Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Eleições no Sporting. Que democracia ?

Naçao Valente, em 01.03.17

 

imagen-votar-mexico.jpg

 

O sistema eleitoral existente nalgumas grandes colectividades é passível de uma séria reflexão. Dir-me-ão que este não é o momento mais oportuno, por haver eleições no Sporting Clube de Portugal. Com todo o respeito por essas eventuais opiniões, parece-me, pelo contrário, e pela mesma razão, que é um momento adequado.


Numa breve explicação genérica, recordo que o sistema liberal, teve o seu arranque na Europa com a Revolução Francesa. E o que despoletou, para além de outras causas, os acontecimentos que deram inicio à revolução, foi a questão do voto nos Estados Gerais. O voto neste órgão da monarquia era por grupo social. Deste modo, o Terceiro Estado (povo) representando mais de noventa por cento da população, tinha um voto, e os outros grupos minoritários , Clero e Nobreza dois votos. Esta situação, levou o Terceiro Estado a separar-se, e a constituir a sua própria Assembleia. Passou mais de um século até chegarmos ao voto universal, independentemente  de sexo, religião, instrução, estatuto social e apenas limitado pela “menoridade”.


O Sporting vai no dia 4 a votos para a sua Direcção. De acordo com os Estatutos, há uma desigualdade na distribuição do voto pelos eleitores. Há quem tenha direito a colocar na urna vários votos e quem só possa colocar um. Podem dizer-me que a situação é legal. Não digo que não. Mas o facto de ser legal, não significa que seja democrática. A forma de eleger dirigentes no Sporting e noutros grandes clubes, não corresponde à assunção de uma democracia plena. É um sistema de voto privilegiado, e salvaguardadas todas as diferenças, como acontecia, na sociedade, antes das revoluções liberais.


A democracia nos clubes não acompanhou a evolução da democracia nas sociedades. Embora o sistema, um homem um voto, se aplique na grande maioria das colectividades, sobretudo nas mais pequenas, nalgumas, nas quais se inclui o Sporting, esse desiderato democrático continua ausente. Entram presidentes, saem presidentes, o sistema subsiste. Perdoem-me a classificação mas este sistema é uma aberração. Não há qualquer explicação que o justifique. Por que razão um sócio mais velho tem mais direitos que um mais novo?


No caso concreto das eleições a decorrer, não sei quem poderá ou não beneficiar deste sistema. Seja quem for, é sempre uma distorção de uma eleição verdadeiramente democrática. Possivelmente, esta reflexão não será acompanhada por muitos sócios e nem chegará ao conhecimento das altas instâncias decisórias. No entanto, algumas vezes, basta uma pequena fagulha para incendiar a pradaria. Oxalá esta abordagem sirva para lançar o debate de um problema de elementar justiça na igualdade entre cidadãos.


Outra questão que merece ser revista é a da localização das Assembleia(s) de voto. Se num clube de âmbito local se justifica que exista apenas um Assembleia, na sede, nos clubes de dimensão nacional, esse facto prejudica os eleitores afastados da sede nacional. Sem abordar razões de ordem técnica, interrogo-me porque razão não se colocam mesas de voto, pelo menos nas capitais de distrito, onde os grandes clubes têm núcleos organizados? Querer é poder. Isso daria aos associados residentes em locais distantes, a possibilidade de votar, acabando com a diferença, entre sócios de primeira e de segunda, tal como no voto privilegiado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


36 comentários

Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 01.03.2017 às 14:18

Em termos comparativos, em 2011, Bruno de Carvalho perdeu com mais sócios votantes..... onde andavam os indignados sobre a Democracia?!

Eu sempre fui a favor de um sócio ter apenas direito a 1 voto, tem é de ter mais de 18 anos, e ser sócio por exemplo há mais de 3 anos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 01.03.2017 às 14:30

Sei que sabe ler Schmeichel, o seu grande problema é compreender.

Onde neste artigo o autor refere o seu "messias" ???

Santa paciência...
Sem imagem de perfil

De Luis Vicente a 01.03.2017 às 16:10

OFF-TOPIC

Aqui está a personagem,que aqui jura todos os dias,que jamais entrou ou entraria num Blog do Benfica,neste caso o NGB!!!!!

Schmeichel01 março, 2017 15:23

Eu aplaudo de pé este post!

E é bem verdade que se aplica inteiramente também ao meu clube, que entrou no jogo. Desgosta-me que hoje em dia se ache que se ganha trabalhando para a nossa equipa ser a melhor em campo, mas também colocando cascas de banana aos adversários (e nisto o Porto também já tem história).

Esses programas seriam úteis se fossem comentários de especialistas que ensinassem alguma coisa. Nisso destaco os programas de comentário da RTP3 que não o Trio de Ataque (embora comentadores como o Bruno Prata ou o Carlos Daniel digam muitos disparates). Agora estes programas são uma guerrilha que nunca irá produzir melhores adeptos, porque mais informados e capazes de pensar por si, antes pelo contrário.

Perde o futebol e perdem os verdadeiros adeptos, aqueles que amam o futebol-desporto e não apenas as vitórias do seu clube seja a que preço for. Isto é um reflexo da falta de formação desportiva da sociedade do nosso país, problema esse que vejo a perpetuar-se porque por muito que a escola forme lá teremos os pais a deformar.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 01.03.2017 às 16:25

LOLOL!!! que tristeza de comentário.... eu nunca escreveria este comentário.... quem me conhece sabe que nunca escreveria dessa forma.... porto com maiúscula?!?.... todo o comentário em nada se assemelha a minha forma de comentar.... só o user tem o mesmo nome.... o que não é difícil adulterar, e bem capazes são disso a campanha lampiónica!

Recuso-me a ir sequer ver um blogue do benfica..... faz assim tanta confusão a vocês lampiões?!?! vocês é que vivem obcecados com o Sporting.... por isso a vossa intromissão em assuntos que em nada vos dizem respeito.... tal como as eleições do Sporting!!!


Nota:Rui Gomes, que raio de edição de comentários é esta?!?! off topic destes são permitidos?!? não é uma critica, é só mesmo para saber quais os critérios editoriais...
Sem imagem de perfil

De Luis Vicente a 01.03.2017 às 17:18

Eu até compreendo o teu embaraço!!!
Foste apanhado!!!
Sem imagem de perfil

De Balajic a 01.03.2017 às 17:48

Ahahahahaah Muito bom!

Mas o Luís Vicente pode estar errado porque muito bem não ter sido aquele que aqui assinou com o mesmo nick, mas o companheiro dele que faz o outro turno, porque eles têm que se ir revezando na função sabe...
Sem imagem de perfil

De Rui Carvalho a 01.03.2017 às 17:18

a classe do sujeito!!

"porto com maiúscula?!?"

dado mais que suficiente para atestar a cabecinha deste adepto! é fugir e fazer de conta que não existe Luis Vicente!
Sem imagem de perfil

De Rui Carvalho a 01.03.2017 às 17:20

Eu sou o imbecil do Luís Vicente.
Sem imagem de perfil

De Luis Vicente a 01.03.2017 às 17:44

Como se comprova por este Luis Vicente, os lampiões são uma raça do mais baixo que existe.... utiliza dados falsos, apenas com o pretexto de deturpar a discussão.

Nota: já viram quem assinou este comentário?! portanto, o Luis Vicente ou é bipolar.... ou então comprova-se a facilidade de adulterar o nome do comentador.....
Sem imagem de perfil

De Luis Vicente a 01.03.2017 às 18:03

O teu problema é que o Rui Gomes,pode comprovar que não fui eu que escrevi esse comentário porque os IP são gravados!!

Mais uma vez foste apanhado!!!

Já agora o teu amigo Lion 73,também lá faz comentários,só que assina com o seu verdadeiro nome!!!

Evidente que não vou aqui escrever o nome,mas se for preciso,VAI.

Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 01.03.2017 às 18:50

Comparemos os IP.... aceito o desafio... mas depois não fuja!

Eu sei que para alguns faz confusão.... mas recuso-me a entrar em blogues benfiquistas....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 01.03.2017 às 19:02

Os IP são de facto diferentes. Sem mais investigação, é só o que me é possível confirmar.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 01.03.2017 às 19:19

Rui Gomes,

Obrigado pelo esclarecimento!

Como não poderia deixar de ser.... comprova-se que tudo o que este Luis Vicente escreve é treta!

SL
Sem imagem de perfil

De Luis Vicente a 01.03.2017 às 20:18

Alto lá.
Os IP são diferentes,mas é o teu quando assinaste como Luis Vicente,e como Schmeichel!!!

Não vires as coisas a teu favor,como se todos fossem parvos!!!

O meu IP é só um,seja para Blogs,seja para vida privada.

O meu mail é o mesmo seja para o que for.

E o Rui pode comprovar se alguma vez apareceu o meu nome associadp a 2ou 3IP.

Por estas trocas baldrocas desesperadas,é que se vê a criaturazinha que és.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 01.03.2017 às 20:38

Luís Vicente,

Você não traz nada de interesse nem de interessante para este ou outros temas em discussão por isso tente não poluir mais do que a sua presença vai patrulhar para os blogs do seu clube.

Rui,

Lamento ver o tempo de antena que dá a esta gentinha como este Luis Vicente que policia os Sportinguitas que aqui escrevem diariamente.

Schmeichel,

Stalkers alert!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 01.03.2017 às 20:46

Este Luis Vicente é só rir....mas de tão triste que é!

Vens para aqui com teorias da treta e levaste um bailinho... acabaste tu a ter de te justificar perante uma acusação do género que tu costumas fazer.... foi engraçado!!

Ou comentas a sério, sobre temas sérios, ou então não apareças para dizer tretas! È só isso que peço....
Sem imagem de perfil

De Luis Vicente a 01.03.2017 às 23:00

Parece que o Rui Gomes já te desmentiu!!!
Podes continuar a rir.
Eu fico em silêncio.
Sem imagem de perfil

De Rui Carvalho a 02.03.2017 às 11:52

o segundo comentário com o meu nick não é meu... como poderá confirmar.
Sem imagem de perfil

De António Santos a 01.03.2017 às 14:24

Era o que faltava, um sócio com 1 ano e pouco de clube ter o mesmo poder de voto de um sócio com décadas de clube, o Sporting é um clube associativo em que quem decide são, bem ou mal, os seus sócios, não é nenhuma junta de freguesia.
Repito, era o que faltava.
No entanto ainda recentemente foram alterados os estatutos no sentido de a discrepância ser tão grande como era no passado, neste momento as diferenças de votos vs antiguidade está muito mais equilibrada.
Em relação ao ultimo parágrafo, todos os sócios tem o direito a votar, basta requisitarem o voto por correspondência, muitos já o fizeram e caso não saiba muitos até já votaram.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.03.2017 às 17:10

Faço parte da direcção de um clube filial do Sporting, que fez recentemente 90 anos. Durante as comemorações, onde O Sporting não se fez representar, os sócios com 75, 50 e 25 anos foram agraciados com emblemas especiais. À parte disso, são iguais a todos os outros, um homem , um voto. Não me admira a posição que defende. Faz parte da natureza humana. Quem é privilegiado quer manter os privilégios, quem não é quer adquiri-los. Felizmente que há quem não pense assim. São os que fazem a diferença e mudam o mundo para melhor. Se assim não fosse ainda estávamos no absolutismo. Quanto aos locais de voto, sabe que o voto por correspondência, não é prático, nem incentiva a votar.
Sem imagem de perfil

De António Santos a 01.03.2017 às 17:37

Não é uma questão de privilégio, não me sinto privilegiado por ter os votos correspondentes ao meu numero de anos de sócio, aliás, não me acho nem mais nem menos Sportinguista do que um sócio que só o seja há um ano, ou mesmo do adepto que nem sequer é sócio( e muitos milhares há que gostariam de o ser e infelizmente não podem ).
Trata-se pura e simplesmente de uma questão de justiça e de um mecanismo de defesa do próprio clube.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.03.2017 às 18:22

Ao longo da história nunca houve privilegiado que se assumisse como tal. É-o sempre por direito ou por justiça. Há sempre maneiras de justificar o injustificável. Há outras formas de premiar a fidelidade, se é disso que se trata.
Sem imagem de perfil

De DSC a 01.03.2017 às 19:36

Caro Nação Valente,

O que está a ser discutido, creio, nestes comentários é o facto de um clube popular como o Sporting Clube de Portugal (ou seja, muitos sócios e adeptos de todos os estratos sociais) não ficar muito exposto a mudanças 'pela novidade'. Mudanças inconsequentes que podem colocar um clube grande em grandes dificuldades a todos os níveis.

Podemos, de facto, discutir os dois sistemas a que nos referimos.

O que acho é que o ponto a ser discutido não é a garantia de previlégios (que se conquistam como outros quaisquer!!) mas a estabilidade de um clube que, como sabe melhor que eu, se move muito pela paixão. Tolda raciocínio! Mudava a toda a hora, tão rápido como uma qualquer caixa de comentário deste blog. Não preciso de lhe dizer mais. Antiguidade trás, á partida, a estabilidade que se conquista ao longo dos anos. Ao longo das derrotas. Á partida.

SD
Sem imagem de perfil

De J. a 01.03.2017 às 14:42

É uma questão pertinente.
Não sei se tanto pelo número de votos por associado, ou pelo proporcionalidade que dá ter mais de X anos em função de Y, por exemplo.
Mas por exemplo, sendo Sporting um clube de Portugal, acho uma excelente ideia que se possa pensar por mesas de voto em mais que um sitio (eg: Porto, Braga, Faro, Paris ou Geneve), tendo em conta a % de associados a viver nesse mesmo sitio.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.03.2017 às 17:12

J,
Colocar mesas de voto em vários sítios não me parece uma operação impraticável. Haja vontade.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 01.03.2017 às 14:54

Caro NV,

Apesar de democraticamente poder ser questionável 1 sócio <> 1 voto não deixa ser verdade que serão essas pessoas com mais anos de sócio que mais "contribuíram" para o clube com as suas quotas, acaba por isso ser uma questão de justiça e de recompensa a quem foi "mais fiel".

Eu como sócio da categoria B tive apenas direito a 1 voto (tenho +6 de sócio), pessoas com o mesmo nº de anos de associado mas da categoria A têm 4 votos, quanto muito podemos talvez questionar a proporção de votos que são atribuídos consoante a categoria e o nº de anos de sócio, já a nivel de € a diferença da categoria A para B é que o sócio da A paga o dobro.

Sobre mesas de voto noutras áreas para além do estádio de Alvalade acho que seria perfeitamente exequível, tínhamos os delegados das listas tínhamos as pessoas dos núcleos tínhamos os cadernos eleitorais logo qualquer vicissitude seria mais complicada, haja vontade "política" para se avançar para um sistema desses.

Dou o exemplo no Solar do Norte este Sabado foram às dezenas as pessoas a reconhecer a assinatura para poderem votar, em muitos casos a espera foi longa. Teria sido mais simples digamos que os votos nalguns nucleos a designar fossem antecipados um semana dando dessa forma tempo suficiente para validar esses mesmo resultados juntando depois ao grosso da votação que seria no dia das eleições no estádio.

SL,
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.03.2017 às 17:18

Sérgio Palhas,
A justificação da fidelidade é o que é e tem alguma lógica, fora do princípio do voto universal. Ou se pratica ou não se pratica. Se se quer dar aos sócios algum benefício pela fidelidade há outras formas de o fazer.
A distribuição de mesas de voto é praticável e uma questão de justiça.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 01.03.2017 às 14:54

Penso que faria sentido existirem mesas de voto nas capitais de distrito. Evitavam-se os transtornos do voto por correspondência (apenas valido após reconhecimento de assinatura e respectivo pagamento).

Outra questão que me parece pertinente é o numero de votos que um socio, por ser correspondente "perde" relativamente ao efectivo.

Por exemplo, um socio correspondente com 30 anos de socio, tem direito a apenas 3 votos.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.03.2017 às 17:23

Mike19,
Não percebo porque não existe ainda, a distribuição de mesas de voto pelo país.
Sem imagem de perfil

De Peyroteo a 01.03.2017 às 15:52

Pois, o sistema actual não é o mais razoável, ainda que seja complicado havendo quotas de diferentes valores, com as respectivas categorias A e B.
Quanto ao impacto nas eleições de dia 4, penso que não alterarão o resultado das mesmas em termos de vencedor mas beneficiam o candidato da oposição. Os defensores da antiga dinastia têm muitos votos e votam em qualquer um para tirar BdC da presidência. Até votam em PMR, veja-se a "cegueira"...
Sem imagem de perfil

De NY Jets a 01.03.2017 às 16:06

Sim , sim , defensores tipo Ricciardi ! Mas........

E gosto da conversa da vitória , acho que nem vale a pena ir votar . É a presunção a que já estamos habituados. Espero que não tenham uma surpresa !
Sem imagem de perfil

De Peyroteo a 01.03.2017 às 16:16

Eu escrevi "penso que não alterarão o resultado das mesmas em termos de vencedor". Penso que... Eu não tenho a certeza da vitória de BdC mas essa é sensação generalizada, mesmo aqui o Rui Gomes parece dar isso como um dado adquirido...
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.03.2017 às 17:27

Peyroteo,
O impacto do sistema nas eleições no dia 4 é irrelevante na perspectiva do que foi posto à discussão. O que está em causa é o princípio para qualquer eleição.
Sem imagem de perfil

De Peyroteo a 01.03.2017 às 18:36

O Nação Valente, no post, escreveu o seguinte: "No caso concreto das eleições a decorrer, não sei quem poderá ou não beneficiar deste sistema".
Achei por bem dar a minha opinião sobre quem poderia beneficiar do sistema em vigor.
Em relação ao assunto principal do post, iniciei o meu comentário exactamente por aí, concordando que o mesmo não é razoável.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 02.03.2017 às 10:05

Eu não concordo com o sistema atual de votos e já falei sobre o voto à distância noutro post.

Para mim, o justo seriam estas pequenas alterações:
- Só podem votar com pelo menos 3 anos de sócio ininterrupto (seja A ou B);
- Para a categoria B devia ser: 1 sócio = 1 voto e 1 sócio = 2 votos (se tiver mais de 10 anos de filiação ininterrupta);
- Para a categoria B devia ser: 1 sócio = 2 votos e 1 sócio = 4 votos (se tiver mais de 10 anos de filiação ininterrupta);
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 02.03.2017 às 10:21

Ups....Enganei-me
Na última linha deve ler-se:

"Para a categoria A devia ser: 1 sócio = 2 votos......"

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo