Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Eliseu: Sporting e FC Porto erram

Rui Gomes, em 10.09.17

 

Castigar o lateral seria pôr os advogados e o perverso CD a jogar o campeonato. É mesmo isso que querem?

 

19668301_GZJst.jpg

Passada uma semana sobre o arquivamento do caso Eliseu pelo Conselho de Disciplina, é o momento de dizer o óbvio ululante, como lhe chamava Nélson Rodrigues: se o CD fosse tão favorável ao Benfica como Sporting e FC Porto defendem, a última coisa que estes dois desejariam era que Eliseu tivesse sido castigado pelo pisão em Diogo Viana.

 

Se José Manuel Meirim transigisse na regra de não julgar acções já analisadas pelos árbitros, condenando o lateral, os jogos passariam a ser uma torrente de processos em potência, à disposição dos departamentos jurídicos dos clubes, a começar pelo mais calculista de todos, que é o do Benfica. Sporting e FC Porto queriam mesmo estender ao pérfido Conselho de Disciplina (dizem eles) dúzias de possibilidades de favorecer o Benfica todas as jornadas?

 

O Conselho de Disciplina é um inimigo desnecessário e muito forçado; uma ilusão de óptica que não ajuda ninguém. Cada vez que Sporting ou FC Porto cedem à demagogia, analisando superficial ou maliciosamente uma polémica, enfraquecem as denúncias dos emails e a verosimilhança do submundo que Francisco J. Marques tem vindo a revelar. Cada vez que seguem uma linha torta aproximam-se dos comportamentos que denunciam.

 

O caso Eliseu é pelouro do Conselho de Arbitragem: os castigados devem ser os árbitros, agora com mais justificação moral ainda, porque se acabou a conversa de que no sofá é fácil analisar os lances e também porque, justa ou injustamente, a sombra dos emails existe. Não lhes cabe o direito de empinar o nariz e fingir que não.

 

José Manuel Ribeiro, jornal O Jogo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:50

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


11 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.09.2017 às 08:48

E só vendo estas imagens, já o podia fazer em algumas situações:

https://abload.de/img/ezgif.com-video-to-gihgu1k.gif
https://abload.de/img/ezgif.com-video-to-gib6ulh.gif
https://abload.de/img/ezgif.com-video-to-gidyuu5.gif
Sem imagem de perfil

De João a 10.09.2017 às 08:49

O post acima é meu
Sem imagem de perfil

De antonio a 10.09.2017 às 09:29

A pisadela de Alan Ruiz dava para mais qualquer coisa. Quanto aos outros... não vamos exagerar.

Curioso mesmo é que o Jogo e Record continuam a falar no caso Eliseu e não falam de outros lances igualmente polémicos. Aqui se vê bem a promiscuidade entre clubes e jornalistas afetos (e quiçá assalariados).

O plano está em marcha.
Sem imagem de perfil

De Pastor a 10.09.2017 às 14:34

Sim, porque a Bola é um jornal isento e nada assalariado não é antónio?
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 10.09.2017 às 09:57

O 1º não é nada, os outros 2 são amarelo.
E a porrada do Pizzi no Geraldes no SLB - Rio Ave que nem falta foi marcada?
Sem imagem de perfil

De O Cid a 10.09.2017 às 10:53

O primeiro não é nada?
Podendo saltar sobre o adversário, opta por lhe pisar a barriga e para o Mike isso não é nada.
Eu quero aplaudir.
Sem imagem de perfil

De Salgado a 10.09.2017 às 11:14

Ó Cid, não aplaudas, canta!

A insignificância é a mesma....
Sem imagem de perfil

De João a 10.09.2017 às 23:42

O 1° era amarelo.
O 2°, se o jogador que pisou vestisse de vermelho, duvido que pensasse isso... de certeza que diria que era vermelho.
O 3°, empurrou o adversário contra o painel de publicidade, sem que nenhum deles tivesse hipótese de chegar à bola. Imaginem que o outro batia com a cabeça...
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 10.09.2017 às 12:01

Achei muito interessante este artigo do JMR que vai muito além do óbvio.

Os postos que JMR toca são difíceis de se discordar, o departamento de comunicação do SCP devia meditar sobre esta temática.
Sem imagem de perfil

De paulo Pinto a 10.09.2017 às 12:19

Se fosse de outra equipa seria um escandelo... Como é do Benfica não pode ser castigado se não contrária o presidente e os dirigentes
Sem imagem de perfil

De António Lopes a 11.09.2017 às 00:44

Se fossem lances de jogadores "vermelhos" 1º amarelo. 2º Vermelho e 3º amarelo e penalty contra o Benfica.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




Cristiano Ronaldo