma decisão sobre o futuro de um treinador pode estar dependente desse jogo ?... Realisticamente, não altera o trabalho de uma época e sobre o qual, recorrendo a tudo quanto é lógico, uma avaliação já deve estar feita nesta altura.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:27

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


19 comentários

Sem imagem de perfil

De m1950 a 29.04.2015 às 07:22

A final da taça define muito do Sporting , daí o peso cair sobre o treinador , o Sá Pinto mesmo com as meias finais da LE , depois da taça ficou sem condições de treinar o SCP. O Sporting é um clube com muitos problemas e fantasmas , aliás penso que só ganha no Jamor se marcar primeiro que o Braga , pois se sofre lá veem os fantasmas. É uma questão muito além do MS , e portanto se o Sporting perde a taça de Portugal, a questão não é se Bruno despede Marco , é se segura Marco.

Mas o Sporting ganhará a taça seguramente , isto pelo nível de intensidade que se espera que o Braga coloque em campo , para mim era mais perigoso jogar com o Rio Ave , e digo isto porque o nível mental dos jogadores do SCP é a mediania , logo com um adversário de maior nível estarão mais concentrados.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.04.2015 às 11:08

Considero Sá pinto um caso à parte, dado que argumentei desde o primeiro dia que não reunia as condições necessárias para treinar a equipa principal. A sua então promoção foi precoce, quase irresponsável.

Em geral, com Marco Silva ou outro treinador, não diz muito do Sporting se de facto se espera pela realização de um só jogo para decidir o seu futuro, até porque, no inverso da moeda, se ele não serve, também não será uma vitória a terminar a época que o faz ser melhor.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 29.04.2015 às 11:19

Parece-me óbvio que o Sporting "nao espera a realizacao de um jogo para definir o futuro". É claro que Marco Silva está já a preparar a próxima temporada e, tendo contrato por mais 3 anos, estranho seria se nao o fizesse.

Agora, e o próprio Marco Silva será o primeiro a reconhece-lo, nao vencendo a final da Taca a sua posicao fica excessivamente fragilizada. Nao é uma questao de BdC manter o treinador; é uma questao de "o que é que acontece se perdemos a Taca e somos eliminados na pré-eliminatória da Champions?". E qual o capital de confianca no balneário com que Marco Silva fica perdendo uma final com o Braga?

O futebol sao momentos. Depois de perder o campeonato para o porto-Kelvin, a Liga Europa para o Chelsea e a Taca para o Guimaraes, a posicao de JJ ficou deveras fragilizada. Felizmente para o próprio, entrou directamente na Champions e o Sporting de Jardim nao lhe conseguiu desferir o que teria sido a machadada final (e como o equilíbrio de forcas no futebol portugues poderia ter mudado!) no encontro a 31 de Agosto de 2013. E estamos a falar de um treinador que já tinha sido campeao nacional e com créditos firmados no clube em questao.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.04.2015 às 11:44

Não me parece nada óbvio que ele já anda a preparar a época. O silêncio de BdC , nesse sentido, é ruidoso. Sem emitir um comunicado, o presidente já devia ter passado a mensagem que o treinador continuará indiferente do resultado do Jamor. Isto, pelas circunstâncias bem conhecidas.

E o Petinga já vem a falar de resultados na próxima época ?... Por essa óptica, mudamos de treinador após cada competição. O sucesso ou insucesso numa não oferece garantias algumas para a outra. Compreendo onde pretende chegar, apenas não concordo. Ele é ou não é um bom treinador para o Sporting. Este deve ser o fundamento de qualquer ponderação.

O contrato ainda com mais três anos tem a mesma validade que tinha em Outubro/Novembro quando BdC decidiu despedi-lo.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 29.04.2015 às 15:11

"Não me parece nada óbvio que ele já anda a preparar a época. O silêncio de BdC , nesse sentido, é ruidoso. Sem emitir um comunicado, o presidente já devia ter passado a mensagem que o treinador continuará indiferente do resultado do Jamor. Isto, pelas circunstâncias bem conhecidas."

Corrija-me se estiver errado, mas BdC nao disse recentemente que ia sentar-se com MS para preparar a próxima época?? De que silencio fala?

"E o Petinga já vem a falar de resultados na próxima época ?... Por essa óptica, mudamos de treinador após cada competição. O sucesso ou insucesso numa não oferece garantias algumas para a outra. Compreendo onde pretende chegar, apenas não concordo. Ele é ou não é um bom treinador para o Sporting. Este deve ser o fundamento de qualquer ponderação."

E diz-se o Rui um homem com experiencia no futebol?... nenhum presidente consegue manter um treinador quando a situacao se torna insustentável. E isso poderia suceder no cenário aventado.

"O contrato ainda com mais três anos tem a mesma validade que tinha em Outubro/Novembro quando BdC decidiu despedi-lo."

Voltamos ao mesmo. Se decidiu despedi-lo porque é que ele ainda é hoje o treinador?

Compreendo que tudo depende da interpretacao, mas para mim, vir afirmar publicamente "Marco Silva fica independentemente do resultado na Taca" seria um regresso aos tempos do nacional-porreirismo e das vitórias morais. Quem tanto pede uma cultura de exigencia nao pode depois vir pedir que se facam afirmacoes desligando a instituicao de qualquer obrigatoriedade de vencer competicoes quando os adversários lhe sao inferiores. Ponto.
Aceito que fosse isso que o Rui pretende (será??); eu simplesmente nao estaria de acordo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.04.2015 às 15:50

Petinga,

Em primeiro lugar, deixe-se de reiterar, à letra, o que eu escrevi. Alguns leitores têm este hábito, que me irrita bastante. Eu sei bem o que escrevi, basta referir.

Eu não me "digo" um homem com experiência no futebol eu sou um homem que, só como dirigente, andei duas décadas no futebol, e tenho palmarés oficial para o comprovar, além de mais. Hoje, salvo por questões de saúde, mais do que a idade, não teria receio algum de liderar o futebol do Sporting. Há pessoas que falam, outros que praticam. Nunca me dei a "falar", faço-o hoje pela participação neste blogue e em outros espaços de publicação pública.

A referida "situação insustentável" é a sua interpretação, não é a lei da terra. Nem todos têm o mesmo raciocínio.

A única referência, que eu me lembre, sobre a preparação da época, surgiu por parte de uma "fonte" e não do BdC . E mesmo que fosse da autoria do presidente, não implica, necessariamente, a continuidade de Marco Silva.

Tenha respeito pelos outros para depois não se queixar de levar respostas agressivas. Mas há, porventura, pelas informações disponíveis, alguma dúvida que BdC decidiu que queria despedir o treinador e que depois recuou na sua INTENÇÃO ???

Não sei como melhor explicar para satisfazer mentes como a do Petinga. Temos o 3.º lugar praticamente assegurado. Estamos na final da Taça. Já disputámos 30 jogos da Liga, 6 da Champions , 2 da Liga Europa e mais uns quantos da Taça da Liga. Isto não é o suficiente para avaliar o trabalho de um treinador ? Ou será que tudo isto é simplesmente descartado para a decisão recair apenas e tão só num único jogo: a final da Taça ?

Compreendo perfeitamente o impacte da conquista da Taça, mais emocional que real. O bom/menos bom/mau trabalho do treinador não se altera por causa de um jogo. Agora, se vamos fazer decisões mais assentes em emoção e talvez até populismo - para satisfazer o desagrado por uma eventual derrota, então, nesse caso, se perdermos, BdC "deve" despedir o treinador. No inverso da moeda, ele é melhor treinador se ganharmos esse jogo ? Não, mas a carga emocional é outra, claro.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 29.04.2015 às 16:55

Rui,

Nao sabia que a transcricao o irritava - fi-lo apenas para se perceber a que parte do texto estava a responder. Nao voltarei a fazer...

Aqui
http://www.record.xl.pt/Entrevistas/interior.aspx?content_id=939084
encontra um excerto em discurso directo em que BdC diz que vai reunir-se com Marco Silva logo que possível para preparar a próxima época. Nao me parece um discurso de quem nao quer manter o treinador... as palavras sao claras.

No resto, até acho que estamos mais de acordo do que em desacordo. Eu nunca disse que se devia despedir o treinador se nao ganharmos a Taca. Digo é que a posicao dele fica muito fragilizada. E nao sou o único.
http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Sporting/interior.aspx?content_id=945424

O que acrescentei é que eventuais declaracoes de BdC afirmando algo como "MS fica independentemente do que acontecer no Jamor", para mim, nao seriam aceitáveis.
Falo DAS DECLARACOES EM SI. Isto nao invalida que BdC até possa pensar dessa forma. Mas simplesmente NAO o pode dizer. Seria um verdadeiro tiro no pé.
E acho que dificilmente algum Sportinguista poderá discordar desta posicao.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.04.2015 às 18:31

Há muita maneira de fazer e dizer as coisas. BdC pode dar a entender a questão sem a referir directamente, mas o planeamento da época não implica, necessariamente, a continuidade do treinador. Ao fim e ao cabo, nem sabemos ao certo se se reuniram ou não. Questionado sobre este exacto tema, MS limitou-se a afirmar, e bem, que nunca se pronunciaria, haja ou não reunião.

A preocupação premente de quem assume a liderança de um clube, e muito em especial o seu futebol, não pode ser "agradar" aos sportinguistas. Não o vai conseguir sempre. Deve é decidir e agir de acordo com a sua consciência do que é melhor para o clube. Há sempre riscos, mas estes fazem parte natural da função.

Entre muitas outras coisas que aprendi ao longo dos anos, é que não se ganha concursos de popularidade a liderar o futebol. Uma das razões que BdC , ou até qualquer outro presidente, mas especialmente BdC , devia estar mais afastado do protagonismo do futebol, pelo menos na praça pública. Mas ele não resiste, e de uma forma ou outra, sofrerá as consequências. É inevitável !

Não um fã devoto de Marco Silva mas acho que fez o suficiente para merecer um segundo ano. É jovem, este ano terá sido também para ele de aprendizagem e agora vai necessitar de um acréscimo qualitativo no plantel para elevar os níveis de realizações competitivas. A ver vamos se lhe dão os "ovos" proverbiais e o que ele fará com eles. Quando se fala nestas questões, Alex Ferguson vem sempre à mente, por ter ficado em 11.º lugar na EPL nos seus primeiro e terceiro anos. No Sporting teria sido corrido à paulitada !!!
Sem imagem de perfil

De Petinga a 29.04.2015 às 18:54

Como já referi, estamos mais de acordo que em desacordo. Nao faz sentido trazer para a conversa o seu desprezo por BdC... nao adianta muito nem é novidade :)

Quanto a Alex Ferguson, nao atiremos areia para os olhos: veja lá quanto tempo resistiu David Moyes com um 7. lugar no mesmo Manchester United, em 2014. Os tempos de Ferguson eram outros: nao só o Man United estava longe, muito longe de ser a potencia que é hoje como foi, talvez, a melhor fase do futebol em Inglaterra. Com a excepcao do de algum domínio do Liverpool (que caiu a pique com a saída de Dalglish) qualquer clube podia ser campeao em qualquer ano. É de certa forma triste (sobretudo para os puristas) que se tenha evoluído para uma Premier League em que uma certa hegemonia de 2-3 clubes é lei.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.04.2015 às 19:24

Nem sequer tinha em mente o meu "desprezo" pelo presidente, mas sim a sua total inexperiência no futebol e, claro, a sua constante procura pelo protagonismo.

Sim, também é verdade que os tempos são outros, não necessariamente para melhor.

O erro do Man U chama-se José Mourinho. Havia no clube quem o queria e o Man U, para ele, era o sonho, não o Chelsea. Tiveram receio da sua personalidade polémica. A real causa.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 29.04.2015 às 19:50

Sobre BdC:
A procura pelo protagonismo é o seu grande defeito. Nao há dúvidas disso.
Já a inexperiencia no futebol nao é defeito (até porque já por lá passou gente com muito mais experiencia e com os resultados que sabemos) e, até agora, nao tem dado propriamente maus resultados. Sejamos honestos.

Em 2001 também um grande clube em Portugal teve receio de contratar Mourinho... a história poderia ter sido muito diferente.
Sem imagem de perfil

De m1950 a 29.04.2015 às 14:44

O Sporting é um clube com uma carga negra em cima fruto de muitas frustrações , o Sporting senão ganha a taça , os adeptos mesmo vão exigir a saída de MS , e poucas condições terá o treinador. É uma questão de emocionalidade não racional , logo não interessa se serve ou não , a questão será mais que isso.

O Sporting quanto mais tempo passa sem ganhar , esta carga vai aumentando , a culpa não será propriamente de MS , é o contexto do clube , mas espero sinceramente que o adversário seja o Braga.

Depois digo , o Sporting se sofre primeiro no Jamor dificilmente ganha a taça.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 29.04.2015 às 12:02

Sobre Montero:

1. Montero é craque;
2. Montero é sinónimo de golos;
3. Montero é vitima de apagões (meses de seca que deveriam ser analisados por quem de direito);
4. Montero é um dos meus favoritos do plantel atual;
5. Montero é para manter;

O meu contributo para a análise dados estatisitcos ... transparentes e reveladores que deitam alguns mitos por água abaixo (Slimani o indiscutível).

SLIMANI

Total: 61 jogos (35 titular; 26 suplente) - 23 golos (média de 0.38 golos p/ jogo) - 3491 minutos (1 golo a cada 152 minutos)

2013/2014: 31 jogos (13 titular; 18 suplente) - 10 golos (média de 0.32 golos p/ jogo) - 1429 minutos (1 golo a cada 143 minutos)

2014/2015: 30 jogos (22 titular; 8 suplente) - 13 golos (média de 0.43 golos p/ jogo) - 2062 minutos (1 golo a cada 159 minutos)

MONTERO

Total: 66 jogos (44 titular; 22 suplente) - 28 golos (média de 0.42 golos p/ jogo) - 4218 minutos (1 golo a cada 151 minutos)

2013/2014: 33 jogos (24 titular; 9 suplente) - 16 golos (média de 0.48 golos p/ jogo) - 2351 minutos (1 golo a cada 147 minutos)

2014/2015: 33 jogos (20 titular; 13 suplente) - 12 golos (média de 0.36 golos p/ jogo) - 1867 minutos (1 golo a cada 156 minutos)

TANAKA

2014/2015: 25 jogos (11 titular; 14 suplente) - 7 golos (média de 0.28 golos p/ jogo) - 1035 minutos (1 golo a cada 148 minutos)

Fonte: http://grandeartistaegoleador.blogs.sapo.pt/


Sobre Marco Silva,

É o treinador para esta e para a próxima época ... a partir dai só deus sabe :) (quando digo deus não é BdC .... pelo menos desta vez :) ).

SL,
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.04.2015 às 12:23

Em primeiro lugar, já disse várias vezes para deixarem connosco a promoção de outros espaços, e não volto a repetir.

As estatísticas são sempre importantes e ao que concerne pontas de lança os golos são, em análise final, o que mais conta.

No entanto, neste caso concreto do Sporting a avaliação não se deve limitar à comparação dos números entre Slimani e Montero. Na minha opinião, o argelino não é o ponta de lança que um Sporting ambicioso necessita, mas a permanecer e a equipa a jogar em 4x3x3, a dimensão global do seu jogo é de longe superior à de Montero.

E, sobretudo, as "secas" de Montero não são mitos, são a realidade. Teve praticamente um ano, repito UM ANO, sem marcar. Antes do Moreirense, já não marcava desde o dia 1 de Fevereiro.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 29.04.2015 às 12:44

Rui não me leve a mal não se trata de uma promoção mas não tenho por habito fazer copia de algo sem indicar a fonte.

De resto partilho da opinião do Rui da preferencia de Slimani no 4-3-3 e do melhor enquadramento de Montero no 4-4-2 (que pode e deve ser trabalhado de forma a ser usado com mais regularidade nas provas nacionais).

Sobre o apagão mais recente de Montero analisando 01-01-2015 até ao último jogo:
2015-04-27 PortugalD1 J30 Sporting (F) Moreirense 1-4 V 90
2015-04-19 PortugalD1 J29 Sporting (C) Boavista 2-1 V N/U
2015-04-12 PortugalD1 J28 Sporting (F) V. Setúbal 1-2 V N/U
2015-04-08 PortugalTP MF Sporting (C) Nacional 1-0 V N/U
2015-04-04 PortugalD1 J27 Sporting (F) Paços Ferreira 1-1 E 14 Entrou 76'
2015-03-22 PortugalD1 J26 Sporting (C) V. Guimarães 4-1 V N/U
2015-03-15 PortugalD1 J25 Sporting (F) Marítimo 0-1 V N/U
2015-03-09 PortugalD1 J24 Sporting (C) Penafiel 3-2 V N/U
2015-03-05 PortugalTP MF Sporting (F) Nacional 2-2 E N/U
2015-03-01 PortugalD1 J23 Sporting (F) FC Porto 3-0 D 60 Saiu 60'
2015-02-26 Europa LeagueEL 1/16 Sporting (C) AlemanhaVfL Wolfsburg 0-0 E 12 Entrou 78'
2015-02-22 PortugalD1 J22 Sporting (C) Gil Vicente 2-0 V N/U
2015-02-19 Europa LeagueEL 1/16 Sporting (F) AlemanhaVfL Wolfsburg 2-0 D 80 Saiu 80'
2015-02-14 PortugalD1 J21 Sporting (F) Belenenses 1-1 E 45 Saiu 46'
2015-02-08 PortugalD1 J20 Sporting (C) Benfica 1-1 E 89 Saiu 89'
2015-02-01 PortugalD1 J19 Sporting (F) Arouca 1-3 V 83 Saiu 83' 30'
2015-01-25 PortugalD1 J18 Sporting (C) Académica 1-0 V 90
2015-01-18 PortugalD1 J17 Sporting (C) Rio Ave 4-2 V 83 Saiu 83' 58' 59'
2015-01-11 PortugalD1 J16 Sporting (F) SC Braga 0-1 V 79 Saiu 79'
2015-01-07 PortugalTP QF Sporting (C) Famalicão 4-0 V 78 Saiu 78' 75'
2015-01-03 PortugalD1 J15 Sporting (C) Estoril Praia 3-0 V 14 Entrou 76'
2014-12-21 PortugalD1 J14 Sporting (F) Nacional 0-1 V N/U
2014-12-17 PortugalTP 1/8 Sporting (F) Vizela 2-3 V 64 Saiu 64'

Verificamos que nos últimos 23 jogos:
- Não foi utilizado em 9
- Foi suplente utilizado em 3
- Foi substituído em 9


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.04.2015 às 13:47

Sérgio,

Louvo o trabalho que teve para transcrever toda esta informação.

Para se fazer uma análise completa, entre outras coisas, o resumo final deveria constar do seguinte:

- Titular não substituído» ? jogos / ? minutos de jogo / ? golos
- Titular substituído» ? jogos / ? minutos de jogo / ? golos
- Suplente utilizado» ? jogos / ? minutos de jogo / ? golos
- Suplente não utilizado» ? jogos

A exemplo, o "ZeroZero" não contabiliza tempo de descontos. Em média, haverá nunca menos de 4 minutos/jogo, multiplicado por 30 jogos são 120 minutos. Uma grande diferença nas estatísticas.

Já fiz isto inúmeras vezes em equipas minhas ao longo dos anos, e em muito mais detalhe. A diferença, para uso interno, é que o trabalho é feito de jogo a jogo, o que facilita os resumos finais, dado que basta compilar os dados já disponíveis dos jogos.

Não sei se o Sporting tem alguém na bancada/camarote a fazer este trabalho.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 29.04.2015 às 14:28

Eu quando era mais novo dava-me a esse trabalho agora o tempo disponível tem de ser bem aproveitado :) .... dai o Copy-Paste acima :).

Mas sim será sempre uma análise incompleta como o Rui refere.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.04.2015 às 12:49

Sérgio,

Além do mais, quem publicou esse post no outro espaço limitou-se a transcrever os dados do "ZeroZero ", que são incompletos, infelizmente.

A exemplo:

a) Slimani : só na Liga é contabilizado que jogou 1408 minutos, quando, na realidade, jogou 1471 minutos. O mesmo é aplicável às outras provas.

b) Montero : só na Liga é contabilizado que jogou 1353 minutos, quando, na realidade, jogou 1416 minutos. Idem para as outras provas.

É preciso ter cuidado em referir "fontes". Para apresentar este enquadramento estatístico, é necessário ir ver cada jogo individualmente em cada prova. A razão principal porque não faço o exercício. Dá umas boas horas de trabalho.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.04.2015 às 12:24

Afirmar que Montero é especial pode parecer uma banalidade, porque, no fim de contas, cada jogador de futebol é um “mundo”, mas é particularmente verdade para jogadores como ele pela dimensão artística e do futebol de interação que ele pratica. Um jogador assim aparece com a mesma facilidade que desaparece.

Montero tem qualidades invulgares: possui visão de jogo, revela maturidade táctica, tem qualidade de passe e marca golos com regularidade. Mas, também tem limitações graves que já foram abordadas aqui no Camarote, nomeadamente pelo Rui Gomes.

O colombiano não será um 9, nem tão pouco um 10. Costuma-se dizer de alguns do seu quilate que serão assim como um 9,5. Será isso, então, mas um 9,5 precisa de um sistema de jogo que o integre.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo